Iniciativa "Neste Natal eu vou ao Comércio Local" teve início este fim de semana

Alcácer do Sal fomenta espírito natalício

02 december 2019

A Câmara Municipal de Alcácer do Sal e a União das Freguesias de Alcácer voltam a promover em 2019 um conjunto de iniciativas no âmbito da quadra natalícia, sob o mote "Neste Natal eu vou ao Comércio Local", que se realizam no Largo dos Açougues, Praça Pedro Nunes e no Largo Luís de Camões*, tendo sido dado início às mesmas no fim de semana de 30 de novembro e 1 de dezembro 2019. Passeios semanais no galeão Pinto Luísa, a presença de insufláveis no Largo dos Açougues e na Praça Pedro Nunes e de um carrossel no Largo Luís de Camões, o Mercadinho de Natal e a XXIII Feira do Livro são a oferta do Município para este Natal.

O carrossel começou a "rodar" no sábado (dia 30 de novembro), dia no qual teve início a iniciativa. O Largo dos Açougues acolheu a chegada do Pai Natal em charrete, que depois desfilou pelas ruas de Alcácer. No mesmo local, elementos do grupo Isola Velas, vestidos a rigor, providenciaram um desfile em motorizadas antigas pela cidade e bairros. Ao mesmo tempo, o Largo Luís de Camões acolheu a abertura do Mercadinho de Natal, com venda de artesanato e com a presença da XXIII Feira do Livro. A animação de rua em ambos os locais esteve a cargo dos músicos da Sociedade Filarmónica Amizade Visconde d'Alcácer. No dia 1 de dezembro (domingo), foi a vez da Praça Pedro Nunes receber um insuflável para as crianças. No Largo Luís de Camões o Mercadinho de Natal abriu portas, tendo ali havido lugar, durante a manhã, Zumba com a Associação Ritmus d'Alcácer. Pela tarde, atuaram o Rancho Folclórico de Alcácer do Sal e das Cantadeiras da Aldeia. Ao fim de ambos os dias, as crianças tiveram e oportunidade de tirar uma foto na Prenda Gigante ali instalada, e também com o Pai Natal. À margem, o galeão Pinto Luísa saiu em passeio pelo rio Sado. Os passeios de galeão ocorrem durante toda a semana, no decorrer dos quais os presentes têm a oportunidade de visualizar a iluminação de Natal instalada pelo Município de Alcácer do Sal.

Natal 2_400

Alcácer vai acolher 2º Encontro "Cidadania e Direitos Humanos"

28 november 2019


O 2º Encontro "Cidadania e Direitos Humanos" decorre no dia 10 de dezembro (terça-feira), no Auditório Municipal de Alcácer do Sal, entre as 9h e as 17h.

A iniciativa, inserida na estratégia definida no Plano Intermunicipal para a Igualdade 2017-2020 elaborada pelo grupo de trabalho do Litoral Alentejano e validado pelos municípios aderentes (Alcácer do Sal, Grândola, Santiago do Cacém e Sines), visa informar e sensibilizar para as questões de igualdade de género enquanto princípio fundamental dos Direitos Humanos e tem o seguinte programa:

  

9h – Acolhimento dos/as participantes

9h30 - Sessão de abertura: Vítor Proença, Presidente da Câmara Municipal de Alcácer do Sal

9h45 - Apresentação da agenda do dia, painéis e oradores/as. Moderadora: Dália Costa, do Centro Interdisciplinar de Estudos de Género

10h - 1º Tema: Igualdade entre mulheres e homens. Com Manuela Tavares, da União de Mulheres Alternativa e Resposta e Lúcia Ramiro, do Projeto Aventura Social da Faculdade de Motricidade Humana da Universidade de Lisboa/ Escola Secundária Poeta Al Berto - Sines

10h45 - 2º Tema: Prevenção e combate à violência contra as mulheres e à violência doméstica. Por Paulo Guerra, do Centro de Estudos Judiciários e Marta Carlos, do Programa de Acompanhamento Psicológico para a Reinserção de Agressores do Crime de Violência Doméstica, da Intervir.Com   

11h30 – Coffee-Break

11h45 - 3º Tema: Combate à discriminação em razão da orientação sexual, identidade e expressão de género e características sexuais. Com Hermínia Prata, da Associação de Mães e Pais pela Liberdade de Orientação Sexual e Identidade de Género e Paula Allen, da Associação Plano I/ Casa Arco-Íris - Casa de Acolhimento de Emergência para Vítimas de Violência Doméstica LGBTI

14h - Workshops

15h45 - Conclusões Finais

16h30 – Sessão de encerramento por Teresa Fragoso, presidente da Comissão para a Cidadania e a Igualdade de Género e Nuno Pestana, vereador do Município de Alcácer do Sal

 

As inscrições estão disponíveis online em https://tinyurl.com/2encontro10dez2019

Auditório Municipal de Alcácer - interior 1.JPG

LARGO LUÍS DE CAMÕES RECEBE MERCADINHO DE NATAL

28 november 2019


O “Mercadinho de Natal – Venda de Artesanato” regressa ao Largo Luís de Camões de 30 de novembro a 22 de dezembro.

Inserido no programa “Neste Natal eu vou ao Comércio Local”, o Mercadinho conta com a participação de artesãos do concelho, que aqui expõem e vendem os seus produtos, que vão desde bijuteria e roupa a artigos de decoração e acessórios.

O Mercadinho de Natal está aberto ao público nos dias 30 de novembro, 1, 7, 8, 14, 15, 21 e 22 de dezembro (sábados e domingos), das 10h às 18h. 

Natal em Alcácer do Sal

“Neste Natal eu vou ao Comércio Local”

Alcácer do Sal fomenta espírito natalício

27 november 2019


É já este sábado (30 de novembro) que arranca mais uma edição do programa de animação promovido pela Câmara Municipal de Alcácer do Sal e pela União das Freguesias de Alcácer do Sal (Santa Maria do Castelo e Santiago) e Santa Susana com o intuito de disseminar o espírito natalício e incentivar munícipes e visitantes a escolherem os seus presentes no comércio tradicional.

“Neste Natal eu vou ao Comércio Local” é o mote da iniciativa, que se prolonga até 6 de janeiro de 2020 e que abarca atividades como animação de rua, insufláveis, desporto, concertos, dança, passeios de galeão, espetáculos infantis, carrossel infantil gratuito e cinema especial no dia de Natal e de ano novo com entrada livre.

O dia 30 de novembro marca o arranque das atividades, com a chegada do Pai Natal em charrete ao Largo dos Açougues, às 9h30, seguida de desfile por Alcácer, cujas habituais ruas e avenidas, à noite, vão trajar-se de mil cores, decoradas com iluminação típica da quadra. Este ano, além dos locais habituais, estarão também iluminadas as árvores da Avenida dos Aviadores e da margem sul e o Largo Luís de Camões tem uma prenda luminosa gigante no interior da qual se podem tirar fotos.

O Largo Luís de Camões é um ponto de referência ao longo deste programa, pois recebe igualmente o Mercadinho de Natal – Venda de Artesanato e a Feira do Livro. Com a presença de cerca de uma dezena de artesãos do concelho, que prometem proporcionar presentes originais, o Mercadinho de Natal decorre de 30 de novembro a 22 de dezembro, ao fim de semana, das 10h às 18h. A XXIII Feira do Livro realiza-se no mesmo período temporal, podendo ser visitada de segunda a sexta-feira, das 15h às 18h30 e ao fim de semana, das 10h às 18h, além de ter um programa específico com leitura animada e encontros com autores.

O programa completo de animação natalícia pode ser consultado em http://www.cm-alcacerdosal.pt/pt/municipio/atualidade/agenda/programa-de-animacao-de-natal-2019/

natal 4_400px.JPG

XXIII Feira do Livro dá brilho à baixa de Alcácer do Sal

Em 2019, o certame tem lugar no Largo Luís de Camões

25 november 2019

O Largo Luís de Camões, na zona ribeirinha de Alcácer do Sal, acolhe, de 30 de novembro a 22 de dezembro de 2019, a 23ª edição da Feira do Livro de Alcácer. Além da venda de livros a preços simpáticos, que são uma ótima ideia para presentes natalícios, haverá sessões de contos e encontros com autores.

A Feira do Livro de Alcácer do Sal pode ser visitada de segunda a sexta-feira, das 15h às 18h30 e ao fim de semana, das 10h às 18h.

 

PROGRAMA


30 DE NOVEMBRO (SÁBADO)

16h – Perlimpimpim… Histórias sem Fim… - "O Cuquedo" e "O Cuquedo um amor que mete medo", por Cátia Hilário Santos

1 DE DEZEMBRO (DOMINGO)

16h – Apresentação do livro "Educar pela positiva: um guia para pais e educadores", pelo autor Nuno Martins

7 DE DEZEMBRO (SÁBADO)

16h – Perlimpimpim… Histórias sem Fim… - "Tio Lobo", "A ovelhinha que veio para o jantar" e "Feliz Natal, lobo mau", por Cátia Hilário Santos

8 DE DEZEMBRO (DOMINGO)

16h – Apresentação do livro "À procura da medusa", pelo autor Miguel Mesuras

11 DE DEZEMBRO (QUARTA-FEIRA)

15h – Sessão de Contos com Carlos Marques

14 DE DEZEMBRO (SÁBADO)

16h – Apresentação do livro "Rodopio", pelo autor Mário Zambujal

21 DE DEZEMBRO (SÁBADO)

15h – Apresentação do livro "Refeições saudáveis todos os dias", seguido de showcooking, pela autora Ana Garcez


livros

Dia Europeu da Proteção das Crianças contra a Exploração e o Abuso Sexual foi assinalado em Alcácer

Iniciativa organizada pela CPCJ e pelo Agrupamento de Escolas de Alcácer teve o apoio do Município

21 november 2019

A Comissão de Proteção de Crianças e Jovens - CPCJ de Alcácer do Sal, em parceria com o Agrupamento de Escolas de Alcácer, preparou um conjunto de iniciativas nos dias 19 e 20 de novembro de 2019 para assinalar o Dia Europeu da Proteção das Crianças contra a Exploração e o Abuso Sexual (dia 18 de novembro). No dia 19, realizaram-se atividades no Centro de Educação Pré-Escolar de Alcácer do Sal com a presença dos meninos do Jardim de Infância, e no dia 20 entraram em ação as turmas de 4º ano, na Escola Básica Pedro Nunes de Alcácer. Tendo como convidada a Associação Portuguesa de Apoio à Vítima - APAV - Projeto CARE - Rede de apoio especializado a crianças e jovens vítimas de violência sexual, a atividade mobilizou, nos dois dias, muitas crianças do concelho. Cofinanciada pelo Portugal 2020, a iniciativa contou com o apoio da Câmara Municipal de Alcácer do Sal.


Dia Europeu da Proteção das Crianças - CEPE

Câmara Municipal de Alcácer do Sal distinguida pela qualidade da água para consumo

Distinção será entregue no próximo dia 10 de dezembro em Lisboa

20 november 2019

A "qualidade exemplar da água para consumo humano" do concelho de Alcácer do Sal foi distinguida pela Entidade Reguladora dos Serviços de Águas e Resíduos - ERSAR com a atribuição de um selo de qualidade. A distinção será atribuída ao Município no próximo dia 10 de dezembro, em Lisboa, no âmbito da 14ª Expo Conferência da Água.

Esta iniciativa da ERSAR, realizada em parceria com o Jornal Água&Ambiente, pretende evidenciar a prestação de serviços de abastecimento público de água que, no último ano de avaliação regulatória, tenham assegurado uma qualidade exemplar de água para consumo humano, nomeadamente verificando cumulativamente todos os critérios previstos no regulamento. Indicadores como água segura, perdas reais de água, ocorrência de falhas no abastecimento, reciclagem de resíduos de recolha seletiva, resposta a reclamações e cobertura de gastos foram alguns dos parâmetros avaliados. A categoria "Selo de qualidade exemplar da água para consumo humano" distinguiu 59 outras entidades gestoras que prestam serviços de abastecimento público de água e saneamento de águas residuais e urbanas.

Os funcionários da Câmara Municipal de Alcácer do Sal que com o seu esforço diário garantem a prestação do melhor serviço às populações no que à água de consumo diz respeito estão assim de parabéns por terem contribuído para a obtenção deste honroso resultado para o Município.


Logótipo CMAS.jpg

Construção da ETAR da Comporta vai avançar

Com a assinatura da consignação para a construção do sistema de condução de efluentes para a Estação

19 november 2019

Foi com a sensação de alegria e alívio que o dia de 19 de novembro 2019 marcou o lançamento da "primeira pedra" para a construção da nova ETAR da Comporta. Teve lugar, no Auditório da Comporta, a assinatura da consignação da empreitada para a construção do Sistema Intercetor da Comporta, perante as presenças, entre outras, do presidente da Câmara Municipal de Alcácer do Sal, Vítor Proença, da vereadora Ana Soares, da presidente da Junta de Freguesia da Comporta, Deolinda Florêncio, de Francisco Narciso, presidente do Conselho de Administração da Águas Públicas do Alentejo, de um representante da empresa Ambiágua, responsável pela empreitada e de João Pedro Teixeira, advogado da Herdade da Comporta. Vai seguir-se, dentro de um mês, a consignação da construção da própria ETAR, à qual ficará ligado o novo intersetor e central elevatória.

Por seu turno, o projeto para a construção da nova ETAR da Comporta, a executar pela Águas Públicas do Alentejo em cooperação com o Município de Alcácer do Sal, tem um investimento global na ordem dos 3 milhões de euros e um prazo de 275 dias previstos para execução, e tem o objetivo primário de tratar os efluentes urbanos da Comporta. Além da Estação de Tratamento de Águas Residuais, o projeto compreende primeiramente a construção de um sistema intercetor para conduzir os efluentes gerados até à ETAR: uma extensão elevatória e pré-tratamento de efluentes, uma conduta elevatória com 1.7 quilómetros de extensão e um coletor gravítico com 83 metros.

A ETAR da Comporta vai dispor de tecnologia de ponta, com características das quais se destacam o armazenamento de lamas em contentor fechado e encerrado em sala, uma unidade de desodorização (para eliminação de odores) e a produção de água para reutilização como água de serviço. A infraestrutura tem capacidade para uma população de 2.500 habitantes e capacidade de expansão para 10.000, e foi concebida para funcionar convenientemente tanto na época baixa, para os cerca de 500 ocupantes da aldeia, como na época alta, no verão, quando o número de habitantes dispara para 1500 ou 2000. Face à sensibilidade ambiental e paisagística da zona, a Estação vai ser instalada em localização adequada, numa zona de depressão a sul da EN253, junto ao cruzamento com a EN261.


junta de freguesia de Comporta

Freguesia da Comporta foi invadida pelos aromas da Festa da Batata-Doce

18 november 2019

A aldeia da Carrasqueira, na freguesia da Comporta acolheu, nos dias 16 e 17 de novembro 2019, mais uma edição da Festa da Batata-Doce, iniciativa que se realiza de dois em dois anos na freguesia e que, este ano, tornou a trazer sabores distintos, animação cultural e musical e muito convívio àquele local.

O certame teve início na manhã de sábado (dia 16) com a visita de crianças a um campo de batata-doce, iniciativa que antecedeu a abertura oficial da festa com uma atuação das crianças do Centro Escolar da Comporta. Seguiram-se as atuações da Banda da Sociedade Filarmónica Progresso Matos Galamba, do Rancho Folclórico de Alcácer do Sal, do Grupo Coral Feminino Cantares do Xarrama (Torrão) e do Duo Paula & Sónia, com baile. No domingo (dia 17) a festa iniciou com um almoço convívio, que contou com as presenças e intervenções do presidente da Câmara Municipal de Alcácer do Sal, Vítor Proença, da presidente da Junta de Freguesia da Comporta, Deolinda Florêncio, do presidente da Junta de Freguesia do Carvalhal, Marco Santos, e do presidente da Confederação Nacional da Agricultura - CNA, João Dinis. A animação seguiu pela tarde com as atuações da Banda da Sociedade Filarmónica Amizade Visconde d'Alcácer, do Grupo Coral do Torrão e de Sevilhanas da Sociedade 1º de Janeiro Torranense. O dia fechou com um baile a cargo de Bruno Marques.

O evento foi organizado pela Associação dos Agricultores do Distrito de Setúbal com os apoios da Câmara Municipal de Alcácer do Sal, da Junta de Freguesia da Comporta, da Junta de Freguesia de Carvalhal e da Confederação Nacional da Agricultura.


Batata-doce 1

Município de Alcácer foi decisivo na venda da ADT2 da Comporta

16 november 2019


A compra dos ativos imobiliários da Herdade da Comporta à Gesfimo pelo consórcio Vanguard Properties/ Amorim Luxury ficou concluída em 14 de novembro com a assinatura da escritura relativa à aquisição de 1.380 hectares de área de desenvolvimento e floresta, por 157,53 milhões de euros. Para este desfecho contribuiu a decisiva ação do Município de Alcácer do Sal, que aprovou em reunião de Câmara e depois em Assembleia Municipal extraordinárias (a 29 de outubro e a 7 de novembro respetivamente) uma proposta de resolução de utilidade pública para constituição de servidões administrativas e expropriação de direito de superfície para execução do Plano de Pormenor da Área de Desenvolvimento Turístico da Comporta – ADT2. A constituição das servidões foi um passo decisivo na conclusão do processo, sendo que as servidões administrativas são direitos estabelecidos a favor de terceiros que incidem sobre prédios ou terrenos.

O Município de Alcácer viabilizou assim a concretização do negócio da venda da ADT2 - Comporta, cujos projetos futuros irão estimular o turismo e a economia da região, além de se prever gerar cerca de um milhar de postos de emprego. 

Presidente com os novos dos da ADT2 Comporta

Noite de emoção para alunos do concelho de Alcácer do Sal

Prémios de Mérito Municipal Escolar

15 november 2019


A noite foi de emoção para oito jovens do concelho de Alcácer do Sal, que viram o seu desempenho escolar no ano letivo 2018/2019 ser destacado pela Câmara Municipal de Alcácer na tradicional cerimónia de atribuição de Prémios de Mérito Municipal Escolar a alunos do concelho do 2º e 3º ciclos do Ensino Básico, Ensino Secundário e Ensino Secundário Profissional.

A cerimónia, que teve lugar no salão nobre dos paços do concelho, reuniu alunos, familiares, professores, elementos de Agrupamentos de Escolas e elementos da comunidade que quiseram acompanhar de perto esta merecida homenagem e mostrar o seu apoio a estes jovens. Os momentos musicais estiveram a cargo da jovem alcacerense Mariana Barrocas.

 “Mais do que um dever, este Executivo Municipal tem uma vontade muito grande de apostar na juventude, pelo que disponibiliza apoios muito importantes e promove também estes Prémios de Mérito Municipal Escolar. A estes alunos premiados, deixo o meu apelo: não tenham medo de avançar e sempre focados, pois sem isso não há resultados. E quando forem para a Universidade e fizerem outro percurso, nunca esqueçam a vossa terra, pois é importante estarmos unidos em torno de Alcácer do Sal”, declarou Vítor Proença, presidente da Câmara Municipal de Alcácer do Sal, que congratulou os alunos e fez votos de muito êxito no futuro.

Agraciados com Certificados de Mérito Municipal Escolar, um cheque-brinde de apoio ao seu percurso escolar e uma recordação simbólica foram: Maria Clara Flamino e Martim Correia (2º Ciclo do Ensino Básico do Agrupamento de Escolas de Alcácer do Sal); Flávia Aniceto (2º Ciclo do Ensino Básico do Agrupamento de Escolas do Torrão); Irina Sombreireiro e Ana Lopes (3º Ciclo do Ensino Básico do Agrupamento de Escolas de Alcácer do Sal); Vanessa Galego (3º Ciclo do Ensino Básico do Agrupamento de Escolas do Torrão); Madalena Batista (ensino secundário na área de Ciências); Daryna Yaroshyk (ensino secundário, concelho na Área de Restaurante/Bar, do Curso Profissional).

O Município de Alcácer do Sal deseja a estes jovens muito sucesso e faz votos de que alcancem os objetivos a que se proponham.

prémios de mérito escolar municipal 2019

Novo Hotel da Barrosinha de 4 estrelas foi inaugurado

14 november 2019

Depois de um investimento de cerca de 5 milhões de euros em requalificações e várias intervenções em antigos espaços industriais e agrícolas, o Hotel da Barrosinha (de 4 estrelas) foi inaugurado, no dia 14 de novembro 2019. De entre as infraestruturas do complexo da Barrosinha que foram reabilitadas destacam-se as seis casas de antigos trabalhadores da herdade, cuja recuperação custou mais de 300 mil euros, e uma taberna antiga da aldeia que foi completamente recuperada, após um investimento de 100 mil euros. O investimento foi cofinanciado por fundos europeus no âmbito do Portugal 2020.

A convite da administração do hotel, marcou presença o presidente da Câmara Municipal de Alcácer do Sal, Vítor Proença, que na sua intervenção começou por agradecer o convite aos administradores e à ECS - Fundo de Gestão na pessoa do Dr. António Sousa, e felicitar todos os intervenientes na execução da obra sublinhando que, pessoalmente para ele, este foi um dia "muito feliz, mas também, e sobretudo, para o Município de Alcácer". Vítor Proença recordou que teve "a oportunidade de visitar as obras do espaço juntamente com os vereadores a tempo inteiro", e lembrou o "estado degradado no qual a Herdade da Barrosinha se encontrava", descrevendo a recuperação do edifício como um "renascer das cinzas", num ativo "que vale, hoje, dezenas de milhões de euros". Acrescentou o autarca que ficou "sinceramente surpreendido pela positiva devido ao cronograma de prazos que tinha que haver, e que houve, para que a obra se realizasse".

O edil prosseguiu, elogiando a "audácia e a coragem" de todos os envolvidos, valorizando o papel de todos na execução deste "grande projeto na Barrosinha, no concelho de Alcácer do Sal" e concluiu, afirmando que "a partir de agora, Portugal, o Alentejo e Alcácer passam a ter uma outra resposta de qualidade na oferta turística".

O novo Hotel, da Companhia Agrícola da Barrosinha, conta com 37 quartos (entre os quais, duas suites), e um restaurante assim como piscina. Além do turismo, a Herdade da Barrosinha oferece atividades agrícolas, florestais e cinegéticas, como a produção de vinho, gado bovino, arroz, cortiça, pinha e caça.


Hotel da Barrosinha 4*

Câmara Municipal de Alcácer do Sal submete à Assembleia Municipal manifesto em prol de Alcácer

14 november 2019

Exigir "mais investimento da administração central no Concelho" e reclamar do "desinteresse do Governo na região e em Alcácer do Sal", são as duas principais premissas de um manifesto, aprovado no dia 14 de novembro de 2019 em Reunião de Câmara, redigido em nome da população do concelho e que vai ser submetido pela Câmara à Assembleia Municipal para aprovação, e depois ao XXII Governo da República.


No documento, o presidente da Câmara Municipal de Alcácer do Sal, Vítor Proença, reivindica o cumprimento, por parte do Governo, dos "deveres e obrigações para com as pessoas de Alcácer e da Região", referindo diversos aspetos nos quais são exigidas melhorias, com o objetivo de incrementar a qualidade de vida da população do concelho, em áreas como o ambiente, transportes públicos, segurança rodoviária, redes de água e saneamento, cuidados de saúde, ensino e escolas, tribunal de Alcácer e conservatória de registos, proteção animal, demografia e natalidade, segurança e proteção civil. Ao mesmo tempo, o edil sublinha que "o Município de Alcácer tem cumprido e tem feito tudo o que está ao seu alcance e no âmbito das suas competências para dinamizar a economia e promover o bem-estar das populações".


A proposta foi aprovada por unanimidade com os votos a favor dos vereadores CDU. Os vereadores PS ausentaram-se da votação, alegando a vereadora Clarisse Campos que a Câmara não tem competência para aprovar este manifesto.

Salão Nobre

Passeios de galeão mostram Alcácer do Sal sob as luzes de Natal

“Natal no Sado”

14 november 2019


Há locais que se tornam um presépio natural na época natalícia e Alcácer do Sal é, sem dúvida, um deles. Para se admirar a beleza da cidade iluminada por mil cores, como um postal de Natal real, pelo segundo ano consecutivo o Município de Alcácer do Sal irá promover os passeios “Natal no Sado”, a bordo do galeão Pinto Luísa.

Com ponto de encontro no cais da margem sul, os passeios terão a duração de cerca de 60 minutos, ao som de músicas de Natal e enquanto o participante se delicia com uma bebida quente e bolachinhas alusivas à época. 

A iniciativa vai decorrer ao longo do mês de dezembro, estando previstas as seguintes viagens: dia 1 (17h às 18h/ 18h às 19h, inscrições até 27 de novembro); dia 2 (17h às 18h/ 18h às 19h, inscrições até 27 de novembro); dia 3 (17h30 às 18h30/ 18h30 às 19h30, inscrições até 27 de novembro); dia 4 (17h30 às 18h30/ 18h30 às 19h30, inscrições até 27 de novembro); dia 5 (18h30 às 19h30, inscrições até 4 de dezembro); dias 12, 13, 14, 15, 16 e 17 (17h às 18h/ 18h às 19h, inscrições até 11 de dezembro); dia 18 (17h30 às 18h30/ 18h30 às 19h30, inscrições até 11 de dezembro); dia 19 (18h às 19h/ 19h às 20h, inscrições até 13 de dezembro); dia 20 (18h30 às 19h30, inscrições até 18 de dezembro); dia 26 (17h às 18h, inscrições até 20 de dezembro); dia 27 (18h às 19h, inscrições até 20 de dezembro).

O passeio é pago e a inscrição prévia deve ser realizada junto do Posto de Turismo de Alcácer do Sal, no Largo Luís de Camões ou através dos e-mails turismoalcacer@m-alcacerdosal.pt e postoturismo@m-alcacerdosal.pt. O esclarecimento de dúvidas pode ser feito através dos e-mails indicados ou dos contactos telefónicos 265 009 987 e 911 794 685. Para mais informações consulte  http://www.cm-alcacerdosal.pt/pt/turismo/alcacer-tem-vida/

Natal 2018

ALCÁCER RECEBE “ENCONTRO UMA REGIÃO, UM PROJETO… EDUCAR NA COMUNIDADE!”

13 november 2019


“Encontro Uma Região, um Projeto… Educar na Comunidade!” é a iniciativa que se realiza no Auditório Municipal de Alcácer do Sal, no dia 26 de novembro, a partir das 9h.
Promovido pela AMRS – Associação de Municípios da Região de Setúbal, com o apoio da Câmara Municipal de Alcácer, o evento pretende ser um espaço de partilha sobre a função educativa, enquanto processo social humanizante e inclui painéis que irão decorrer no Centro de Educação Pré-Escolar de Alcácer. Aprofundar o conhecimento da comunidade educativa dos projetos educativos municipais e intermunicipais, valorizar esses projetos enquanto planos de contexto propiciadores de condições de promoção do sucesso educativo e contribuir para a construção da identidade regional nos planos educativo, cultural e social são os motivos que conduzem a este Encontro, que vai contar com a intervenção do presidente da Câmara Municipal de Alcácer do Sal, Vítor Proença na sessão de abertura, e do vereador Manuel Vítor de Jesus no encerramento.
Os interessados em participar podem inscrever-se até 20 de novembro em https://www.amrs.pt/pages/739


Auditório Municipal de Alcácer do Sal

Grinch rouba o Natal na "Oficina dos Sonhos"

Em Alcácer do Sal, de 19 de novembro a 11 de dezembro

13 november 2019


O conto de Dr. Seuss “Como o Grinch roubou o Natal” é o ponto de partida da “Oficina dos Sonhos", a animação natalícia que a Câmara Municipal de Alcácer do Sal promove de 19 de novembro a 11 de dezembro, através da Oficina da Criança e da Biblioteca Municipal, uma ação cofinanciada pelo Alentejo 2020.

Nesta 14ª edição da iniciativa, mais de seis centenas de alunos do pré-escolar e do 1º ciclo do ensino básico do concelho visitarão o Santuário do Senhor dos Mártires, na cidade, onde os técnicos do Município os convidarão a ser parte viva da representação de “Como o Grinch roubou o Natal”, uma obra que reflete sobre o Natal e a sua simbologia, nomeadamente a sua essência que reside não nos presentes ou decorações, mas nos corações das pessoas, baseando-se em importantes valores como o amor, a fraternidade e o convívio. Em seguida, e como recordação para levarem para casa, as crianças construirão enfeites em forma de coração para colocarem na sua árvore de Natal.

Esta é uma iniciativa municipal lúdica que, além de celebrar a magia do Natal, permite transmitir e incutir nos mais novos importantes valores sociais.

natal 4_400px.JPG

Alcácer do Sal melhora entre as câmaras menos endividadas

12 november 2019


Alcácer do Sal subiu no ranking do grupo das câmaras municipais menos endividadas do país e passou da 25ª posição em 2017 para a 14ª no ano de 2018.

De acordo com o Anuário Financeiro dos Municípios Portugueses recentemente publicado pela Ordem dos Contabilistas Certificados, em 2018 Alcácer do Sal conseguiu alcançar resultados bastante positivos em algumas vertentes. A título de exemplo, o Município apresenta um melhor índice de dívida total (subiu de 10º para 9º) e um menor peso do passivo exigível no ativo (passou de 13º para 9º). Está entre os 20 municípios com menor passivo por habitante (transitou de 17º para o 10º lugar), menor índice de dívida total do município (passou de 10º para 9º) e menor peso do passivo exigível consolidado nos rendimentos próprios (subiu da 10ª para a 7ª posição). Alcácer passou também a figurar nos 20 municípios do país com melhor liquidez, classificação que não alcançara em 2017.

No ranking global dos municípios de pequena dimensão integrados na lista dos 100 melhores classificados globalmente, o Município de Alcácer deixou o 21º lugar de 2017 e, em 2018, ascendeu a 15º.

Câmara Municipal.JPG

Universidade Sénior de Alcácer do Sal realizou Magusto animado no Bº Laranjal

11 november 2019

Castanhas, água-pé, batata-doce e animação musical foram as premissas do tradicional Magusto promovido pela Universidade Sénior de Alcácer do Sal na tarde de sexta-feira (8 de novembro 2019) no Bairro do Laranjal. O evento teve as presenças do presidente da Câmara Municipal de Alcácer do Sal, Vítor Proença, dos vereadores Manuel Vítor de Jesus, Ana Soares e Nuno Pestana, e do presidente da União das Freguesias de Alcácer do Sal (Santa Maria do Castelo e Santiago) e Santa Susana, Arlindo Passos, e contou com animação musical de Bruno Marques, tendo sido aberto a toda a população.

Magusto Universidade Senior 2019

Rancho Folclórico de Alcácer do Sal assinalou 65º aniversário com atuação no Auditório Municipal

09 november 2019

O Auditório Municipal de Alcácer do Sal acolheu, na noite de sexta-feira (8 de novembro 2019) uma atuação do Rancho Folclórico de Alcácer do Sal, comemorativa do 65º aniversário da coletividade. O espetáculo teve entrada livre, e foi presenciado pelo presidente do Município de Alcácer, Vítor Proença - que no final entregou uma lembrança ao Rancho -, pela vereadora Ana Soares e pelo presidente da União das Freguesias de Alcácer do Sal e Santa Susana, Arlindo Passos, tendo contado com o apoio da Câmara Municipal de Alcácer do Sal.

Rancho Folclórico

Corta-mato escolar dinamizou marginal e Margem Sul de Alcácer do Sal

07 november 2019

O corta-mato escolar teve lugar durante a manhã de ontem (6 de novembro 2018) na Avenida João Soares Branco e na Margem Sul de Alcácer do Sal. O percurso teve início e término na Margem Sul de Alcácer do Sal, e passagem pelas pontes metálica rodoviária e pedonal, num trajeto que percorreu também toda a marginal da cidade. Segundo a organização, a prova deste ano contou com a participação de 570 crianças e jovens do ensino pré-escolar ao secundário - 170 no corta-mato e 400 na caminhada -, distribuídos por vários escalões. Os primeiros seis classificados de cada escalão apuraram-se para a Fase Distrital de Corta-Mato do Desporto Escolar, que decorre no próximo dia 20 de novembro de 2019 em Reguengos de Monsaraz.

A entrega dos prémios aos vencedores foi levada a cabo pelo presidente da Câmara Municipal de Alcácer do Sal, Vítor Proença, acompanhado pelo vereador Manuel Vítor de Jesus e pelo diretor do Agrupamento de Escolas de Alcácer, Nelson Latas. Inserido no âmbito do Projeto do Desporto Escolar, o corta-mato é uma atividade do Agrupamento de Escolas de Alcácer do Sal e tem o apoio da Câmara Municipal.

Corta-mato escolar 2019

Município contribui para o bom funcionamento das escolas de 1º ciclo do Agrupamento de Escolas de Alcácer do Sal

05 november 2019


O Município de Alcácer do Sal está a prestar um importante apoio ao bom funcionamento das escolas do 1º ciclo do Agrupamento de Escolas de Alcácer, refere o Conselho Geral deste Agrupamento numa tomada de posição, adotada por unanimidade, sobre a falta de assistentes operacionais nos estabelecimentos de ensino que engloba. “A Escola Básica de Palma e a Escola Básica de Casebres não dispõem de nenhum assistente operacional, sendo as tarefas inerentes às suas funções asseguradas pelo Município de Alcácer do Sal. Em todas as escolas onde funciona o 1º ciclo, elas não teriam condições mínimas de funcionamento se não tivessem sido colocadas nessas escolas as assistentes contratadas pela Câmara Municipal”, salienta o ofício.

Remetido a várias entidades competentes na sequência da reunião do Conselho Geral no dia 17 de outubro, com o intuito de encontrar uma solução para o grave problema da falta de assistente operacionais no Agrupamento de Escolas de Alcácer, o ofício salienta que o Agrupamento tem um rácio estatístico “irrealista” de 37 assistentes operacionais, quando tem no seu mapa de pessoal 33 assistentes operacionais, dos quais apenas estão em funções 27 por motivos de baixas médicas prolongadas. Outro pormenor é o pedido de aposentação de 11 assistentes operacionais; mesmo com a entrada de cinco novos assistentes no concurso que está a decorrer, o Agrupamento ficará com um deficit de seis em relação ao presente.

Outras preocupações também complexas passam pelo “número reduzido de assistentes operacionais no acompanhamento de oito alunos com necessidades específicas e abrangidos pelo novo regime de Educação Inclusiva”, “a garantia da segurança dos alunos e a limpeza de todo o espaço escolar (…), uma vez que os horários de funcionamento são interrompidos por haver necessidade de deslocar as assistentes operacionais para outros locais e/ ou funções consideradas prioritárias”.

A Escola Secundária de Alcácer conta com 546 alunos e 10 assistentes operacionais, enquanto a Escola Básica Pedro Nunes tem 348 alunos e 12 assistentes operacionais. Se faltarem duas ou três assistentes nestes estabelecimentos de ensino, a tomada de posição frisa que o Diretor será impelido a encerrar a escola por falta de segurança e higiene, situação a que o Município de Alcácer do Sal é bastante sensível dada a importância do bom funcionamento da escola pública.

Escola Básica Pedro Nunes

Obras na Oficina da Criança com "luz verde" para avançar

04 november 2019

O Salão Nobre dos Paços do Concelho acolheu, no dia 4 de novembro de 2019, a assinatura do auto de consignação referente à obra de recuperação do edifício da Oficina da Criança, em Alcácer do Sal. A assinatura foi feita pelo presidente da Câmara Municipal de Alcácer do Sal, Vítor Proença, pelo arquiteto Urbino Felício, técnico da Câmara Municipal de Alcácer presente na qualidade de fiscal nomeado pelo Município, e pelo engenheiro Sérgio Saraiva, da empresa António Saraiva & Filhos, à qual os trabalhos foram adjudicados. Marcaram também presença os técnicos da Câmara Municipal de Alcácer do Sal que vão efetuar o acompanhamento da obra. Após a assinatura do contrato, Vítor Proença sublinhou que a Oficina da Criança é "uma instituição bastante acarinhada pela população de Alcácer, que é frequentada por cerca de 150 crianças do 1º ciclo" e expressou a convicção de que "vai correr tudo bem" no que diz respeito à execução da obra.
O melhoramento das instalações, adjudicado à empresa António Saraiva & Filhos, está orçado em 474.668,00 euros e abarca: trabalhos de construção civil; substituição de caixilharias, vidraças, vãos interiores, revestimentos interiores e exteriores, loiças sanitárias, equipamentos de iluminação; criação de rampas e outros elementos relacionados com acessibilidades e arranjos exteriores; desmontagem e substituição de cobertura e caleiras e remate perimetral da fachada existente; aplicação de teto falso radiante e equipamentos sistema de bomba de calor para apoio/ abastecimento de solução de teto radiante; demolição e construção de divisórias interiores; pinturas. Os trabalhos têm um prazo de execução de 300 dias.

A Oficina da Criança da Câmara Municipal de Alcácer do Sal é um espaço de animação socioeducativa criado em 1989, que agrega processos que não fazem parte dos programas escolares ou que neles sejam contemplados de forma insuficiente. Paralelamente, assume-se como um polo de recursos à disposição de toda a comunidade educativa do concelho. Contempla ainda visitas e animações temáticas idealizadas mediante o projeto anual da Oficina.

Salão Nobre

Município de Alcácer convidado a integrar projeto-piloto de plataformas de gestão de informação

29 october 2019


Alcácer do Sal é um dos três municípios convidados pela Associação Nacional de Municípios Portugueses para integrar um “Estudo de boas práticas e condições de construção de plataforma de gestão de informação necessária à geração de inteligência na gestão do território nacional”.

Com financiamento do programa Compete 2020, o Estudo está a ser desenvolvido com o apoio da Ernst & Young e da Universidade Nova IMS e visa apurar boas práticas utilizadas na criação de plataformas de gestão de informação que potenciem a implementação de estratégias urbanas inteligentes.

O Município de Alcácer do Sal aceitou honradamente o convite para fazer parte deste projeto-piloto, que integrará também Guimarães e Viseu, certo de que dará um importante contributo para o mesmo.

Alcácer vista da margem sul

Orçamento para 2020 aposta no investimento e na melhoria da qualidade de vida das populações

25 october 2019

Foi aprovada, no dia 24 de outubro 2019 em Reunião de Câmara, uma proposta referente às Grandes Opções do Plano e Orçamento da Câmara Municipal de Alcácer do Sal para o ano de 2020, documento que compreende um valor na ordem dos 31 milhões de euros. Com a apresentação desta proposta de orçamento, o Município procura apostar na captação de novos investimentos, no apoio às empresas e investidores, de forma a gerar-se mais empregos e criação de riqueza, e visa dar continuidade ao trabalho encetado em 2013 pelo atual executivo, onde é possível destacar várias obras e projetos de considerável dimensão que pretendem melhorar a oferta do concelho. O investimento na educação está presente nos apoios sociais, nos transportes escolares, na alimentação, no material escolar e nas bolsas de estudo disponibilizadas às crianças e jovens do concelho de Alcácer do Sal. Com este orçamento, é dada continuidade ao investimento e ao aproveitamento das capacidades patrimoniais e turísticas do concelho, com a promoção do turismo como potenciador de novos investimentos. A Câmara Municipal de Alcácer reforça também a aposta nos recursos humanos, investindo na Higiene e Segurança no Trabalho, tendo sempre como principal premissa o bem-estar de todos os trabalhadores. Paralelamente a estes apoios, está novamente incluído no Orçamento para 2020 um significativo apoio ao movimento associativo e forças vivas do concelho, passando pelas Associações de Bombeiros, associações culturais, desportivas, sociais e outras.

 

Através da obtenção de vários importantes financiamentos, a Câmara Municipal de Alcácer do Sal pretende, no decorrer do ano de 2020, fazer progredir a qualidade de vida das populações com a melhoria das redes de abastecimento de água e iluminação pública e investir ainda a nível de obras e projetos a implementar no concelho, bem como na aquisição de novos equipamentos e apoios a instituições e famílias. Dentro dos empreendimentos previstos no orçamento para 2020, destacam-se a recuperação do Parque de Feiras da cidade, a requalificação e modernização da escola dos Telheiros, a remodelação e reequipamento do edifício da Oficina da Criança, a construção de uma estação de lavagem de viaturas na ZIL, o Plano de Mobilidade do Torrão, o projeto para os Passadiços do Castelo de Alcácer do Sal, projetos, estudos e pareceres e consultoria, a execução de novo estacionamento na Margem Sul, a remodelação da estação de tratamento de águas do Batão e da estação elevatória do mercado do Torrão, a requalificação da entrada dos bairros de S. João e Olival Queimado, a aquisição de novos e mais modernos equipamentos para o parque informático e rede de dados, de novas viaturas para os setores operacionais do Município e de três novos autocarros para transporte de passageiros, a que se juntam o apoio à nova Equipa de Intervenção Permanente - EIP dos Bombeiros Mistos de Alcácer do Sal, a candidatura aos Contratos Locais de Desenvolvimento Social - CLDS 4G, entre outros.

 

A proposta que ratificou o Orçamento do Município para 2020 foi aprovada, na Reunião de Câmara, por maioria e sem votos contra.

Salão Nobre

Câmara Municipal assinou Consignação do Plano de Mobilidade do Torrão

21 october 2019


O presidente da Câmara Municipal de Alcácer do Sal, Vítor Proença procedeu esta manhã à assinatura do Auto de Consignação das obras do Plano de Mobilidade do Torrão, cerimónia que decorreu no salão nobre dos Paços dos Concelho e que contou com a presença do Executivo permanente e do representante da empresa Pinto & Braz, Lda, que irá concretizar os trabalhos.

A empreitada, orçada em 454.683,06 euros, tem um prazo de execução de 270 dias e contempla a remodelação da rede de água, melhoramentos na rede de esgotos e rede de pluviais e remodelação de pavimentos, com a colocação de calçada e lajetas de granito em algumas ruas do centro histórico da vila do Torrão, nomeadamente: Rua Catarina Eufémia e Rua João Falcão, Rua da Azinheira, Travessa da Azinheira, travessa entre a Rua da Azinheira e a Rua da Matriz, Rua da Matriz, Travessa de Santo António, Travessa da Misericórdia, Travessa da Matriz, Rua do Adro, Rua de Santo António, Rua da Lagoa e Rua Gago Coutinho. Dada a riqueza histórica da zona a intervencionar, as obras serão acompanhadas de perto pelo Setor de Arqueologia do Município.

Este é um importante passo dado pela Câmara Municipal de Alcácer do Sal no sentido de melhorar infraestruturas básicas, assim como a mobilidade pedonal no centro histórico do Torrão.

Consignação Plano de Mobilidade do Torrão

Alcácer do Sal recebe “Encontro Uma Região, um Projeto… Educar na Comunidade!”

17 october 2019

 

“Encontro Uma Região, um Projeto… Educar na Comunidade!” é a iniciativa que se realiza no Auditório Municipal de Alcácer do Sal, no dia 26 de novembro,  a partir das 9h.

Promovido pela AMRS – Associação de Municípios da Região de Setúbal, com o apoio da Câmara Municipal de Alcácer, o evento pretende ser um espaço de partilha sobre a função educativa, enquanto processo social humanizante e inclui painéis que irão decorrer no Centro de Educação Pré-Escolar de Alcácer. Aprofundar o conhecimento da comunidade educativa dos projetos educativos municipais e intermunicipais, valorizar esses projetos enquanto planos de contexto propiciadores de condições de promoção do sucesso educativo e contribuir para a construção da identidade regional nos planos educativo, cultural e social são os motivos que conduzem a este Encontro, que vai contar com a intervenção do presidente da Câmara Municipal de Alcácer do Sal, Vítor Proença na sessão de abertura, e do vereador Manuel Vítor de Jesus no encerramento.

Os interessados em participar podem inscrever-se até 20 de novembro em https://www.amrs.pt/pages/739

Auditório Municipal de Alcácer do Sal

Biblioteca Municipal de Alcácer do Sal celebra Mês Internacional das Bibliotecas Escolares

16 october 2019


No âmbito das comemorações do Mês Internacional das Bibliotecas Escolares, a Biblioteca Municipal de Alcácer do Sal está a promover diversas iniciativas que se aliam também à comemoração de outras datas importantes.

A primeira atividade realizou-se ontem (15 de outubro) e irá repetir-se na sexta-feira (dia 18), destinando-se a assinalar o Dia Mundial da Alimentação através da leitura da obra de Anna Kemp “Os rinocerontes não comem panquecas” na Hora do Conto, seguida de uma pequena conversa de técnicas do Centro de Saúde de Alcácer com os alunos dos jardins de infância, ensino pré-escolar e 1º ciclo sobre a importância dos bons hábitos alimentares para um crescimento saudável.

Dia 23 de outubro haverá duas sessões de animação e promoção da leitura com o psicólogo educacional Alfredo Leite, do projeto “Mundo Brilhante”. A primeira sessão destina-se a alunos do 9º ano e incidirá sobre a obra "Os Lusíadas", de Luís Vaz de Camões; a segunda sessão realiza-se à tarde, destina-se às crianças do 4º ano e tem como tema "Não gosto de ler. E agora?! – A importância da leitura explicada aos alunos".

As iniciativas de 29 e 31 de outubro para os meninos e meninas dos jardins de infância, ensino pré-escolar e 1º ciclo visam celebrar o Dia das Bruxas, com a animação do conto “Gabriela e a Espreitadela”, de Jim Helmore e Karen Wall.

Mês Internacional das Bibliotecas Escolares

Receção aos alunos do Concelho foi caracterizada pela boa-disposição

15 october 2019

Teve lugar nos dias 11 e 14 de outubro de 2019 a receção aos alunos do Agrupamento de Escolas do Torrão (dia 11), na sede da Sociedade 1º de Janeiro Torranense, e de Alcácer do Sal (dia 14), no Auditório Municipal da cidade, com a presença das crianças do ensino pré-escolar e do 1º ciclo do Ensino Básico do concelho. O bom ambiente marcou estas sessões de receção à comunidade educativa, com a apresentação de peças de teatro por parte da Companhia de Teatro Circo Trupilariante, que deixaram as crianças de sorriso na cara.

As iniciativas, promovidas pela Câmara Municipal de Alcácer do Sal e cofinanciadas pelo Alentejo 2020, contaram com as presenças do executivo municipal permanente.

Auditório Municipal de Alcácer do Sal

Trabalhos de Rede Viária com boa taxa de execução em 2019

10 october 2019

Dos trabalhos programados por parte da equipa de Rede Viária da Câmara Municipal de Alcácer do Sal para efetuar no ano de 2019, constata-se que já foram executadas nove importantes intervenções por parte deste setor desde o início deste ano. A regularização do piso do campo de futebol do Bairro de S. João (concluída em janeiro), a ligação entre as ruas do Chafariz e da Oficina em Palma (março), a pavimentação betuminosa no Parque de Merendas em Casebres (abril), a pavimentação betuminosa de parque de estacionamento na ZIL (abril), o apoio aos trabalhos de preparação das Festas de Santa Catarina (maio), o apoio aos trabalhos de preparação da PIMEL 2019 (junho), a repavimentação de zonas degradadas na EM do Barrancão (agosto) e o apoio aos trabalhos de preparação da Feira Nova de Outubro (outubro), foram alguns dos trabalhos até agora executados pela equipa de Rede Viária, que também tem efetuado trabalhos de capinagem e limpeza de bermas, e de regularização de caminhos em vários pontos do concelho.

Equipa rede viaria

Comunidade escolar foi recebida na Pousada D.Afonso II em Alcácer do Sal

10 october 2019

O claustro da Pousada Afonso II, em Alcácer do Sal, acolheu na tarde do dia 9 de outubro 2019 a receção à comunidade escolar, evento realizado anualmente que junta o pessoal docente e não docente afeto aos agrupamentos de escolas do concelho de Alcácer do Sal. A iniciativa, cofinanciada pelo Alentejo 2020, foi novamente pautada pelo bom ambiente, com a realização de um lanche-convívio e com a atuação da Tuna Académica de Setúbal Cidade Amada - T.A.S.C.A. (Instituto Politécnico de Setúbal). O evento contou também com a intervenção do presidente da Câmara Municipal de Alcácer do Sal, Vítor Proença, que aproveitou para "desejar um excelente ano letivo a todos, independentemente das funções que desempenham, no plano profissional e pessoal", acrescentando "um sincero agradecimento a todos os funcionários e funcionárias que trabalham nas escolas pelo que têm feito em prol da educação e do ensino". Vítor Proença ofereceu depois uma lembrança à tuna setubalense que atuou durante a cerimónia.

Marcaram também presença os restantes elementos do executivo permanente da Câmara Municipal de Alcácer do Sal, bem como a presidente da Assembleia Municipal, Maria Antónia Mendes e o presidente da União das Freguesias de Alcácer, Arlindo Passos.

Rececao comunidade educativa

Trabalhos retomados na Estação Arqueológica de Sta. Catarina de Sítimos

09 october 2019

A Câmara Municipal de Alcácer do Sal está a proceder a trabalhos arqueológicos de manutenção na estação arqueológica de Santa Catarina de Sítimos. O plano de atividades está a ser levado a cabo por técnicos do setor de Arqueologia, Património e Museus do Município de Alcácer, e foi adotado no sentido de retomar intervenções arqueológicas interrompidas em 2006/2007, e de tentar obter mais documentação arqueológica de forma gradual na área intervencionada.

Santa Catarina

Feira Nova de Outubro renovou brilho da margem sul de Alcácer do Sal

07 october 2019


A margem sul de Alcácer do Sal teve um novo brilho entre os dias 4 e 6, com a realização da edição de 2019 da Feira Nova de Outubro.

“A margem sul foi um palco à altura da responsabilidade que é receber uma feira tão emblemática para o concelho, com mais de dois séculos de existência. E o certame dignificou ainda mais este que é um espaço privilegiado na cidade, com uma vista lindíssima para o rio e para a baixa de Alcácer”, disse Vítor Proença, presidente da Câmara Municipal de Alcácer do Sal. “A alteração temporária do local de realização da Feira Nova de Outubro não afastou os visitantes e, embora esta não tenha tido a dimensão habitual dadas as limitações da área da margem sul, o certame foi bastante positivo”, acrescentou o autarca.

Ao longo de três dias, a Feira Nova de Outubro reuniu na margem sul vendedores de produtos regionais, artesanato, calçado, roupa, brinquedos, utilitários, géneros alimentares (entre eles os frutos secos), tasquinhas e carrosséis. O cartaz musical foi composto por Fernando Daniel e DJ Ricky (dia 4), Lucky Duckies e DJ Cyer G (dia 5) e Banda Oitentamente (dia 6).

Feira na margem sul - outubro 2019

Vasco Gallego: "quero captar toda a gente que esteja disposta a descansar, comer bem, estar e desfrutar do Hotel Vale do Gaio"

01 october 2019

O Hotel Vale do Gaio, localizado à beira da Barragem com o mesmo nome, é uma nova unidade hoteleira de 4 estrelas que reabriu portas no passado dia 9 de setembro de 2019 após profundos trabalhos de remodelação, que tiveram a duração de 11 meses. O proprietário, Vasco Gallego, realça a grandeza da obra, na qual o edifício antigo foi substituído quase de forma integral.

"Vale do Gaio era uma pousada que, apesar de antes ser um espaço aconchegante e simpático, era já bastante antiga e dava muitos problemas, estando a precisar de uma remodelação urgente", refere o dono do hotel. Houve uma melhoria substancial em tudo, sendo que a maior diferença para agora é o aumento do número de quartos, que passou de 14 para 24. A lotação do restaurante aumentou também significativamente, passando de 32 lugares para 120, e há também a registar uma grande melhoria do hotel no mercado corporate, área para a qual esta unidade é sobejamente procurada.

Do anterior edifício, pouco ou nada sobrou. A remodelação foi praticamente completa. Quando questionado acerca de como espera que o Hotel Vale do Gaio vá dinamizar a oferta turística no concelho de Alcácer do Sal, o proprietário refere que o hotel é "um produto muito singular", afirmando que "quando alguém quer ir a Vale do Gaio quer mesmo ir para lá". O proprietário estaria porventura a referir-se às características distintas deste empreendimento turístico: o hotel, virado para a barragem, prima pela beleza e pela paz, proporcionados pela paisagem e localização únicas. O investimento total da remodelação cifrou-se nos 1.100.000 euros, comparticipado com fundos europeus no âmbito do Portugal 2020. E o futuro? "O hotel Vale do Gaio vai ser falado agora mais do que nunca, pois tem um potencial incomparavelmente maior que antes", reitera Vasco Gallego.

O investidor aproveitou ainda para acrescentar que "é ótimo todo o investimento que tem sido feito dentro do concelho de Alcácer do Sal na área da hotelaria", fazendo referência às obras com vista à construção do Palácio do Sal Hotel e Spa, em Alcácer do Sal, num investimento de cerca de 6 milhões de euros, e aos trabalhos de ampliação no Hotel da Barrosinha, também em Alcácer, cujas obras, já finalizadas, orçaram em 2,5 milhões de euros. Recorde-se que o Município de Alcácer do Sal apoiou todos estes investimentos, atribuindo isenção de taxas de modo a alavancar a economia do concelho, com a criação de emprego e o florescimento do turismo.

Vale Gaio

Município de Alcácer do Sal sem glifosato e mais amigo do ambiente

01 october 2019


A Câmara Municipal de Alcácer do Sal está a aplicar um novo herbicida biodegradável, de origem natural, seguro para pessoas, animais e ambiente.

Este novo herbicida, à base de ácido pelargónico e alternativo à utilização de glifosato, carateriza-se por ser obtido a partir de plantas e quando aplicado degrada-se muito rapidamente, não havendo riscos de contaminação dos lençóis freáticos ou efeitos negativos para organismos do solo, apesar de se verificar um cheiro intenso após a sua aplicação.

Ainda que se trate de um produto amigo do ambiente e seguro para pessoas e animais, o Município tem os devidos cuidados na sua aplicação e fá-la com consciência e respeitando a lei no que a esta atividade diz respeito, nomeadamente através do uso de equipamentos de proteção individual dos operadores.

Este é um produto com venda autorizada pela Direção-Geral de Alimentação e Veterinária e integra a lista de herbicidas autorizados para uso profissional em zonas de urbanas e zonas de lazer, respeitando a lei nº 26/2013, de 11 de abril.

aplicação de herbicida

Feira Nova de Outubro anima margem sul de Alcácer do Sal

De 4 a 6 de outubro

01 october 2019


É já na próxima sexta-feira (dia 4) que tem início a Feira Nova de Outubro, que decorre até domingo (dia 6) na margem sul da cidade de Alcácer do Sal, prometendo muita festa e diversão.

Instalada entre a ponte metálica e a ponte pedonal, a feira franca é promovida pela Câmara Municipal de Alcácer e proporciona a munícipes e visitantes a oportunidade de, ao longo de três dias, adquirirem produtos regionais, artesanato, calçado, roupa, brinquedos e utilitários, além dos muito apreciados frutos secos da época e outros produtos alimentares. Para crianças e jovens há os carrosséis, além dos saborosos comes e bebes.

A animação musical também está garantida. No dia 4 de outubro (sexta-feira), às 22h30 subirá a palco Fernando Daniel, que brindará o público com temas bem conhecidos, como “Espera”, “Voltas” e “Tal como sou”; a noite encerra com DJ Ricky. Já no dia 5 de outubro, também a partir das 22h30, haverá música com Lucky Duckies, seguidos de DJ Cyer G. Dia 6 de outubro há Banda Oitentamente, pelas 22h.

A Feira Nova de Outubro  teve origem numa Provisão datada de 13 de março de 1782 (reinado de D. Maria I). Enviada à Câmara Municipal de Alcácer do Sal, determinava a Provisão que no primeiro domingo de outubro de cada ano haveria uma feira franca por três dias. Assim tem sido desde então, com o certame promovido pela autarquia a ser hoje reconhecido como uma das marcas identitárias do município.

Feira Nova de Outubro 2017.JPG

Protesto pelo clima mobilizou estudantes em Alcácer do Sal

27 september 2019


No âmbito da Greve Climática Global que junta hoje (27 de setembro 2019) milhões de estudantes por todo o mundo em protesto pelas alterações climáticas, Alcácer do Sal foi invadida por alunos e professores do Agrupamento de Escolas de Alcácer, que percorreram a cidade numa manifestação pacífica composta por gritos de protesto, inúmeros cartazes e, pelo meio, recolha de lixo pelas ruas por parte dos alunos.

Os jovens juntaram-se na ESAS, percorrendo depois a zona alta de Alcácer, passando pelo bairro dos Açougues e pelo Largo Prof. Dr. Francisco Gentil, e efetuando uma paragem no Largo Luís de Camões. Logo após, seguiram pela marginal até à Praça Pedro Nunes, onde foram recebidos na Câmara Municipal de Alcácer do Sal pelo executivo permanente. Este protesto contemplou também a apresentação, por parte dos alunos, de uma carta com 14 reivindicações com medidas urgentes que consideram prioritárias para a melhoria climática, documento que foi entregue ao presidente da Câmara Municipal de Alcácer, Vítor Proença, e que será remetido à Assembleia da República.

Em Portugal, estas manifestações pretendem mobilizar sindicatos e autarquias, e têm o objetivo de chamar a atenção dos governantes para a necessidade de tratar a crise climática como uma prioridade, conforme também é defendido pela jovem ativista norueguesa Greta Thunberg.

greve pelas alterações climáticas - setembro 2019.jpg

Município volta a atribuir bolsas a estudantes do ensino superior

26 september 2019


A Câmara Municipal de Alcácer do Sal vai atribuir 20 bolsas de estudo para estudantes do ensino superior no presente ano letivo.

A proposta, aprovada hoje em reunião de Câmara, define que o número máximo de bolsas a atribuir não seja superior a 20, que 12 dessas bolsas sejam prioritariamente atribuídas a alunos anteriormente beneficiários, e que as restantes oito sejam preferencialmente atribuídas a candidatos a cursos técnicos superiores profissionais (uma bolsa), mestrados (duas bolsas) e cursos superiores - licenciatura ou licenciatura com mestrado integrado - (cinco bolsas). As áreas prioritárias para a atribuição de bolsas são as de medicina, enfermagem, engenharia civil, economia e gestão.

O prazo para a apresentação de candidaturas decorre entre os dias 7 de outubro e 8 de novembro.

Escola secundária de Alcácer - setembro 2019

Festival “VIVA BACH” engrandeceu cultura em Alcácer do Sal

23 september 2019


“Cada um dos momentos do festival foi único, inigualável e irrepetível. O concelho de Alcácer do Sal enriqueceu culturalmente e foi uma alegria desfrutar da beleza da obra de Bach, nesta expansão de horizontes musicais que foi um sucesso”. Estas foram as declarações de Vítor Proença, presidente da Câmara Municipal de Alcácer sobre o Festival “VIVA BACH” que, de 20 a 22 de setembro, celebrou a vida e o talento de Johann Sebastian Bach.

Ao longo de três dias realizaram-se quatro concertos e uma mesa redonda, que contaram com a participação de 700 pessoas e de músicos de renome provenientes de Portugal, Áustria, Brasil, Alemanha e Holanda. De Alcácer do Sal, destaque para o contributo da Sociedade Filarmónica Amizade Visconde de Alcácer e da Sociedade Filarmónica Progresso Matos Galamba.

A iniciativa, que decorreu no Auditório Municipal da cidade e na Igreja de Santiago, foi promovida pelo Município de Alcácer do Sal, com a direção artística de Veronika Schreiber e os apoios de Antena 2, Museu Nacional da Música, Governo de Portugal – Cultura, Direção-Geral do Património Cultural, Pianos.pt, Comissão Fabriqueira da Igreja, ANA – Aeroportos de Portugal e Vinci Airports.

“O livre acesso à cultura é um compromisso deste Município, que irá continuar a apostar em fazer chegar à população – e aos visitantes – um leque de opções diversificadas e interessantes, à semelhança deste grandioso projeto“, concluiu o autarca Vítor Proença.

Viva Bach na Igreja de Santiago 2019

VÍTOR PROENÇA VISITOU GRANDE PROJETO DE AGRICULTURA BIOLÓGICA EM MONTE NOVO DO SUL

19 september 2019


O presidente da Câmara Municipal de Alcácer do Sal, Vítor Proença, acompanhado pela técnica do município Ana Rita Guerra e pelo Secretário de Estado das Florestas e Recursos Agrícolas, Miguel Freitas, visitou hoje (19 de setembro de 2019) a Herdade de Monte Novo do Sul, no concelho de Alcácer, onde está a ser desenvolvido o maior projeto de agricultura biológica do país.
O empreendimento, que compreende um investimento de cerca de 10 milhões de euros, a que vão acrescer muito em breve mais 5 milhões de euros de reforço, contém a produção de 20 hectares de espargos, 150 hectares de cenoura, 50 hectares de couve-doce, 100 hectares de batata primavera, 90 hectares de batata-doce, 15 hectares de alho francês, 50 hectares de abóbora, além de culturas de milho e feijão.
A convite dos irmãos Larrére, investidores do empreendimento oriundos dos arredores de Bordéus (França), Vítor Proença e o Secretário de Estado tiveram a oportunidade de conhecer com pormenor um grande investimento de agricultura biológica. Estes investidores têm as empresas sediadas no concelho de Alcácer do Sal e recorrem ao comércio local e a parte da mão de obra do concelho.
O Secretário de Estado, Miguel Freitas, na sua intervenção, destacou o papel da Câmara Municipal de Alcácer do Sal como tendo "uma visão arrojada e de futuro" numa atitude extraordinariamente positiva perante a gestão autárquica local.


Visita a Monte Novo do Sul

Rota do Património: Uma viagem pelo Património da vila do Torrão

18 september 2019


O Município de Alcácer do Sal alia-se às Jornadas Europeias do Património 2019 (que se assinalam a 27, 28 e 29 de setembro) e promove no dia 28 a iniciativa “Rota do Património – Uma viagem pelo Património da vila Torrão”.

Com concentração no Posto de Turismo de Alcácer do Sal às 9h, a rota contempla um passeio pelo Torrão acompanhado por técnicos do Setor de Arqueologia da Câmara Municipal de Alcácer, com visita aos sítios da Calçada Romana, Monte da Tumba, Estação Arqueológica da Fonte Santa e ao Museu Etnográfico do Torrão.

Os interessados em participar devem inscrever-se até ao dia 27 de setembro junto do Posto de Turismo, através do telefone 265 009 987, telemóvel 911 794 685 ou ainda através do e-mail turismoalcacer@m-alcacerdosal.pt. O número mínimo de participantes é de 10 e número máximo é de 18 pessoas. A inscrição é gratuita e será fornecido transporte pelo Município. O programa poderá estar sujeito a alterações por motivos imprevistos.

Sob o mote “Artes, Património Lazer”, as Jornadas Europeias do Património pretendem este ano destacar as muitas facetas do património ligadas às artes, como fonte de entretenimento, e ao lazer, que nos permite viver outras dimensões da vida quotidiana, apropriando-nos de uma parte da cultura, tornando-nos autores, especialistas, guardiões e protagonistas. 


» Ficha de inscrição disponível aqui

CALÇADA ROMANA, TORRÃO

Margem sul de Alcácer do Sal recebe Feira Nova de Outubro

18 september 2019


Faltam sensivelmente duas semanas para a realização da emblemática Feira Nova de Outubro de Alcácer do Sal, que este ano vai ter um palco muito especial: a margem sul da cidade.

Com vista privilegiada para o rio e para a baixa de Alcácer, o certame decorre nos dias 4, 5 e 6 de outubro e vai ficar instalado no espaço compreendido entre a ponte metálica e a ponte pedonal, com espaços de aquisição de produtos regionais, artesanato, calçado, roupa, brinquedos e utilitários, além dos muito apreciados frutos secos, tais como nozes, amêndoas, pistácios e ainda os saborosos figos. Haverá também uma zona de comes e bebes e outra com carrosséis para crianças e jovens. A música animará a feira com as atuações de Fernando Daniel e DJ Ricky (dia 4), Lucky Duckies e DJ Cyer G (dia 5) e ainda Banda Oitentamente (dia 6).

A Feira Nova de Outubro  teve origem numa Provisão datada de 13 de março de 1782 (reinado de D. Maria I) que foi remetida à Câmara Municipal de Alcácer do Sal a decretar que, no primeiro domingo de outubro de cada ano, haveria uma feira franca de três dias. 

Feria Nova de Outubro

Turistas procuram cada vez mais Alcácer do Sal

Visitas ao concelho aumentaram no verão

17 september 2019


Os turistas procuram cada vez mais o concelho de Alcácer do Sal, principalmente na época do verão.

Nos meses de junho, julho e agosto deste ano, entre visitas guiadas de autocarro e passeios de galeão, a equipa de turismo do Município acompanhou 36 passeios que permitiram que 1.364 pessoas visitassem o concelho de forma organizada. Em contrapartida, em período homólogo de 2018 realizaram-se 19 visitas guiadas, que envolveram 831 pessoas, o que traduz um aumento de 89,5% das visitas e de mais 64,1% de turistas em 2019.

Também a Cripta Arqueológica do Castelo recebeu em junho, julho e agosto 3.566 pessoas, ao passo que em 2018 recebeu 2.677. A estes números somam-se ainda os visitantes do renovado Museu Municipal Pedro Nunes, que foram de 1.731 neste verão. 

visita turística

Alcácer do Sal celebra Bach de 20 a 22 de setembro

17 september 2019


É já esta sexta-feira (20 de setembro) que tem início o Festival “VIVA BACH”, que durante três dias vai celebrar a vida e a obra de J.S. Bach com a realização de quatro concertos, na Igreja de Santiago e uma mesa redonda, no Auditório Municipal de Alcácer do Sal.

“Aspiramos trazer o melhor ao concelho de Alcácer do Sal e Bach, nascido há mais de 300 anos na pequena localidade de Eisenach, da atual Alemanha, é um genial compositor, dono de um vasto legado que vale a pena conhecer e partilhar”, declarou Vítor Proença, presidente da Câmara Municipal de Alcácer, entidade promotora do evento.

A iniciativa conta com a participação de músicos de renome nacional e internacional. Tem início então no dia 20 de setembro, pelas 21h, na Igreja de Santiago com o concerto “Prelúdios e Fugas”, por Anna Magdalena Kokits (Áustria), no piano e Paul Gulda (Áustria), no cravo.

Para 21 de setembro estão agendados dois concertos na Igreja de Santiago: “As Épocas à Conversa”, às 16h, com Paulo Gaio-Lima (Portugal), no violoncelo, Duo Moving Sounds: Markus Stockhausen (Alemanha), no trompete e Tara Bouman (Alemanha), clarinete baixo; às 21h há “Concertos e Cantatas”, com os artistas Rosina Fabius (Holanda), Mezzo Soprano, Ana Pereira (Portugal), no violino e Camerata “Alma Mater” (Portugal).

No último dia, o Festival “VIVA BACH” arranca às 11h com a Mesa Redonda “A Universalidade de Bach”. A ter lugar no Auditório Municipal de Alcácer, conta com as participações de Vítor Proença (presidente da Câmara Municipal de Alcácer do Sal), Alexandre Delgado (Portugal), Rui Vieira Nery (Portugal), Ana Mafalda Castro (Portugal), Cristiano Holtz (Brasil), Sociedade Filarmónica Amizade Visconde de Alcácer e Sociedade Filarmónica Progresso Matos Galamba. Para terminar, às 16h decorre na Igreja de Santiago “Flauta de Bisel e Cravo”, um concerto protagonizado por António Carrilho (Portugal), na flauta e Cristiano Holtz (Brasil), no cravo.

O festival tem entrada livre e direção artística de Veronika Schreiber. Reúne os apoios de Antena 2, Museu Nacional da Música, Governo de Portugal – Cultura, Direção-Geral do Património Cultural, Pianos.pt, ANA – Aeroportos de Portugal, Comissão Fabriqueira da Igreja e Vinci Airports. Mais informações em www.cm-alcacerdosal.pt ou www.vivabach.pt.

Viva Bach_400px.jpg

CÂMARA MUNICIPAL OFERECE FICHAS ESCOLARES NO ANO LETIVO DE 2019/2020

16 september 2019


O Município de Alcácer do Sal investe, no ano letivo de 2019/2020, na oferta dos cadernos de atividades e mochilas para transporte dos mesmos e de livros escolares aos alunos do 1º ciclo do ensino básico, num investimento por parte da autarquia que ascende aos 15 mil euros. A este acresce o montante de 10 mil euros em vales para oferta de material escolar a alunos do 1º ciclo do ensino básico e do ensino pré-escolar do concelho.

A entrega dos livros de fichas está a ser levada a efeito pelo executivo permanente em várias escolas durante o mês de setembro, tendo tido início hoje (Comporta), seguindo-se os dias 17 (EB Pedro Nunes e Centro de Educação Pré-Escolar de Alcácer do Sal), 18 (Torrão) e 19 (Casebres, Palma e Olival Queimado).

crianças na escola - 400px - Cópia.JPG

PAVILHÃO GIMNODESPORTIVO DE ALCÁCER TEM PISO RENOVADO

16 september 2019


O Pavilhão Gimnodesportivo Municipal de Alcácer do Sal tem o seu piso de madeira renovado, uma operação concretizada por uma empresa especializada e que constitui um investimento de 17.442,24 euros do Município.

Os trabalhos visaram em concreto a raspagem do pavimento e linhas, limpeza e tratamento da madeira, pintura das linhas de marcação das várias modalidades desportivas e envernizamento do piso.

Pavilhão Gimnodesportivo Alcácer - recuperação 2019

Município de Alcácer do Sal alarga o pagamento total dos passes escolares dos alunos do Secundário

12 september 2019

Em mais uma prova de empenho no combate ao insucesso e abandono escolar, a Câmara Municipal de Alcácer do Sal viu aprovada, em reunião de Câmara realizada hoje (12 setembro de 2019), uma proposta que viabiliza a comparticipação total, no ano letivo de 2019/2020, na totalidade do passe escolar dos alunos do ensino secundário com idade até aos 18 anos que residam a mais de três quilómetros da Escola Secundária de Alcácer do Sal. Esta medida apresentada pela atual maioria e exclusiva da Câmara Municipal virá diminuir os encargos para as famílias, que podem ser determinantes no abandono escolar precoce por parte dos alunos. No ano letivo de 2018/19, o Município já tinha pago a totalidade dos encargos no transporte de 228 alunos do Ensino Básico do concelho na modalidade de circuito especial, e comparticipou o valor dos passes escolares em 50% de 70 alunos do Ensino Secundário.

ESAS - Escola Secundária de Alcácer do Sal

MUNICÍPIO COMPRA NOVA VIATURA DE LAVAGEM DE RUAS E LIMPEZA DE ESGOTOS

11 september 2019


A Câmara Municipal de Alcácer do Sal tem uma nova viatura de lavagem de ruas e limpeza de esgotos.

Representando um investimento de 116.973,00 euros, a viatura prestará apoio à equipa de Esgotos do Município na concretização de serviços de desobstrução e limpeza de esgotos em locais de difícil acesso para o camião limpa-fossas, nomeadamente em operações de manutenção a realizar nos centros históricos de Alcácer do Sal e do Torrão. Permite igualmente efetuar a lavagem de ruas.

Nova carrinha piquete de esgotos - 2019

Alcácer do Sal aposta no enriquecimento cultural com Bach

Festival “VIVA BACH”

10 september 2019


“Cumpre-nos abrir horizontes e proporcionar, a todos os que cá vivem e aos que são atraídos para a nossa terra, diversidade e riqueza cultural. É neste sentido que embarcamos no desafio maior de trazer a música de Johann Sebastian Bach até Alcácer do Sal”, referiu o presidente da Câmara Municipal de Alcácer, Vítor Proença a propósito do Festival “VIVA BACH”, que se concretiza nos dias 20, 21 e 22 de setembro.

O evento vai ter lugar no Auditório Municipal da cidade e na Igreja de Santiago, é promovido pelo Município e tem como diretora artística Veronika Schreiber. “Ciente da grandiosidade do projeto que temos a honra de apresentar, optámos por ter ao nosso lado uma equipa de trabalho capaz de dominar o «métier», coordenada pela diretora artística, a violinista Veronika Schreiber”, declarou o edil Vítor Proença, que salientou ainda o importante apoio da conceituada pianista Maria João Pires à realização deste evento.

Diplomada com distinção pela Academia de Música de Varsóvia (Polónia), Veronika Schreiber tem um percurso brilhante na área musical, com participações em concursos, solista em orquestras na Polónia, Espanha, Itália e Estados Unidos e intérprete de música contemporânea, tendo gravado inúmeras composições escritas propositadamente para si. Criou programas para públicos jovens e ensinou violino e música de câmara. Recentemente instalou-se em Portugal, onde prossegue a sua carreira como solista e violinista de câmara.

Para Veronika Schreiber, “a música de Bach engloba tudo o que é humano”, pelo que considera que faz todo o sentido celebrar-se o legado de Bach aqui e agora, num “momento em que a nossa existência na Terra se está a tornar cada vez mais frágil e em que as nossas diferenças se manifestam como nunca antes”. “É a música de Bach que nos ensina e ajuda a sentir que até o puzzle mais complicado pode ser resolvido em harmonia”, disse.

O festival “VIVA BACH” tem entrada livre e reúne os apoios de Antena 2, Museu Nacional da Música, Governo de Portugal – Cultura, Direção-Geral do Património Cultural, Comissão Fabriqueira da Igreja, Pianos.pt, ANA – Aeroportos de Portugal e Vinci Airports. O programa da iniciativa pode ser consultado em http://www.cm-alcacerdosal.pt/pt/municipio/atualidade/agenda/festival-viva-bach/ ou www.vivabach.pt.

Viva Bach_400px.jpg

ALCÁCER DO SAL RECEBE SEMINÁRIO FORMATIVO SOBRE INOVAÇÃO PEDAGÓGICA

10 september 2019



ESAS - Escola Secundária de Alcácer do Sal

ABASTECIMENTO DE ÁGUA AO TORRÃO

09 september 2019


A Câmara Municipal de Alcácer do Sal mantém todo o seu empenho na garantia de um abastecimento de água regular à população da vila do Torrão, por isso está a dar a máxima atenção ao caso, cooperando com a Águas Públicas do Alentejo, que gere o sistema em alta desde as captações até ao depósito principal nos Castelos.

A vila do Torrão sofreu, nos últimos dias, dificuldades no fornecimento de água, situação que se deveu essencialmente a insuficiência no abastecimento do depósito dos Castelos. Após uma análise global na rede em baixa, identificou-se uma pequena rutura. Contudo, verifica-se um problema de fundo, a partir das captações da Herdade dos Frades e da Várzea da Mó, cujo débito para o depósito tem ficado aquém das necessidades.

O Município de Alcácer do Sal enaltece o importante trabalho desenvolvido pelos seus funcionários, que se empenharam noite e dia na resolução desta situação, e valoriza o apoio dos bombeiros das corporações de Torrão, Alcácer do Sal, Grândola, Viana do Alentejo e Alvito, a quem a autarquia solicitou intervenção direta para conseguir reforçar a água nos depósitos.

Nesta fase, apela-se a todos cuidados na gestão dos consumos de água.

vila do Torrão

MATRÍCULAS NA UNIVERSIDADE SÉNIOR DE ALCÁCER DECORREM ATÉ FINAL DO MÊS

09 september 2019


As matrículas para o próximo ano letivo da Universidade Sénior de Alcácer do Sal decorrem até ao final do mês de setembro no Gabinete de Ação Social, no edifício dos serviços técnicos da Câmara Municipal (Abegoaria).

No ano letivo 2019/2020, os alunos poderão inscrever-se nas disciplinas de Inglês, Francês, Informática, Fundamentos da Astronomia, Expressão Plástica, Lavores, Língua Portuguesa, Literatura, Coro, História dos séculos XIX e XX e ainda Yoga.

As aulas arrancam dia 1 de outubro e vão decorrer na antiga escola dos Açougues (sede da USAS).

 


» Ficha de inscrição disponível em http://www.cm-alcacerdosal.pt/pt/municipio/viver-em-alcacer/universidade-senior/

Logótipo Universidade Sénior de Alcácer

Cucumbi Hotel revitaliza o Barrancão

Mais um empreendimento de sucesso no concelho

07 september 2019


Do Cucumbi Hotel, com amizade.

Esta podia ser a assinatura do Cucumbi Hotel, que se ergue na Herdade Serra dos Mendes (Barrancão) entre planaltos e planícies e uma serenidade inigualável. A informalidade cultiva a amizade espontânea, fruto da simpatia da família que gere este Alojamento Local que abriu portas este ano e que almeja tornar-se um hotel rural.

Catarina e António Francês são os proprietários do Cucumbi, que conta com três apartamentos e quatro suítes, decorados por Sofia Albuquerque com a típica modéstia campestre. A quinta de 118 hectares pertencia à família de Catarina Francês e, há dois anos, a proprietária e o marido assumiram a antiga Cooperativa dos “Cravos Vermelhos” em início de projeto turístico, investiram na reabilitação do espaço e abriram portas em junho, com grande procura por turistas nacionais e internacionais.

Ateliê de cerâmica, salão de jogos, piscina de água salgada, espaços de descanso ao ar livre, sala comum com piano (segundo o proprietário utilizada por Álvaro Cunhal) e uma cozinha comum onde se pode tomar o pequeno-almoço - ou jantar a convite dos proprietários, que apostam nos pratos vegetarianos com produtos biológicos -, são algumas das mais-valias que os hóspedes aqui encontram.

“O que as pessoas gostam é que chegam aqui, jantam connosco e, às tantas, já estão a conversar com os outros hóspedes como se fossem amigos e isso é muito giro. As pessoas ajudam, ensinam-nos imensas coisas e está a ser muito interessante”, disse Catarina Francês, para quem lançar-se neste projeto foi “uma surpresa”.

O Cucumbi (nome do rio que nasce perto da aldeia onde António Francês nasceu, em Angola) é também um projeto sustentável e amigo do ambiente: todas as águas são recicladas e reaproveitadas, os produtos usados são orgânicos e biodegradáveis e a comida é biológica, sendo que estão a tentar que esta seja produzida na totalidade na quinta. De salientar ainda que a herdade possui culturas e árvores variadas, estufas, ovil (têm um rebanho de 180 ovelhas) e um aviário destinado a um projeto de repovoamento para quatro raças autóctones de galinhas em vias de extinção. Além de fornecerem produtos biológicos para o espaço hoteleiro, estas apostas permitem também a concretização de semanas temáticas em que os hóspedes podem acompanhar, por exemplo, a tosquia das ovelhas.  

Este Alojamento Local está a crescer aos poucos e é já mais um empreendimento turístico de sucesso no concelho de Alcácer do Sal.

Cucumbi - 800px

Vítor Proença alerta para as condições de reutilização dos manuais escolares

06 september 2019


Vítor Proença, presidente da Câmara Municipal de Alcácer do Sal, remeteu uma missiva ao Secretário de Estado da Educação na qual alerta para as condições de reutilização dos manuais escolares e as consequências que as mesmas acarretam, frisando que os manuais gratuitos até ao 12º ano foram um grande avanço que o Governo está a colocar em causa.

Referindo-se em particular ao município alcacerense, o autarca salienta que “os manuais dos alunos do 1º ciclo do ensino básico não se encontravam em condições de serem reutilizados, de acordo com informações dos respetivos Agrupamentos”, o que decorre, “em larga medida, da desarticulação entre o Governo e os Livreiros, uma vez que os manuais não foram concebidos e não estão preparados para a medida que está a ser aplicada”. Além de não produzir o efeito desejado, esta medida acaba por penalizar os agregados familiares que não entreguem os manuais em condições de reutilização, com a sua exclusão do programa no ano seguinte. Tal implica, necessariamente, que essas famílias sejam obrigadas a adquirir os manuais, o que afeta particularmente as famílias mais desfavorecidas, em detrimento da imposição da progressiva gratuitidade do ensino e frustrando tudo quanto fora apregoado. “O Estado”, prossegue o edil, “não deve recuar num avanço tão importante, devendo assumir manuais novos para todos”.

Vítor Proença conclui afirmando que “a Escola Pública não se defende apenas com boas intenções - defende-se com investimento”, sob a penalização de, se tal não acontecer, se comprometer o futuro das crianças e dos jovens.

material escolar_800px.JPG

Festival “VIVA BACH” reúne músicos de cinco países em Alcácer do Sal

05 september 2019


O festival “VIVA BACH”, que se realiza em Alcácer do Sal de 20 a 22 de setembro, vai trazer à cidade músicos conceituados oriundos de cinco países, que darão o seu contributo nesta homenagem à vida e obra de J. S. Bach traduzida em quatro concertos e uma mesa redonda.

“Estamos convictos de que os artistas, enquanto promotores do conhecimento e da nossa diversidade cultural, desempenham um papel fundamental na sociedade e junto das novas gerações. Ao trazer a este evento alguns dos mais destacados nomes do panorama musical internacional pretendemos garantir a qualidade inequívoca deste festival”, declarou Vítor Proença, presidente da Câmara Municipal de Alcácer do Sal, entidade promotora da iniciativa.

De Portugal participam no festival “VIVA BACH” Paulo Gaio-Lima (violoncelo), Ana Pereira (violino), Camerata “Alma Mater” (camerata de cordas), António Carrilho (flauta), Alexandre Delgado (compositor e violetista), Rui Vieira Nery (musicólogo), Ana Mafalda Castro (cravo), Sociedade Filarmónica Amizade Visconde de Alcácer e Sociedade Filarmónica Progresso Matos Galamba. Da Áustria chegam Anna Magdalena Kokits (piano) e Paul Gulda (cravo); do Brasil vem Cristiano Holtz (cravo) e da Holanda participa Rosina Fabius (Mezzo Soprano). A representar a Alemanha estará o Duo Moving Sounds, constituído por Markus Stockhausen (trompete) e Tara Bouman (clarinete baixo).

Com entrada livre e direção artística de Veronika Schreiber, este evento irá decorrer na Igreja de Santiago e no Auditório Municipal de Alcácer do Sal e conta com os apoios de Antena 2, Museu Nacional da Música, Governo de Portugal – Cultura, Direção-Geral do Património Cultural, Pianos.pt, Comissão Fabriqueira da Igreja, ANA – Aeroportos de Portugal e Vinci Airports. O programa pode ser consultado na agenda deste site ou em www.vivabach.pt

Viva Bach_400px.jpg

Alcácer do Sal capta importante investimento na produção de mirtilos

05 september 2019


A antiga fábrica da Torrinha, em Montalvo, vai ser requalificada e integrar um grande investimento na área da produção biológica de mirtilos, que tornará o concelho de Alcácer do Sal e o país uma referência para a compra deste fruto.

A Carsol Fruit Portugal, empresa detida em partes iguais pela família de Filipe de Botton e pela família Carrasco (Chile), vai investir um total de 54 milhões de euros neste projeto, valor que inclui os campos adquiridos e as plantações, assim como os edifícios fabris de frio e embalamento.

Até 2022 a área de plantação será de 400ha, sendo que entrarão em produção total no ano de 2025. Esta produção, completamente biológica, permitirá colher uma média de 9 mil toneladas de mirtilo por ano, que se destinam essencialmente a exportação, mas também ao preenchimento das necessidades nacionais.

Além de 200 postos de trabalho definitivos no concelho de Alcácer do Sal, estima-se que, no pico da campanha do mirtilo em plena produção, o número de empregos temporários ronde os 2.500, um importante contributo sazonal para 2.500 pessoas.

mirtilos

Alcácer do Sal passa a integrar percurso dos Caminhos de Santiago

04 september 2019


O presidente da Câmara Municipal de Alcácer do Sal, Vítor Proença participou hoje, em Santiago do Cacém, na sessão de apresentação do projeto de alargamento dos Caminhos de Santiago, que passam a integrar Alcácer do Sal e o território do Alentejo e Ribatejo.

“Alcácer do Sal empenhou-se para integrar esta iniciativa, que proporcionará mais condições aos peregrinos, que poderão visitar o concelho e sentir-se mais perto de Santiago e religiosamente revigorados no seu caminho de superação e fé”, declarou Vítor Proença, presidente da Câmara Municipal de Alcácer.

Desenvolvido pelo Turismo do Alentejo com o apoio das câmaras municipais e dioceses, os Caminhos de Santiago atravessam 44 municípios a sul do Tejo, sendo que Alcácer do Sal integra o Caminho Central, que se reparte por 19 etapas.

A cerimónia de apresentação desta nova oferta turística contou também com a presença da secretária de Estado do Turismo, Ana Mendes Godinho, a comissária do Jacobeu 2021, Cecília Pereira, e o responsável das pastas da Cultura e do Turismo na Junta da Galiza, Román Rodríguez González.



(Na foto: Presidente da Câmara Municipal de Alcácer do Sal, Vítor Proença com a Secretária de Estado do Turismo, Ana Mendes Godinho)

Caminhos de Santiago - Presidente com Secretária de Estado do Turismo

VÍTOR PROENÇA RECEBEU NOVO COMANDANTE DA GNR EM ALCÁCER DO SAL E NO TORRÃO

03 september 2019


O presidente da Câmara Municipal de Alcácer do Sal, Vítor Proença, acompanhado pelo vereador Manuel Vítor de Jesus, recebeu esta manhã (3 de setembro 2019) o novo comandante dos postos da GNR em Alcácer do Sal e no Torrão, o Sargento Francisco Lama.

No encontro, que decorreu nos Paços do Concelho, houve uma apresentação de cumprimentos, bem como a exposição de um conjunto de preocupações que o Município tem colocado junto do Governo, entre as quais a falta de efetivos da GNR no concelho, a insuficiência de viaturas e a carência geral de meios.

Novo comandante GNR 2019

Feira Nova de Outubro anima margem sul de Alcácer do Sal

De 4 a 6 de outubro

03 september 2019


A emblemática Feira Nova de Outubro, promovida pela Câmara Municipal de Alcácer do Sal, vai realizar-se na margem sul da cidade nos dias 4, 5 e 6 de outubro.

Instalada entre a ponte metálica e a ponte pedonal (onde se realiza este ano e no próximo na sequência das obras de requalificação do parque urbano), a feira franca proporciona a munícipes e visitantes a oportunidade de, ao longo de três dias, adquirirem produtos regionais, artesanato, calçado, roupa, brinquedos e utilitários, além dos muito apreciados primeiros frutos secos da época e outros produtos alimentares. Para crianças e jovens há os carrosséis, além dos saborosos comes e bebes.

A animação musical também está garantida. No dia 4 de outubro (sexta-feira), às 22h30 subirá a palco Fernando Daniel, que brindará o público com temas bem conhecidos, como “Espera”, “Voltas” e “Tal como sou”; a noite encerra com DJ Ricky. Já no dia 5 de outubro, também a partir das 22h30, haverá música com Lucky Duckies, seguidos de DJ Cyer G. Dia 6 de outubro há Banda Oitentamente, pelas 22h.

A Feira Nova de Outubro  teve origem numa Provisão datada de 13 de março de 1782 (reinado de D. Maria I). Enviada à Câmara Municipal de Alcácer do Sal, determinava a Provisão que no primeiro domingo de outubro de cada ano haveria uma feira franca por três dias. Assim tem sido desde então, com o certame promovido pela autarquia a ser hoje reconhecido como uma das marcas identitárias do município.

Feira Nova de Outubro'19 400px

Câmara de Alcácer volta a apoiar famílias e alunos no ano letivo 2019/2020

27 august 2019


Com um papel fundamental no combate às desigualdades sociais e na promoção do rendimento escolar de todos os alunos do concelho, a Câmara Municipal de Alcácer do Sal vai voltar a apoiar as famílias e as crianças inscritas no pré-escolar e no 1º ciclo do ensino básico no ano letivo 2019/2020.

Neste âmbito, aprovou-se por unanimidade em reunião de Câmara, ocorrida a 22 de agosto, a proposta das listagens para atribuição de auxílios económicos diretos e atividades de animação e de apoio à família para o próximo ano letivo. De acordo com a mesma, a nível da alimentação o Município irá apoiar 64 crianças do pré-escolar e 58 alunos do 1º ciclo. No pré-escolar, beneficiarão das atividades de animação e de apoio à família (prolongamento de horário) 124 meninos e meninas.

Estes apoios somam-se à já tradicional oferenda do Município aos alunos do 1º ciclo do ensino básico do concelho de cadernos de atividades e mochilas para transportes destes e dos manuais escolares, bem como a oferta de vales para a aquisição de material escolar no pré-escolar e no 1º ciclo, medidas que representam um investimento de 25 mil euros da Câmara Municipal de Alcácer do Sal na vertente da Educação. 

crianças a estudar_800px.JPG

Alcácer do Sal reforça posição de destino turístico

27 august 2019


Desde a beleza da sua paisagem natural ao riquíssimo património arqueológico, o concelho de Alcácer do Sal possui mil e um motivos de visita pelos quais tem vindo a afirmar-se cada vez mais como um destino turístico de excelência para e pelos turistas, mas também pela imprensa nacional e internacional.

Neste âmbito, a revista “National Geographic” elegeu recentemente Alcácer do Sal como uma das dez cidades portuguesas “mais instagramáveis”, isto é, mais presentes na rede social Instagram. O artigo destaca em particular a reserva natural do estuário do Sado e o cais palafítico da Carrasqueira como um dos muitos pontos a visitar e a fotografar.

A Comporta é já presença assídua nas linhas da comunicação social. Recentemente foi intitulada de “Hamptons de Portugal” pelo jornal “Financial Times” e ainda apresentada como a potencial “nova Ibiza” pelo “The Wall Street Journal”. No passado dia 23 de agosto foi ainda apontada como destino de visita obrigatório pelo “Daily Mail”, pela sua tranquilidade e simplicidade.

Cais palafítico da Carrasqueira renovado

A segurança da população é uma prioridade

Regulamento do Conselho Municipal de Segurança de Alcácer do Sal aprovado

26 august 2019

A proposta do Regulamento do Conselho Municipal de Segurança de Alcácer do Sal foi aprovada por unanimidade em reunião de Câmara, na passada quinta-feira (22 de agosto 2019).

“A segurança e o bem-estar da população é uma prioridade para o Município de Alcácer do Sal, pelo que é extremamente importante que o Conselho Municipal de Segurança tenha linhas condutoras e de funcionamento bem definidas, para que possa operar da melhor forma possível e que da sua ação resulte um contributo útil, que faça a diferença”, refere Vítor Proença, presidente da Câmara Municipal de Alcácer do Sal.

Entidade com funções consultivas, o Conselho Municipal de Segurança visa fomentar a combinação de sinergias entre entidades que, no município, têm intervenção ou estão envolvidas na prevenção e na garantia da inserção social, segurança e tranquilidade da população. Compete ao Conselho a emissão de pareceres sobre: os níveis de criminalidade no concelho; o dispositivo e capacidade operacional das forças de segurança no município; a atividade de proteção civil e de combate aos incêndios; as condições e meios utilizados nas atividades sociais de apoio aos tempos livres, particularmente dos jovens em idade escolar; a prevenção e controlo da delinquência juvenil, toxicodependência e tráfico de droga; violência doméstica; sinistralidade rodoviária municipal; programas de policiamento de proximidade.

A proposta de Regulamento, que estabelece a composição do Conselho Municipal de Segurança, o seu modo de funcionamento, regras de organização e de articulação, competências e objetivos, será submetida a apreciação da Assembleia Municipal na próxima reunião, que está agendada para 13 de setembro.

Salão Nobre

Alcácer do Sal garante redução tarifária nos passes para Setúbal, Lisboa, Alentejo Central e Algarve

Assinatura de contratos decorreu nos Paços do Concelho de Alcácer

22 august 2019


“Este é um importante benefício para os utentes habituais dos transportes públicos, que ganharão relevantes poupanças no seu orçamento familiar”, declarou Vítor Proença, presidente da CIMAL - Comunidade Intermunicipal do Alentejo Litoral e da Câmara Municipal de Alcácer do Sal, na cerimónia de assinatura de Contratos Interadministrativos que decorreu hoje em Alcácer e que garantem aos utentes dos cinco concelhos do litoral alentejano passes rodoviários com um preço máximo de 40 euros em deslocações de e para Setúbal e restante Área Metropolitana de Lisboa, Alentejo Central e Algarve.

Os contratos foram firmados entre o presidente da CIMAL e o presidente da Área Metropolitana de Lisboa, Fernando Medina, acompanhado pelo primeiro secretário da Comissão Executiva Metropolitana de Lisboa, Carlos Humberto de Carvalho; o presidente da Comunidade Intermunicipal do Alentejo Central, Carlos Pinto de Sá; e o presidente da Comunidade Intermunicipal do Algarve, Jorge Botelho.

Inseridos no Plano de Apoio à Redução do Tarifário dos Transportes Públicos, estes contratos seguem-se à redução tarifária já praticada em viagens dentro do Alentejo Litoral e vêm oferecer a cobertura de uma rede territorial mais vasta, o que representa uma grande conquista para quem recorre com frequência a estes serviços. No caso particular de Alcácer, os utentes passam a poupar entre 50 a 90 euros no passe em linha.

Os interessados em aderir aos novos tarifários poderão fazê-lo através do preenchimento do formulário que consta do site www.cimal.pt ou nas instalações da CIMAL, em Grândola. Quem não tenha o cartão de passe poderá adquiri-lo num balcão da Rodoviária do Alentejo.


» Veja as fotos deste momento aqui.

passes mais baratos - assinatura de contratos

Terrado da feira do Torrão passa para o domínio privado do Município de Alcácer do Sal para viabilizar candidaturas

22 august 2019


A passagem do terrado da Feira do Torrão para o domínio privado do Município de Alcácer do Sal foi hoje (22 de agosto) aprovada por maioria em reunião de Câmara.

Esta transferência para o domínio privado permitirá ao Município, no futuro e em caso de oportunidades, candidatar-se a financiamentos para efeitos de intervenções de qualificações.

Recorde-se que, com o intuito de garantir eventuais financiamentos comunitários caso sejam abertos avisos de concurso, a Câmara Municipal de Alcácer do Sal deliberou em maio submeter a proposta de desafetação de uma área de 19.123,00 m2, no Torrão, a discussão pública pelo período de 30 dias. Não tendo havido quaisquer reclamações, observações ou sugestões, a proposta regressou agora a reunião de Câmara e será submetida à próxima sessão da Assembleia Municipal, a realizar-se no dia 13 de setembro de 2019.

Feira do Torrão 2019

Passes mais baratos entre Alcácer do Sal, Setúbal, Lisboa, Évora e Algarve

Contratos Interadministrativos são assinados na quinta-feira

21 august 2019


Os utentes de Alcácer do Sal vão beneficiar de uma redução tarifária nos passes de transportes públicos, em viagens de e para a Área Metropolitana de Lisboa, Évora e Alentejo Central e Algarve, que passam a ter um preço máximo de 40 euros para os habitantes dos cinco concelhos do Litoral Alentejano.

Com esta medida, os utentes de Alcácer com passe passam a poupar entre 50 a 90 euros no passe em linha.

Os Contratos Interadministrativos de partilha de competências no Serviço Público de Transporte de Passageiros Inter-regional vão ser assinados amanhã (dia 22 de agosto), no salão nobre dos Paços do Concelho de Alcácer do Sal, a partir das 18h30 pelo: presidente da CIMAL - Comunidade Intermunicipal do Alentejo Litoral (e também da Câmara Municipal de Alcácer do Sal), Vítor Proença; pelo presidente da AML - Área Metropolitana de Lisboa, Fernando Medina, acompanhado pelo primeiro secretário da Comissão Executiva Metropolitana de Lisboa, Carlos Humberto de Carvalho; pelo presidente da CIMAC - Comunidade Intermunicipal do Alentejo Central, Carlos Pinto de Sá; e pelo presidente da AMAL - Comunidade Intermunicipal do Algarve, Jorge Botelho.

Esta ação, inserida no Plano de Apoio à Redução do Tarifário dos Transportes Públicos e que vem na sequência da redução tarifária já praticada em viagens efetuadas na região do Alentejo Litoral, ajudará os utentes regulares dos transportes rodoviários a beneficiar de poupanças consideráveis no seu orçamento familiar nesta área.

 

Estação rodoviária de Alcácer

MUNICÍPIO DE ALCÁCER DO SAL MANTÉM IMI NO VALOR MAIS BAIXO EM 2020

10 august 2019

A Câmara Municipal de Alcácer do Sal vai manter o IMI no valor mais baixo do distrito de Setúbal em 2020. A manutenção da taxa mínima, de 0,3%, foi aprovada hoje (8 agosto 2019) em reunião de Câmara. Na mesma sessão, foram também aprovadas propostas que definem a manutenção da participação no IRS (4%) e da derrama (1% taxa geral e 0,25% taxa especial para PME com negócios inferiores a 150 mil euros) para o próximo ano. As propostas vão ser posteriormente submetidas para aprovação em Assembleia Municipal.

Logótipo CMAS.jpg

MUNICÍPIO RENOVA PROTOCOLO COM CENTRO SOCIAL E PAROQUIAL DO TORRÃO

09 august 2019

A Câmara Municipal de Alcácer do Sal aprovou ontem (8 de agosto 2019), em reunião de Câmara, uma proposta que viabiliza a renovação do protocolo de colaboração entre o Município de Alcácer e o Centro Social e Paroquial do Torrão, que permite que, através de uma comparticipação financeira no valor de 22.872,48 euros, continuem a ser disponibilizados meios humanos para apoio ao refeitório do Centro Escolar de Torrão, particularmente na transferência de duas funcionárias para apoio à cozinha e refeitório escolar.

O Centro Social e Paroquial do Torrão é uma instituição particular de solidariedade social que desenvolve uma atividade de reconhecido interesse municipal, com especial enfoque na paróquia do Torrão, tendo atualmente em funcionamento as valências de creche e ensino pré-escolar.

Centro Social e Paroquial do Torrão

MUNICÍPIO APOIA CONSTRUÇÃO DE POLO DE SAÚDE LOCAL NA FREGUESIA DE SÃO MARTINHO

08 august 2019

Foi aprovado na quinta-feira (8 de agosto 2019) em reunião de Câmara, um apoio financeiro, no valor de 51 mil euros, a atribuir à Junta de Freguesia de São Martinho, com vista a efetuar obras de remodelação num edifício na aldeia de Casebres, para permitir a instalação de um Polo de Saúde Local. A verba destina-se a apoiar a remodelação e adaptação do referido edifício, localizado na Rua da Maforinha e propriedade da Junta de Freguesia de São Martinho, que não reúne atualmente condições para albergar a referida unidade. Este apoio por parte da Câmara Municipal de Alcácer do Sal foi a solução encontrada para evitar o encerramento do Polo de Saúde atualmente em funcionamento no edifício da antiga Casa do Povo de Casebres, que não tem as condições necessárias de funcionamento, quer para os profissionais de saúde, quer para os utentes.

polo saude casebres

Projetos de recuperação de escolas apresentados ao Conselho Municipal de Educação

Alcácer do Sal

26 july 2019


O Conselho Municipal de Educação reuniu no dia 25 de julho de 2019, no salão nobre dos Paços do Concelho, uma sessão que foi presidida por Vítor Proença, presidente da Câmara Municipal de Alcácer do Sal, e que contou com a presença da maioria dos seus membros.

A reunião contemplou a prestação de informações às várias entidades envolvidas nas questões da Educação no município, a apresentação do balanço do ano letivo 2018/2019, a organização do ano letivo 2019/2020 e ainda a apresentação de dois projetos de arquitetura de remodelação de espaços escolares: a Escola Básica nº.1 de Alcácer do Sal (Telheiros) e a Oficina da Criança. Ambas as empreitadas são comparticipadas por fundos da União Europeia, encontram-se adjudicadas e aguardam visto do Tribunal de Contas para avançarem.

Recorde-se que a obra de reabilitação da Escola Básica nº.1 (Telheiros), no valor de 1.292.305,66 euros, visa requalificar e modernizar este espaço educativo, assentando em novas exigências pedagógicas, de segurança e atualização dos sistemas elétricos e de aquecimento. Prevê-se ainda requalificar-se o espaço exterior e a zona de recreio infantil, bem como os acessos internos e ao exterior, além de se ampliar o refeitório (incluindo a criação de um edifício de apoio).

A recuperação do edifício da Oficina da Criança (474.668,00 euros) abarca: trabalhos de construção civil; substituição de caixilharias, vidraças, vãos interiores, revestimentos, loiças sanitárias, equipamentos de iluminação; melhoria das acessibilidades; substituição de cobertura; aplicação de teto falso radiante e equipamentos de apoio; demolição e construção de divisórias interiores; pinturas.

Escola nº1 de Alcácer - Telheiros

Sal Fest '19 junta ecologia, desporto e música no dia 10 de agosto em Alcácer do Sal

Festival é direcionado para a juventude e tem forte componente ambiental

24 july 2019

O recinto da margem sul do rio Sado, em Alcácer do Sal, recebe no dia 10 de agosto de 2019 a 1ª edição do festival Sal Fest, evento jovem que pretende consciencializar os participantes para a problemática do aquecimento global e proporcionar atividades desportivas e lúdicas durante o dia, relacionadas com a temática do festival, e animação musical pela tarde e noite dentro, com a participação de artistas de Alcácer do Sal.

O Sal Fest '19 tem início às 09h, com a iniciativa Foto Play - "Alcácer Consciente", atividade de photo paper ecológica realizada em conjunto pelos Escuteiros - Agrupamento 844 de Alcácer e pela Comissão de Estudantes da Escola Secundária de Alcácer do Sal, que tem início e término no recinto da margem Sul em Alcácer do Sal, e percorrerá a cidade durante toda a manhã. Ao mesmo tempo, entre as 09h30 e as 13h30, haverá batismo de stand-up paddle na margem sul do rio Sado aberto a todos os que queiram experimentar esta atividade desportiva ligada ao surf. Às 17h, o skate parque recebe uma Park Sesh, evento desportivo que contará com demonstrações e aulas de riders profissionais de desportos extremos (skate, inline e BMX) e animação musical com DJ durante toda a tarde. A par destas atividades, a Park Sesh promove também passatempos, oferta de brindes e prémios para os participantes. Ainda no skate parque, entram em pista, pelas 20h30, as atletas da secção de patinagem do Atlético Clube Alcacerense, para uma demonstração de patinagem artística.

Às 21h00, o palco principal do festival recebe uma palestra sobre alterações climáticas com José Arantes Pedroso (Horta do Zé), em conjunto com a associação Ket Sal Abu. Mais tarde, o Sal Fest '19 começa a receber as atuações musicais noturnas, todas levadas a cabo por artistas da terra. Pelas 22h, o palco principal recebe os The Black Owl. Às 23h30, as agulhas viram para o hip-hop, com as atuações dos Salacian Mafia x Veneno, seguindo-se Guynna6, pelas 00h15. O DJ EL3KTRO OUTSID3R encerra a noite “a bombar”, pelas 01h, com música eletrónica.

O Sal Fest '19 assume o compromisso de ser o primeiro eco-evento de sempre no concelho de Alcácer do Sal. No decorrer da festa serão proibidos os copos de plástico e as garrafas PET, sendo substituídos por copos em inox e em plástico reutilizáveis. O festival é organizado pela Câmara Municipal de Alcácer do Sal em parceria com os Escuteiros - Agrupamento 844 de Alcácer, a Comissão de Estudantes da Escola Secundária de Alcácer do Sal, o Atlético Clube Alcacerense - secção de patinagem e a Comissão de Finalistas da ESAS.


foto por definição

População do concelho de Alcácer do Sal trata pé diabético

Com a cooperação da Câmara Municipal

23 july 2019


Melhorar a qualidade de vida da população do concelho de Alcácer do Sal que sofre de diabetes, intervindo essencialmente no seu controlo de modo a promover a diminuição de feridas e eventuais amputações é o objetivo principal do programa que a APDP - Associação Protetora dos Diabéticos de Portugal está a desenvolver no território alcacerense.

Concretizado em lares, centros de dia e serviços de domicílio por enfermeiros da APDP com o apoio da Câmara Municipal de Alcácer do Sal, o programa, financiado pela Direção Geral de Saúde, arrancou no concelho em março com rastreios do pé diabético. Ao todo, os técnicos da APDP rastrearam 71 pessoas com diabetes (19 homens e 52 mulheres) em cinco instituições e identificaram 63 pessoas em médio ou alto risco.

O projeto encontra-se agora na segunda fase de desenvolvimento, que compreende o tratamento dos casos de risco  e a formação de auxiliares, bem como de ajudantes de família. Até ao momento já se realizam 38 ações de atendimento, 76 tratamentos a 36 pessoas e cinco ações de formação das quais beneficiaram 46 auxiliares/ajudantes de família.

Recorde-se que a Câmara Municipal de Alcácer do Sal firmou em fevereiro o protoloco com a Associação Protetora dos Diabéticos de Portugal, que possibilita o rastreio e o tratamento do pé diabético em lares e centros de dia no concelho até fevereiro de 2020, o que veio reforçar a resposta no município nesta área sensível.


rastreio pé diabético

Câmara reforçou transportes a associações do concelho

22 july 2019


A Câmara Municipal de Alcácer do Sal aumentou a cedência de transportes a associações e instituições do concelho no primeiro semestre de 2019, uma importante ajuda para que estas consigam cumprir o seu calendário de atividades e responder às suas necessidades.

No primeiro semestre do ano a autarquia possibilitou a concretização de 228 viagens, realizadas em carrinhas, miniautocarros de 28 e 19 lugares ou no autocarro de 55 lugares. Comparativamente com período homólogo, efetuaram-se mais 116 viagens do que em 2018, o que representa um aumento de 103 por cento.

Ao todo, nestas viagens percorreram-se 38.466km traduzidos em 1.580 horas de trabalho dos motoristas, o que, comparado com valores do ano passado, mostra uma subida acima dos 80 por cento em ambos os casos.

Estas viagens representam um investimento de 43.302,00 euros da Câmara Municipal de Alcácer do Sal, ou seja mais 17.567,34 euros do que no primeiro semestre de 2018.

Entre as associações, entidades e instituições apoiadas pela autarquia contam-se, por exemplo, Atlético Clube Alcacerense, Agrupamentos de Escolas (Alcácer e Torrão), Agrupamento nº844 de Alcácer (Escuteiros), Veteranos FC, AURPICAS, CPCJ, Santa Casa da Misericórdia, Sociedade 1º de Janeiro Torranense, Sociedade Filarmónica Amizade Visconde de Alcácer, Sociedade Filarmónica Progresso Matos Galamba, União Futebol Clube, Ocean Alive, Associação de Desenvolvimento do Torrão, Serviços Sociais dos Trabalhadores do Município, Juntas de Freguesia, Centro Cultural dos Bairros de S. João e Olival Queimado, Centro Social de Santa Susana, Centro Social e Paroquial de S. Pedro da Comporta, Grupo Desportivo e Recreativo 1º de Dezembro de Casebres, Centro Social e Paroquial do Torrão, Associação de Moradores de Albergaria do Sado, Centro de Saúde, Centro Social de Rio de Moinhos, Escola de Karaté Shotokai Murakami-kai de Alcácer do Sal, Associação Evion, Rancho Folclórico de Alcácer, XarramAdventure e Núcleo da Liga dos Combatentes de Alcácer do Sal.

autocarro da Câmara 55 lugares

Populações do Litoral Alentejano com acesso a transportes públicos mais baratos

17 july 2019


As populações dos cinco municípios do Alentejo Litoral - Alcácer do Sal, Grândola, Odemira, Santiago do Cacém e Sines - vão passar a pagar um preço máximo de 40 euros por mês pelo passe, nas viagens realizadas através da Rodoviária do Alentejo, com origem e destino nestes mesmos municípios.

A medida, negociada no âmbito do Plano de Apoio à Redução do Tarifário dos Transportes Públicos, foi formalizada ontem (16 de julho 2019) ao final do dia. Os cinco municípios, que integram a Comunidade Intermunicipal do Alentejo Litoral – CIMAL e a Rodoviária do Alentejo, operador de Transporte Público de Passageiros Rodoviário na região, chegaram a acordo e assinaram ontem os contratos que colocam em vigor esta redução tarifária.

“Com esta medida, a Comunidade Intermunicipal e os presidentes de Câmara do Alentejo Litoral pretendem proporcionar às suas populações a possibilidade de adquirirem passes para a utilização de transportes públicos a preços mais reduzidos. O objetivo é aliviar os custos suportados pelas famílias com transportes e, ao mesmo tempo, melhorar a mobilidade nos cinco concelhos que compõem o Litoral Alentejano”, explica Vítor Proença, presidente da CIMAL e da Câmara Municipal de Alcácer. E adianta ainda: “Sabemos que a mobilidade é cada vez mais um fator crucial para o desenvolvimento económico e social das regiões e, como tal, iremos continuar a investir e a apoiar a implementação de medidas que combatam o isolamento e facilitem a circulação de bens e pessoas”.

Esta medida irá beneficiar os utentes que utilizam habitualmente os transportes da Rodoviária do Alentejo e poderá comportar poupanças significativas para as famílias. Por exemplo, quem atualmente paga um valor de 81,95 euros pelo seu passe (para viagens com origem e destino nos cinco municípios da CIMAL) vai passar a pagar um valor máximo de 40 euros por mês, o que se traduz numa poupança anual superior a 500 euros. De igual forma, os novos tarifários vão também abranger os passes comparticipados (Ex: Passe Estudante, 4_18 e Sub23), caso o seu valor ultrapasse os 40 euros. Nas situações em que os passes comparticipados tenham um valor inferior a 40 euros, o valor do passe permanecerá inalterado.

Para aceder aos novos tarifários, os utilizadores da Rodoviária do Alentejo terão de fazer o seu registo de acordo com o formulário disponibilizado em www.cimal.pt, ou em alternativa nas instalações da CIMAL. Para poderem beneficiar dos novos tarifários já em agosto, os utilizadores deverão fazer este registo até ao dia 24 do mês de julho. Depois de realizado o registo, os utilizadores poderão adquirir o seu título de transporte ao novo preço, na data e no seu local habitual de compra.

Quem ainda não tenha o cartão de passe, poderá dirigir-se a um balcão da Rodoviária do Alentejo mais perto de si e solicitar o respetivo cartão.


passe 40 euros

 

Estação rodoviária de Alcácer

Feira Nova de Outubro realiza-se na margem sul de Alcácer do Sal

Parque de Feiras de Alcácer do Sal em remodelação

16 july 2019


A emblemática Feira Nova de Outubro vai realizar-se na margem sul da cidade de Alcácer do Sal este ano e também no próximo.

A ter lugar nos dias 4, 5 e 6 de outubro, o certame transita temporariamente para esta localização em virtude da realização das obras de reconversão urbanística do parque de feiras, que arrancam este mês de julho e se prolongam por dois anos, representando um investimento global de 4,5 milhões de euros, comparticipados por financiamentos comunitários.

A Feira Nova de Outubro vai ficar instalada entre a ponte metálica e a ponte pedonal, ocupando toda a margem sul da cidade com expositores institucionais, ofertas variadas de feirantes (incluindo os tão ansiados primeiros frutos secos da época), divertimentos para crianças e adultos, uma tenda com palco de concertos e tasquinhas e ainda roulottes de comes e bebes.

A Feira Nova de Outubro  teve origem numa Provisão datada de 13 de março de 1782 (reinado de D. Maria I). Enviada à Câmara Municipal de Alcácer do Sal, determinava a Provisão que no primeiro domingo de outubro de cada ano haveria uma feira franca por três dias. Assim tem sido desde então, com o certame promovido pela autarquia a ser hoje reconhecido como uma das marcas identitárias do município.

Feira Nova de Outubro 2017.JPG

Alcácer do Sal presente no concurso em direto das “7 Maravilhas – Doces de Portugal”

Esta quarta-feira

15 july 2019


Alcácer do Sal vai estar representada no programa “7 Maravilhas – Doces de Portugal”, que a RTP1 emite esta quarta-feira (17 de julho 2019) em direto, a partir de Setúbal. O presidente da Câmara Municipal de Alcácer do Sal, Vítor Proença, bem como o vereador Nuno Pestana participam neste programa que tem início às 10h e se prolonga até perto das 17h30, com interrupção apenas para a emissão do Telejornal.

Neste episódio vão ser apresentados os sete doces da região de Setúbal a concurso e ficar-se-á a saber qual o pré-finalista que passa às semifinais. Recorde-se que o concelho de Alcácer do Sal tem dois doces a concurso: as pinhoadas de Alcácer (que serão apresentadas no programa pela doceira Aldegundes Freitas) e as queijadas do Torrão (representadas por Maria de Jesus Carapinha).

Até 17 de julho o público pode votar nas pinhoadas, através do número 760 107 081 e nas queijadas, com o número 760 107 083. Cada chamada para o programa da RTP1 tem o custo de 0,60€ + IVA. Participe e ajude a doçaria de Alcácer do Sal a ser uma das 7 Maravilhas de Portugal!

pinhoadas e queijadas

Atividades de Animação e Apoio à Família decorrem até 26 de julho

15 july 2019


A Câmara Municipal de Alcácer do Sal e o Agrupamento de Escolas de Alcácer promovem até ao dia 26 de julho o programa de Atividades de Animação e Apoio à Família (AAAF).

A decorrer no Centro de Educação Pré-Escolar de Alcácer, na Escola Básica Pedro Nunes e na Escola Básica da Comporta, este programa abrange perto de uma centena de crianças que têm, assim, oportunidade de ocupar os seus tempos livres com atividades educativas e divertidas. Entre estas contam-se atividades de exterior, ateliês de culinária e de expressão plástica, sessões de cinema, aulas de dança e de yoga, visitas exteriores ao concelho, idas à piscina, pinturas faciais, deslocações à Biblioteca Municipal para leitura animada de contos, jogos tradicionais e workshops de expressão físico-motora, capoeira, Língua Gestual Portuguesa e música.

 

Criança a pintar

Universidade Sénior de Alcácer do Sal encerrou ano letivo com baile e sardinhada

13 july 2019

A Praça Pedro Nunes acolheu, na sexta-feira (12 de julho 2019) uma sardinhada com baile, organizada pela Universidade Sénior de Alcácer do Sal, abrilhantada pela atuação de baile de João Lérias. O evento, que contou com a presença do presidente da Câmara Municipal de Alcácer do Sal, Vítor Proença, do vereador Manuel Vítor de Jesus, e do presidente da União das Freguesias de Alcácer do Sal e Santa Susana teve os apoios da CMAS e da UFASSS.

Arraial USAS jul 19

Exposição “Rostos Esquecidos” foi inaugurada no Torrão

13 july 2019

Foi inaugurada no sábado (13 de julho 2019) no Museu Etnográfico do Torrão, a exposição "Rostos Esquecidos". A mostra, que estará patente naquele local até ao dia 6 de setembro, é constituída por fotografias dos finais do século XIX e também do século XX recolhidas junto da população da freguesia de Torrão. Após a inauguração, houve lugar a uma atuação do fadista Fábio Veríssimo, acompanhado por Bruno Mira (guitarra portuguesa), Carlos Silva (viola de fado) e Gonçalo Cercas (viola baixo). O presidente da Câmara Municipal de Alcácer do Sal, Vítor Proença, marcou presença.

Recorde-se que o Museu Etnográfico do Torrão está aberto ao público de terça a sexta-feira e no primeiro e terceiro sábados do mês, das 9h às 13h e das 14h às 17h.


Exposicao Rostos Esquecidos MET

Conselho Municipal de Segurança tomou posse na quinta-feira

11 july 2019

O Salão Nobre dos Paços do Concelho acolheu, na manhã de hoje (11 de julho 2019), a tomada de posse do novo Conselho Municipal de Segurança, que após a formalidade reuniu pela primeira vez.

Entidade de âmbito municipal com funções de natureza consultiva, o conselho municipal de segurança tem por objetivos promover a articulação, a troca de informações e a cooperação entre entidades na área do município que têm intervenção ou estão envolvidas na prevenção e na garantia da inserção social e da segurança e tranquilidade da respetiva população.

Além de incluir o presidente da Câmara Municipal, o vereador com o pelouro da segurança, a presidente da Assembleia Municipal, os presidentes das juntas de freguesia, o representante do ministério público da comarca, as forças de segurança da área territorial do município e bombeiros, foi remetido o convite a algumas entidades para integrarem este conselho, tendo sido endereçado e aceite por parte de representantes de entidades do setor de apoio social, cultural e desportivo - Segurança Social e Atlético Clube Alcacerense -, estabelecimentos de ensino público do concelho - Agrupamento de Escolas de Alcácer do Sal e Centro Cultural dos Bairros de São João e Olival Queimado -, entidade do setor económico com maior representatividade - Associação de Agricultores - e estrutura integrante da rede nacional de apoio às vítimas de violência doméstica - Intervir.com.

Recorde-se que a proposta que viabilizou a criação deste órgão foi aprovada em reunião ordinária de Câmara por unanimidade, no passado dia 28 de março.


Conselho Municipal Seguranca

FEIRA DE AGOSTO DO TORRÃO CONTA COM APOIO FINANCEIRO DA CÂMARA MUNICIPAL

11 july 2019


O Município de Alcácer do Sal deliberou, no dia 11 de julho de 2019 em reunião de Câmara, atribuir um apoio financeiro, no valor de 25 mil euros, à Junta de Freguesia de Torrão, com vista à organização da tradicional Feira de Agosto daquela localidade. 

A antiguidade e importância desta feira para a população do Torrão faz com que, além do apoio financeiro, sejam também prestados apoios logísticos e humanos para a realização do evento por parte da Câmara Municipal de Alcácer do Sal. Este evento ocorre nos próximos dias 2, 3 e 4 de agosto de 2019 na vila de Torrão.

Feira de Agosto do Torrão

Vítor Proença reivindicou mais meios para a saúde em Alcácer do Sal e no litoral alentejano

10 july 2019


Vítor Proença, presidente da Câmara Municipal de Alcácer do Sal e da Comunidade Intermunicipal do Alentejo Litoral, reuniu ontem (9 de julho 2019) em Lisboa com o Secretário de Estado Adjunto e da Saúde, Francisco Ramos para abordar assuntos relacionados com a prestação de cuidados de saúde primários e hospitalares à população de Alcácer e da região do Alentejo Litoral.

Vítor Proença chamou a atenção para o agravamento de respostas do Hospital do Litoral Alentejano, em particular para a falta de médicos de especialidades diversas, com insuficiência ou falta absoluta de médicos em várias especialidades, e tempos médios de espera para consulta extraordinariamente elevados. Foi reforçada a incompreensão pela não abertura da nova urgência deste hospital, já que as obras estão concluídas, após quase cinco anos de luta e reivindicação dos cinco municípios do litoral alentejano e foi igualmente colocada a necessidade urgentíssima de o Ministério da Saúde recrutar mais enfermeiros e outros funcionários para o HLA.

Em relação ao Centro de Saúde de Alcácer, o presidente da Câmara Municipal de Alcácer do Sal voltou a insistir na necessidade de ser adquirida e de entrar em funcionamento uma ambulância de Suporte Imediato de Vida (SIV). O edil frisou a necessidade de contratar mais três médicos para Alcácer, assim como mais enfermeiros, assistentes técnicos e assistentes operacionais, a par da necessidade de concretização de obras no Centro de Saúde. Vítor Proença informou ainda o governante que o Município de Alcácer do Sal, apesar de não ter competências, vai contribuir para criar uma nova extensão de saúde em Palma (investimento de 100 mil euros) e vai apoiar a execução de obras na extensão de saúde de Casebres (50 mil euros), de modo a que ambas as localidades não percam as suas extensões de saúde.

Centro de Saúde de Alcácer

Obra do futuro Parque Urbano de Alcácer com consignação assinada

09 july 2019

O Salão Nobre dos Paços do Concelho recebeu hoje (8 de julho 2019) a assinatura do auto de consignação da empreitada referente à reconversão urbanística da zona ribeirinha nascente - Parque Urbano de Alcácer do Sal. Presentes na assinatura do auto estiveram o presidente da Câmara Municipal de Alcácer do Sal, Vítor Proença, os vereadores Ana Soares e Nuno Pestana e o Engº. António Paulo, representante do empreiteiro adjudicatário da obra, a empresa António Saraiva & Filhos, Ldª.

Após a assinatura do auto, Vítor Proença salientou que a empreitada, que totaliza um valor de cerca de 3.5 milhões de euros, comparticipados em 85% por fundos comunitários, "é a de valor mais elevado na história do município de Alcácer do Sal, juntando-se a uma outra, atualmente em execução, no valor de 1 milhão de euros (obra do Interface de Transportes), o que totaliza um investimento na zona nascente da cidade num valor de cerca de 4.5 milhões de euros". O autarca sublinhou que "existe uma expetativa muito grande na população e nos visitantes do concelho de Alcácer do Sal na intervenção que vai ser feita na área da feira", reiterando ainda que deposita "grande confiança na empresa à qual a obra está adjudicada", afirmando que está convicto de que a obra "vai decorrer dentro dos prazos, dado que o cumprimento dos deveres financeiros por parte da Câmara Municipal de Alcácer está assegurado".

Na prática, a assinatura do auto de consignação desta empreitada permite que, a partir do dia de hoje, os trabalhos possam ter início. Recorde-se que o prazo de execução da empreitada é de 792 dias (aproximadamente dois anos e dois meses), contados a partir da presente data, dia 8 de julho de 2019.


Interface de transportes - antes da obra

Alcácer do Sal conclui etapa do Plano Municipal de Combate ao Insucesso Escolar

02 july 2019


Terminado o ano letivo 2018/2019, conclui-se mais uma etapa do Plano Municipal de Combate ao Insucesso Escolar no concelho de Alcácer do Sal.

Iniciado em 2017 e com término em 2020, este Plano é financiado pelo Portugal 2020, no âmbito do Ensino e Qualificação do Capital Humano do Programa Operacional Alentejo 2020, e corporiza o contributo específico do Município de Alcácer do Sal com vista à promoção da igualdade no acesso ao ensino, à melhoria do sucesso educativo dos alunos e à qualidade e eficiência do sistema de educação. Para tal, a aposta recai na consolidação de programas com resultados positivos na prevenção do abandono escolar, combate ao absentismo, promoção da disciplina e na avaliação interna e organização das escolas e dos dispositivos de acompanhamento das crianças e jovens em risco, proporcionando mais recursos às escolas onde é mais difícil realizar a sua missão, valorizando, simultaneamente, as mais-valias inerentes a iniciativas específicas locais, territorializadas e integradas.

A Educação escolar é um processo que se conquista degrau a degrau e este ano subimos mais um nível. O Plano Municipal de Combate ao Insucesso Escolar é um importante apoio nesta transposição de patamares, pois incentivamos os alunos a continuarem os estudos e a darem o seu melhor para obterem os melhores resultados possíveis, que lhes permitam realizar os seus sonhos e ambições profissionais no futuro, mas também auxiliamos as escolas de forma a garantir que estas proporcionam às crianças e jovens os meios complementares necessários à continuidade do seu percurso rumo ao conhecimento e às aprendizagens”, referiu Vítor Proença, presidente da Câmara Municipal de Alcácer do Sal.

O Plano Municipal de Combate ao Insucesso Escolar no Concelho de Alcácer do Sal compreende vários eixos, tais como: programa de desenvolvimento extracurricular para o 1º ciclo, traduzido na implementação de atividades de educação não formal; a disponibilização da Oficina da Criança enquanto centro de recursos e atividades pedagógicas à disposição dos docentes dos estabelecimentos públicos de educação pré-escolar e 1º ciclo; promoção da atividade física e do desenvolvimento motor no pré-escolar; promoção do livro e da leitura com recurso à Biblioteca Municipal; programas de apoios específicos de suporte às aprendizagens (ex: distribuição universal e gratuita dos cadernos de atividades pelos estabelecimentos públicos do 1º ciclo do ensino básico e disponibilização de transporte para visitas de estudo); promoção do valor social e económico da Educação (ex: receção à comunidade educativa, Jornadas Municipais da Educação e atividade de encerramento do ano letivo).

ginástica na escola

Município de Alcácer do Sal cede terreno gratuitamente à Associação ABRAÇO

28 june 2019


Em Reunião de Câmara realizada no dia 27 de junho de 2019, a Câmara Municipal de Alcácer deliberou a aprovação da cedência gratuita , em direito de superfície de terreno, à associação ABRAÇO, IPSS com fins de saúde cuja missão é proporcionar apoio de índole social. Este apoio vem dar resposta à intenção da ABRAÇO em instalar no concelho de Alcácer do Sal um equipamento que corresponde a uma unidade de cuidados continuados e paliativos, que prevê uma residência de treino de autonomia com capacidade para 12 utentes, uma residência de apoio moderado com capacidade para 12 utentes e um serviço de apoio domiciliário com capacidade para 20 utentes. A implementação do projeto, dependente da aprovação de candidatura para a posterior construção do espaço, constitui a criação de um mínimo de 20 postos de trabalho, a selecionar maioritariamente de entre residentes do concelho de Alcácer do Sal.

Com este apoio, o Município pretende também reforçar uma atual carência em equipamentos sociais na área dos cuidados continuados integrados de saúde mental no concelho de Alcácer.

associação abraço

Férias lúdicas e educativas na Biblioteca Municipal de Alcácer do Sal

Até final de agosto

28 june 2019


A Biblioteca Municipal de Alcácer do Sal vai ocupar as férias de verão das crianças do concelho com atividades lúdicas e educativas, que irão permitir-lhes aproveitar a pausa letiva de forma divertida, ao mesmo tempo que usufruem de animados momentos de convívio, fazem descobertas e realizam novas aprendizagens em áreas diversas.

Direcionadas para a faixa etária compreendida entre os 6 e os 12 anos de idade, as “Férias de Verão na Biblioteca” irão ter atividades, como bibliopaper, jogos lúdicos, clube das artes, jogos tradicionais, clube de leitura, hora do conto, construção de jogos, dinâmicas de grupo e origami.

A iniciativa, proporcionada pela Câmara Municipal de Alcácer do Sal, arranca dia 1 de julho e prolonga-se até ao final do mês de agosto. Os interessados em participar devem inscrever-se na Biblioteca Municipal de Alcácer, através do telefone 265 247 016 ou do e-mail biblioteca@m-alcacerdosal.pt

Solar do Salemas

VOTAÇÃO PARA AS 7 MARAVILHAS – DOCES DE PORTUGAL

Pinhoadas de Alcácer e Queijadas do Torrão

27 june 2019


A partir de hoje (27 de junho) e até 17 de julho pode votar nas Pinhoadas de Alcácer do Sal e nas Queijadas do Torrão para as “7 Maravilhas - Doces de Portugal”. O número para as Pinhoadas é o 760 107 081 e o das Queijadas é o 760 107 083, sendo que cada chamada para o programa da RTP1 tem o custo de 0,60€ + IVA.

Posteriormente haverá uma votação para os segundos lugares de cada distrito, que serão votados por um painel de convidados para elegerem os oito pré-finalistas que deverão juntar-se aos 20 resultantes dos 20 programas distritais. Esta votação será anunciada no dia 21 de agosto. Estes 28 pré-finalistas serão divididos em dois e 14 pré-finalistas participam na gala semi-final de 24 de agosto e os outros 14 pré-finalistas participam na gala semi-final de 31 de agosto. Estas galas acontecem em horário noturno, logo após o telejornal da RTP1. 

Durante cada um dos programas serão atribuídos os pré-finalistas à respetiva gala onde irão participar, com exceção dos oito que só serão conhecidos posteriormente.

pinhoadas e queijadas

Nobel da Paz José Ramos-Horta visitou Alcácer do Sal

27 june 2019

A cidade de Alcácer do Sal teve a honra de receber, no dia 27 de julho de 2019, a visita de José Ramos-Horta, antigo primeiro-ministro e presidente de Timor-Leste e Prémio Nobel da Paz, em 1996.

O político e jurista timorense começou por visitar o Centro de Educação Pré-Escolar de Alcácer do Sal, tendo sido depois recebido pelo presidente da Câmara Municipal de Alcácer, Vítor Proença e restante executivo permanente no Salão Nobre dos Paços do Concelho. O autarca deu as boas vindas a Ramos-Horta, referindo que foi "uma honra para o Município de Alcácer do Sal receber, pela primeira vez, um Prémio Nobel, ainda para mais um Nobel da pacificação e da liberdade", acrescentando que "esta é uma das honras maiores que pode haver para um Município progressista como é o de Alcácer".

Após a formalidade, José Ramos-Horta recebeu uma oferta do Município, de produtos locais, e foi convidado a percorrer o Museu Pedro Nunes, efetuando uma curta visita ao espaço recentemente inaugurado. Logo depois, Ramos-Horta teve a oportunidade de almoçar em Alcácer e desfrutar da gastronomia local e, à despedida, deixou a intenção de querer voltar a visitar a nossa terra.

Ramos-Horta em Alcácer

Obras do novo Parque Urbano de Alcácer do Sal arrancam em julho

27 june 2019

A Câmara Municipal de Alcácer do Sal ratificou, no dia 27 de junho 2019, a aprovação do Desenvolvimento do Plano de Segurança e Saúde - DPSS e do Desenvolvimento do Plano de Prevenção e Gestão de Resíduos de Construção e Demolição - DPPGRCD, relativos à obra da reconversão urbanística da Zona Ribeirinha Nascente - Parque Urbano.

Recorde-se que, após análise e aprovação do Tribunal de Contas, a empreitada teve "luz verde" para avançar já no próximo mês de julho de 2019. A obra está adjudicada à empresa "António Saraiva & Filhos, Lda." e está orçada em 3.157.422 euros, comparticipados em 85% pelo Portugal 2020. Prevê-se que os trabalhos tenham uma duração de sensivelmente dois anos.

Interface de transportes - antes da obra

Alcácer do Sal recebeu Conselho da Europa

19 june 2019


O presidente da Câmara Municipal de Alcácer do Sal, Vítor Proença recebeu esta manhã (19 de junho 2019), nos Paços do Concelho, uma delegação do Congresso dos Poderes Locais e Regionais do Conselho da Europa.

“Foi uma honra para nós recebermos esta delegação, tendo Alcácer do Sal sido um dos três municípios, a par de Lisboa e Sintra, a ser escolhido para esta visita, o que muito nos orgulha”, declarou Vítor Proença, presidente da Câmara Municipal de Alcácer.

O encontro inseriu-se no âmbito das deslocações regulares aos 47 Estados-membros que permite ao Congresso acompanhar a implementação da Carta Europeia de Autonomia Local, um dos principais marcos europeus no domínio da democracia local e regional, ratificada por Portugal em 1990, com o intuito de obter uma visão global da situação no país.

Na sessão estiveram presentes os vereadores a tempo inteiro, a presidente da Assembleia Municipal, o presidente da União das Freguesias de Alcácer e técnicos dirigentes da autarquia. Abordaram-se pontos de vista sobre o atual regime de transferência de competências para os municípios, meios financeiros das autarquias, o grau de descentralização da administração pública, a ausência de regiões no país, democraticidade e autonomia do poder local, igualdade de géneros nos órgãos autárquicos e o funcionamento da CIMAL e o apoio prestado pela mesma aos cinco municípios do litoral alentejano.

Os membros da comitiva foram depois brindados com a oferta de produtos locais e uma breve visita ao Museu Municipal Pedro Nunes, que os surpreendeu a nível da história e grandioso percurso de Alcácer do Sal.

Após uma visita de três dias a Portugal, a delegação do Congresso, com o contributo do Município de Alcácer do Sal, irá agora preparar um relatório e uma recomendação sobre a democracia local e regional no país, cujo projeto será submetido a adoção numa das próximas sessões do Congresso.

União Europeia

Férias Desportivas arrancam dia 25 de junho

Em Alcácer do Sal e no Torrão

18 june 2019


Ocupar de forma saudável os tempos livres dos jovens dos 6 aos 16 anos de idade no período de pausa letiva no verão é o principal objetivo do programa “Férias Desportivas”, que a Câmara Municipal de Alcácer do Sal volta a dinamizar este ano através do seu Setor de Desporto.

Com início dia 25 de junho, a iniciativa decorre em Alcácer e no Torrão e contempla as modalidades de futebol, ténis, basquetebol, natação, atividades lúdicas, atividades de praia e canoagem (esta só no Torrão).

Os interessados em participar podem inscrever-se na Piscina ao Ar Livre e no Pavilhão Gimnodesportivo Municipal de Alcácer do Sal, bem como na Piscina Municipal Convertível do Torrão.

Piscina Municipal Descoberta de Alcácer

Alcácer do Sal mais bonita com “Ruas de S. João”

Festejos dos Santos Populares

18 june 2019


Alcácer do Sal está mais bonita, decorada com fitas e bandeirolas coloridas, quadras populares, balões, manjericos, motivos marinhos e musicais, flores, xailes, bolas, castelos e corações de Viana, entre outras decorações destinadas a celebrar os Santos Populares.

Promovido pela Câmara Municipal de Alcácer do Sal, tendo este ano como parceira a Sociedade Filarmónica Amizade Visconde de Alcácer, o projeto “Ruas de S. João” contou com a participação de moradores, comerciantes, técnicos da Biblioteca Municipal, Sociedade Filarmónica Amizade Visconde Alcácer, Sociedade Filarmónica Progresso Matos Galamba, Atlético Clube Alcacerense, Oficina da Criança e Universidade Sénior de Alcácer que criaram as decorações e deram de novo vida a esta tradição da cidade.

Estão enfeitadas as ruas de S. Pedro, Cândido dos Reis, Ruy Salema, da República, Marquês de Pombal, Francisco Gentil e Machado dos Santos; Largos da Ribeira Velha, Campos Valdez, Marquês de Pombal, Luís de Camões e Açougues; Travessa da Cadeia e Mercado Municipal.

 

» Veja as fotos aqui

Balão dos Santos Populares

Agricultura e pecuária debatidas em Alcácer do Sal

PIMEL – XXIX Feira do Turismo e das Atividades Económicas

18 june 2019


“Agricultura de Conservação – Sustentabilidade dos Sistemas Agropecuários” é o tema do colóquio que se realiza sexta-feira (21 de junho), no Auditório Municipal de Alcácer do Sal e que marca o arranque da PIMEL – XXIX Feira do Turismo e das Atividades Económicas.

Promovido pela Associação de Agricultores de Alcácer do Sal, Câmara Municipal de Alcácer e Caixa de Crédito Agrícola, com cofinanciamento ADL e PDR2020, o colóquio tem a sessão de boas-vindas às 9h e irá abordar a integração entre o sequeiro e o regadio na intensificação sustentável da produção pecuária, a nutrição dos bovinos, sistemas de produção de ovinos, o futuro da comercialização de bovinos – IBR como barreira comercial, vitelo-max como o vitelo do futuro e apresentação de um caso de sucesso no âmbito do associativismo e perspetivas de comercialização de gado bovino e ovino no futuro.

Para dia 24 de junho está agendado novo colóquio, organizado pela Aparroz e pela ADL – Associação de Desenvolvimento do Litoral Alentejano, cofinanciado igualmente pelo PDR2020. Intitulado “Os melhores produtos de Portugal para o mundo: internacionalização de PME’s”, o colóquio irá decorrer no Pavilhão Gracieta Baião, a partir das 17h. As temáticas versadas vão passar por: apresentação do estudo copromovido pela Aparroz e pela ADL “Os mercados potenciais do arroz”; serviços, incentivos e apoios à internacionalização; a internacionalização na primeira pessoa – microfone aberto e networking.

A PIMEL – XXIX Feira do Turismo e das Atividades Económicas decorre de 21 a 24 de junho (Dia do Concelho), com exposição de gado e máquinas agrícolas, raid equestre, expositores diversos, concursos de mel, doçaria e petiscos, tasquinhas e espaço criança, comboio turístico, entre outros. A iniciativa é promovida pela Câmara Municipal de Alcácer do Sal em parceria com a Associação de Agricultores de Alcácer do Sal e o Crédito Agrícola Mútuo de Alcácer do Sal e Montemor-o-Novo. Com cofinanciamentos Portugal 2020, conta com o apoio de ADL, Herdade da Barrosinha e Inatel, e os patrocínios de Anrita, Tintas Barbot, Águas Públicas do Alentejo, Entidade Regional de Turismo do Alentejo e Ribatejo, SuperBock e Delta.

campo

“Patas de Cavalo” originam obras de arte urbana em Alcácer do Sal

Projeto de reciclagem dos antigos dissuasores foi realizado por duas alunas da ESAS

14 june 2019

O presidente da Câmara Municipal de Alcácer do Sal, Vítor Proença, visitou na manhã de sábado (8 de junho 2019) as obras de arte urbana apresentadas pelas alunas da Escola Secundária de Alcácer do Sal, Maria do Carmo Carraça e Joana Cachopo, que levaram à criação de três obras instaladas recentemente, expostas na rotunda da Parvoíce, no Posto de Turismo de Alcácer do Sal e na Escola Secundária de Alcácer. Marcaram também presença nos locais, além de Vítor Proença e das duas alunas, o presidente do Agrupamento de Escolas de Alcácer do Sal, Nélson Latas, e o professor e arquiteto Paulo Sousa, que ministra a disciplina de Oficina das Artes, no âmbito da qual estes projetos foram realizados.

Recorde-se que esta ideia partiu da reciclagem das peças conhecidas como “patas de cavalo”, retiradas pela Câmara Municipal por constituírem um perigo para a segurança das pessoas, dando-lhes assim uma nova vida. A aluna Maria do Carmo Carraça é a autora do peixe, cujas réplicas estão colocadas na parede do Posto de Turismo e na Escola Secundária, e a aluna Joana Cachopo a autora do Camarão que agora embeleza a rotunda da Parvoíce.


camarão de dissuasores

Quatro dias de animação em Alcácer do Sal

PIMEL – XXIX Feira do Turismo e das Atividades Económicas

14 june 2019


É já na próxima sexta-feira (21 de junho), a partir das 17h30, que arranca a 29ª edição da PIMEL – Feira do Turismo e das Atividades Económicas, que promete trazer quatro dias de grande diversão a Alcácer do Sal.

Até 24 de junho a animação está garantida, sendo a música uma constante no Parque de Feiras e Exposições da cidade. Além das atuações no palco principal e no palco secundário, o certame contará novamente com a tenda de doçaria e wine bar, que, pelas 21h30, receberá as atuações de “Lisbrass – Ensemble” (dia 21), Grupo “De Moda em Moda” (dia 22), Gonçalo Oliveira (dia 23) e Filipa Azevedo (dia 24).

E porque “o melhor de Alcácer” são as pessoas, as associações do concelho partilharão também com os visitantes os seus dotes para a música, para a dança e para o desporto, estando agendadas várias atuações e demonstrações aos longo destes dias no Pavilhão Gracieta Baião, na praça das tasquinhas e pelas ruas do recinto, com a Sociedade Filarmónica Amizade Visconde de Alcácer, Sociedade Filarmónica Progresso Matos Galamba (banda, Grupo de Ballet e Grupo de Sevilhanas), Sociedade 1º de Janeiro Torranense (Grupo Coral “Os Sementinhas”, Grupo Coral “Alma Alentejana”, Grupo Coral do Torrão, Grupo de Sevilhanas, Grupo Coral Feminino Cantares do Xarrama), Coro da Universidade Sénior de Alcácer do Sal, Coro da Universidade Sénior do Torrão, Associação Ritmus D’Alcácer, Projeto Sempre em Forma – CCBSJOQ, Escola de Karaté Shotokai Murakami-kai de Alcácer, Programa de Exercício Físico, Saúde e Hidroterapia do Setor de Desporto da CMAS e Escola de Equitação “Entre Amigos – Atividades Equestres”, a que se junta o grupo “Batucando”.

A PIMEL – XXIX Feira do Turismo e das Atividades Económicas decorre até 24 de junho (Dia do Concelho), com exposição de gado e máquinas agrícolas, colóquios, expositores diversos, concursos de mel, doçaria e petiscos, tasquinhas e espaço criança, entre outros. A iniciativa é promovida pela Câmara Municipal de Alcácer do Sal em parceria com a Associação de Agricultores de Alcácer do Sal e o Crédito Agrícola Mútuo de Alcácer do Sal e Montemor-o-Novo. Com cofinanciamentos Portugal 2020, conta com o apoio de ADL, Herdade da Barrosinha e Inatel, e os patrocínios de Anrita, Tintas Barbot, Águas Públicas do Alentejo, Entidade Regional de Turismo do Alentejo e Ribatejo, SuperBock e Delta.

PIMEL 2019 - 400px

PISCINAS INICIAM ÉPOCA DE VERÃO 2019 DIA 15 DE JUNHO

12 june 2019


As Piscinas Municipais ao Ar Livre de Alcácer do Sal e a Piscina Municipal Convertível do Torrão entram em funcionamento para a época de verão 2019 dia 15 de junho (sábado), no seguinte horário:

 


» PISCINAS MUNICIPAIS DE AR LIVRE DE ALCÁCER DO SAL

Dias úteis - das 14h às 19h50;                             

Fins de semana e feriados - das 9h às 19h50 (com interdição de utilização dos tanques entre as 13h e as 14h).


 

» PISCINA MUNICIPAL CONVERTÍVEL DO TORRÃO

Dias úteis - das 14h às 19h30;                            

Fins de semana e feriados - das 10h às 19h30 (com interdição de utilização do tanque entre as 13h e as 14h).

  

 


PREÇÁRIO  (entradas diárias)

» Até aos 6 anos inclusive – isentos de pagamento;

» Entre os 7 e os 17 anos inclusive – 1,70 €

» Maiores de 18 anos – 2,00 €

 

Encerram a 15 de setembro.

Piscina Municipal Descoberta de Alcácer

Raid equestre regressa à feira da PIMEL

11 june 2019


Após uma década de ausência da PIMEL – Feira do Turismo e das Atividades Económicas, o raid equestre está de regresso a Alcácer do Sal por ocasião da 29ª edição do certame, que se realiza de 21 a 24 de junho, no Parque de Feiras e Exposições da cidade.

“A componente equestre sempre integrou e enriqueceu a PIMEL, pelo que consideramos que, após dez anos de interregno, está na altura desta grande feira e de Alcácer voltarem a receber o Concurso Nacional de Endurance, prova que harmoniza a resistência equestre com o cavaleiro e a natureza”, referiu Vítor Proença, presidente da Câmara Municipal de Alcácer do Sal.

Agendado para o dia 22 de junho, o Concurso Nacional de Endurance é coorganizado pelo Município e pela AREP – Associação de Resistência Equestre Portuguesa. Contempla as provas de CEN 80, CEP 40 e CEP 80 e tem a partida marcada para as 7h, na área do picadeiro da feira.

Ainda no âmbito da atividade equestre na PIMEL, a zona do picadeiro recebe diariamente batismos a cavalo, às 11h e às 18h. No domingo (23 de junho), às 21h30 o picadeiro acolhe ainda uma demonstração de volteio, aula de sela, obstáculos e “pas de deux” pela Escola de Equitação “Entre Amigos – Atividades Equestres”, da Herdade de Montalvo.

A PIMEL – XXIX Feira do Turismo e das Atividades Económicas arranca dia 21 e prolonga-se até 24 de junho (Dia do Concelho), com exposição de gado e máquinas agrícolas, colóquios, expositores diversos, concursos de mel, doçaria e petiscos, tasquinhas, wine bar, espaço criança e muita animação. Esta iniciativa é promovida pela Câmara Municipal de Alcácer do Sal em parceria com a Associação de Agricultores de Alcácer do Sal e o Crédito Agrícola Mútuo de Alcácer do Sal e Montemor-o-Novo. Com cofinanciamentos Portugal 2020, conta com o apoio de ADL, Herdade da Barrosinha e Inatel, e os patrocínios de Anrita, Tintas Barbot, Águas Públicas do Alentejo, Entidade Regional de Turismo do Alentejo e Ribatejo, SuperBock e Delta.

Atividades equestres

Lendas de Alcácer do Sal retratadas em “Horror Fest”

Integrado na PIMEL

06 june 2019


O terror vai andar à solta no Jardim Municipal de Alcácer do Sal nos dias 21, 22 e 23 de junho com o “Horror Fest”, um festival de teatro imersivo promovido pela Apocalypse – Associação de Teatro e Musicais (fundadora da Companhia de Teatro de Alcácer), com o apoio da Câmara Municipal de Alcácer do Sal.

Inserido na PIMEL – XXIX Feira do Turismo e da Atividades Económicas, o “Horror Fest” vai estar dividido em quatro componentes, de modo a proporcionar diferentes experiências aos participantes, e dará a conhecer algumas das lendas locais, como a “Luz da Caniceira”, a “Moura Encantada” ou as “Bruxas de Salema”.

Numa primeira vertente surge o Teatro Imersivo, alusivo à lenda “A Luz da Caniceira”, uma peça teatral que faz com que o público se insira profundamente na ficção e seja parte ativa da mesma, dependendo o final das suas decisões. Outra proposta é o Escape Room, uma modalidade popular na qual os jogadores, trabalhando em grupo, têm de recolher pistas e resolver enigmas para escapar de oito salas no total de uma hora. Passagem de Terror é outra componente disponível e consiste num percurso por onde o público terá de passar, contando com vários cenários e efeitos especiais terríficos. Por fim, há o Jogo Imersivo – Mundo Apocalyptico, uma ideia totalmente inovadora da produção Apocalypse. Baseado no conceito dos jogos eletrónicos, os participantes iniciam o jogo com três vidas e terão de escapar dos monstros antes que percam todas as vidas.

Esta grande produção contará com 17 salas e a participação de 89 atores, a maior parte da recém-criada Companhia de Teatro de Alcácer.

Os interessados em participar em uma ou mais modalidades do “Horror Fest” podem desde já reservar os seus bilhetes através do e-mail apocalypse@estudiodigitalhd.com, do telemóvel 910 496 146 (SMS/ Whatsapp) ou da página https://www.facebook.com/horrorfest.apocalypse/
Horror Fest

Câmara Municipal de Alcácer reclama melhores acessibilidades à praia da Comporta

05 june 2019


O presidente da Câmara Municipal de Alcácer do Sal, acompanhado pelos seus quatro colegas presidentes de Câmara no Litoral Alentejano, reuniu ontem (4 de junho 2019) com a Secretária de Estado do Ordenamento do Território e Conservação da Natureza, Célia Ramos. A reunião, efetuada a pedido do presidente da CIMAL, versou sobre a elaboração do Programa de Ordenamento da Orla Costeira. No encontro, Vítor Proença chamou a atenção e alertou para a necessidade de serem encontradas soluções para o acesso à praia da Comporta, que permitam a segurança das pessoas e a fruição plena das praias. O presidente da Câmara de Alcácer alertou para a situação caótica que atualmente se vive, com filas intermináveis de automóveis ao longo da estrada e com distâncias enormes que as pessoas são obrigadas a percorrer com todos os riscos inerentes. 

Comporta 2

VEREADOR RENATO NEVES RENUNCIA A MANDATO

31 may 2019


Renato Neves, eleito pelo PS, renunciou ao seu mandato de vereador não permanente na Câmara Municipal de Alcácer do Sal, por razões de ordem pessoal. 

A decisão produz efeitos a partir de 1 de junho de 2019, sendo que lhe sucede a vereadora Mara Marques.

vereador Renato Neves 2017_400px.jpg

Feira da PIMEL apresenta cartaz musical de excelência

De 21 a 24 de junho em Alcácer do Sal

29 may 2019


Ciganos D’Ouro, Amor Electro, Blaya e Calema são os cabeças-de-cartaz da PIMEL – XXIX Feira de Turismo e Atividades Económicas, que vai ter lugar no Parque de Feiras e Exposições de Alcácer do Sal. Subordinada ao tema “o melhor de Alcácer”, a feira tem início dia 21 e decorre até 24 de junho - o Dia do Concelho -, assegurando mais um dia de festa e de grande animação.

À semelhança do ano anterior, a 29ª edição da PIMEL mantém a dinâmica de alternância entre o palco principal e o palco secundário, ambos na praça das tasquinhas, com atuações às 22h30, meia-noite e 1h30.

Neste âmbito, o palco principal vai ser inaugurado na noite de 21 de junho (sexta-feira) pelos Ciganos D’Ouro, cuja matriz principal é o flamenco e o Cante Hondo. Atuam em seguida a Banda Red e o DJ Monchique.

No dia 22 (sábado) há Amor Electro, um grupo que dispensa apresentações e que revolucionou o panorama da música moderna portuguesa numa combinação única das raízes tradicionais com as sonoridades eletrónicas. Segue-se Tributo ao Rock Português e DJ Joana.

Na noite de 23 de junho (domingo) destaque para Blaya, uma artista de grande talento que lançou recentemente o seu novo álbum e que promete espalhar “Só Love” e charme por terras alcacerenses, A esta atuação sucedem Tributo a Queen e DJ Rui Miguel.

No Dia do Concelho (24 de junho), o encerramento musical cabe aos Rumo ao Sul, antecedidos dos Calema, a dupla de irmãos que conquistou o país e o mundo com a sua emoção, cultura e sol S. Tomé e Príncipe espelhados em duas vozes puras e potentes.

Além de música, a PIMEL – XXIX Feira de Turismo e Atividades Económicas inclui exposição de gado e máquinas agrícolas, expositores diversos, concursos de mel, doçaria e petiscos, tasquinhas, wine bar, colóquios, espaço criança e muita animação. Esta iniciativa é promovida pela Câmara Municipal de Alcácer do Sal em parceria com a Associação de Agricultores de Alcácer do Sal e o Crédito Agrícola Mútuo de Alcácer do Sal e Montemor-o-Novo. Com cofinanciamentos Portugal 2020, conta com o apoio da ADL, Herdade da Barrosinha e Inatel, e os patrocínios de Anrita, Tintas Barbot, Águas Públicas do Alentejo, Entidade Regional de Turismo do Alentejo e Ribatejo, SuperBock e Delta.

PIMEL 2019 - 400px

Alcácer do Sal comemora o Dia Mundial da Criança

27 may 2019


Os meninos e meninas do concelho de Alcácer do Sal vão celebrar o Dia Mundial da Criança com atividades a 31 de maio e a 1 de junho.

Na sexta-feira (31 de maio) haverá um espetáculo do Circo Chen, em parceria com o Circo Atlas, ao qual assistirão as crianças do ensino pré-escolar e do 1º ciclo do concelho. A ter lugar no Parque de Feiras e Exposições da cidade, pelas 10h15, a iniciativa é promovida pela Câmara Municipal de Alcácer do Sal e União das Freguesias de Alcácer do Sal (Santa Maria do Castelo e Santiago) e Santa Susana, em parceria com o Agrupamento de Escolas de Alcácer e o Agrupamento de Escolas de Torrão, com cofinanciamento do Portugal 2020.

Já no sábado (1 de junho), a Câmara Municipal proporciona aos mais novos cinema gratuito, com a exibição do filme de animação “A Grande Viagem”, dobrado em português, uma história divertida sobre um panda bebé entregue por engano ao cuidado de um urso por uma cegonha-carteiro confusa. As sessões realizam-se às 16h e às 21h, no Auditório Municipal de Alcácer.


Auditório Municipal de Alcácer - interior 1.JPG

CÂMARA APROVA PASSAGEM DO TERRADO DA FEIRA DO TORRÃO PARA O DOMÍNIO PRIVADO DO MUNICÍPIO

27 may 2019


Com o objetivo de garantir eventuais financiamentos comunitários caso sejam abertos Avisos de Concurso, a Câmara Municipal de Alcácer do Sal deliberou, por maioria, a passagem do Terrado da Feira do Torrão para o domínio privado do município.
O terreno tem uma área de 19.123,00 m2 e o assunto será colocado à aprovação da próxima Assembleia Municipal, a realizar no dia 28 de junho de 2019.

Feira de Agosto do Torrão

Câmara Municipal de Alcácer do Sal cede apoio à Calceteira para organização das Ruas de São João

SFAVA passará a ser parceira do Município na organização da iniciativa

24 may 2019

No âmbito da iniciativa "Ruas de São João", promovida pelo Município de Alcácer do Sal, foi na quinta-feira (23 de maio 2019) aprovada em reunião de Câmara a atribuição de um subsídio, no valor de 6.500 euros, à Sociedade Filarmónica Amizade Visconde d'Alcácer (Calceteira), com vista a que esta coletividade seja, a partir de agora, parceira do município neste projeto. Na prática, a Sociedade passa a ter a incumbência de executar as "Ruas de São João", de efetuar a divulgação da iniciativa, de apoiar os comerciantes e moradores envolvidos e de, no cômputo geral, promover uma adequada utilização dos apoios concedidos.

Recorde-se que o projeto "Ruas de São João", das iniciativas mais marcantes da cultura popular da cidade de Alcácer do Sal, tem como objetivo preparar as novas gerações para que deem continuidade a esta tradição que traz consigo muita história, associada à forma de fazer os enfeites dos Santos Populares, às cores utilizadas e o seu significado.

Balão dos Santos Populares

Município de Alcácer do Sal transportou 421 alunos no primeiro trimestre de 2019

Oferta diária é feita por via de veículos próprios e transportes públicos

24 may 2019

De acordo com dados relativos aos transportes escolares efetuados pela Câmara Municipal de Alcácer do Sal no primeiro trimestre de 2019, o Município efetuou, neste período, o transporte de 421 alunos de estabelecimentos de ensino do concelho.

Para o efeito, a Câmara Municipal disponibiliza diariamente veículos próprios e transportes públicos, táxis (por adjudicação de serviços) e veículos da Rodoviária do Alentejo (com apoio no carregamento de passes). A autarquia tem ainda um protocolo de colaboração com a Junta de Freguesia do Torrão no âmbito dos transportes escolares que tem em conta fatores como o largo número de crianças envolvidas e a dimensão geográfica do Concelho. Só nos primeiros três meses de 2019, o Município teve encargos na ordem dos 83.140,73 euros para satisfazer todos estes serviços.

O serviço de transportes escolares da Câmara Municipal de Alcácer do Sal é uma modalidade de ação social escolar que visa apoiar a deslocação dos alunos do ensino básico e secundário, matriculados no estabelecimento de ensino da área de residência, cuja distância entre local de residência e estabelecimento de ensino seja igual ou superior a três quilómetros.

Mini-autocarro

Alcácer do Sal na dianteira da captação de fundos do Portugal 2020

24 may 2019


Alcácer do Sal está na dianteira da captação de fundos do Portugal 2020, com 12 candidaturas já aprovadas que representam 7.208.008,00 euros num total elegível de 8.480.010,00 euros. No litoral alentejano, é o município com os maiores valores elegíveis e apoios aprovados.

Entre estas candidaturas figuram: a construção dos corredores cicláveis do Bairro da Quintinha e do Bairro do Forno da Cal, a iluminação cénica do património edificado de Alcácer do Sal e a requalificação do Museu Municipal Pedro Nunes (já executados); o Plano de Combate ao Insucesso Escolar e a construção do Interface de Transportes (em curso); a reconversão urbanística do Parque Urbano da zona ribeirinha nascente, o Plano de Mobilidade do Torrão, as requalificações da Escola Básica nº1 de Alcácer (Telheiros), da Escola dos Açougues e da Oficina da Criança, assim como a adaptação da Piscina Municipal Coberta de Alcácer (em fase de adjudicação).

Apesar das indefinições iniciais a nível de regras e funcionamento do Portugal 2020, Alcácer do Sal preparou-se com projetos e conseguiu garantir investimentos importantes.


quadro PT 2020

corredor ciclável do bairro da Quintinha

Câmara Municipal de Alcácer do Sal cede verba ao Agrupamento de Escolas de Alcácer para manutenção do normal funcionamento

Aumento do número de alunos na EB Pedro Nunes tornou apoio imprescindível

23 may 2019

A Câmara Municipal de Alcácer do Sal aprovou na quinta-feira (23 de maio 2019) em reunião de Câmara, a transferência de uma verba no valor de 5.879,05 euros para o Agrupamento de Escolas de Alcácer do Sal, relativo à cedência de instalações para funcionamento das turmas do 1º Ciclo do Ensino Básico, no período de setembro a dezembro de 2018.

A cedência desta verba tornou-se necessária em virtude do aumento significativo do número de alunos do 1º Ciclo a frequentarem o edifício da Escola Básica Pedro Nunes, derivado da reorganização da rede escolar no ano letivo de 2011/2012, que definiu o acolhimento dos alunos da Escola Básica nº2 de Alcácer do Sal (Pré-Escolar e 1º Ciclo do Ensino Básico) na EB Pedro Nunes. Com o acolhimento dos novos alunos, aumentaram consequentemente as despesas com as instalações, eletricidade e gás, tornando-se imprescindível a comparticipação financeira do Município nesses encargos.


Escola Básica Pedro Nunes

Câmara recusa transferência de competências de transporte de passageiros em vias navegáveis interiores

23 may 2019


A Câmara Municipal de Alcácer do Sal não aceita a transferência de competências para o Município dos domínios previstos no Decreto-Lei de 30 de abril, referentes ao serviço público de transporte de passageiros em vias navegáveis interiores, quer de caráter turístico, quer do serviço público regular. A proposta, aprovada por maioria em reunião ordinária dia 23 de maio, recusa ainda a transferência de competências prevista para as comunidades intermunicipais nesta vertente, sublinhando que continuam a não estar claras as disposições financeiras e organizacionais, havendo a necessidade de uma cuidada ponderação.

A Câmara Municipal reclama: que a Assembleia da República delibere no processo de apreciação parlamentar (já requerido) a cessação de vigência destes diplomas; o início de um processo sério de descentralização inseparável da criação de regiões administrativas; a reposição das freguesias extintas contra vontade das populações; o encetar de um processo de recuperação financeira dos municípios e da sua plena autonomia, requisitos indispensáveis para o exercício das atribuições do poder local e das competências dos seus órgãos; a identificação, no domínio da transferência de novas competências, das que se adequam ao nível municipal e não comprometem direitos e funções sociais do Estado por via de um subfinanciamento que o atual processo institucionaliza.

Esta proposta será apreciada na próxima reunião da Assembleia Municipal de Alcácer do Sal.

Executivo Municipal 2017-2021 _ 400px.JPG

FESTAS EM HONRA DE S. SEBASTIÃO 2019

20 may 2019

Este fim de semana há festa em Santa Catarina de Sítimos, com as tradicionais Festas em Honra de S. Sebastião que, este ano, se subordinam ao tema "Apanha da Azeitona e Azeite".


Programa:


DIA 24 DE MAIO, SEXTA-FEIRA

20h – Abertura da quermesse

21h – Rancho Folclórico de Alcácer do Sal

21h30 – Sevilhanas da SFPMG

22h – Trovadores de Redondo

22h30 – Baile com Duo Sensações


DIA 25 DE MAIO, SÁBADO

8h – Alvorada; romaria a cavalo (concentração: Praça de Toiros João Branco Núncio); 5º Passeio Jeep TT/ BTT; 1º Passeio Renault 4L

9h – Chegada da banda da Calceteira

10h30 – Missa e procissão

14h – Abertura da quermesse

15h – Cavalhadas

15h30 – Demonstração TT

16h – Tradicional caracolada

17h – Vacada

18h – Tosquia

18h30 – Leilão de ofertas

21h – Zumba com Vera Letras

21h30 - Grupo Coral As Catrinas

22h – Baile com a Banda Oasis

23h – Atuação de Tita e bailarinas


Organização e apoios: Santa Catarina FC, União das Freguesias de Alcácer do Sal (Santa Maria do Castelo e Santiago) e Santa Susana, Câmara Municipal de Alcácer do Sal

Festas de S. Sebastião em Santa Catarina

ALCÁCER DO SAL INTEGRA PRIMEIRO CENTRO INTERMUNICIPAL DE DEFESA DO CONSUMIDOR

16 may 2019

O Município de Alcácer do Sal, em conjunto com os restantes municípios do Alentejo Litoral, assinou na quarta-feira (15 de maio 2019) na sede da Comunidade Intermunicipal do Alentejo Litoral - CIMAL em Grândola o protocolo para a criação do Centro Intermunicipal de Apoio ao Consumidor - CIAC, organismo pioneiro no país que almeja garantir uma rápida resolução de conflitos de consumo.

"O centro vai reforçar as capacidades de informação e defesa do consumidor e a capacidade de um conjunto de ofertas e de relações dos cidadãos com as entidades", referiu Vítor Proença, presidente da Câmara Municipal de Alcácer do Sal, que marcou presença na formalidade enquanto presidente da CIMAL. O edil acrescentou que a nova estrutura, considerada "inovadora" devido ao seu âmbito intermunicipal, permite melhorar a relação dos cidadãos "com operadores de telecomunicações, abastecimento de águas e esgotos, fornecedores de energia elétrica, plataformas digitais, venda de hardware e equipamento informático".

Este protocolo tem como principal bandeira a promoção da defesa dos direitos do consumidor através do lançamento de ações de sensibilização e informação sobre a temática do consumo, prestação de informação ao consumidor sobre os seus direitos e modos de exercício e apoio na resolução dos conflitos de consumo que ocorram na área dos municípios associados da CIMAL ou em que seja parte um seu residente, designadamente através do envio do mesmo para a entidade de resolução de litígios competente.

No ato protocolar marcaram presença, além de Vítor Proença, os restantes presidentes dos municípios do Alentejo Litoral, a Diretora-Geral da Direção Geral do Consumidor - DGC, Catarina Fonseca e o Secretário de Estado da Defesa do Consumidor, João Torres.

Logótipo CMAS.jpg

Câmara Municipal de Alcácer do Sal viabiliza mais camas turísticas no concelho

Alteração no PDM permite alargamento dos licenciamentos na oferta turística

16 may 2019

Foi aprovada na quinta-feira (23 de maio 2019) em reunião de Câmara uma proposta de alteração - a primeira - ao Plano Diretor Municipal - PDM de Alcácer do Sal, que permitirá ao Município aumentar a oferta turística dentro do concelho. A proposta foi aprovada por maioria com três votos contra.

Esta alteração permite a introdução de um ponto no regulamento do PDM de Alcácer do Sal que viabiliza que, ao ser ultrapassada a intensidade turística máxima no concelho, seja admitido o licenciamento de estabelecimentos hoteleiros em solo urbano na sede de concelho e nos aglomerados urbanos de Torrão, Comporta, Carrasqueira, Santa Catarina, Rio de Moinhos, Palma, Arêz, Foros de Albergaria, Vale de Guizo, São Romão e Santa Susana, de empreendimentos de Turismo Espaço Rural - TER e de turismo de habitação, sem prejuízo do cumprimento dos limiares globais das sub-regiões previstos no Plano Regional de Ordenamento do Território do Alentejo - PROTA. Nos anteriores termos, o PDM definia que a oferta de alojamento turístico perspetivado para o concelho de Alcácer do Sal se encontrava próxima do liminar definido em sede de PDM, de 18747 camas.

Executivo Municipal 2019.JPG

MUNICÍPIO SUPORTA 54% DAS REFEIÇÕES ESCOLARES SERVIDAS NOS REFEITÓRIOS DO 1º CICLO E PRÉ-ESCOLAR

16 may 2019


Segundo dados estatísticos obtidos pela Câmara Municipal de Alcácer do Sal relativos ao primeiro trimestre de 2019, a autarquia apoiou 6.685 refeições escolares das 12.468 que foram servidas nos refeitórios da Escola Básica nº1 (Telheiros), do Centro de Educação Pré-Escolar de Alcácer do Sal e do Centro Escolar da Comporta. Isto significa que, nesse período, 54 por cento das refeições servidas nos refeitórios sob gestão direta do Município foram comparticipadas por parte da Câmara Municipal. Do total de refeições apoiadas pela autarquia, 3.562 foram pagas na totalidade aos alunos que beneficiam do Escalão A da Ação Social Escolar, e 3.123 foram apoiadas em 50 por cento aos alunos do Escalão B.

refeitório - comida

SALÃO NOBRE ACOLHEU REUNIÃO DO CENTRO DE COMPETÊNCIAS DO PINHEIRO MANSO E PINHÃO

15 may 2019


O salão nobre dos Paços do Concelho acolheu hoje (15 de maio 2019) uma reunião do Conselho Geral do Centro de Competências do Pinheiro Manso e Pinhão, o qual a Câmara Municipal de Alcácer do Sal integra.
Vítor Proença, presidente da Câmara Municipal, iniciou a reunião com as boas-vindas aos participantes, tendo-se seguido a apresentação do projeto do Centro de Competências, a sua operacionalização e calendário de reuniões e eventos para o ano de 2019, entre outros assuntos pertinentes.
Instalado na Mata Nacional de Valverde, no concelho de Alcácer, o Centro de Competências do Pinheiro Manso e Pinhão é um fórum de partilha, que tem como missão promover o desenvolvimento e sustentabilidade da fileira do pinheiro manso pelo reforço da investigação, da promoção da inovação e das boas práticas silvícolas e da transferência e divulgação do conhecimento.

Pinhão

Câmara de Alcácer e ADL apresentam plano de combate a debilidades sociais

13 may 2019


A Câmara Municipal de Alcácer do Sal, em parceria com a Associação de Desenvolvimento do Litoral Alentejano, vai apresentar à Segurança Social um plano de ação no âmbito do programa de Contratos Locais de Desenvolvimento Social de 4ª Geração (CLDS-4G), cujo financiamento ascende a 432 mil euros.

Este plano foi aprovado no passado dia 13 de maio de 2019 em reunião do Conselho Local de Ação Social de Alcácer do Sal, sessão que decorreu no salão nobre dos Paços do Concelho e que foi presidida pelo vereador Nuno Pestana.

Recorde-se que a Câmara Municipal aprovou em janeiro a adesão a este novo programa de Contratos Locais de Desenvolvimento Social (um convite da Administração Central, realizado através do Instituto de Segurança Social), com o intuito de reforçar o investimento da autarquia no combate às debilidades sociais, nomeadamente problemas de pobreza num elevado número de agregados familiares e acentuado envelhecimento da população do concelho.

idosos_1.JPG

MATA NACIONAL DE VALVERDE VAI TER ÁREA-PILOTO DE ADAPTAÇÃO DO MONTADO

12 may 2019


A Mata Nacional de Valverde, no concelho de Alcácer do Sal, vai acolher uma área-piloto de estudo de alternativas de adaptação do Montado às alterações climáticas, um projeto LIFE Montado-Adapt que vai ser inaugurado a 17 de maio, com um dia aberto na Mata. 
Nesta data realiza-se igualmente no Auditório Municipal de Alcácer do Sal a apresentação desta iniciativa, que tem início às 14h com a sessão de abertura a cargo do ICNF — Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas. Às 14h10 é dado a conhecer o projeto LIFE Montado-Adapt e, em particular, a implementação da área-piloto na Mata de Valverde. Às 14h50 será abordada a produção de plantas autóctones no viveiro de Valverde, tratando-se em seguida o tema das águas e espaços verdes, nomeadamente as espécies a reproduzir. Após um debate e pausa para café, às 16h30 está planeada uma visita à área-piloto, na Mata Nacional de Valverde. Este encontro é promovido pelo ICNF e pela Associação de Defesa do Património de Mértola.

Mata de Valverde

Câmara de Alcácer arrasa os valores do Ministério na área da Educação

10 may 2019


A Câmara Municipal de Alcácer do Sal discorda do teor do projeto de mapas de montantes financeiros associados ao exercício anual das competências transferidas no domínio da Educação, assim como da lista de património a transferir para o Município. A proposta pela pronúncia da discordância foi aprovada por maioria, em reunião ordinária de Câmara no dia 9 de maio.

O projeto de mapas ligado à área da Educação apresentado contém questões que carecem de esclarecimento e outras incomportáveis para o Município.

Os encargos com pessoal não-docente mencionados são inferiores aos estimados, além de os números apresentados não refletirem as reais necessidades rácio/aluno das escolas do concelho. O diploma não prevê a igualmente a adaptabilidade gradual da estrutura orgânica da autarquia para gerir e transferir os trabalhadores do Ministério da Educação para a autarquia.

Os valores referentes aos refeitórios são inferiores aos indicados pelos Agrupamentos de Escolas do concelho e aos transferidos atualmente, sendo que estes montantes carecem de atualização a cada ano letivo.

Na especificidade dos circuitos especiais de transportes, que acarreta já para o Município um grande investimento, podem surgir dificuldades no transporte de alunos em modalidade de educação especial a nível da existência de transporte adaptado e a nível de especialização do pessoal acompanhante.

O financiamento apresentando é insuficiente para garantir a qualidade e universalidade da escola a tempo inteiro, além de não estarem explícitos os critérios referentes às estimativas sobre as atividades de apoio à família e atividades de enriquecimento curricular.

Não estão também incluídos no mapa as despesas com seguros e certificações legais que os estabelecimentos de ensino têm de ter; falta de informação sobre os contratos de média e longa duração existentes e há várias questões pendentes, como o inventário do equipamento a transferir em cada imóvel, pagamento de obras manutenção diária e fornecimento de eletricidade, água, gás e saneamento.

A Câmara Municipal de Alcácer do Sal assume ainda como preocupação o facto de o Ministério da Educação identificar a Escola Básica Bernardim Ribeiro (Torrão) como prioritária para modernização e indicar que a responsabilidade de financiamento da operação fica a cargo do Município e não da Administração Central.

Criança a pintar

PINHOADAS DE ALCÁCER DO SAL E QUEIJADAS DO TORRÃO AVANÇAM NAS “7 MARAVILHAS DOCES”

07 may 2019


As Pinhoadas de Alcácer do Sal e as Queijadas do Torrão passaram à próxima fase do concurso “7 Maravilhas – Doces de Portugal”. A boa-nova foi conhecida hoje (7 de maio 2019), num programa especial “7 Maravilhas” na RTP1 em que foram divulgados os 140 doces que avançam para votação do público e que irão representar os 18 distritos e as duas regiões autónomas nos programas RTP1 a serem realizados entre julho e agosto. A gala final realiza-se a 7 de setembro de 2019.

Pinhoadas

ENCARGOS FAMILIARES COM OS PASSES VÃO DIMINUIR NO LITORAL ALENTEJANO

03 may 2019


No âmbito do Programa de Apoio à Redução Tarifária - PART, com o objetivo de reduzir os encargos para as famílias com o custo dos passes dos transportes públicos, Vítor Proença informou, enquanto presidente da Comunidade Intermunicipal do Alentejo Litoral (CIMAL), que a entidade se encontra a delinear medidas de redução nas tarifas dos passes sociais no Litoral Alentejano. Numa curta declaração, Vítor Proença refere que “a Comunidade Intermunicipal e os presidentes de câmara do Alentejo Litoral têm vindo a acompanhar o desenvolvimento desta matéria em particular, mas também a Mobilidade no Alentejo Litoral de forma mais ampla, naturalmente ancorada naquelas que são as competências municipais nesta área”, acrescentando que “é intenção da CIMAL mobilizar a verba disponibilizada, no valor de 196.296 euros, e operacionalizar o PART nos termos que se encontra previsto (...), podendo antecipar que a Comunidade Intermunicipal do Litoral Alentejano se encontra a trabalhar numa solução de redução tarifária nos passes sociais no Alentejo Litoral com efeitos a partir de julho de 2019”. Vítor Proença concluiu, referindo que “numa segunda fase espera-se alargar a medida aos utentes que se deslocam para Lisboa, Évora, Beja ou Algarve”.

Estação rodoviária de Alcácer

1.400 pessoas visitaram o Museu Municipal Pedro Nunes em abril

03 may 2019


Cerca de 1.400 pessoas visitaram o renovado Museu Municipal Pedro Nunes, em Alcácer do Sal, desde a sua reabertura ao público no passado dia 6 de abril e até ao final desse mês.

Do total de visitantes registados em abril, 666 eram turistas, 304 eram residentes no concelho e o restante número correspondeu a deslocações de índole escolar e pedagógica. Entre o público total contaram-se 1.305 pessoas de nacionalidade portuguesa, sendo que, dos turistas estrangeiros que passaram pelo espaço museológico, o maior destaque pertence aos de nacionalidade inglesa e espanhola, havendo ainda oriundos da Alemanha, França, Brasil e Itália. A faixa etária de maior realce situa-se acima dos 60 anos de idade, logo seguida pela faixa compreendida entre os 20 e os 40 anos.

Estes são números bastante entusiasmantes para o primeiro mês de reabertura do Museu Municipal Pedro Nunes, que esteve fechado ao público doze anos, devido ao seu estado de degradação. Recorde-se que o núcleo museológico foi alvo de uma profunda intervenção, comparticipada em 85% por fundos da União Europeia, cujo custo, com a museografia, ascendeu a quase 1,5 milhões de euros. O Museu pode ser visitado de terça-feira a domingo, das 9h às 12h30 e das 14h às 17h30, com a última entrada a ocorrer meia hora antes do encerramento. Nos meses de junho, julho e agosto o horário de visita será igualmente de terça-feira a domingo, mas das 9h30 às 13h e das 15h às 18h30, com a última entrada meia hora antes do encerramento. No primeiro ano de funcionamento as entradas são gratuitas.

visita ao museu

Renovado Cais Palafítico da Carrasqueira foi inaugurado

02 may 2019

Teve lugar ontem (1 de maio 2019) na Carrasqueira a inauguração do novo passadiço do Cais Palafítico daquela aldeia piscatória. As comemorações tiveram início de manhã com um jogo de futsal entre “Os Traquinas”, que opôs pais e filhos, dando-se de seguida início à cerimónia de inauguração do restaurado Cais, à qual se seguiu um almoço-convívio. O presidente da Câmara Municipal de Alcácer do Sal, Vítor Proença, interveio na formalidade, e a vereadora Ana Soares também esteve presente, assim como a presidente da Junta de Freguesia da Comporta, Deolinda Florêncio.

Recorde-se que a renovação da madeira do passadiço, iniciada em janeiro de 2019, foi efetuada quer a nível estrutural, quer a nível da plataforma com a substituição de pilares, travessas, longarinas, travamentos e piso, e colocação de novos elementos de suporte e também de revestimento, em madeira de pinho silvestre com tratamento em autoclave. Requisitada pela Câmara Municipal de Alcácer do Sal e adjudicada à Carmo Wood, a obra teve um custo total na ordem dos 92 mil euros.

foto por definição

Câmara de Alcácer do Sal apoia população urbana com transporte social

29 april 2019


De modo a dar resposta às situações urbanas de munícipes com dificuldades de mobilidade, a Câmara Municipal de Alcácer do Sal assegura duas rotas semanais de transporte social.

Este serviço, destinado a residentes nas áreas limítrofes e interiores da cidade em situação de comprovada vulnerabilidade, realiza-se à segunda e à terça-feira e garante que os munícipes consigam deslocar-se e ter acesso a encargos essenciais, tais como supermercados, serviços públicos e Centro de Saúde.

Maria José mora num bairro periférico de Alcácer do Sal. Já passou da casa dos 70 anos e, como não era hábito as senhoras tirarem a carta de condução na sua época, não está habilitada a conduzir. Era o marido quem a levava aonde precisava, mas a doença deste fez com que ficasse impedido de conduzir e, agora, depende de boleias de familiares e vizinhos. Tornou-se usuária regular desta solução social disponibilizada pelo Município.

Maria José é apenas um exemplo dos vários utilizadores que recorrem a este transporte efetuado no circuito urbano e que, por ano, percorre cerca de 1.560km. À segunda-feira, a viatura parte da Barrosinha às 8h30, passando depois pela Foz, Associação de Regantes, Bairro do Laranjal, Bairro Rio de Clérigos, Rodoviária, Centro de Saúde, Estádio Municipal, Cemitério e Avenida dos Aviadores. Às 11h30 o percurso é feito no sentido inverso. Já na terça-feira, o transporte parte às 8h30 do Bairro do Olival Queimado rumo ao Bairro das Majapôas, Estádio Municipal, Ameira, Escola Secundária, Auditório Municipal, Cemitério, Avenida dos Aviadores e Rodoviária. O sentido inverso cumpre-se por volta das 11h30.

Mini-autocarro

Percorra a história de Alcácer do Sal no novo Museu Pedro Nunes

26 april 2019


À entrada do renovado Museu Pedro Nunes, num trajeto que tem início com uma referência à vida do matemático Pedro Nunes, é possível percorrer posteriormente os vários períodos históricos que caracterizaram a cidade de Alcácer do Sal durante o passar dos tempos.

A exposição propriamente dita tem começo com um painel dedicado ao tema "Beuipo: Um Porto de culturas", espaço dedicado às origens de Alcácer do Sal, na Idade do Ferro (séc. XII a.C.). Aqui, é feita a inevitável associação com a forte atividade comercial potenciada pelo rio Sado (rio Callipus), sendo um espaço onde se apresentam peças importadas de diversas origens, como da Grécia, do Egito ou da Fenícia. É feita uma referência à necrópole da Idade do Ferro do Olival do Senhor dos Mártires, que deu notoriedade à cidade de Alcácer do Sal desde o século XIX, com a descoberta de vários vasos gregos, uma das maiores coleções existentes em Portugal.

Avançando pela exposição encontramos depois o segundo tema, subordinado a Salacia, importante urb da época romana. É realçada a proximidade ao mar e a riqueza da terra que fizeram de Salacia um dos principais portos da Lusitânia. O Sado, como principal via comercial, associado à rede viária - sobretudo com Mérida - fizeram de Salacia um dos principais entrepostos comerciais do país, com a produção local de lã, cereais, sal, pescado e de ânforas.

O terceiro tema da exposição é dedicado ao período Medieval, com a disputa entre Mouros e Cristãos, espaço onde se retrata a importância de Alcácer do Sal no período islâmico, cidade com o estatuto de cidade portuária desde os finais do séc. IX, após a instalação dos Banu Danis e depois da tomada portuguesa de Qaṣr al-Fatḥ (Alcácer da conquista), em 1217 pelo rei D. Afonso I.

Por último, mas não menos importante, o expositor subordina-se aos Tempos de Paz e aos Novos Rumos. É feita uma abordagem ao período entre o séc. XVI e após a reconquista de 2017, nos quais o rio Sado e a zona ribeirinha de Alcácer se mantêm como elementos-chave da importância económica, política e militar da cidade. É também feita referência à Igreja do Espírito Santo e ao seu Hospital, estando disponíveis no local alguns objetos recolhidos durante a escavação da necrópole cristã.

No primeiro ano de funcionamento as entradas serão gratuitas. Os horários de visita ao Museu Pedro Nunes são os seguintes:

Horário de inverno - das 9h às 12h30, com a última entrada às 12h; das 14h às 17h30, com a última entrada as 17h.

Horário de verão (meses de junho, julho e agosto) - das 9h30 às 13h, com a última entrada às 12h30; das 15h às 18h30, com a última entrada às 18h.

O Museu Pedro Nunes encerra à segunda-feira.

museu pedro nunes março 2019

Alcácer do Sal apurou representantes do Alentejo Litoral para a final do Concurso Nacional de Leitura

24 april 2019


O Alentejo Litoral apurou ontem (23 de abril 2019), em Alcácer do Sal, os alunos que irão representar a região na final do Concurso Nacional de Leitura, iniciativa que visa promover a leitura como forma de conhecimento e de lazer, motivar os jovens para a leitura de obras literárias e incentivar o convívio entre leitores.

A 13ª edição da Final Intermunicipal do Alentejo Litoral, organizada pela Câmara Municipal de Alcácer do Sal através da Biblioteca Municipal, teve lugar no Auditório Municipal da cidade em pleno Dia Mundial do Livro e contou com a participação de 37 alunos do 1º, 2º e 3º ciclos do ensino básico e ensino secundário de escolas dos concelhos de Alcácer do Sal, Grândola, Santiago do Cacém e Sines.

As provas escritas iniciaram-se às 13h45, sendo que destas incidindo sobre as obras literárias “A água e a águia”, de Mia Couto (1º ciclo), “A garrafa mágica”, de Sara Rodi (2º ciclo), “Reconstruir os dias”, de Margarida Fonseca Santos (3º ciclo) e “O pintor debaixo do lava-loiças”, de Afonso Cruz (ensino secundário). Desta primeira fase passaram metade dos participantes à prova oral, composta por dois momentos: leitura expressiva e prova de argumentação.

O Coro da Universidade Sénior de Alcácer cantou depois para os jovens, que, às 18h, receberam cumprimentos do presidente da Câmara Municipal de Alcácer, Vítor Proença, que frisou na sua intervenção o importante papel das bibliotecas públicas e procedeu à entrega dos respetivos prémios e certificados.

O Alentejo Litoral será, assim, representado na final do Concurso Nacional de Leitura dia 25 de maio, em Braga, por: no 1º ciclo do ensino básico, Fausto Espadinha e Leonor Teles (ambos de Santiago do Cacém); no 2º ciclo, Clara Martiniano e Margarida Correia (de Sines); no 3º ciclo, Rita Silvano e Sara Buhai (de Santiago do Cacém); no ensino secundário, Jet Vos e Helena Grilo (de Santiago do Cacém).

Final Intermunicipal do concurso nacional de leitura - 23 abril 2019

Assembleia Municipal aprova reforço de financiamento para obras importantes

Investimento no Interface de Transportes e no Parque Urbano de Alcácer

24 april 2019


De modo a aproveitar os fundos disponibilizados pela União Europeia como apoio à concretização das obras do Interface de Transportes e do Parque Urbano de Alcácer do Sal, a Assembleia Municipal aprovou, em reunião ordinária de 23 de abril, a contratação de dois empréstimos para financiamento destes importantes investimentos.

Com um custo de quase 4,5 milhões de euros e um financiamento comunitário de 3,8 milhões de euros a fundo perdido, o Interface de Transportes e o Parque Urbano de Alcácer são duas obras de grande relevo, que irão reverter o estado de degradação do atual Parque de Feiras, sendo que a primeira empreitada arrancou em novembro de 2018 e a segunda deve arrancar no último trimestre do ano, após obtenção de visto por parte do Tribunal de Contas.

Com o intuito de alavancar esta oportunidade única, combinada com a disponibilização de uma linha especial de financiamento do Banco Europeu de Investimento criada para apoiar exclusivamente projetos comunitários aprovados (que não releva para o apuramento da dívida total), aliada às atuais taxas de juro praticadas pelos bancos, a Câmara Municipal de Alcácer submeteu a apreciação da Assembleia Municipal a contratação de dois empréstimos: um no valor de 1.004.681,22 euros, junto da linha de financiamento do Banco Europeu de Investimento, e um segundo empréstimo, de 61.545,79 euros, a ser contraído à Caixa Geral de Depósitos. A proposta foi aprovada por maioria.

vista aérea interface_abril 2019

Requalificação do Museu Pedro Nunes revelou melhoramentos antigos

Em 2017 foi descoberto altar que revelou duas fases de construção

18 april 2019

Ao longo dos anos, o espaço que agora acolhe o renovado Museu Municipal Pedro Nunes sofreu várias intervenções e melhoramentos, visíveis nas mais recentes obras de requalificação. A primeira das quais terá sido ainda no séc. XVI.

No ano de 1564 foram efetuadas as chamadas Visitações à Casa do Espirito Santo que revelaram, na altura, uma igreja bastante degradada. Mesmo assim, na fachada sul, virada para a Praça Pedro Nunes, ainda podemos ver duas janelas em fresta que chegaram à atualidade.

Em 1748 existe a referência à Ermida do Divino Espirito Santo, com vários “espiques” no Coro junto ao telhado, que ameaçava ruir e, em 1752, a visitação aí realizada refere a sua reparação e a construção por parte de um devoto de uma capela dedicada a Santo António. Estas alterações não terão sido as últimas a ser realizadas, tendo em conta que o Terramoto de 1755 terá afetado bastante a estrutura desta igreja, tendo sucedido o mesmo a muitos dos edifícios existentes em Alcácer do Sal. Será desta época a construção do altar-mor, em estuque de várias cores, assim como a edificação dos altares laterais, de talha policroma, e ainda o acesso ao púlpito e à torre da igreja.

Durante a requalificação em 2017 foi descoberta parte de uma das “frestas altas” que se encontrava revestida a estuque pintado de vermelho. Esta fresta está na sua grande maioria entaipada por um altar que revela duas fases de construção. No decorrer destes trabalhos foi também possível identificar e, em alguns casos, pôr a descoberto várias paredes reconstruídas, assim como altares, portas, janelas e nichos, até aqui entaipados. Estas descobertas confirmam as muitas alterações que ocorreram no edifício, e ajudam a compreender a evolução que a igreja do Espírito Santo foi sofrendo ao longo dos tempos.

No primeiro ano de funcionamento as entradas serão gratuitas. Os horários de visita ao Museu Pedro Nunes são os seguintes:

Horário de inverno - das 9h às 12h30, com a última entrada às 12h; das 14h às 17h30, com a última entrada as 17h.

Horário de verão (meses de junho, julho e agosto) - das 9h30 às 13h, com a última entrada às 12h30; das 15h às 18h30, com a última entrada às 18h.

O Museu Pedro Nunes encerra à segunda-feira.

Museu Pedro Nunes

Cinco doces de Alcácer do Sal passam para nova fase do concurso das 7 Maravilhas Doces de Portugal

18 april 2019

Foi ontem (17 abril 2019) dado a conhecer, por parte da entidade 7 Maravilhas de Portugal, o resultado da nova fase do concurso das 7 Maravilhas Doces, que tinha sete especialidades de Alcácer do Sal inicialmente candidatadas. Um painel de especialistas do concurso deliberou a passagem de cinco destes doces à próxima fase do concurso: Bolos de Pinhão (Rita Morgado, categoria Biscoitos e Bolos Secos), Mel Multifloral da Comporta (Joaquim Alexandre, categoria Doces de Fruta e Mel), Queijadas do Torrão (Pastelaria Carapinhas, categoria Bolo de Pastelaria), Raiva do Torrão (Padarias Reunidas do Torrão, categoria Doces Festivos) e Pinhoadas (Aldegundes Freitas, categoria Doce de Território). Nesta etapa foram escolhidos 21 doces de cada distrito para passarem à próxima fase da competição.

Estas nomeações vigoram até ao próximo dia 8 de maio, data na qual serão divulgados os sete doces finais que irão representar cada um dos 18 distritos do país num programa especial das 7 Maravilhas, a transmitir na RTP1.

foto por definição

Obras de renovação ampliaram Museu Pedro Nunes

Destaque para a reinterpretação do coro-alto existente

12 april 2019


O Museu Pedro Nunes, após as obras de requalificação a que foi sujeito, tornou-se mais amplo e confortável, com mais espaço para alojar todo o património tendo sido, ao mesmo tempo, transformado num local mais acolhedor para os visitantes.

Os vários elementos que fazem parte do Museu foram devidamente acondicionadas, como é o caso das estruturas arqueológicas, alvo de proteção e respetivo aterro. Estes trabalhos contemplaram a reposição do pavimento semelhante ao original, em tijoleira de barro, identificado na escavação arqueológica no interior do edifício. No projeto do novo Museu foi reinterpretado o coro-alto existente, passando a ser constituído, depois da renovação, em estrutura metálica com piso de madeira, sendo agora apresentado com um nível sobreposto à área da entrada no Museu. Naturalmente, foi instalada nova rede elétrica em todo o edifício e introduzida iluminação interior ambiental, de exposição e de segurança adequadas ao espaço e ao nosso tempo.

As obras de requalificação e o novo projeto museográfico do Museu Pedro Nunes pretendem apresentar um espaço modernizado, permitindo que todos os que o visitem se possam apropriar da informação e criar um vínculo afetivo com o conteúdo.

Os horários de visita ao Museu Pedro Nunes são os seguintes:

Horário de inverno - das 9h às 12h30, com a última entrada às 12h; das 14h às 17h30, com a última entrada as 17h.

Horário de verão (meses de junho, julho e agosto) - das 9h30 às 13h, com a última entrada às 12h30; das 15h às 18h30, com a última entrada às 18h.

O Museu Pedro Nunes encerra à segunda-feira.

Museu Pedro Nunes

Comporta recebe forte investimento na produção de relva

12 april 2019

A Herdade da Comporta, no concelho de Alcácer do Sal, encontra-se atualmente a desenvolver a implementação de plantações de relva, de horticultura e de agricultura biológica. A produção de relva, particularmente, tem vindo a ganhar maior importância no pelouro agrícola da Herdade da Comporta, com a instalação de 150 hectares de produção dentro da Herdade, sendo atualmente um dos maiores investimentos na Europa neste campo. As variedades são cultivadas para uso em projetos ornamentais como parques, jardins e espaços desportivos, tais como estádios de futebol e campos de golfe.

foto por definição

Câmara Municipal aprovou contas de 2018

12 april 2019

A Prestação de Contas de 2018 do Município de Alcácer do Sal foi aprovada na passada quinta-feira (11 de abril 2019) em reunião de Câmara. No ano de 2018 há a destacar um aumento na receita total de 2,3% relativamente a 2017, tendo sido atingido o valor mais alto nos últimos cinco anos. As receitas correntes aumentaram 9,9% e as receitas de capital diminuíram 8,1% relativamente ao ano anterior, havendo ainda um superavit de cerca de 1,6 milhões de euros por parte do Município.

No caso da evolução dos impostos diretos há a reter um aumento das receitas relativas ao Imposto Municipal sobre as Transmissões Onerosas de Imóveis (IMT) em 50,6%, valor que indicia a capacidade de atração de investimentos do concelho. No caso da despesa, esta cresce mas num valor abaixo do crescimento da receita. Salienta-se que o Município prossegue sem pagamentos em atraso desde 2014, e que o prazo de pagamento médio a fornecedores se situa nos 23 dias. A taxa de IMI continua a ser a mais baixa do distrito de Setúbal, cifrando-se nos 0,3%.

Esta proposta será posteriormente submetida para apreciação e votação na Assembleia Municipal do próximo dia 23 de abril de 2019.

foto por definição

Câmara Municipal de Alcácer do Sal atribui 45 mil euros aos Bombeiros de Alcácer para nova ambulância

Apoio contribui para nova resposta às necessidades das populações

12 april 2019

Foi ontem (11 de abril 2019) aprovado em reunião de Câmara um apoio, no valor de 45 mil euros, a transferir para a Associação Humanitária dos Bombeiros Mistos de Alcácer do Sal, para a aquisição de uma nova ambulância. Além do veículo, uma carrinha Renault Master de 170cv no valor de 37.699 euros, vão também ser adquiridos um monitor automático portátil, no valor de 950 euros, e um desfibrilhador automático externo, de 2.900 euros, valores aos quais acresce IVA.

Este apoio é relevante na medida em que as receitas da Associação Humanitária dos Bombeiros Mistos de Alcácer do Sal são manifestamente insuficientes para fazer face às suas necessidades, e devido ao facto de ser de extrema importância a aquisição desta viatura por parte dos Bombeiros, uma vez que permitirá uma nova resposta às necessidades das populações.

foto por definição

7 DOCES DE ALCÁCER DO SAL NAS "7 MARAVILHAS - DOCES DE PORTUGAL"

11 april 2019


Os doces e doceiros do concelho de Alcácer do Sal estão de parabéns!

Foram sete as candidaturas apresentadas pelo Município de Alcácer do Sal às sete categorias do concurso "7 Maravilhas - Doces de Portugal" e todas as sete foram validadas, prova da excelência da doçaria e dos produtos endógenos do concelho.

Estão oficialmente nomeados neste concurso: Pinhoadas (Aldegundes Freitas, categoria Doce de Território); Queijadas do Torrão (Pastelaria Carapinhas, categoria Bolo de Pastelaria); Bolo de Chocolate Coberto Com Mousse de Chocolate Recheado de Ovos Moles (Amor Doce, categoria Doce de Colher e Doce à Fatia); Bolos de Pinhão (Rita Morgado, categoria Biscoitos e Bolos Secos); Raiva do Torrão (Padarias Reunidas do Torrão, categoria Doces Festivos); Mel Multifloral da Comporta (Joaquim Alexandre, categoria Doces de Fruta e Mel); Carriços (Casimiro Jerónimo, categoria Doces de Inovação).

Neste momento encontram-se a votação, pelo painel de especialistas, todos os Doces Nomeados. No dia 17 de abril será tornado público os que passaram à fase de 21 Doces por Distrito e, dia 8 de maio, será realizado um programa especial “7 Maravilhas” na RTP1, em que serão divulgados os sete doces que irão representar cada um dos 18 distritos e duas regiões autónomas nos programas RTP1 a serem realizados entre julho e agosto.


Pinhoadas

Câmara Municipal apresenta Balanço dos seus Recursos Humanos

Balanço Social de 2018

11 april 2019


O Balanço Social da Câmara Municipal de Alcácer do Sal referente ao ano de 2018 foi hoje (11 de abril 2019) dado a conhecer em reunião ordinária de câmara, realizada no salão nobre dos Paços do Concelho.

O documento refere que, no final do ano de 2018, a Câmara Municipal de Alcácer do Sal tinha 428 trabalhadores, 24 dos quais integrados ao abrigo do programa de regularização extraordinária dos vínculos precários (de acordo a Lei nº112/2017, de 20 de dezembro), destacando-se ainda o facto de 14 funcionários serem portadores de deficiência, o que se insere na política inclusiva e de integração adotada pelo Município. A maioria dos trabalhadores (64%) inseria-se na categoria de assistente operacional. Na distribuição dos funcionários por género, na globalidade as mulheres representavam 45%. A média de idades dos efetivos era de 49 anos e 53% dos trabalhadores exercia funções há menos de 14 anos na Câmara Municipal.

O total de encargos com o pessoal durante o ano de 2018 totalizou quase 8 milhões de euros. A aquisição de fardamento adequado para cada equipa e aquisição dos equipamentos de proteção individual e coletiva envolveu um custo total de 41.567,27 euros, tendo ainda sido investidos 1.131,88 euros em 32 ações de formação relacionadas com a prevenção de riscos.

 

plenário de funcionários

Câmara Municipal de Alcácer do Sal promove ATL nas férias da Páscoa

08 april 2019

A iniciativa "Férias da Páscoa na Biblioteca", promovida pela Câmara Municipal de Alcácer do Sal, vai realizar atividades de tempos livres para as crianças na Biblioteca Municipal no período das férias da Páscoa, entre os dias 8 e 17 de abril.

Durante uma semana e meia serão praticadas diversas iniciativas, das quais se destacam as de escrita criativa, de leitura, contos, jogos tradicionais e de tabuleiro e jogos lúdicos. O ATL tem lugar da parte da tarde, entre as 15h e as 19h, sendo que as ações têm a duração de duas horas (15h-17h; 17h-19h).

Com a organização deste tipo de atividades de tempos livres, a Câmara Municipal de Alcácer do Sal tem o objetivo de fomentar a ocupação dos jovens no período das férias da Páscoa, incentivando ao mesmo tempo a realização de tarefas que fazem parte do processo de aprendizagem dos jovens, como a leitura, o raciocínio lógico e a criatividade.

foto por definição

Novo quartel dos Bombeiros Mistos do Torrão foi inaugurado

Câmara Municipal formulou projeto e cedeu apoio monetário

08 april 2019

A inauguração do renovado quartel dos Bombeiros Mistos do Torrão, alvo de obras de ampliação, teve lugar na tarde de sábado (6 de abril de 2019) na vila de Torrão. A Câmara Municipal de Alcácer do Sal, representada na cerimónia pelo vereador Manuel Vítor de Jesus, comparticipou o valor total da obra em 21.678,00 euros. Recorde-se que a obra de ampliação do quartel dos Bombeiros Mistos do Torrão, com um custo total de 144.514,41 euros e financiada em 85 por cento por fundos comunitários, foi igualmente apoiada pela autarquia no que diz respeito à execução do projeto de arquitetura e outras especialidades.

Os trabalhos de ampliação do quartel arrancaram no primeiro trimestre do ano de 2018 e contemplaram a expansão da área de estacionamento de viaturas, a criação de um acesso de viaturas através da zona traseira do quartel (anteriormente existia apenas uma saída, que era usada tanto por ambulâncias como por veículos pesados) e a criação de duas novas instalações sanitárias, que permitirão que os bombeiros tratem diretamente da sua higiene e limpeza dos equipamentos assim que cheguem do teatro de operações, mantendo limpo o interior do quartel.


foto por definição

Museu Municipal Pedro Nunes reforça oferta cultural de Alcácer do Sal

Aberto a partir de hoje ao público

06 april 2019


“Hoje é um dia muito especial para Alcácer do Sal. Hoje é o dia em que disponibilizamos, para o país e para o mundo, um novo museu, a segunda oferta museológica da cidade após mais de uma década de abertura ao público da Cripta Arqueológica, situada no Castelo”. Foi assim que Vítor Proença, presidente da Câmara Municipal de Alcácer do Sal, iniciou o seu discurso esta tarde na cerimónia de inauguração do Museu Municipal Pedro Nunes, que foi alvo de uma profunda ação de requalificação comparticipada por fundos da União Europeia e cujos trabalhos finais se cifraram em cerca de 1,5 milhões de euros.

“Foi um desafio árduo, contudo nunca desistimos e, por isso, quero dirigir uma saudação especial a todos aqueles que, com a sua sabedoria e carinho por este sonho, trabalharam laboriosamente por esta obra”, prosseguiu o edil, que frisou ainda o “grande simbolismo” desta inauguração, “um desejo antigo de muitas pessoas” que se insere “como parte numa estratégia mais vasta de reabilitação urbana nas duas margens do rio, sem nunca desvirtuar o valioso casco histórico desta cidade”.

A cerimónia de inauguração do museu reuniu ainda as intervenções da diretora Regional de Cultura do Alentejo, Ana Paula Amendoeira, do presidente da Entidade Regional de Turismo do Alentejo, Ceia da Silva e do presidente da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Alentejo, Roberto Grilo, que foram unânimes na sua saudação a este requalificado e sofisticado museu que, acreditam, será um grande sucesso.

Centenas de pessoas passaram pela Praça Pedro Nunes para participar neste momento especial, transmitido em direto em ecrã gigante na praça e na página de Facebook da autarquia, e para conhecerem pessoalmente o novo museu, que concilia a história do passado com a interatividade proporcionada pela modernidade.

“É uma obra há muito esperada. Vai dar uma outra visibilidade ao espólio que temos em Alcácer e à nossa História e vai ainda ajudar a interligar a nossa oferta turística, com a Cripta Arqueológica e com as rotas recém-criadas,” afirmou João Emídio, jovem empresário de Alcácer do Sal. Já para a munícipe Ana Matos, a remodelação do Museu Municipal Pedro Nunes “agradou-lhe bastante”, pois está “bem estruturado e fluído” e deixou a sugestão de que os textos e legendas “estejam escritos também noutras línguas” para serem mais acessíveis aos turistas.

Além dos apontamentos musicais da Sociedade Filarmónica Amizade Visconde de Alcácer e da Sociedade Filarmónica Progresso Matos Galamba, a festa ficou ainda marcada pela atuação da conceituada fadista Katia Guerreiro, que salientou o facto de o museu ser um importante “marco na preservação e na recuperação da memória e do património histórico deste município”.

O Museu Municipal Pedro Nunes pode ser visitado de terça-feira a domingo, das 9h às 12h30 e das 14h às 17h30, sendo que, em ambos os períodos, a última entrada ocorre meia hora antes do encerramento do espaço. No primeiro ano de funcionamento as entradas serão gratuitas.

“Sejam todos bem-vindos a esta casa de cultura. Este é o vosso espaço, a vossa sala de visitas, antecâmera de um vasto município com muito para oferecer e descobrir, privilegiado pela natureza e tocado de uma história impar”, concluiu Vítor Proença, presidente da Câmara Municipal de Alcácer do Sal, que convida a todos a virem conhecer este museu moderno.

inauguração museu pedro nunes - 6 abril 2019

Piscinas Cobertas recebem todos os meses mais de 1.300 pessoas

05 april 2019

A Piscina Municipal Coberta de Alcácer do Sal e a Piscina Convertível do Torrão, no primeiro trimestre deste ano, receberam em média mais de 1.300 pessoas por mês nas suas instalações. As atividades físicas, que vão desde a ambientação ao meio aquático e aprendizagem da natação para os mais novos, passando pelas aulas de Hidroterapia, Hidroginástica e de expressão físico/motora, são frequentadas mensalmente por mais de 1.100 pessoas na Piscina Municipal Coberta de Alcácer e mais de 250 na Piscina Convertível do Torrão. Pessoas oriundas de todos os pontos do concelho, escolas e de instituições usufruem destes espaços cuja manutenção e funcionamento diários são assegurados pela Câmara Municipal de Alcácer do Sal.

Numa altura em que nos aproximamos do Dia Mundial da Atividade Física, que se assinala no próximo dia 6 de abril de 2019, importa incentivar a população a adotar um estilo de vida saudável, fazendo uma alimentação equilibrada e praticando exercício físico, com vista a influenciar positivamente a saúde.

foto por definição

Museu Municipal Pedro Nunes apresenta espólio precioso de Alcácer do Sal

Inauguração será dia 6 de abril

02 april 2019


Um armazém do período romano dotado de dolium defossa, um contentor cerâmico muito característico no mundo romano que foi encontrado enterrado até às asas e que serviria para armazenamento de alimentos sólidos, é uma das mais-valias que podem ser vistas no renovado Museu Municipal Pedro Nunes, em Alcácer do Sal. O núcleo museológico, situado junto à Praça com o mesmo nome, vai ser inaugurado dia 6 de abril pelas 15h30, num evento aberto ao público e repleto de ilustres convidados, que contará também com as atuações das bandas da Sociedade Filarmónica Amizade Visconde de Alcácer e Sociedade Filarmónica Progresso Matos Galamba e um concerto da fadista Katia Guerreiro.

Patente no subsolo do museu e observável através de painéis de vidro reforçado, o armazém com dolium defossa foi colocado a descoberto aquando da realização de escavações neste espaço após o seu encerramento ao público 2007, devido à sua grave deterioração. Entre os anos de 2008 e 2011 o Setor de Arqueologia e Museologia da Câmara Municipal de Alcácer do Sal levou a efeito um ciclo de escavações, que deram a conhecer a ocupação humana deste local, do séc. IV a.C até ao séc. XVIII.

“Foram, pela primeira vez, identificadas neste local estruturas correspondentes à zona portuária, nomeadamente armazéns, lojas e habitações de pessoas que aqui viviam e foi ainda recolhido algum espólio arqueológico do que seria comercializado, sendo de destacar um escaravelho egípcio, cuja recolha comprova a existência de comércio com o Mediterrâneo”, refere Marisol Ferreira, responsável pelo Setor de Arqueologia da Câmara Municipal de Alcácer do Sal. De acordo com a mesma fonte, os trabalhos realizados apuraram ainda que, “em cima da estrutura portuária, existia uma necrópole cristã (que destruiu parcialmente os níveis arqueológicos anteriores), onde foram recolhidos elementos associados aos enterramentos correspondentes a uma população natural, datados do séc. XVII/ XVIII, tais como vestuário, acessórios e pequenos objetos religiosos”. Não obstante a destruição causada pelos enterramentos, as escavações arqueológicas permitiram identificar uma potência estratigráfica com cerca de dois metros de profundidade, que documentam uma ocupação humana da Idade do Ferro ao período Islâmico, que se encontra, inclusive, bastante representado, sendo de destacar o achado de uma pequena habitação com poço e lixeiras associadas, o que constitui, até ao momento, as únicas estruturas desta época a serem identificadas junto à área portuária.

“Foi uma luta muito grande a requalificação deste Museu. Enfrentámos dificuldades e há muito trabalho por detrás deste projeto, que contou com o empenho de uma equipa fantástica. Esperamos que as pessoas gostem e que, no dia 6 de abril, se juntem a nós na inauguração do novo Museu Municipal Pedro Nunes”, convida Marisol Ferreira.

Fundado em 1894 e instalado na antiga Igreja do Espírito Santo desde 1914, o Museu Municipal encontra-se de portas fechadas há mais de uma década, tendo sido alvo, nos últimos dois anos, de obras profundas de restauro e de instalação de novas áreas, uma empreitada comparticipada em 85 por fundos da União Europeia. A operação completa, incluindo a intervenção de conteúdos museológicos, envolveu um investimento de cerca de 1,5 milhões de euros.

dolium defossa

Alcácer do Sal constitui Conselho Municipal de Segurança

01 april 2019


Tendo a segurança como prioridade, a Câmara Municipal de Alcácer do Sal vai avançar com a constituição do Conselho Municipal de Segurança. A proposta foi aprovada em reunião ordinária de Câmara por unanimidade, no passado dia 28 de março.

Entidade de âmbito municipal com funções de natureza consultiva, o conselho municipal de segurança tem por objetivos promover a articulação, a troca de informações e a cooperação entre entidades na área do município que têm intervenção ou estão envolvidas na prevenção e na garantia da inserção social e da segurança e tranquilidade da respetiva população.

Além de incluir o presidente da Câmara Municipal, vereador com o pelouro da segurança, presidente da Assembleia Municipal, presidentes das juntas de freguesia, representante do ministério público da comarca, forças de segurança da área territorial do município, proteção civil e bombeiros, é permitido o convite de algumas entidades para integrarem este conselho, pelo que este irá ser endereçado a representantes de entidades do setor de apoio social, cultural e desportivo, estabelecimentos de ensino público do concelho, entidade do setor económico com maior representatividade e estrutura integrante da rede nacional de apoio às vítimas de violência doméstica.


Executivo Municipal 2017-2021 _ 400px.JPG

Câmara Municipal renova apoio à Focinho's

28 march 2019

A Câmara Municipal de Alcácer do Sal aprovou hoje (28 março 2019) em reunião de Câmara a renovação do protocolo de cooperação com a associação Focinho's, que compreende um apoio anual da autarquia no valor de 3.000,00 euros. O auxílio a prestar pela Câmara Municipal não se restringe apenas ao valor monetário. A veterinária do Município fará também visitas mensais ao canil da associação para fazer avaliações médico-veterinárias aos animais. Salienta-se que esta associação presta um importante apoio no alojamento de canídeos que são recolhidos pela Câmara Municipal.

A Focinho's é uma associação sem fins lucrativos que tem o objetivo de recolher e encaminhar animais abandonados e maltratados a uma vida condigna através da adoção responsável, de forma a evitar a proliferação destes no domínio público. É atualmente a única associação a prestar serviço de proteção de animais no concelho de Alcácer do Sal.

foto por definição

Alcácer do Sal apresenta Museu moderno e interativo

Em contraciclo cultural

26 march 2019


Consultar num ecrã interativo informações sobre uma peça em exposição ou aceder a mais dados sobre o espólio arqueológico através de smartphone ou tablets com recurso ao sistema de QRcodes são duas das possibilidades disponibilizadas pelo renovado Museu Municipal Pedro Nunes, em Alcácer do Sal.

“Numa altura em que praticamente ninguém no país inaugura museus, Alcácer prepara-se para abrir as portas do Museu Municipal Pedro Nunes, que mostra o passado desta terra magnífica visto à luz da modernidade”, disse o Presidente da Câmara Municipal de Alcácer do Sal, Vítor Proença na conferência de imprensa de apresentação do espaço museológico, que foi alvo de uma ampla empreitada de requalificação, cofinanciada em 85 por cento por fundos da União Europeia.

O recurso a aplicações interativas, que facilitem a transmissão do conhecimento e potenciem a experiência do visitante é uma das apostas deste museu. “No fundo, pretende-se que o utilizador sinta que entrou numa viagem no tempo, cujo limite é a sua imaginação”, prosseguiu o autarca, que referiu ainda que, a par do material exposto e de um guia em papel da exposição, os visitantes poderão assistir a um vídeo de making-off do museu, uma experiência maximizada que estará em exibição na zona do coro-alto.

A conferência de imprensa decorreu hoje (26 de março) na Pousada do Castelo D. Afonso II e contou com a presença do Executivo Municipal e as intervenções do edil Vítor Proença, da coordenadora do Gabinete de Arqueologia e Museologia da Câmara Municipal, Marisol Ferreira e de Pedro Sobral, do projeto de museologia, em cujo discurso salientou o facto de Alcácer do Sal ter uma “história muito aliciante do ponto de vista da museografia, além das suas peças serem muito boas e bastante interessantes”.

“É um orgulho ver este projeto concretizar-se após mais de uma década de encerramento do museu e depois de ultrapassados tantos obstáculos, que enfrentámos com garra e determinação. Compensou e, dia 6 de abril, todos poderão ver o resultado dos nossos esforços na inauguração desta casa da cultura, com muito para oferecer e descobrir”, completou o Presidente da Câmara Municipal de Alcácer do Sal, Vítor Proença.

Com ênfase em Alcácer, enquanto cidade portuária, e no rio Sado, enquanto elemento determinante no desenvolvimento deste núcleo urbano, o Museu Municipal Pedro Nunes vai ter patente um conjunto variado de espólio recolhido durante os trabalhos arqueológicos na Igreja do Espírito Santo, no Castelo de Alcácer do Sal e na Rua do Rato e que vai do séc. VI a.C. ao séc. XIX, fazendo inclusive referência ao grande matemático Pedro Nunes.

Recorde-se o Museu Pedro Nunes encerrou ao público em 2007, devido ao seu avançado estado de degradação. Entre 2008 e 2011 acolheu escavações do Setor de Arqueologia e Museologia da Câmara Municipal e só em 2017 tiveram início as obras de requalificação do espaço, intervenção que, com a inclusão da museografia, ascendeu a 1,5 milhões de euros.

A inauguração do renovado e moderno Museu Municipal Pedro Nunes realiza-se no dia 6 de abril, às 15h30 e contará também com a atuação da fadista Katia Guerreiro e das bandas da Sociedade Filarmónica Amizade Visconde de Alcácer e Sociedade Filarmónica Progresso Matos Galamba.

museu pedro nunes março 2019

Baile de Finalistas da ESAS junta milhares no Pavilhão Gracieta Baião

24 march 2019

O Pavilhão Gracieta Baião acolheu no sábado (23 de março 2019) o Baile de Finalistas da Escola Secundária de Alcácer do Sal, este ano subordinado ao tema "Piratas das Caraíbas". O evento tornou a juntar alunos, familiares, amigos, professores e a população no mesmo espaço que pareceu escasso, verificando-se a grande afluência de público. A animação musical esteve a cargo do Duo Sensações, SFPMG (Pazôa) e DJ Andy’F.

Pela Câmara Municipal de Alcácer do Sal, entidade que apoiou a realização do Baile, marcaram presença o presidente da Vítor Proença - que interveio -, e os vereadores Manuel Vítor de Jesus e Nuno Pestana. Organizado pela Comissão de Finalistas, o evento teve também o apoio do Agrupamento de Escolas de Alcácer.

foto por definição

ENCONTROS COM OS MUNÍCIPES TIVERAM ONTEM INÍCIO

22 march 2019

O presidente da Câmara Municipal de Alcácer do Sal, Vítor Proença e restante executivo permanente, acompanhados pelo presidente da União das Freguesias de Alcácer do Sal e Santa Susana, Arlindo Passos, deram ontem (21 de março 2019) início aos “Encontros com os Munícipes”, iniciativa que, à semelhança do que foi efetuado no início do ano passado, permitirá que o Executivo encare as situações dentro do concelho de Alcácer de forma ainda mais direta.

Os Encontros incidiram ontem sobre a zona alta da cidade, com visitas logo pela manhã às zonas comerciais, à zona envolvente ao Parque Desportivo, ao Parque de Campismo, à zona das Piscinas Cobertas, ao Pavilhão Gimnodesportivo, às imediações da EB Pedro Nunes e ao Bairro do Morgadinho, sendo que à tarde se percorreram outras zonas comerciais, com passagens pelo Bairro da Casa do Povo e pelo Bairro da Graça.

Pelo caminho, os elementos da comitiva esclareceram pessoalmente os munícipes, e avaliaram diversas das intervenções a ser atualmente efetuadas pelo município nestas zonas da cidade. A título de exemplo, o Estádio Municipal de Alcácer do Sal recebeu a visita dos envolvidos após ter sido recentemente alvo de trabalhos de requalificação.

Este foi o primeiro dia de um ciclo de diversas visitas a efetuar um pouco por todo o concelho no próximo mês, com o objetivo de resolver situações “no terreno”. O próximo encontro tem lugar já hoje, da parte da manhã, às entidades instaladas na Zona de Indústria Ligeira (ZIL) de Alcácer do Sal.

foto por definição

Município de Alcácer do Sal conseguiu financiamento comunitário para obras de 9,3 milhões de euros

Alcácer do Sal tem em curso o maior ciclo de investimentos da sua história

20 march 2019

Desde agosto de 2016, a Câmara Municipal de Alcácer do Sal candidatou-se com sucesso à aprovação de apoios comunitários para 11 grandes obras no Concelho, no âmbito do Plano Operacional Alentejo 2020 (Portugal 2020). De um investimento total na ordem dos 9.294.076,35 euros, o Município conseguiu a comparticipação, por parte de fundos europeus, de cerca de 77% deste valor (7.208.013,67 euros).

Entre as obras comparticipadas por este PO contam-se a do corredor ciclável do bairro da Quintinha (2016), da iluminação cénica do património edificado de Alcácer do Sal, do Museu Pedro Nunes - Divulgação da Ciência, do corredor ciclável do bairro do Forno da Cal (2017), da requalificação da Escola dos Telheiros, do edifício da Oficina da Criança, da escola dos Açougues, do Plano de Mobilidade do Torrão, da adaptação e criação de novas funcionalidades da Piscina Coberta de Alcácer do Sal para a promoção da inclusão social, da interface de transportes da zona ribeirinha nascente e do parque de feiras (2018).

No âmbito do Fundo Social Europeu, o Município tem também em curso um investimento em Planos Inovadores de Combate ao Insucesso Escolar, no valor total de 561.186,59 euros, comparticipados em 85% pelo FSE (477.008,60 euros).

foto por definição

Obras do Museu Municipal Pedro Nunes concluídas

20 march 2019


Estão concluídas as obras de requalificação do Museu Municipal Pedro Nunes, em Alcácer do Sal. Trata-se de uma grande vitória, após a Câmara Municipal de Alcácer vencer imensas dificuldades.

Iniciadas em março de 2017, após adjudicação e assinatura do ato de consignação entre o Município e a empresa IN SITU, as obras visaram tornar o Museu Municipal Pedro Nunes num espaço adequado às suas funções, sem desvirtuar a outrora Igreja do Espírito Santo, edifício classificado como Imóvel de Interesse Público em 1993. Os trabalhos contemplaram em concreto: o acondicionamento das estruturas arqueológicas, através da proteção e respetivo aterro das mesmas; obras de conservação e manutenção do edifício; restauro dos altares laterais e do altar-mor; restauro e conservação da parede atrás do altar-mor; execução do pavimento; execução de uma casa de banho; remodelação completa da cobertura, com tratamento das asnas existentes e execução de reforços; execução do coro-alto, introdução de espaços e infraestruturas adequados e necessários ao funcionamento do museu (redes elétrica, de incêndio, intrusão, águas e esgotos).

A profunda intervenção de que o Museu foi alvo teve um investimento elegível de 775.140,38 euros, a que corresponde uma comparticipação do FEDER de 658.869,32 euros. A este valor soma-se a intervenção de conteúdos museológicos, que eleva o custo de toda a operação para cerca de 1,5 milhões de euros.

Recorde-se o Museu Municipal Pedro Nunes encerrou ao público em 2007, devido ao avançado estado de degradação do edifício. Entre 2008 e janeiro de 2011 acolheu um ciclo de escavações realizadas pelo Setor de Arqueologia e Museologia da Câmara Municipal de Alcácer do Sal, que deram a conhecer a ocupação humana deste espaço, do séc. IV a.C até ao séc. XVIII.

A inauguração do renovado Museu Pedro Nunes está agendada para o dia 6 de abril, pelas 15h30.

museu pedro nunes março 2019

Aprovado procedimento para recuperação do edifício da Oficina da Criança

20 march 2019


A Câmara Municipal de Alcácer do Sal aprovou no passado dia 14 de março de 2019, por maioria, o lançamento do procedimento com vista à recuperação do edifício da Oficina da Criança.

O melhoramento das instalações está orçado em 501.274,00 euros e abarca: trabalhos de construção civil; substituição de caixilharias, vidraças, vãos interiores, revestimentos interiores e exteriores, loiças sanitárias, equipamentos de iluminação; criação de rampas e outros elementos relacionados com acessibilidades e arranjos exteriores; desmontagem e substituição de cobertura e caleiras e remate perimetral da fachada existente; aplicação de teto falso radiante e equipamentos sistema de bomba de calor para apoio/ abastecimento de solução de teto radiante; demolição e construção de divisórias interiores; pinturas.

A Oficina da Criança da Câmara Municipal de Alcácer do Sal é um espaço de animação socioeducativa criado em 1989, que agrega processos que não fazem parte dos programas escolares ou que neles sejam contemplados de forma insuficiente. Paralelamente, assume-se como um polo de recursos à disposição de toda a comunidade educativa do concelho. Contempla ainda visitas e animações temáticas idealizadas mediante o projeto anual da Oficina. 

Oficina da Criança

AUDITÓRIO MUNICIPAL RECEBE CONFERÊNCIA SOBRE PESSOA CUIDADORA

19 march 2019


"Saúde e Bem-estar da Pessoa Cuidadora" é o tema ao qual estará subordinado um debate organizado pela Plataforma Supraconcelhia do Alentejo Litoral - PSCAL, a ter lugar na próxima sexta-feira (22 de março 2019) no Auditório Municipal de Alcácer do Sal. A conferência, que contará com as presenças, entre outras, do presidente da Câmara Municipal de Alcácer do Sal, Vítor Proença, e do vereador Nuno Pestana, tem o objetivo de debater o papel do cuidador e as formas de melhorar a qualidade de vida do mesmo. O evento tem início às 14h e é aberto ao público.

Um cuidador é uma pessoa remunerada ou não remunerada que ajuda outro indivíduo a realizar as suas atividades de vida diárias. Normalmente, as pessoas recorrem a cuidadores em casos de doença, idade avançada, deficiências físicas ou mentais.

idosos_2.JPG

Câmara Municipal vai modernizar as Piscinas Cobertas de Alcácer do Sal

19 march 2019


A Piscina Municipal Coberta de Alcácer do Sal vai ser alvo de obras de reabilitação.

Além de reverter o estado de progressiva degradação que decorre da antiguidade e da intensidade de uso deste equipamento, a intervenção contempla a ampliação do espaço com vista a dotar o mesmo de sala de socorros e de sala de apoio especializado. Serão também melhoradas as acessibilidades ao edifício e as condições de mobilidade, substituir-se-á a cobertura e também as infraestruturas de telecomunicações e iluminação.

A abertura de procedimento para o lançamento desta empreitada, com um custo de 401.952,00 euros, foi aprovada por maioria no passado dia 14 de março de 2019, em reunião ordinária de Câmara.

Piscina municipal coberta de Alcácer_1700

Município de Alcácer do Sal faz balanço positivo da participação na BTL 2019

18 march 2019

O Município de Alcácer do Sal avalia positivamente a presença na edição de 2019 da BTL – Bolsa de Turismo de Lisboa, certame que se realizou entre os dias 13 e 17 de março de 2019 na FIL - Feira Internacional de Lisboa. O stand alcacerense, subordinado aos temas Rio Sado e os Galeões, recebeu a visita de inúmeras pessoas e personalidades que assim tiveram oportunidade de conhecer empresas e produtores de Alcácer do Sal, presentes no expositor.

O presidente da Câmara Municipal de Alcácer do Sal, Vítor Proença, esteve presente no evento na sexta-feira (15 de março), e revelou estar “muito contente”, considerando que, em 2019, “foi a melhor representação de sempre de Alcácer do Sal na BTL, não só pela atividade e animação do stand, mas também pela apresentação das técnicas de Turismo do Município”, destacando também a “qualidade apresentada na mostra gastronómica e de doçaria, valorizando o Torrão Doce”, evento de doçaria a realizar nos próximos dias 12, 13 e 14 de abril no Torrão. O presidente da autarquia sublinhou também que, no stand, “coube toda a população de Alcácer, como se o seu pensamento estivesse sempre presente neste certame”, concluindo que os alcacerenses que visitaram o evento tiveram “muito orgulho na sua terra”.

No local, ao longo da BTL, marcaram também presença entidades do concelho como o Hotel Palácio do Sal, Pinhão Sado, Herdade da Barrosinha, Callipus - Actividades Turísticas, Panificadora Ideal, Galinha Balbina, Manos Lince, Casimiro Jerónimo, As Carapinhas, Aldegundes Freitas e O Tarro.

foto por definição

Município de Alcácer do Sal promove reabilitação da Escola dos Telheiros

18 march 2019


A Escola Básica nº.1 de Alcácer do Sal (Telheiros) vai ser reabilitada. A proposta referente à abertura de procedimento para lançamento da empreitada foi aprovada por maioria, em reunião ordinária de Câmara realizada a 14 de março de 2019.

Estimado em 1.330.300,00 euros, o projeto visa requalificar e modernizar esta escola, assentando em novas exigências pedagógicas, de segurança e atualização dos sistemas elétricos e de aquecimento. Prevê-se ainda requalificar-se o espaço exterior, a zona de recreio infantil, bem como os acessos internos e ao exterior. 

Escola nº1 de Alcácer - Telheiros

Câmara Municipal lança concurso para remodelação da Escola dos Açougues/Universidade Sénior

15 march 2019


A Câmara Municipal de Alcácer do Sal vai abrir o procedimento para o lançamento da empreitada de remodelação da Escola dos Açougues, obra orçada em 366.442,00 euros.

A intervenção deste projeto está relacionada essencialmente com trabalhos de melhoramento das instalações em termos de conforto térmico e salubridade da construção existente, onde está instalada a Universidade Sénior de Alcácer.

Neste âmbito, irá proceder-se a: desmontagem e substituição de cobertura e caleiras e remate perimetral da fachada existente; aplicação de teto falso radiante e equipamentos sistema de bomba de calor para apoio/ abastecimento de solução de teto radiante; substituição de caixilharias, vidraças, vãos interiores, revestimentos interiores e exteriores, loiças sanitárias, equipamentos de iluminação; trabalhos de construção civil; demolição e construção de divisórias interiores; pinturas; criação de rampas e outros elementos relacionados com acessibilidades e arranjos exteriores.

Esta proposta foi aprovada por maioria em reunião ordinária de Câmara no passado dia 14 de março de 2019.


Escola da Universidade Sénior de Alcácer

37ª Volta ao Alentejo Crédito Agrícola passa por Alcácer do Sal

3ª etapa

14 march 2019


Os ciclistas participantes na 37ª Volta ao Alentejo Crédito Agrícola vão passar por Alcácer do Sal no dia 22 de março (sexta-feira), no âmbito da terceira etapa da prova, que fará a ligação de Santiago do Cacém a Mora.

Numa extensão de 176,5km, a terceira etapa marca a despedida da prova velocipédica do litoral alentejano. As metas-volantes estão em Grândola, Vendas Novas e Arraiolos, além de haver duas contagens para o Prémio de Montanha, ambas de 4ª categoria: a primeira é em Alcácer do Sal e a seguinte em Montemor-o-Novo.

Relativamente ao percurso em território alcacerense, os ciclistas virão pelo IC1, sentido Grândola-Alcácer, passando junto à entrada de Albergaria às 12h24. Já na cidade, cerca das 12h36 passarão pela ponte metálica e seguirão em frente na rotunda, subindo a Avenida José Saramago. Continuarão na EN5 até ao cruzamento para Casebres, localidade a que se dirigirão pela EM539 e aonde chegarão às 13h04, para depois rumarem a Cabrela, Venda Novas, Montemor-o-Novo e alcançarem a meta, em Mora.

A 37ª Volta ao Alentejo Crédito Agrícola decorre entre 20 e 24 de março de 2019 e contempla seis etapas (cinco em linha e um contrarrelógio), num total de 802,1km. Este ano tem a participação de 18 equipas, nove portuguesas e nove estrangeiras, e irá percorrer 35 dos 47 concelhos do Alentejo. Esta iniciativa é promovida pela CIMAC - Comunidade Intermunicipal do Alentejo Central, com organização técnica da Podium Events, e tem o apoio da Câmara Municipal de Alcácer do Sal.

35 volta ao alentejo_1700.jpg

Inscrições para XXIII Grande Prémio da Páscoa em Atletismo já abriram

Prova desportiva em Alcácer do Sal

12 march 2019


Os interessados em participar na 23ª edição do Grande Prémio da Páscoa em Atletismo, que se realiza a 19 de abril de 2019, já podem efetuar a sua inscrição.

Até 16 de abril, as inscrições estão abertas no site http://acorrer.pt/eventos/info/2183 e podem ser igualmente realizadas no gabinete do Setor de Desporto, sito no Pavilhão Gimnodesportivo Municipal de Alcácer do Sal, na Piscina Municipal Coberta de Alcácer, na Piscina Municipal Convertível do Torrão e nas juntas de freguesia de Comporta, S. Martinho e Torrão.

O XXIII Grande Prémio da Páscoa em Atletismo vai ter lugar na sexta-feira santa, com partida da pista de atletismo do Estádio Municipal de Alcácer pelas 10h e término na margem sul, junto ao skateparque. Pode participar no evento desportivo a toda a população, nas modalidades de corrida (10 km) ou caminhada (4,5 km), sendo que a corrida tem um custo três “passos” e a caminhada custa dois “passos”. As inscrições são gratuitas para crianças com idades até aos 6 anos inclusive.

No que concerne a prémios, na prova de corrida serão entregues prémios aos três primeiros lugares masculinos e femininos dos escalões sub23 (até aos 23 anos), elites (dos 24 aos 34 anos), veteranos A (dos 35 aos 49 anos) e veteranos B (mais de 50 anos). Há ainda um prémio especial para o 1º, 2º e 3º classificados masculinos e femininos residentes no concelho. Na caminhada, não há classificação individual ou coletiva.

Esta iniciativa é organizada pela Câmara Municipal de Alcácer do Sal, tendo como parceiros a União das Freguesias de Alcácer do Sal (Santa Maria do Castelo e Santiago) e Santa Susana, a Caixa de Crédito Agrícola Mútuo de Alcácer do Sal e Montemor-o-Novo, Corpo Nacional de Escutas – Agrupamento 844 de Alcácer do Sal, Alcácer do Sal FC Veteranos, Escolas de Karate-do Shotokai Murakami-kai de Alcácer do Sal, Bombeiros Mistos de Alcácer do Sal, BTT Team Cegonhas do Sado, XarramAdventure, Barbot, Associação Ritmus D’Alcácer, União Futebol Clube dos Bairros Olival Queimado e S. João, Grupo Desportivo e Recreativo do Bairro do Laranjal e Atlético Clube Alcacerense.

Estas e outras informações podem ser obtidas junto dos telefones 265 613 538, 265 009 991, 265 622 733, do telemóvel 913 602 387 ou do e-mail desporto@m-alcacerdosal.pt

Grande Prémio Atletismo da Páscoa 2018

ALCÁCER DO SAL ESTARÁ NOVAMENTE NA BTL

11 march 2019

O município de Alcácer do Sal vai estar na edição de 2019 da BTL – Bolsa de Turismo de Lisboa, certame que se realiza entre os próximos dias 13 e 17 de março de 2019 na FIL - Feira Internacional de Lisboa. Os temas aos quais estará subordinada a decoração do stand alcacerense serão o Rio Sado e os Galeões. Nesse local, como é habitual, haverá a participação de várias empresas e produtores de Alcácer do Sal que, em conjunto com o município, levarão a cidade de Alcácer além-fronteiras. O stand alcacerense estará inserido, juntamente com 108 outros stands, no pavilhão da Entidade Regional de Turismo do Alentejo e Ribatejo, que é o maior do certame.

O Hotel Palácio do Sal fará divulgação da futura unidade hoteleira, disponibilizando música ao vivo no stand na quarta e na sexta-feira. O presidente da Câmara Municipal de Alcácer do Sal, Vítor Proença, vai marcar presença na BTL na tarde de sexta-feira, dia 15. Nesse dia, pelas 15h30, o chef do Hotel Palácio do Sal fará um showcooking com produtos de Alcácer do Sal, dia no qual o município dará a conhecer o Torrão Doce aos profissionais e visitantes, evento que se realiza nos dias 12 e 14 de abril na vila torranense. Na quinta-feira, entre as 12h e as 18h, as empresas locais Pinhão Sado e Herdade da Barrosinha farão a promoção e degustação dos seus produtos no stand. Sábado, entre as 14h e as 22h, será a vez da Callipus - Actividades Turísticas Lda. e da Panificadora Ideal promoverem os seus serviços e produtos. Para finalizar, no domingo marcam presença as empadas da Galinha Balbina e os azeites dos Manos Lince.

A BTL é um evento anual que garante uma verdadeira montra para os serviços e produtos provenientes de Alcácer do Sal. A comitiva alcacerense tem, entre outros objetivos, a missão de fazer parcerias com operadores turísticos e com as principais agências de viagens para promover Alcácer como destino de excelência, possibilitando que sejam disponibilizados aos turistas a autenticidade, tranquilidade e os produtos diferenciados que só o nosso concelho oferece.

turismo

CÂMARA MUNICIPAL APOIA 4 VIAGENS DE ESTUDO DO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE ALCÁCER DO SAL

08 march 2019


No sentido de incentivar o enriquecimento do conhecimento dos alunos do concelho, a Câmara Municipal de Alcácer do Sal concedeu um apoio financeiro ao Agrupamento de Escolas de Alcácer no valor de três mil euros para a realização de quatro viagens de estudo: a Madrid, Espanha (realizada à ARCO pelos alunos do 11º ano do curso de Artes Visuais, entre 1 e 3 de março); Amesterdão, Holanda (visita dos alunos de Ciências e Tecnologias, que teve lugar entre 1 e 4 de março); Genéve, Suíça (viagem dos alunos de Física do 12º ano a decorrer entre 7 e 11 de março, para conhecerem o Centro de Investigação Científica); e a S. Miguel, na Região Autónoma dos Açores (a concretizar-se em maio).

Este apoio tem o intuito de auxiliar os alunos com mais dificuldades económicas, proporcionando-lhes a oportunidade única de participar nestas visitas de estudo e reduzindo, assim, para todos os envolvidos os custos inerentes à participação nas referidas viagens.

 

crianças na escola - 400px - Cópia.JPG

MUNICÍPIO DE ALCÁCER ASSOCIA-SE AO DIA DE LUTO NACIONAL EM MEMÓRIA DAS VÍTIMAS DE VIOLÊNCIA DOMÉSTICA

07 march 2019


O Município de Alcácer do Sal associa-se ao Dia de Luto Nacional em memória das vítimas de violência doméstica, hasteando a bandeira a meia-haste, na fachada do edifício dos Paços do Concelho. 

Recorde-se que o Governo decretou luto nacional no dia 7 de março de 2019, “na convicção de que mais do que mero ato simbólico, o luto ora decretado signifique maior mobilização nacional no combate a este flagelo da nossa sociedade”, garantindo também que as vítimas de violência doméstica “não são esquecidas”.

Sensível a esta lamentável realidade, o Município de Alcácer do Sal reforçou recentemente as suas respostas nesta área e assinou, no passado dia 27 de fevereiro, um protocolo para a territorialização da rede nacional de apoio às vítimas de violência doméstica dos concelhos de Alcácer do Sal, Grândola, Santiago do Cacém e Sines. Este protocolo permite melhorar a resposta de prevenção, proteção e combate à violência contra as mulheres e à violência doméstica no território dos quatro concelhos do Litoral Alentejano.

Câmara Municipal.JPG

500 crianças festejaram o Carnaval por todo o concelho

01 march 2019

O tradicional desfile infantil de Carnaval tornou este ano a encher a marginal de Alcácer. Durante a manhã de sexta-feira (1 de março 2019) cerca de 500 crianças do pré-escolar e do 1º ciclo do ensino básico deram início às celebrações do entrudo no concelho enchendo a cidade de cor e alegria, cortejo acompanhado pelo presidente da Câmara Municipal de Alcácer do Sal, Vítor Proença, e pelos vereadores Manuel Vítor de Jesus, Ana Soares e Nuno Pestana.

O percurso teve início no Largo do Tribunal e culminou na Praça Pedro Nunes, percorrendo as Avenidas dos Aviadores e João Soares Branco. Na conclusão do corso deu-se a apresentação de coreografias pelos pequenos. Participaram no cortejo os meninos e meninas do Centro de Educação Pré-Escolar de Alcácer do Sal, Escola Básica n.º1 de Alcácer, Escola Básica Pedro Nunes, Escola Básica de Palma, Escola Básica de Casebres, Escola Básica do Olival Queimado, Centro Infantil de Alcácer do Sal – Universo da Brincadeira e Centro Cultural dos Bairros de S. João e Olival Queimado. A GNR e os Bombeiros Mistos de Alcácer do Sal colaboraram neste evento organizado pelo Município, em articulação com a Oficina da Criança, Agrupamento de Escolas de Alcácer, Centro Infantil Universo da Brincadeira e Centro Cultural dos Bairros de S. João e Olival Queimado.

No Torrão também houve direito a corso carnavalesco, no qual marcaram presença os vereadores Manuel Vítor de Jesus e Nuno Pestana. Da escola-sede partiram alunos de todos os níveis de ensino do Agrupamento de Escolas e do Centro Social e Paroquial, devidamente trajados. O cortejo teve o apoio das famílias, da Junta de Freguesia e da GNR local.

Já na Comporta, as crianças do pré-escolar e 1º ciclo vestiram-se a preceito no Centro Escolar, desfilando depois pela aldeia.

foto por definição

Mapa de Pessoal para 2019 foi viabilizado

01 march 2019

Foi ontem (28 de fevereiro 2019) aprovada, em sessão ordinária da Assembleia Municipal, a 1ª alteração do Mapa de Pessoal da Câmara Municipal de Alcácer do Sal. A implementação desta medida reflete a alteração à estrutura orgânica da Câmara Municipal, composta atualmente por 424 elementos, com vista à concretização da reorganização dos serviços municipais, aprovada em reunião de câmara efetuada no dia 27 de dezembro de 2018, tendo sido também aprovada pela Assembleia Municipal em sessão realizada no dia 25 de janeiro de 2019.

Este novo mapa foi elaborado de acordo com a nova estrutura orgânica e nos termos da legislação em vigor, que aprovou a Lei Geral do Trabalho em Funções Públicas na sua atual redação, contendo o número de postos de trabalho necessários para a execução das atividades de natureza permanente ou temporária a desenvolver durante o ano de 2019.

Esta reorganização é essencial para que o Município possa responder com maior operacionalidade e eficiência às necessidades da população do concelho.

foto por definição

Assembleia Municipal rejeita prejuízos para o Município

01 march 2019

Em reunião efetuada ontem (28 de fevereiro de 2019), a Assembleia Municipal de Alcácer do Sal aprovou, por maioria, com os votos favoráveis da CDU, do BE e da coligação “Viver Alcácer” (PSD/CDS), a rejeição de novos diplomas inseridos na transferência de competências para 2019 e 2020. No geral, este procedimento envolve áreas que o município não está em condições de receber, porque o Governo não garante meios financeiros, humanos e logísticos para todo o processo. A proposta envolve a rejeição dos diplomas sectoriais que previam a transferência, para a autarquia, dos domínios da proteção e saúde animal e da segurança dos alimentos, da educação, da cultura e da saúde.

A Assembleia Municipal volta a acompanhar a posição da Câmara Municipal de Alcácer do Sal, que já antes tinha discordado com esta transferência de encargos para os municípios, já que o Governo apenas quer transferir encargos avultados não garantindo meios financeiros, numa atitude de desresponsabilização das funções sociais do Estado.

foto por definição

Assembleia Municipal reclama do Governo mais meios para a GNR e ambulância SIV

01 march 2019

A Assembleia Municipal, em reunião ordinária efetuada na noite de ontem (28 de fevereiro 2019), aprovou dois votos de protesto veiculados pela CDU, ambos aprovados por unanimidade (votos da CDU, PSD/CDS, BE e PS), assim como uma moção do BE. O primeiro voto de protesto está relacionado com a falta de efetivos da GNR no concelho de Alcácer do Sal, enquanto o outro manifesta a exigência de mais meios à Ministra da Saúde, Marta Temido para que, junto do INEM, reclame uma ambulância de Suporte Imediato de Vida para o Serviço de Urgência Básica de Alcácer. A moção apresentada pelo BE, também aprovada por unanimidade, aborda a temática do combate à violência de género.

Estes documentos vão ser posteriormente remetidos, entre outros órgãos, à Assembleia da República e respetivos grupos parlamentares.

foto por definição

Biblioteca Municipal de Alcácer do Sal assinala “Datas Especiais com Livros Especiais”

26 february 2019


A partir do mês de março, a Biblioteca Municipal de Alcácer do Sal assinala “Datas Especiais com Livros Especiais”.

A nova rubrica vai ter lugar na Sala Infantil da Biblioteca, às 17h, destina-se a famílias e crianças a partir dos 6 anos de idade e tem como objetivos assinalar algumas datas comemorativas/ significativas, sensibilizar os mais novos para essas datas especiais, fomentar o seu interesse pelos livros e promover a cidadania ativa.

A primeira iniciativa realiza-se dia 4 de março. Para festejar o Carnaval, será lido o livro “O Carnaval dos Animais”, de José Antonio Abad Varela, havendo ainda pinturas faciais e o jogo da cadeira.

A 8 de março vai estar em destaque a obra de Hollie Hughes “A Princesa Valentina”, realizando-se também um ateliê de expressão plástica, que consistirá na conceção de uma lembrança do Dia Internacional da Mulher.

Dia 19, por ocasião do Dia do Pai, as crianças terão um ateliê para criarem um presente para o pai, sendo também lido o conto “O Pai Mais Horrível do Mundo”, de João Miguel Tavares.

“Poetas de Hoje e de Ontem - do século XIII ao XXI - para os mais novos”, de Maria de Lourdes Varanda e Maria Manuela Santos é a obra que vai ser abordada a 21 de março, no âmbito do Dia Mundial da Poesia. As crianças irão reler os poemas preferidos e transformá-los em música.

ateliês na biblioteca

Enquadramento legal para a realização de queimas e queimadas foi alterado

21 february 2019

Entrou em vigor, no passado dia 22 de janeiro de 2019, um Decreto-lei que altera o atual enquadramento legal para a realização de queimas e queimadas, tendo o objetivo de diminuir o número de incêndios rurais que têm origem na realização destas atividades, com um reforço do papel das autarquias neste processo.

No caso das queimas, durante o período crítico ou quando o índice de risco de incêndio seja muito elevado ou máximo, estas só serão permitidas após autorização do município ou freguesia. Fora do período crítico e quando o índice de risco de incêndio não seja muito elevado ou máximo, a comunicação prévia é suficiente.

Nas queimadas, a sua realização necessitará sempre de autorização do município ou freguesia, exceto quando realizadas por técnicos credenciados em fogo controlado; neste caso é apenas necessária comunicação prévia. Passa também a ser obrigatório que as queimadas sejam acompanhadas por um técnico credenciado em fogo controlado ou operacional de queima ou, na sua ausência, de equipas de bombeiros ou sapadores florestais.

Nunca é demais recordar que o uso desajustado destas práticas é responsável por mais de 75% dos incêndios rurais, sendo urgente uma alteração de comportamentos de modo a que estas atividades sejam realizadas de uma forma mais adequada, em segurança.

foto por definição

EDP e Município instalam 2000 lâmpadas LED no concelho

21 february 2019

Com o objetivo de melhorar a iluminação do centro histórico da cidade e das aldeias do concelho, e de reduzir a fatura energética, a EDP e o município de Alcácer do Sal preveem substituir mais 1383 luminárias de vapor de mercúrio e de sódio obsoleto por LED, no ano de 2019. Salienta-se que é missão do município eliminar particularmente as lâmpadas de sódio, melhorando de forma significativa o meio ambiente.

A intervenção para instalação dos novos pontos de iluminação vai abranger, entre outros locais, a Comporta, Casebres, Torrão, Santa Catarina, Alberge, Arêz, Albergaria do Sado, Foros de Albergaria, São Romão do Sado, a ZIL de Alcácer, o Parque Desportivo, a Estrada de Santa Luzia, a Rua dos Ciprestes, a Rua do Poço, a Rua da Fonte da Talha, a Azinhaga do Poço Velho, o Bairro das Majapôas e vários aglomerados rurais do concelho.

Estas novas luminárias juntar-se-ão às 604 já instaladas, estimando-se que no final deste ano estejam colocadas, no total, 2000 postos de iluminação LED em todo o concelho.

foto por definição

Galeão Amendoeira está de regresso "a casa"

20 february 2019

Foi com emoção que ao fim da tarde de ontem (19 de fevereiro 2019) se assistiu em Alcácer do Sal ao regresso do galeão Amendoeira, de volta às nossas águas após prolongados trabalhos de recuperação. Este regresso efetiva-se muito antes da data esperada de retorno da embarcação, já que estava previsto que o Galeão voltasse a Alcácer apenas no mês de março.

Recorde-se que o Amendoeira recolheu, em outubro do ano passado, ao estaleiro Estanaval, em Sesimbra, para ser sujeito a uma intervenção de substituição e manutenção do cavername, tabuado e pintura geral, numa ação de manutenção cujo orçamento se cifrou nos 19.942,00 euros, valor integralmente suportado pela Câmara Municipal de Alcácer do Sal.

O galeão Amendoeira é um dos últimos que fizeram o transporte do Sal, no Sado, desde Alcácer do Sal até Setúbal, sendo propriedade do município de Alcácer desde 1997. Esta embarcação tem já uma longa história neste rio, uma vez que a sua construção data de 1925.

foto por definição

Vítor Proença torna a exigir colocação de ambulância SIV no SUB de Alcácer do Sal

20 february 2019

O presidente da Câmara Municipal de Alcácer do Sal, Vítor Proença, dirigiu uma carta à Ministra da Saúde, Marta Temido, para que esta interceda junto da presidência do INEM, a reclamar a colocação de uma ambulância de Suporte Imediato de Vida (SIV) no Serviço de Urgência Básica (SUB) de Alcácer do Sal. Recorde-se que em novembro do ano passado já havia sido endereçado um pedido semelhante por escrito, por parte do presidente da Câmara Municipal, ao presidente do conselho diretivo do INEM, Luís Meira, a reclamar a colocação desta ambulância no SUB de Alcácer.

O edil sublinha que “a atual realidade é insustentável” devido à “escassez de meios, à pressão permanente sobre as viaturas das associações de bombeiros, às distâncias enormes a percorrer e à área de 1500 quilómetros quadrados do segundo maior concelho do país” pelo que se “exige a colocação desta ambulância em Alcácer do Sal”.

Vítor Proença salienta ainda que já tinha reformulado este pedido ao presidente do INEM, pedido que “até ao momento não obteve qualquer resposta”.

foto por definição

Vítor Proença torna a pedir intervenção na EN253 entre Alcácer e Comporta

19 february 2019

Numa comunicação por escrito remetida ao presidente da Infraestruturas de Portugal, António Laranjo, o presidente da Câmara Municipal de Alcácer do Sal, Vítor Proença, solicitou uma intervenção no sentido de serem construídas as bermas da Estrada Nacional 253, entre Alcácer do Sal e a Comporta.

O presidente da Câmara recorda que “no passado dia 30 de janeiro voltou a acontecer um acidente gravíssimo com o capotamento de uma viatura pesada carregada de madeira” sendo que o motorista “ficou encarcerado durante quatro horas, encontrando-se hospitalizado com prognóstico preocupante”. Vítor Proença alertou que “a recente reparação no pavimento central tem sido positiva, colocando no entanto riscos por continuarem a não ser construídas bermas”.

Nesta comunicação, o edil solicitou também a elaboração de um projeto de execução para futura intervenção pois “o fluxo rodoviário é crescente atendendo à procura da zona e das praias da Comporta”.

foto por definição

Biblioteca Municipal de Alcácer do Sal acolheu sessão de divulgação de apoio ao investimento - Portugal 2020

19 february 2019

O auditório da Biblioteca Municipal de Alcácer do Sal foi esta manhã (19 de fevereiro 2019) palco de uma sessão de divulgação sobre o Sistema de Incentivos ao Empreendedorismo e ao Emprego - SI2E, no âmbito do programa de Desenvolvimento Local de Base Comunitária Costeiro do Litoral Alentejano, inserido no Apoio ao Investimento - Portugal 2020.

A iniciativa, promovida pela Associação de Desenvolvimento do Litoral Alentejano com o apoio do Município de Alcácer do Sal, esclareceu os participantes relativamente a que empresas podem beneficiar deste programa, qual o investimento elegível e a taxa de comparticipação prevista, apoios à criação líquida de postos de trabalho e apoios ao investimento em máquinas e equipamentos, informática, marcas, planos de marketing e obras de remodelação, entre outros temas.

foto por definição

Presidente da Câmara volta a reclamar mais meios para a GNR

18 february 2019

Em carta dirigida à Secretária de Estado Adjunta e da Administração Interna, Isabel Oneto, o presidente da Câmara Municipal de Alcácer do Sal, Vítor Proença, reclamou medidas de caráter excecional que permitam colocar no concelho mais quatro militares e novas viaturas.

O presidente da Câmara salientou que continuam a faltar “efetivos em Alcácer, no Torrão e na Comporta, e viaturas novas, já que várias delas estão atualmente inoperacionais”. O edil frisou ainda que “uma funcionária da limpeza do quartel não foi substituída e são os militares que desempenham estas tarefas”, acrescentando que falta, nos quartéis, “equipamento informático, consumíveis, produtos de limpeza, entre outros”. Para concluir, Vítor Proença acrescentou que “no dia 29 de janeiro de 2019, a viatura do piquete era a da ‘Escola Segura’, algo que não se compreende” e que “no dia 30 de janeiro, num gravíssimo acidente rodoviário na EN253 (entre Alcácer e a Comporta), o motorista do veículo pesado acidentado ficou quatro horas encarcerado, não tendo sido possível a GNR acompanhar plenamente todo o ciclo de operações, pois só dispunha de uma viatura”.

Recorde-se que no passado dia 29 de janeiro de 2019 o presidente da Câmara Municipal de Alcácer do Sal já havia entregue um memorando à referida Secretária de Estado e também ao Ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, evidenciando a total carência de meios que a GNR do concelho de Alcácer atualmente tem.

foto por definição

ADT e municípios de Alcácer e Grândola promovem acolhimento de migrantes

16 february 2019

A Associação de Desenvolvimento do Torrão (ADT), em parceria com a Câmara Municipal de Alcácer do Sal e a Câmara Municipal de Grândola, estabeleceu um Centro Local de Apoio à Integração de Migrantes (CLAIM), cuja génese tem o objetivo de poder proporcionar um melhor acolhimento e integração de migrantes. Por força do aumento do número e dimensão de novas explorações agrícolas e do desenvolvimento do turismo e das estruturas de apoio que lhes estão inerentes, como a restauração e hotelaria, Alcácer do Sal tem vindo a assistir ao aumento do número de migrantes que, de forma sazonal ou definitiva, se encontram no Concelho.

Esta nova valência social, designada de "Alcácer do Sal e Grândola Acolhem" pelas entidades parceiras, tem a missão de criar condições para ajudar os migrantes a integrarem-se na comunidade, facilitando-lhes os processos de acesso à saúde, educação, serviços públicos, entre outros. O CLAIM vai ser dotado de recursos e meios humanos, designadamente um técnico e uma viatura, para conseguir contactar com os migrantes no terreno. Entre as intervenções de apoio a estas famílias de estrangeiros está, por exemplo, a integração das crianças no sistema de ensino, para que tenham acesso à educação.

Os vereadores Manuel Vítor de Jesus e Nuno Pestana marcaram presença na assinatura do protocolo.

foto por definição

Obra do Parque Urbano de Alcácer do Sal foi adjudicada

15 february 2019

Foi ontem (14 de fevereiro 2019) aprovada em reunião de Câmara a adjudicação da obra do Parque Urbano de Alcácer do Sal. Esta importante obra foi adjudicada à empresa António Saraiva e Filhos, Lda. e está orçada, no total, em 3.157.422 euros, comparticipados em 85% pelo Portugal 2020. Os trabalhos terão início no último trimestre de 2019, após análise e aprovação pelo Tribunal de Contas, e vão ter uma duração de sensivelmente dois anos. A proposta foi aprovada por maioria com duas abstenções dos vereadores PS.

O presidente da Câmara Municipal de Alcácer do Sal, Vítor Proença, chamou a atenção para “aquela que, historicamente, é a obra de valor mais volumoso de sempre em empreitadas de obras públicas levadas a cabo pela Câmara”.

Esta obra junta-se ao Interface de Transportes, cuja construção está já em curso e está orçada em mais de 1 milhão de euros, sendo estas intervenções marcantes no atual degradado Parque de Feiras, naquele que é o ciclo mais forte de investimento em toda a história do concelho. Estas empreitadas mudarão a face do Parque de Feiras, cuja condição degradante se arrasta há muitos anos, não tendo seguido o exemplo do praticado noutros municípios e ficado para segundo plano, o que mudará agora.

foto por definição

Câmara Municipal de Alcácer do Sal apoia Carnaval do Torrão 2019

14 february 2019

A Câmara Municipal de Alcácer do Sal aprovou, em reunião de Câmara realizada hoje (14 de fevereiro 2019) no Salão Nobre dos Paços do Concelho, a transferência de uma verba para a Junta de Freguesia do Torrão, para a realização do cortejo de Carnaval do Torrão em 2019.

O corso Carnavalesco, a realizar no dia 3 de março de 2019 naquela vila, terá, à semelhança de anos anteriores, um apoio financeiro no valor de 1.000 euros, verba prevista no Orçamento da Câmara Municipal para 2019, contribuição que se junta ao determinante apoio logístico providenciado anualmente pelo Município de Alcácer do Sal no referido evento.

foto por definição

Câmara Municipal aprovou normas para Torrão Doce

04 february 2019

Em reunião efetuada no passado dia 31 de janeiro de 2019, a Câmara Municipal de Alcácer do Sal aprovou as disposições normativas para o Torrão Doce, evento que promove a doçaria do concelho e que terá lugar na vila do Torrão nos dias 12, 13 e 14 de abril de 2019.

O Torrão Doce é um certame organizado pela Câmara Municipal de Alcácer do Sal que tem como objetivos a valorização e dinamização da economia local na área da doçaria conventual e tradicional, a incrementação de atividades tradicionais da região (como a produção do pinhão, do mel, do arroz, do azeite, da doçaria regional, da gastronomia ou do artesanato), a promoção e divulgação das potencialidades turísticas da região, a atração de visitantes ao concelho e a criação de condições para que os produtos do concelho cheguem cada vez mais longe.

As fichas de inscrição para o Torrão Doce poderão ser descarregadas no site da CMAS, em cm-alcacerdosal.pt. As inscrições decorrem até ao dia 29 de março de 2019.

foto por definição

Município de Alcácer do Sal amplia incentivos à reabilitação urbana do centro histórico da cidade

04 february 2019


O Município de Alcácer do Sal alterou a ORU – Operação de Reabilitação Urbana Simples da Área de Reabilitação Urbana do Centro Histórico de Alcácer, de modo a abranger um maior número de situações em que os munícipes podem recorrer a este instrumento.

“Esta alteração à ORU é um importante contributo para uma maior dinamização do processo de regeneração do edificado no centro histórico da cidade, pois vem possibilitar que algumas intervenções com base na demolição integral de edifícios, tal como a edificação em parcelas de terreno existentes e sem qualquer construção usufruam de parte dos incentivos às ações de reabilitação urbana”, explicou Vítor Proença, presidente da Câmara Municipal de Alcácer do Sal.

Tendo em conta a existência de vários imóveis devolutos ou em ruínas cujo estado de degradação importa reverter, passará igualmente a ser concedida isenção e redução das taxas municipais de urbanização e edificação, bem como a aplicação da taxa reduzida de IVA nas seguintes situações: edifícios em ruína, cujos proprietários pretendam efetuar nova edificação após a demolição; edifícios degradados cuja manutenção seja inviável por a utilização atual ser incompatível com a nova proposta arquitetónica.

A Área de Reabilitação Urbana do Centro Histórico de Alcácer do Sal foi delimitada em fevereiro de 2015 e só nos primeiros dois anos de vigência abrangeu a reabilitação de 27 edifícios e foram isentas de pagamento taxas municipais no valor de 7.158,88 euros.

Capa folheto ARU_400.jpg

Câmara Municipal de Alcácer do Sal adjudica nova ETAR para o Bairro do Forno da Cal

01 february 2019

Em reunião efetuada ontem (31 de janeiro 2019), a Câmara Municipal deliberou adjudicar à empresa HANDLE – Construções, Lda. a construção da nova ETAR do Bairro Forno da Cal, pelo valor de 200.476,84 euros (+ IVA).

Esta obra não vai ter qualquer financiamento comunitário, ficando como encargo do município na sua totalidade, já que o Governo português não deu abertura para financiamento de renovação de redes de águas e esgotos, bem como de ETARs, para aglomerados com menos de 500 habitantes. A nova ETAR do Bairro Forno da Cal vai qualificar a vida da população do bairro e as condições ambientais do solo e do rio Sado.

A proposta de adjudicação foi aprovada por maioria com 3 abstenções (PS).

foto por definição

Vítor Proença reclama reforço de apoios à GNR, à segurança e proteção civil

30 january 2019


Vítor Proença, presidente da Comunidade Intermunicipal do Alentejo Litoral - CIMAL e da Câmara Municipal de Alcácer do Sal, exigiu ontem (29 de janeiro 2019) o reforço de apoios à GNR e às áreas da segurança e proteção civil.

Estes temas, a par da descentralização de competências, foram abordados numa reunião que teve lugar na sede da CIMAL, em Grândola, na qual participaram Vítor Proença, acompanhado pelos quatro presidentes de câmara do Litoral Alentejano, o Ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, a Secretária de Estado Adjunta e da Administração Interna, Isabel Oneto, o Secretário de Estado das Autarquias Locais, Carlos Miguel e o Secretário de Estado da Proteção Civil, José Artur Neves.

O presidente da Câmara Municipal de Alcácer do Sal, Vítor Proença alertou para a necessidade urgente de se fortalecer a capacidade de resposta da Guarda Nacional Republicana de Alcácer, Torrão e Comporta, que carecem de viaturas: em Alcácer, neste momento, há duas viaturas ligeiras e outra todo-o-terreno inoperacionais, o que obriga ao pedido de colaboração de outros postos da GNR. O autarca salientou o défice de militares da GNR nos postos de Alcácer do Sal, Comporta e Torrão, que carecem de vários militares, além da permanente falta de verbas para a aquisição de materiais de limpeza, consumíveis e apetrechamento do parque informático.

Vítor Proença alertou ainda para a urgência de colocação de uma viatura de Suporte Imediato de Vida no SUB de Alcácer, chamando também a atenção para a necessidade de reforço do apoio aos Bombeiros Mistos de Alcácer do Sal e para a situação perigosa no acesso à praia da Comporta no período do verão.

Presidente Vítor Proença

Município de Alcácer do Sal aumenta receita em 432 mil euros

29 january 2019


O Município de Alcácer do Sal terminou 2018 com uma receita de mais 432.965,53 euros do que no ano anterior, um resultado bastante positivo que reflete o compromisso da autarquia com o saudável balanço das contas públicas e que espelha igualmente o crescimento económico do concelho.

À data de 31 de dezembro de 2018, no que respeita ao Princípio do Equilíbrio Orçamental, que determina que a receita corrente bruta cobrada deve ser pelo menos igual à despesa corrente acrescida das amortizações médias de empréstimos de médio e longo prazos, o Município de Alcácer do Sal cumpria o estipulado.

Na despesa paga houve uma redução de 1.043.445,85 euros comparativamente com o ano de 2017. Já a despesa corrente aumentou 495.887,17 euros, destacando-se a rubrica dos encargos com pessoal, com peso significativo dos encargos de saúde da responsabilidade da autarquia e das despesas com Segurança Social.

Na receita evidenciam-se os indicadores associados à crescente dinâmica económica e à escalada da capacidade de atração de investimento do Município de Alcácer, com um aumento significativo do IMT (de 1.496.148,04 euros para 2.253.766,69 euros), da Derrama (cresceu de 44.890,94 euros para 190.927,09 euros) e do IUC (passou de 245.359,52 euros para 260.109,36 euros). Também o IMI cresceu, tendo passado de 1.357.400,32 euros para 1.431.238,70 euros. Recorde-se que Alcácer do Sal tem a taxa de IMI mais baixa do distrito de Setúbal (0,3 por cento) e das mais baixas praticadas no país, valor que mantém há vários anos.

Salienta-se ainda que, a 31 de dezembro de 2018, a autarquia não apresentava pagamentos em atraso e o passivo efetivo baixou 132.302,12 euros.

Ao longo destes últimos cinco anos, o Município de Alcácer do Sal consolidou e melhorou os seus resultados financeiros e prepara-se agora para reforçar a sua capacidade financeira para concretizar um grande ciclo de obras públicas de modernização do concelho.

Salão Nobre

Câmara Municipal reforça financiamento para aproveitar fundos comunitários

Investimento no Interface de Transportes e no Parque Urbano de Alcácer

21 january 2019


A Câmara Municipal de Alcácer do Sal aprovou em reunião ordinária, no passado dia 17 de janeiro, a abertura de procedimento para a contratação de empréstimos de médio e longo prazo, para financiamento de dois importantes investimentos: o Interface de Transportes e o Parque Urbano de Alcácer.

Estas obras, de grande relevância para o concelho e, em particular, para a cidade, têm um investimento elegível de 4.460.206,37 euros, comparticipados em 85 por cento por fundos comunitários. De modo a cobrir o restante montante, no valor de 1.087.165,35 euros, o Município irá consultar uma linha de financiamento do Banco Europeu de Investimento, criada para apoiar exclusivamente projetos comunitários aprovados, não relevando para o apuramento da dívida total.

O Interface de Transportes e o Parque Urbano de Alcácer são duas obras marcantes no atual degradado Parque de Feiras, naquele que é o ciclo mais forte de investimento no concelho. Estas empreitadas mudarão a face do Parque de Feiras, cuja condição degradante se arrasta há muitos anos, não tendo seguido o exemplo do praticado noutros municípios e ficado para segundo plano, o que mudará agora.

O Município de Alcácer baixou o passivo e a dívida global, apresenta superavit e pagamentos médios aos fornecedores entre os 15 e os 23 dias, necessitando agora de alavancar as oportunidades únicas de financiamento abertas pelo Portugal 2020.

Interface de transportes - antes da obra

Município adere ao programa de Contratos Locais de Desenvolvimento Social de 4ª Geração

Projeto combaterá Pobreza e Envelhecimento

18 january 2019


O Município de Alcácer do Sal vai aceitar o convite da Administração Central, realizado através do Instituto de Segurança Social e apresentar um projeto no âmbito do novo programa de Contratos Locais de Desenvolvimento Social (CLDS), de 4ª geração e no qual os municípios têm um papel mais preponderante em relação às edições anteriores. A proposta foi ontem (17 de janeiro) aprovada em reunião ordinária de Câmara.

Considerando que o concelho “padece de um problema de pobreza num elevado número de agregados familiares e de envelhecimento da sua população” e que, “pese embora os elevados recursos e o esforço que o Município tem investido no sentido de combater estas debilidades sociais, face à sua elevada dimensão, estes são sempre insuficientes, porque dependem de políticas e estratégias nacionais”, o Município de Alcácer irá aceitar o convite do Instituto de Segurança Social e apresentar um projeto para os eixos da Pobreza e do Envelhecimento, que pode ir até aos 432 mil euros.

A Câmara Municipal de Alcácer do Sal pretende trabalhar com as IPSS’s do concelho no sentido de apurar ações concretas e prementes e recolher os seus importantes contributos e sugestões para a concretização deste projeto.

idosos_2.JPG

Câmara Municipal de Alcácer do Sal rejeita transferência de competências para 2019 e 2020

17 january 2019

A Câmara Municipal de Alcácer do Sal, em reunião de Câmara efetuada hoje (17 janeiro 2019) no Salão Nobre dos Paços dos Concelho, aprovou uma proposta de não aceitação da transferência de competências em 2019 e 2020. Esta declaração vai ser submetida a Assembleia Municipal extraordinária a realizar dia 25 de janeiro de 2019, para posterior comunicação à Direção Geral das Autarquias Locais (DGAL). Recorde-se que a Assembleia Municipal já tinha comunicado à DGAL, em setembro do ano passado, a rejeição desta transferência de competências.

À cautela, os órgãos municipais iniciaram um novo processo de rejeição diploma a diploma, dos 14 que foram promulgados e publicados em Diário da República (11 diplomas para o município e três para as comunidades intermunicipais). Em todo o país, pelo menos 24 câmaras municipais já recusaram abraçar tarefas do Estado em 2019.

O grande fundamento para a rejeição desta proposta por parte da Câmara Municipal é a falta de clareza dos aspetos financeiros e organizacionais dos diplomas; alerta-se para o facto de o fundo de financiamento da descentralização, único elemento legal habilitante para transferência de verbas para esta delegação de poderes, não ter qualquer dotação financeira no Orçamento do Estado para 2019.

Entretanto, a Câmara Municipal de Alcácer do Sal deliberou reclamar da Assembleia da República um processo de apreciação parlamentar - já requerido - para cessar a vigência destes diplomas, e o início de um processo sério de descentralização, inseparável da criação de regiões administrativas.

foto por definição

Câmara Municipal de Alcácer do Sal critica passividade do Ministério do Ambiente

Em busca de alternativas em períodos de seca

17 january 2019


O presidente da Câmara Municipal de Alcácer do Sal, Vítor Proença remeteu uma missiva ao Ministro do Ambiente e Transição Energética, João Matos Fernandes a reclamar uma audiência destinada a tratar soluções alternativas para mitigar as consequências dos períodos de seca que afetam a bacia hidrográfica do rio Sado.

No documento, Vítor Proença recorda a realização de uma reunião a 6 de abril do ano passado, na qual ambos participaram, assim como representantes dos principais organismos de agricultores do Vale do Sado e da qual se concluiu que seria criado um grupo de trabalho coordenado pela APA – Agência Portuguesa do Ambiente, “cuja missão seria tratar das questões relacionadas com o estudo das soluções para atenuar os períodos de seca que atingem a bacia hidrográfica do rio Sado, particularmente a zona beneficiada pela obra de rega do Vale do Sado” que, em 2018, esteve em risco de não ter produções agrícolas, tão severo foi o período de seca. Desde então, o município tentou várias vezes contactar a APA, sem nunca obter qualquer resposta.

“Inacreditável o desprezo com que o município de Alcácer do Sal, a Associação de Beneficiários do Vale do Sado, a APARROZ, a Associação de Agricultores de Alcácer do Sal, a SOPROSADO e os agricultores têm sido tratados. (…) Se é verdade que em 6 de abril saímos da reunião com alguma expetativa, hoje saboreamos um grande descontentamento”, refere o autarca no ofício, exigindo ao Ministro do Ambiente nova audiência, até porque a próxima campanha de arroz não tarda e o concelho de Alcácer representa 30 por cento da produção nacional, pelo que urge encontrar opções viáveis perante as alterações climatéricas.

Barragem de Pego do Altar

Município de Alcácer do Sal de boa saúde financeira

Relatório apresentado hoje em reunião ordinária de Câmara

13 december 2018


O Município de Alcácer do Sal encontra-se numa boa situação económica e financeira, conforme foi hoje dado conhecimento em reunião ordinária de Câmara, através da apresentação do relatório do Revisor Oficial de Contas referente ao primeiro semestre do ano.

Segundo este relatório, comparativamente com igual período do ano anterior houve uma redução da dívida do Município de Alcácer do Sal no primeiro semestre de 2018 na ordem dos 22,6 por cento, tendo caído para 1.582.116,00 euros. O prazo médio de pagamento da autarquia a fornecedores era de 13 dias e voltava a não haver pagamentos em atraso.

Destaque também para os custos com fornecimentos e serviços externos, que registaram uma diminuição de 4 por cento em relação a período homólogo. Nos casos onde esta descida foi mais acentuada (como custos com eletricidade, combustíveis, água, honorários, trabalhos especializados e outros fornecimentos de serviços) a diferença é mesmo de 12,8 por cento, baixando de 1.574.942,00 euros para 1.373.819,00 euros.

Por outro lado, o total de custos e perdas aumentou 3,9 por cento face a igual período de 2017, passando de 6.828.376,00 euros para 7.092.802,00 euros.

Natal 2018

Câmara atribui sete habitações, após concurso, a famílias necessitadas

13 december 2018

A proposta da Câmara Municipal de Alcácer do Sal referente à lista definitiva do procedimento concursal para atribuição de habitações municipais em regime de arrendamento apoiado foi hoje (13 dezembro 2018) aprovada por unanimidade em reunião de Câmara.

Trata-se de uma atribuição, por parte da Câmara Municipal, de sete habitações totalmente renovadas a um mesmo número de famílias necessitadas. Estas casas, cuja reabilitação está concluída, foram visitadas uma a uma pelo executivo municipal, e a entrega das chaves será efetuada na próxima segunda-feira, dia 17 de dezembro, pelas 16h30 no Salão Nobre dos Paços do Concelho.

foto por definição

“O melhor para o seu natal está no comércio local”

Animação natalícia em Alcácer do Sal

30 november 2018


Incentivar munícipes e visitantes a adquirirem os seus presentes no comércio local e, em simultâneo, espalhar o espírito natalício pelas ruas da cidade é o objetivo de mais uma edição do programa de natal promovido pela Câmara Municipal de Alcácer do Sal e pela União das Freguesias das Alcácer do Sal (Santa Maria do Castelo e Santiago) e Santa Susana, que arranca este sábado, dia 1 de dezembro.

Com o mote “O melhor para o seu natal está no comércio local”, a campanha decorre até 6 de janeiro de 2019 e contempla diversas atividades: as crianças têm ao seu dispor um carrossel gratuito, insufláveis, espetáculos infantis e cinema especial no dia de natal e de ano novo, com entrada livre. Para pequenos e graúdos há também aulas/demonstrações desportivas e atuações musicais e de dança protagonizadas essencialmente por associações do concelho, showcooking/ workshops de doçaria no Mercado Municipal e fotos com o Pai Natal ao pôr do sol no Largo Luís de Camões, onde decorre também o Mercadinho de Natal – Venda de Artesanato.

E porque “o melhor para o seu natal está no comércio local”, a Câmara Municipal lançou este ano uma novidade: um guia de compras do município, que apresenta sugestões de presentes em estabelecimentos comerciais do concelho.

A partir de sexta-feira (30 de novembro), as habituais ruas e avenidas da cidade vestem-se igualmente a preceito nesta quadra, decoradas com iluminação natalícia.

O programa completo da iniciativa pode ser consultado em http://www.cm-alcacerdosal.pt/pt/municipio/atualidade/agenda/animacao-de-natal-2018/

natal 6_400px.jpg

"Oficina dos Sonhos" volta a trazer sorrisos a mais de 600 crianças do concelho

27 november 2018


A animação de natal "Oficina dos Sonhos", que vai já na sua 13ª edição, volta este ano a proporcionar momentos de grande animação a mais de 600 alunos do pré-escolar e do 1º ciclo do ensino básico do concelho, no Santuário do Senhor dos Mártires.

No dia 27 de novembro de 2018, a iniciativa foi acompanhada de perto pelo presidente da Câmara Municipal de Alcácer do Sal, Vítor Proença e pelos vereadores Manuel Jesus e Nuno Pestana.

"Quem dá prenda ao Pai Natal?", da autoria de Alexandre Honrado é a história na qual se baseia a animação, que gira em torno da aparição de um Pai Natal vestido de azul, triste porque nunca tinha tido natal, nem tão pouco prendas. O mistério em torno de quem dará um presente à personagem intriga os pequenos, que durante as manhãs de 15 de novembro e até 6 de dezembro se deliciam com as atuações dos funcionários da Oficina da Criança e da Biblioteca Municipal. Após a encenação, os meninos adornam aventais com adereços alusivos à quadra, podendo depois levá-los consigo.

Com 13 edições consecutivas, a Oficina dos Sonhos apela à magia do natal como forma de transmissão de valores aos mais novos, uma via pedagógica divertida e enquadrada com a época festiva. Esta atividade é promovida pela Câmara Municipal de Alcácer do Sal, através da Oficina da Criança e Biblioteca Municipal, e cofinanciada pelo Alentejo 2020 e Fundo Social Europeu.

foto por definição

Jornadas Municipais da Educação têm lugar em Alcácer do Sal nos dias 23 e 24 de novembro

13 november 2018

A Câmara Municipal de Alcácer do Sal promove, nos dias 23 e 24 de novembro de 2018, a primeira edição das Jornadas Municipais de Educação, que têm como tema “Educação e inclusão digital – um caminho para o sucesso". Inovar, construir e aprender são as metas a que se propõe o ciclo de workshops contemplados nestas Jornadas e que se destinam a todos os alunos do concelho, desde o pré-escolar até ao secundário.

O presidente da Câmara Municipal de Alcácer do Sal, Vítor Proença, afirma que "o concelho de Alcácer do Sal pretende agarrar o futuro com as duas mãos, dotando das ferramentas necessárias toda a comunidade educativa, desde pessoal docente e não-docente aos pais, encarregados de educação e alunos", acrescentando que "a educação e inclusão digital é um caminho para o sucesso e em Alcácer do Sal aposta-se na construção da via virtual para o futuro, pelos nossos jovens, por um melhor amanhã".

O Fórum realiza-se no dia 24 de novembro, está subordinado ao tema central das Jornadas e tem como objetivo ser um espaço de partilha e de debate, no qual os intervenientes contribuirão para o desenvolvimento de instrumentos que, de forma articulada, fomentem a melhoria das aprendizagens e ajudem a compreender como pode o digital melhorar a educação e a inclusão dos alunos e das escolas. “Os desafios e oportunidades no digital - a caminho das aprendizagens” e “Boas práticas inovadoras em educação - digital, o futuro hoje” são os dois painéis desse mesmo Fórum, e contarão com os contributos de oradores de excelência, que partilharão os seus entendimentos e experiências neste percurso, de modo a preparar o caminho para as novas gerações.

De modo a proporcionar às crianças e jovens o contacto com novas ferramentas e conhecimentos baseados no digital, as Jornadas Municipais de Educação trazem a Alcácer do Sal vários espaços tecnológicos, nos quais ficarão a saber mais sobre as áreas da Programação, Robótica, Modelação e Impressão 3D, e Gaming e onde poderão pôr em prática os ensinamentos transmitidos e experimentar por si mesmos, fazendo acontecer em vez de apenas assistir. E porque os drones se tornaram figuras assíduas dos nossos céus, os alunos desde o 1º ciclo do ensino básico até ao ensino secundário terão ainda a oportunidade de participar num concurso de mini-drones programados e controlados à distância.

foto por definição

Município premiou Mérito Escolar de nove alunos

12 november 2018


Nove alunos do 2º e 3º ciclos do Ensino Básico, Ensino Secundário e Ensino Secundário Profissional do concelho foram na noite de sexta-feira (9 de novembro) distinguidos pela Câmara Municipal de Alcácer do Sal com Prémios de Mérito Municipal Escolar.

Perante uma plateia entusiasta, constituída por familiares, amigos, professores e educadores, os jovens subiram ao palco do Auditório Municipal da cidade, onde receberam das mãos dos vereadores Manuel Jesus e Nuno Pestana os certificados que atestam a sua excelente prestação escolar no ano letivo 2017/ 2018, uma lembrança simbólica e ainda um cheque de apoio aos seus percursos académicos.

Os alunos homenageados foram Leonor Claro (representada pelo seu irmão, Vasco Claro), Matilde Jorge e Maria Madalena Guerreiro (2º ciclo do Ensino Básico do Agrupamento de Escolas de Alcácer do Sal); Letícia Vilão (2º ciclo do Ensino Básico do Agrupamento de Escolas do Torrão); Vasco Pereira e Carlota de Noronha e Castro (3º ciclo do Ensino Básico do Agrupamento de Escolas de Alcácer do Sal); Ana Sequeira (3º ciclo do Ensino Básico do Agrupamento de Escolas do Torrão); João Filipe (ensino secundário na área dos cursos científico-humanísticos no concelho); Matilde dos Reis (ensino secundário, cursos profissionais/ tecnológicos no concelho).

A esta cerimónia seguiu-se um concerto pela artista alcacerense Maria João Fura, que apresentou ao público o seu disco de estreia “FURA”, lançado com o apoio da Câmara Municipal de Alcácer do Sal.

 


» Veja aqui as fotos do evento.

mérito escolar - premiados 2018

Orçamento da CMAS para 2019 tem forte investimento em obra pública

30 october 2018


Uma forte componente de investimento em obra pública é o destaque do Orçamento para 2019 da Câmara Municipal de Alcácer do Sal, apresentado pelo atual executivo e aprovado em reunião pública de Câmara no passado dia 25 de outubro de 2018. O Orçamento, de 28.5 milhões de euros, será submetido à Assembleia Municipal no próximo mês de dezembro, para aprovação.

O presidente da Câmara Municipal, Vítor Proença refere que este Orçamento "mantém uma linha que vem sendo traçada desde 2013 e que abre uma nova janela do ciclo de investimento mais forte de sempre", reforçando que "este ciclo fortíssimo de obra pesada vai modernizar o concelho".

O Orçamento para 2019 contempla os investimentos no novo interface de transportes e reconversão urbanística do Parque de Feiras - cerca de 4,5 milhões de euros -, na recuperação e modernização da Escola dos Telheiros - 1 milhão de euros -, remodelação do edifício da Oficina da Criança e do Jardim Público da cidade, construção da nova ETAR do Forno da Cal, de infraestruturas em Foros de Albergaria, do edifício da nova extensão de saúde de Casebres e o investimento no Plano de Mobilidade do Torrão, entre muitos outros investimentos no melhoramento dos serviços operacionais da Câmara Municipal, bem como um sólido apoio às coletividades, como as IPSS e os Bombeiros.

O investimento da educação também está presente nos apoios sociais e transportes escolares que são diariamente prestados aos alunos do concelho, bem como na alimentação, material escolar e bolsas de estudo disponibilizados aos jovens.


salão nobre CMAS.jpg

Presidente e Executivo da Câmara ouvem partidos da Oposição

22 october 2018


O presidente da Câmara Municipal de Alcácer do Sal, Vítor Proença, acompanhado dos vereadores Ana Soares, Manuel Jesus e Nuno Pestana, reuniu este mês com os partidos da oposição para partilhar as linhas genéricas dos documentos previsionais e Orçamento para 2019 e recolher os seus contributos.

Estas reuniões, concluídas na passada quinta-feira, foram realizadas ao abrigo da Lei n.º24/98 de 26 de maio, referente ao Estatuto do Direito de Oposição. No Município de Alcácer são titulares do Direito de Oposição o Partido Socialista (PS), o Bloco de Esquerda (BE) e a Coligação “Viver Alcácer” (PSD/CDS), ou seja, partidos políticos representados nos órgãos deliberativos ou também no órgão executivo, mas sem pelouros ou poderes delegados. A Coligação Democrática Unitária (CDU) é o único partido representado na Câmara Municipal com pelouros e poderes atribuídos.

O Bloco de Esquerda, convidado para um encontro a 10 de outubro, não compareceu, nem justificou a ausência. Recorde-se que no ano passado, apesar da confirmação de que estaria presente, o BE também não compareceu ou apresentou justificação para tal.

Na sua reunião, o Partido Socialista fez-se representar por Clarisse Campos. Além de ter tomado conhecimento das Grandes Opções do Plano e aspetos fundamentais do Orçamento, o PS deu alguns contributos, designadamente a nível de: acessibilidade de pessoas com mobilidade reduzida a edifícios municipais; sensibilização dos munícipes para que paguem a sua água por e-mail; reforço de verbas a atribuir a famílias carenciadas; oferta de manuais escolares por parte da autarquia do 6º ao 9º ano de escolaridade; reparação da estrada entre S. Romão e Batão; dotação de verbas para dois eventos no Torrão.

A Coligação “Viver Alcácer” (PSD/CDS) também compareceu ao encontro com o Executivo Municipal, representada por Nuno Braga e Teresa de Noronha e Castro, que propuseram: criação de um plano de emergência municipal; concretização de simulacros nas escolas, envolvendo as autarquias, agrupamentos de escolas, bombeiros e força policial; apoio municipal a visitas de estudo ao estrangeiro, de acordo com a valia e o mérito, para reforço de aprendizagens nos centros e locais a visitar; estudo para prestação de apoio a estudantes do ensino superior deslocados; estudo de mobilidade e circulação rodoviária junto a estabelecimentos escolares.

O Orçamento do Município de Alcácer do Sal para 2019 será submetido a análise e votação na próxima reunião ordinária de Câmara, a realizar-se no dia 25 de outubro.

Salão Nobre

Câmara de Alcácer do Sal volta a apoiar os Bombeiros do Torrão

11 october 2018


A Câmara Municipal de Alcácer do Sal deliberou apoiar a ampliação do quartel da Associação de Humanitária de Bombeiros Mistos do Torrão através de uma comparticipação financeira no valor de 21.678,00 euros. A proposta, apresentada hoje em reunião ordinária de câmara, foi aprovada por unanimidade.

“Mais uma vez, o Município de Alcácer do Sal apoia as associações do concelho e esta expansão é um apoio que assumimos com muito agrado e satisfação”, declarou o presidente da Câmara Municipal, Vítor Proença na reunião.

Recorde-se que a obra de ampliação do quartel dos Bombeiros Mistos do Torrão, com um custo total de 144.514,41 euros e financiada em 85 por cento por fundos comunitários, foi igualmente apoiada pela autarquia no que diz respeito à execução do projeto de arquitetura e outras especialidades.

Os trabalhos de ampliação do quartel arrancaram no primeiro trimestre do ano e contemplaram a expansão da área de estacionamento de viaturas, a criação de um acesso de viaturas através da zona traseira do quartel (anteriormente existia apenas uma saída, que era usada tanto por ambulâncias como por veículos pesados) e a criação de duas novas instalações sanitárias, que vêm permitir aos bombeiros tratar diretamente da sua higiene e limpeza dos equipamentos assim que cheguem do teatro de operações, mantendo limpo o interior do quartel. As obras devem terminar no mês de novembro.

vila do Torrão

Município de Alcácer do Sal mantém IMI no valor mais baixo

01 october 2018


O Município de Alcácer do Sal volta a manter o Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI) no seu valor mais baixo, de 0,3 por cento para os prédios urbanos para o ano de 2019.

A proposta foi aprovada por unanimidade na reunião ordinária de Assembleia Municipal que se realizou na passada sexta-feira (28 de setembro), no salão nobre dos paços do concelho, tendo recebido igualmente aprovação por unanimidade na reunião de Câmara de 13 de setembro. “Embora o IMI constitua uma fonte receita para o Município, optamos por manter a taxa no seu valor mais baixo, uma vez que entendemos ser mais importante o apoio às famílias através da manutenção do alívio da carga fiscal”, declarou o presidente da Câmara Municipal de Alcácer do Sal, Vítor Proença.

Em ambas as sessões foram também aprovados por unanimidade o lançamento de Derrama e a participação fixa no IRS em 2019. A Derrama, taxa que a Lei das Finanças Locais prevê que os Municípios possam lançar sobre o lucro tributável sujeito e não isento de imposto sobre o IRC gerado na sua área geográfica por sujeitos passivos que exerçam, a título principal, uma atividade comercial, industrial ou agrícola, mantém-se em um por cento para a generalidade das empresas e em 0,25 por cento para aquelas cujo volume de negócios no ano anterior não ultrapasse os 150 mil euros. A participação fixa no IRS dos sujeitos passivos com domicílio fiscal na circunscrição territorial de Alcácer do Sal, relativa a rendimentos do ano anterior e calculada sobre a respetiva coleta líquida das deduções previstas no Código do IRS, vai permanecer nos quatro por cento, valor abaixo da taxa máxima.

 

Margem Sul.jpg

Município aposta no exercício físico e hidroterapia

Programas arrancam em outubro

28 september 2018


Ciente da importância do exercício físico para a saúde e o bem-estar, o Município de Alcácer do Sal volta a apostar no Programa de Exercício Físico e Saúde e no Programa de Hidroterapia para a população idosa (reformados) e casos especiais por indicação médica.

Dinamizados pelo setor de Desporto da autarquia entre os meses de outubro e junho, os programas abrangem várias instituições e pontos do concelho, tais como Comporta, Carrasqueira, Montevil, Barrancão, Santa Susana, Santa Catarina, Vale de Guizo, Arêz, Albergaria, Foros de Albergaria, Castelo Ventoso, Palma, Casebres, Bairro do Laranjal, Bairros de S. João e Olival Queimado, Alcácer do Sal, Torrão e Rio de Moinhos.

As aulas de Exercício Físico e Saúde têm por base o ensino itinerante e abrangem a maioria dos bairros limítrofes de Alcácer e das localidades fora desta, de modo a incluir a participação neste programa de alunos residentes fora da sede de concelho.

Já as aulas de Hidroterapia decorrem na Piscina Municipal Coberta de Alcácer do Sal e na Piscina Municipal Convertível do Torrão. No caso da primeira, a autarquia proporciona transporte às populações de alguns dos bairros periféricos, bem como a grande parte das localidades mais afastadas da cidade. No caso do Torrão, é disponibilizado transporte de Rio de Moinhos para a Piscina Convertível.

Para a implementação destes programas, a Câmara Municipal conta ainda com o apoio das várias Juntas de Freguesia do concelho no que respeita à divulgação, mobilização da comunidade, cedência de instalações e na cedência de transportes em situações pontuais.

O Programa de Exercício Físico e Saúde tem início dia 1 de outubro e funcionará de segunda a sexta-feira. Já o Programa de Hidroterapia arranca dia 2, na Piscina Municipal Coberta de Alcácer e Piscina Convertível do Torrão, funcionando de terça a sexta-feira na primeira, e às terças e quintas-feiras na segunda. Os interessados podem obter mais informações e proceder à devida inscrição nas Piscinas ou junto dos técnicos do setor de Desporto do Município nas localidades onde decorrem as aulas.

Piscina municipal coberta de Alcácer 2

Câmara Municipal apoia aquisição de carrinha pelo Centro Cultural dos Bairros de S. João e Olival Queimado

27 september 2018



Centro Cultural dos Bairros de S. João e Olival Queimado

Alcácer do Sal comemora Dia Mundial do Turismo

24 september 2018


A Câmara Municipal de Alcácer do Sal associa-se às comemorações do Dia Mundial do Turismo na próxima quinta-feira (27 de setembro).

No Posto de Turismo de Alcácer, Parque de Campismo e Cripta Arqueológica do Castelo os turistas vão receber duas ofertas destinadas a assinalar a data e a sua visita: um postal e uma pulseira “Amar Alcácer”. A somar a estas ofertas, vão ser gratuitas as entradas na Cripta, que está aberta ao público das 9h às 12h30 e das 14h às 17h30, sendo que a última entrada se realiza meia hora antes do término de cada período.

O Dia Mundial do Turismo comemora-se desde 1980, por decisão da Organização Mundial do Turismo para a Europa, e visa promover a consciencialização sobre o contributo real do turismo para o desenvolvimento sustentável. 

turismo

Câmara Municipal oferece cadernos de fichas escolares ao 1ºciclo

21 september 2018


O presidente da Câmara Municipal de Alcácer do Sal, Vítor Proença e os vereadores Manuel Jesus, Ana Soares e Nuno Pestana ofereceram entre terça-feira (18 de setembro) e hoje (sexta-feira, 21 de setembro 2018) os cadernos de fichas escolares a cerca de 430 alunos do 1.º ciclo do ensino básico do concelho. 

As entregas do Município tiveram lugar no Centro Escolar da Comporta, na EB nº1 de Alcácer, na EB do Olival Queimado, na EB Pedro Nunes, na EB de Casebres, EB de Palma e Centro Escolar do Torrão. 

Esta oferta de cadernos de atividades representa um investimento de cerca de 15 mil euros por parte da Câmara Municipal, sendo que a estes acrescem mais 10 mil euros em vales para aquisição de material escolar para 1º ciclo e pré-escolar. 

Recorde-se que o Ministério da Educação oferece os manuais escolares até ao 6º ano, facto que reforça ainda mais a importância desta oferta suplementar por parte da autarquia.


» Veja as fotos desta iniciativa aqui.

crianças na escola - 400px - Cópia.JPG

Alcácer reitera não aceitar a transferência de competências para o Município em 2019

06 september 2018


Considerando não estarem reunidas as devidas condições para o Município de Alcácer do Sal aceitar a transferência de competências ao abrigo da Lei n.º50/2018, a Assembleia Municipal de Alcácer aprovou ontem (5 de setembro) em reunião extraordinária, por maioria e sem votos contra, a não aceitação da transferência de competências do Estado para o Município no ano de 2019.

“Não se pode aceitar esta transferência de competências em abstrato, nem o Estado pode desligar-se das suas responsabilidades. Neste quadro, se disséssemos que sim, a população alcacerense seria prejudicada e a capacidade de atuação do Município seria posta em causa”, assegura Vítor Proença, presidente da Câmara Municipal de Alcácer do Sal.

Esta decisão segue o movimento crescente de rejeições de outras Câmaras Municipais do país. Só no Porto, 12 das 17 Câmaras deliberaram recusar a transferência de competências do Estado, posição subscrita por Alcácer do Sal.

Recorde-se que a Lei n.º50/2018, publicada a 16 de agosto do corrente ano, prevê que os Municípios vejam transferidas para si competências em vários domínios, como a educação e a saúde. “Como podemos nós comprometermo-nos com novas transferências de encargos na Educação”, indaga o autarca, “sem sabermos em que condições está o edificado, que obras e ações de manutenção são necessárias e os custos e recursos educativos que implicam? A Câmara Municipal vai gerir edifícios, equipamentos e parte dos recursos humanos desligada de matérias e áreas fundamentais? Ou será o Ministério da Educação quem tem de continuar a gerir?”.

Na vertente da saúde, Vítor Proença alude, inclusive, à dupla tutela, um problema preocupante. “Vai ser complicado gerir e conservar os equipamentos afetos aos cuidados de saúde primários, bem como os assistentes operacionais quando os Municípios estão desligados da dotação de médicos e enfermeiros e nada (ou pouco) podem dizer”, refere.

O presidente da Câmara Municipal de Alcácer do Sal cita também, a título de exemplo e na área da cultura e do património, a transferência da muralha do castelo de Alcácer para a tutela da autarquia: “As muralhas precisam de obras na ordem dos dois milhões de euros e o Estado já afirmou não ter verba disponível. É impensável aceitarmos a responsabilidade sobre as muralhas do castelo sem os meios e garantias para assegurarmos que recebem as obras necessárias, além de surgir novamente a questão da dupla tutela, pois tudo teria de ser decidido em instância governamental antes de qualquer ação”. 

A decisão da não aceitação da transferência de competências do Governo para o Município de Alcácer do Sal vai agora ser comunicada à Direção-Geral das Autarquias Locais (DGAL).

Câmara Municipal.JPG

Alcácer do Sal rejeita transferência de competências para o Município

31 august 2018


A Câmara Municipal de Alcácer do Sal deliberou rejeitar a transferência de competências do Estado para o Município no ano de 2019, prevista na Lei n.º50/2018. A decisão foi tomada em reunião ordinária de Câmara no passado dia 23 de agosto, com os votos favoráveis dos eleitos da CDU e a abstenção dos vereadores do PS, sendo esta matéria remetida para apreciação da Assembleia Municipal no próximo dia 5 de setembro, em reunião extraordinária.

“Tendo em consideração que a apreciação geral sobre o processo, o conjunto de implicações financeiras, humanas e organizacionais, a ausência de conhecimento sobre as matérias a transferir e suas condições (só descortináveis com a publicação dos Decretos-Lei Setoriais) obrigam a uma ponderação e cuidados responsáveis, entende o Município de Alcácer do Sal que não estão reunidas as devidas condições para aceitar a transferência de competências para a autarquia”, refere o presidente da Câmara Municipal de Alcácer, Vítor Proença.

Recorde-se que, concretizando os princípios da subsidiariedade, descentralização administrativa e autonomia do poder local, a Lei n.º50/2018 – Lei-quadro da transferência de competências para as autarquias locais e para as entidades intermunicipais, publicada a 16 de agosto do corrente ano, prevê que os municípios vejam transferidos para si competências em vários domínios, como a educação, ação social, saúde, proteção civil, cultura, património, habitação, áreas portuário-marítimas e áreas urbanas de desenvolvimento turístico e económico não afetas à atividade portuária, praias marítimas, fluviais e lacustres. Nos termos deste diploma legal, os municípios ficarão ainda com competências relacionadas com informação cadastral, gestão florestal e áreas protegidas, transportes e vias de comunicação, estruturas de atendimento ao cidadão, policiamento de proximidade, proteção e saúde animal, segurança dos alimentos, segurança contra incêndios, estacionamento público e modalidades afins de jogos de fortuna e azar.

“Estas transferências implicam a assunção de responsabilidades financeiras, patrimoniais e com recursos humanos. Aceitá-las sem a aprovação e publicação dos Decretos-Lei Setoriais, desconhecendo os seus termos, matérias, condições e disposições transitórias seria passar um cheque em branco e poderíamos pôr em causa a prestação de um bom serviço público aos munícipes”, defende Vítor Proença.

A decisão de recusa das novas competências, a ser aprovada em Assembleia Municipal extraordinária na próxima semana, tem de ser comunicada à Direção-Geral das Autarquias Locais (DGAL) até 15 de setembro.

Alcácer vista da margem sul

Município procura respostas sobre proliferação de moscas

28 august 2018


A Câmara Municipal de Alcácer do Sal, preocupada com o bem-estar de população e visitantes e com a saúde pública em geral, tem acompanhado de perto as inquietações que têm chegado a este órgão de poder local a dar conta de uma proliferação anormal e excessiva de moscas, principalmente na área localizada entre Montalvo e os Brejos da Carregueira. Com o intuito de perceber o que se passa e o que está a ser feito no sentido de se encontrar uma solução, a autarquia contactou a CCDR – Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Alentejo que, via e-mail, respondeu que “na sequência das recorrentes denúncias relativas à praga de moscas verificada na zona da Comporta/ Alcácer do Sal durante o ano de 2017 foram efetuadas várias diligências pela Comissão de Coordenação a fim de se tentar detetar a origem e as causas dessa praga”. Neste âmbito “está programada a realização de um estudo pela Sociedade Portuguesa de Entomologia para monitorização de Musca Doméstica, com vista à identificação de potenciais fontes de «contaminação» e proposta de medidas de controlo”, estudo este que “tem o seu início previsto ainda para o presente ano”.

“Entretanto”, prossegue o e-mail, “começaram a dar entrada nestes serviços algumas denúncias por incomodidade provocadas pelas moscas, durante o passado mês de julho. Em deslocação ao local foi possível comprovar uma quantidade anormal de moscas, ainda que bastante inferior à ocorrida no ano passado. Foram igualmente efetuadas deslocações às explorações limítrofes, tendo-se confirmado que não existe nenhuma situação anómala que justifique os maus cheiros referidos nas denúncias”. “Tratando-se de um problema complexo e abrangente”, as denúncias recebidas pela CCDR foram igualmente remetidas para “as várias entidades envolvidas”.

A Câmara Municipal de Alcácer do Sal vai continuar a seguir este processo, contribuindo, dentro das suas competências, para que se apurem respostas e se determinem as ações a adotar o mais brevemente possível. 

Câmara Municipal.JPG

Alcácer do Sal vai ser palco das emoções da Volta a Portugal em Bicicleta

Prova velocipédica parte da cidade dia 2 de agosto

23 july 2018


É já dia 2 de agosto (quinta-feira) que Alcácer do Sal vai viver as emoções da 80ª Volta a Portugal em Bicicleta.

Ponto de partida da primeira etapa em linha da prova de ciclismo, a Praça Pedro Nunes acolhe a “Feira de Animação”, um espaço de diversão e de interação, onde população e visitantes podem alargar a sua experiência e contacto com a festa da Volta a Portugal.

É na Avenida João Soares Branco, junto a esta Praça e sob o olhar atento da estátua do matemático Pedro Nunes, que vão estar concentrados os cerca de 150 ciclistas que compõem o pelotão da Volta, divididos por 21 equipas, cinco das quais internacionais do escalão Continental Profissional, o segundo mais importante na hierarquia da União Ciclista Internacional.

Pelas 12h35 vai ser dado o tiro de início da partida simbólica. O pelotão vai então partir da Avenida João Soares Branco rumo à Estrada da Estação, onde, na rotunda, vira à direita para a Estrada de Santa Luzia. Daqui segue para a Rua José Pomba Cupido, Rua Comandante João Bico e Rua Arlindo Passos. Na rotunda o pelotão vira à direita para descer a Avenida José Saramago, passa a velha ponte metálica e ruma a Grândola, pela EN120, sendo então dada a partida real às 12h45, junto ao marco n.º 2. No concelho de Alcácer do Sal, os ciclistas vão ainda passar por Vale de Guizo (12h53), Albergaria (12h55) e Castelo Ventoso (12h56). A etapa, com 191,8Km, termina em Albufeira por volta das 17h25.

Os detalhes referentes a esta primeira etapa, como a descrição das cidades de partida e de chegada, o mapa, o percurso e a altimetria podem ser consultados através do link https://www.volta-portugal.com/etapas/1%C2%AA-etapa/


Volta a Portugal 2018_400px

Estátua de Pedro Nunes foi alvo de restauro

20 july 2018


A estátua de Pedro Nunes, situada na Praça com o nome do matemático, em Alcácer do Sal, foi submetida a trabalhos de restauro entre 14 e 19 de julho 2018. 

Esta ação de conservação foi levada a cabo por dois técnicos de uma empresa externa especializada e teve como objetivo proceder à limpeza da emblemática escultura datada de 1979, melhorar a sua conservação, tratar elementos de corrosão e protegê-la contra a erosão futura. 

Procedeu-se também à pintura das letras gravadas na pedra calcária que suporta a estátua, pois a sua leitura era impercetível.

 

Veja as fotos aqui.

Pedro Nunes restaurado

Município de Alcácer apoia associações através da cedência de transportes

19 july 2018


De forma a dar resposta a uma das necessidades prementes das associações e algumas entidades do concelho de Alcácer do Sal, em 2018 o Município continua a apoiar as deslocações destas com recurso à cedência de transportes da Câmara Municipal.

No primeiro semestre do ano a autarquia possibilitou a concretização de 112 viagens, realizadas em carrinhas, miniautocarros de 28 e 19 lugares ou no autocarro de 55 lugares, sendo que janeiro foi o mês em que menos deslocações ocorreram (14) e maio o que registou mais (28).

Num total de 868 horas foram percorridos 20.004 quilómetros, de norte a sul do país, o que se traduz num apoio do Município de Alcácer do Sal na ordem dos 25.734,66 euros.

Deslocações ao Banco Alimentar, participação em atividades culturais, cumprimento de calendários desportivos e realização de passeios lúdicos foram alguns dos propósitos destas viagens de que usufruíram várias associações e instituições, tais como Veteranos de Alcácer FC, Atlético Clube Alcacerense, União Futebol Clube, GDR 1º de Dezembro de Casebres, Associação Evion, Sociedade 1º de Janeiro Torranense, Sociedade Filarmónica Amizade Visconde de Alcácer, Sociedade Filarmónica Progresso Matos Galamba, ADPA, Núcleo da Liga dos Combatentes, Casa do Benfica, Escuteiros – Agrupamento 844, Delegação de Alcácer do Sal da Liga Portuguesa Contra o Cancro, AURPICAS, Centro Cultural dos Bairros de S. João e Olival Queimado, Centro Social de Santa Susana, ADT, Paróquia do Torrão, Unidade Paroquial de Alcácer e juntas de freguesia do concelho.

Mini-autocarro

Mercadinho de Verão dinamiza frente ribeirinha de Alcácer do Sal

13 july 2018


Dinamizar a frente ribeirinha da cidade de Alcácer do Sal no período estival, cujas noites amenas convidam a um passeio pela marginal, é o principal objetivo do “Mercadinho de Verão”, que se realiza de 20 de julho a 19 de agosto, no Largo Luís de Camões.

O mercadinho, que visará o comércio de artesanato local, pode ser visitado pelo público às sextas-feiras e sábados, das 20h às 00h, e aos domingos, entre as 20h e as 22h.

Os artesãos interessados em participar podem inscrever-se junto do Gabinete de Feiras da Câmara Municipal de Alcácer, até dia 16 de julho. Para mais informações contacte 265 610 040.


Largo Luís de Camões _ 400px

CMAS assegurou transporte escolar a centenas de alunos

11 july 2018


“A escola é um elemento fundamental na vida das crianças e dos jovens e jamais algum deles, no concelho de Alcácer do Sal, será privado do devido acesso à educação por residir longe dos estabelecimentos de ensino”. Esta é a garantia deixada por Vítor Proença, presidente da Câmara Municipal de Alcácer do Sal que, findo o ano letivo de 2017/ 2018, estima que a autarquia tenha despendido ao longo do mesmo cerca de 303.907,76 euros para assegurar os transportes escolares a centenas de crianças e jovens do município.

No cumprimento do Decreto-Lei n.º 299/84 de 5 de setembro, mas também ciente da importância do transporte escolar no apoio social e considerando as características do território, a Câmara Municipal de Alcácer concede transporte a todos os  alunos, do 1.º ciclo do ensino básico ao secundário, que frequentam estabelecimentos de ensino do concelho e que se encontram a mais de três quilómetros do local onde estes se situam.

Todos os veículos da autarquia destacados para colmatar esta necessidade estão devidamente equipados com cintos de segurança, caixa de primeiros socorros, cadeiras, dísticos e certificado da D.G.V. de inspeção extraordinária. Os alunos do 1.º ciclo do ensino básico e do pré-escolar residentes nas localidades cujos Núcleos de Educação Pré-escolar Itinerante foram encerrados são transportados acompanhados por uma auxiliar de educação, estando também os motoristas habilitados com certificado emitido pela DGTT ao transporte coletivo de crianças.

Além dos seus próprios veículos, o Município assegura o transporte escolar com recurso aos transportes públicos, como os autocarros da Rodoviária do Alentejo (através do carregamento de passes) e táxis (adjudicação de serviços). Atendendo ao número de crianças a transportar e à dimensão geográfica do concelho, a autarquia tem ainda um acordo de cooperação com a Junta de Freguesia de Torrão e a Câmara Municipal de Grândola.


Mini-autocarro

Município serviu mais de 50 mil refeições a alunos do pré-escolar e .º ciclo do concelho

05 july 2018


O Município de Alcácer do Sal serviu, no ano letivo 2017/ 2018 nos refeitórios escolares da sua responsabilidade, cerca de 50.100 refeições a 486 alunos do 1º ciclo do ensino básico e do ensino pré-escolar do concelho.

“Reconhecendo a importância do fornecimento de refeições equilibradas e racionais a todas as crianças e pretendendo contribuir para que a escola se torne um espaço privilegiado para a educação alimentar e para a promoção da saúde através da alimentação, o Município tem vindo a assumir um grande esforço financeiro para dotar das condições necessárias de funcionamento os refeitórios escolares do Centro de Educação Pré-Escolar de Alcácer, Escola Básica nº 1 de Alcácer e Escola Básica da Comporta, que têm gestão direta da autarquia e para a qual tal representa uma despesa anual estimada em 325 mil euros”, explica o presidente da Câmara Municipal de Alcácer do Sal, Vítor Proença.

Além de evitar deslocações das crianças a casa para o almoço, os refeitórios escolares são de grande importância inclusive a nível social, pois, e segundo o edil, “contribuem para uma maior justiça social, motivando alunos de menores recursos a frequentar a escola”, que aqui encontram refeições nutritivas ao seu dispor. Por estes motivos, o Município não limita o serviço de refeições ao calendário letivo definido pelo Ministério da Educação: este é alargado às A.A.A.F. - Atividades de Animação e Apoio à Família, no pré-escolar e às A.A.F. - Atividades de Apoio à Família, do 1º ciclo nas interrupções letivas do natal, carnaval, páscoa e, após encerramento da atividade letiva, até final do mês de julho.

A Câmara Municipal de Alcácer assegura a elaboração das ementas e a confeção das refeições através de uma equipa experiente e cumprindo todos os normativos legais, cujo trabalho foi reforçado com a implementação do HACCP (Análise de Perigos e Pontos Críticos de Controlo) adjudicado a uma empresa externa.

 

Heróis da fruta

FÉRIAS DE VERÃO COLOCAM "JOVENS EM MOVIMENTO" NO CONCELHO

28 june 2018


A Câmara Municipal de Alcácer do Sal, com o apoio das juntas de freguesia do município, disponibiliza até 15 de setembro "Jovens em Movimento", um programa de verão de férias desportivas e culturais que permite a crianças e jovens do concelho estarem, durante o período de atividade não letiva, em contacto com modalidades e ações que promovem hábitos de vida saudáveis, o respeito integral pela natureza e uma educação efetiva da cidadania.

As iniciativas de âmbito desportivo, que compreendem escola de natação, futebol, basquetebol, voleibol e ténis, entre torneios e outras modalidades, decorrem nas instalações do Parque Desportivo Municipal da cidade, Pavilhões Gimnodesportivos de Alcácer do Sal e do Torrão, e Piscina ao Ar Livre de Alcácer e Piscina Convertível do Torrão. O programa arrancou no passado dia 25 de junho e é direcionado para crianças e jovens, entre os 6 e os 16 anos inclusive. As fichas de inscrição podem ser levantadas no Setor de Desporto da Câmara Municipal (sito no Pavilhão Gimnodesportivo) e nas Piscinas de Alcácer e do Torrão, sendo depois entregues no Setor de Desporto ou no Gabinete de Feiras da Câmara Municipal.

Já no dia 2 de julho tem início o programa cultural, dirigido a crianças dos 6 aos 12 anos de idade, na Biblioteca Municipal de Alcácer do Sal. As atividades carecem de inscrição prévia concretizada na Biblioteca e têm o número limite de 15 participantes por cada uma delas. À segunda-feira realiza-se o ateliê “O mundo em que vivemos”, que contempla ações no âmbito da ciência, ambiente, cidadania, história e património. Na terça-feira há “Livros a brincar” (Hora do Conto, ilustração, escrita criativa) e “Jogos de Mesa”, enquanto quarta-feira é dia de “Cozinhar com Livros” e “Clube de Leitura”. Para a quinta-feira ficou reservada a “Oficina das Artes”, ao passo que, à sexta, há “Jogos de Expressão/ Improvisação”.


Piscina Municipal Descoberta de Alcácer

CMAS assina protocolo com Bombeiros Mistos de Alcácer e Torrão

27 june 2018


A Câmara Municipal de Alcácer do Sal assinou um protocolo de colaboração com os Bombeiros Mistos de Alcácer e com os Bombeiros Mistos do Torrão, nos dias 25 e 27 de junho de 2018 respetivamente, que define uma reformulação dos anteriores acordos em conformidade com a atual legislação e que obteve a concordância de ambas as associações.

Vítor Proença, presidente da Câmara Municipal de Alcácer do Sal, salientou que estes protocolos "abordam parte da relação entre o Município e as corporações de bombeiros e têm um conjunto de normas e apoios financeiros que elevam o valor da prestação acordada no protocolo anteriormente em vigor", vincando que "ambas as associações podem continuar a contar com o apoio do Município".

O acordo foi assinado na presença dos presidentes da Direção e dos presidentes da Assembleia-Geral de cada organismo, tendo também estado presentes os vereadores a tempo inteiro, bem como um representante da Assembleia Municipal.

Novo quartel dos Bombeiros 3

JOVENS NASCIDOS EM 1999 PARTICIPAM NO DIA DA DEFESA NACIONAL

26 june 2018



Estação rodoviária de Alcácer

Volta a Portugal em Bicicleta parte dia 2 de agosto de Alcácer do Sal

26 june 2018


As emoções da 80ª Volta a Portugal em Bicicleta vão estar presentes em Alcácer do Sal no dia 2 de agosto, no que é a continuidade do regresso da prova à cidade do litoral alentejano, que se efetivou há dois anos atrás, em 2016, após um esforço do presidente da Câmara Municipal de Alcácer, Vítor Proença junto da organização da prova nesse sentido.

Alcácer do Sal recebe, assim, a partida da primeira etapa da Volta que tem chegada em Albufeira, cidade algarvia que não recebia a prova há 15 anos, sendo esta fase precedida de prólogo na Avenida Luísa Todi, em Setúbal.

O presidente da Câmara Municipal de Alcácer, Vítor Proença enaltece o facto de que este dia, que será “inesquecível”, coincide com um “ano especial para o concelho, que celebra os 800 anos do Município”. O autarca recorda que “26 anos depois, em 2016, os habitantes de Alcácer do Sal tornaram a sentir as emoções do ciclismo profissional ao mais alto nível, com a cidade a receber o arranque da penúltima etapa da Volta a Portugal em Bicicleta”, acrescentando que sente “imenso orgulho por receber novamente uma das partidas da prova e, desta feita, logo a primeira na simbólica 80ª edição da mítica Volta”. Esta será a terceira vez que a competição aqui começa. Recorde-se que em 1990 Alcácer viu partir uma etapa da 52ª Volta em direção ao Algarve, o que se repete agora, em 2018.

A 80ª edição da Volta a Portugal em Bicicleta desenrola-se de 1 a 12 de agosto de 2018. As atenções, no entanto, estarão viradas para a primeira etapa após o prólogo, a partir de Alcácer do Sal. Neste âmbito, Vítor Proença sublinha que Alcácer, “considerada por muitos como estando ‘na moda’, está, de facto, no mapa dos eventos de maior relevo em Portugal e em destaque nos roteiros internacionais, principalmente no âmbito turístico e económico, sendo a escolha desta cidade para acolher a 80ª edição da Volta mais uma prova da sua capacidade para ser palco destas iniciativas e a confirmação da sua excelência na arte de bem receber”.
BTT

MUNICÍPIO DE ALCÁCER DO SAL DISPONIBILIZA FATURAÇÃO ELETRÓNICA DO CONSUMO DE ÁGUA

12 june 2018


O Município de Alcácer do Sal coloca agora ao dispor da população a possibilidade de adesão à faturação eletrónica, um serviço gratuito que compreende o envio das faturas de consumo de água através de e-mail, dispensando a tradicional carta em papel.

Para aderir à fatura eletrónica, o munícipe deve manifestar o seu interesse enviando um e-mail para secretaria.domsu@m-alcacerdosal.pt, do qual deve constar o nome do titular da instalação, o respetivo código de cliente e a confirmação do endereço de correio eletrónico onde pretende receber os documentos.

Além de contribuir para um melhor ambiente, através da redução de utilização de papel, com este serviço o munícipe pode consultar as suas contas de água em qualquer altura e lugar, pode organizar e arquivar as suas faturas em modo digital e, após boa cobrança, o documento digital é válido como recibo.

Para sua comodidade, adira à faturação eletrónica do consumo de água.

água

Recolha de óleos alimentares usados aumentou em Alcácer do Sal em 2016 e 2017

25 may 2018


O total de óleos alimentares usados recolhidos seletivamente em 2017 no concelho de Alcácer do Sal aumentou quase uma tonelada em comparação com o recolhido em 2016, segundo o relatório anual da AMBILITAL, tendo passado de 2,73 toneladas para 3,58, o que revela uma maior consciência ambiental dos munícipes e da restauração. Já em 2016 estes números tinham subido relativamente aos de 2015, em que foram recuperadas 1,76 toneladas, o que representa um crescimento de 103 por cento quando colocamos lado a lado os anos de 2016 e de 2018.

Sob a gestão da AMBILITAL – Investimentos Ambientais no Alentejo, EIM, os óleos alimentares usados são reciclados no concelho desde 2010, tendo o número de oleões sido reforçado em 2011 até atingir, atualmente, o número de 13 instalados na via pública, além destes óleos serem ainda recolhidos em oito estabelecimentos comerciais. Os oleões abrangem: Casebres, Santa Susana, Rio de Moinhos, Palma, Santa Catarina, Foros de Albergaria, Vale de Guizo, Arêz, Quintinha, Forno da Cal, Largo Visconde de Alcácer, Largo Luís de Camões, Avenida João Soares Branco, bairro da Casa do Povo, junto à Escola Básica nº1 (Telheiros), Largo dos Açougues, antiga Estrada Nacional nº5, junto ao Tribunal e Quinta da Oriola. No Torrão, os locais onde estão disponíveis são o Largo da Graça e a Rua Padre Daniel. Na freguesia da Comporta, há três oleões: junto às instalações da Junta de Freguesia, atrás da GNR e junto aos restaurantes da Carrasqueira.

A recolha diferenciada de óleos usados contribui para o tratamento de um resíduo com fortes impactos ambientais e, ao mesmo tempo, para a redução das emissões atmosféricas de dióxido de carbono, com a utilização posterior deste óleo para a produção de biocombustível.

Além dos óleos alimentares, existem ainda os óleos usados provenientes de motores e lubrificantes que não integram estes postos de recolha. Neste âmbito, este tipo de resíduo gerado nas oficinas da Câmara Municipal de Alcácer do Sal em concreto é encaminhado pelo Município para uma empresa especializada e certificada pela Agência Portuguesa do Ambiente (Carmona, do Grupo Ecosoursing) para que seja devidamente tratado.


Ecoponto

INAUGURAÇÃO DA NOVA EXTENSÃO DE SAÚDE DO TORRÃO REALIZOU-SE ESTA MANHÃ

As pessoas e a saúde em primeiro

23 may 2018


“É uma alegria muito grande o dia de hoje”. Assim descreveu o presidente da Câmara Municipal de Alcácer do Sal, Vítor Proença o sentimento geral dos presentes esta manhã (23 de maio 2018) na cerimónia de inauguração da nova Extensão de Saúde do Torrão.

“Trata-se de uma obra do Ministério da Saúde, que foi defendida pela Câmara Municipal de Alcácer e Junta de Freguesia de Torrão, e que tem como centro das atenções as pessoas, providenciando-lhes uma nova resposta a nível da saúde”, referiu o autarca, que destacou ainda que “o Município apoia a deslocação de médicos para o Torrão e continuará a apoiar a instalação de enfermeiros e profissionais de saúde aí”, num “trabalho conjunto útil para servir as pessoas”. Recorde-se que foi a Câmara Municipal que cedeu gratuitamente as instalações para acomodar o novo espaço de saúde.

Na inauguração da Extensão de Saúde do Torrão esteve a Secretária de Estado da Saúde, Rosa Valente de Matos, recebida com música pelo Grupo Coral Feminino Cantares do Xarrama, e que disse ter conhecido a antiga Extensão. “Não era funcional, mas era uma casa e o mais importante de uma casa são as pessoas lá dentro – é nas pessoas que temos que nos focar”, sublinhou, chamando ainda a atenção para a importância da promoção da prevenção através de uma vida ativa e alimentação cuidada.

Presentes no evento estiveram também, entre os vários convidados e público, o executivo municipal permanente, a presidente da Assembleia Municipal, o presidente da Junta de Freguesia de Torrão, o presidente da Administração Regional de Saúde do Alentejo, elementos da Unidade Local de Saúde do Litoral Alentejano e responsáveis do Centro de Saúde de Alcácer.

As obras de adaptação da nova Extensão de Saúde do Torrão, a cargo da Administração Regional de Saúde do Alentejo, representaram um investimento de cerca de 224.000,00 euros apoiados pelo Programa Portugal 2020, no âmbito do Programa Operacional Alentejo 2020. Este novo espaço  vai servir cerca de 1.900 utentes, tem uma equipa constituída por dois médicos, dois enfermeiros e duas secretárias clínicas e está dotado de gabinetes médicos, salas de enfermagem, de tratamento e de espera, bem como do equipamento necessário para o apoio administrativo.


Veja aqui as fotos da inauguração. 

Extensão de Saúde do Torrão

Protocolo cria Rede de Bibliotecas do concelho de Alcácer do Sal – RBSal

22 may 2018


Criar uma estrutura de cooperação com todas as bibliotecas do concelho de Alcácer de Sal, visando a compatibilização e a troca de informação bibliográfica, o fomento de uma política coordenada de aquisições e a dinamização do empréstimo inter-bibliotecas através de uma plataforma tecnológica é o principal objetivo do protocolo esta tarde (22 de maio 2018) assinado e que oficializou a Rede de Bibliotecas de Alcácer do Sal – RBSal.

A cerimónia teve lugar na Biblioteca Municipal da cidade e contou com as presenças do presidente da Câmara Municipal de Alcácer, Vítor Proença, da vereadora Ana Soares, da presidente da Assembleia Municipal, presidente da Junta de Freguesia do Torrão, representante da União das Freguesias, diretores dos Agrupamentos de Escolas de Alcácer e do Torrão, representantes da Rede de Bibliotecas Escolares e DGEstE e professores bibliotecários.

“Esta era uma antiga pretensão, que ainda não tinha sido cimentada, e revela um trabalho muito grande por detrás, pois envolve uma plataforma de consulta muito vasta”, referiu o presidente da Câmara Municipal de Alcácer, Vítor Proença na sua intervenção, salientando que a RBSal permitirá “subscrever uma partilha de recursos, que proporcionará aos cidadãos a ampliação do acesso a novos títulos”. “Em Alcácer continuamos a investir na aquisição de livros, dentro das nossas possibilidades, e temos uma oferta considerável que, em conjunto com a das bibliotecas escolares, proporcionará uma oferta acrescida”, frisou.

À assinatura do protocolo de cooperação entre o Município, Agrupamento de Escolas de Alcácer do Sal (representado pela diretora Maria Teresa de Noronha e Castro) e Agrupamento de Escolas de Torrão (na pessoa do diretor Rui Figueiredo) seguiu-se a apresentação do portal com o catálogo coletivo da Rede de Bibliotecas, que estará disponível em breve para o público, em computadores e telemóveis.

A contadora de histórias Bru Junça foi então convidada a partilhar um pouco do seu trabalho, tendo evocado a escritora torranense Maria de Rosa Colaço e manifestado a sua vontade de dar a conhecer o trabalho da mesma num projeto que a RBSal tentará concretizar no próximo ano letivo, designado por “Terra de Marias Tontas”.

A cerimónia terminou com um beberete.


- Veja aqui o álbum de fotos do evento.

- Consulte aqui o catálogo coletivo da Rede de Bibliotecas de Alcácer do Sal

RBSal

Mais de oito centenas de turistas visitaram Alcácer do Sal entre março e abril 2018

03 may 2018


O concelho de Alcácer do Sal recebeu 835 turistas em visitas guiadas entre os meses de março e abril deste ano, o que representa um aumento de 146 por cento comparativamente a período homólogo de 2017, em que participaram 340 visitantes em circuitos turísticos acompanhados. Os números, que cresceram além da sua duplicação, reportam-se à concretização de 13 visitas guiadas a grupos compostos por 50 a 100 participantes.

“A promoção turística tem vindo a ser estruturada de forma diferente, com o intuito de trazer mais pessoas a Alcácer do Sal que fiquem a conhecer as nossas potencialidades e as transmitam através do melhor meio de difusão conhecido: o passa-palavra”, referiu o presidente da Câmara Municipal de Alcácer, Vítor Proença.

Os circuitos acompanhados pelas técnicas do Setor de Turismo da autarquia realizaram-se um pouco por todo o concelho, com principal incidência nas visitas a monumentos, tais como a Igreja de Santiago, o Santuário do Senhor dos Mártires e a Cripta Arqueológica, passando ainda pelo cais palafítico da Carrasqueira, a aldeia da Comporta, aldeia de Santa Susana e vila do Torrão. No final das visitas, o principal feedback dos turistas tem sido o facto de Alcácer do Sal ser uma surpresa constante e que, embora o território esteja tão perto de Lisboa, não imaginavam que o concelho tivesse um património e história tão ricos. Outros fatores que revelaram como mais surpreendentes foram os produtos típicos que adquiririam como recordação para levar consigo, como mel, vinho, pinhão, azeite, doces regionais e arroz. No geral, estes visitantes mostraram-se surpreendidos por toda a vida terem parado em Alcácer do Sal a caminho de qualquer outro destino e nunca terem realmente conhecido esta terra, tão fértil em história e patrimónios edificado, cultural, religioso e gastronómico.

O mês de maio vai ser prolífero nestes circuitos turísticos acompanhados, estando, para já, agendadas nove visitas guiadas junto do Setor de Turismo da Câmara Municipal.

 

Castelo Alcácer

PRESTAÇÃO DE CONTAS DE 2017 APROVADA SEM VOTOS CONTRA

24 april 2018


O relatório de prestação de contas de 2017 da Câmara Municipal de Alcácer do Sal foi aprovado no passado dia 20 de abril em reunião ordinária de Assembleia Municipal sem qualquer voto contra, à semelhança do que sucedeu na reunião de Câmara de 13 de abril.

O documento destaca fortes investimentos nas refeições e transportes escolares, ação social, desporto, cultura e também para com os Bombeiros de Alcácer do Sal e do Torrão, que receberam cerca de 200 mil euros. Evidencia ainda a diminuição dos custos com combustíveis e a redução encargos com iluminação, na sequência da substituição de luminárias por outras mais eficientes.

Relativamente a receitas, o ano transato foi aquele em que o Município de Alcácer do Sal teve a maior receita do quinquénio, na ordem dos 18.728.298,67 euros.

O Governo continua em incumprimento no que diz respeito à Lei de Finanças Locais e aplicação do Fundo de Apoio Municipal, fatores que retiram cerca de 418 mil euros ao Município de Alcácer, que muita falta fazem ao concelho.

O ano de 2017 foi um período de grandes investimentos em obras públicas, entre as quais a recuperação integral da estrada de Casebres, a construção do novo circuito de manutenção da Comporta, a iluminação do património, o arrelvamento do Campo Polidesportivo do Parque Desportivo Municipal, a recuperação de azinhagas, dois novos corredores cicláveis, revitalização do Museu Municipal e intervenções em vários arruamentos no concelho.

Destaque ainda para o facto de a Câmara Municipal de Alcácer do Sal não ter pagamentos em atraso e de o prazo médio de pagamento a fornecedores se situar abaixo dos 30 dias.


salão nobre CMAS.jpg

Galeão Pinto Luísa volta a navegar

19 april 2018


O galeão do sal Pinto Luísa voltou dia 19 de abril 2018 a navegar nas águas do rio Sado, de frente para a zona ribeirinha de Alcácer do Sal, depois de profundas obras de conservação e restauro no estaleiro de Sarilhos Pequenos, iniciadas em agosto de 2017 e que o deixaram praticamente como novo.

O presidente da Câmara Municipal de Alcácer do Sal, Vítor Proença assistiu ao desfile de chegada da embarcação, que coincidiu com a celebração do aniversário da Universidade Sénior de Alcácer no Largo Luís de Camões, e referiu que ficou "emocionado pelo regresso a casa do galeão Pinto Luísa". O edil acrescentou que "foi ordenada a reparação, pois a embarcação não oferecia condições infraestruturais para navegar", mas "hoje já pode viajar, sendo um motivo de orgulho".

Com um custo total de 140.835,00 euros, comparticipados em 85 por cento pelo FEAMP – Fundo Europeu dos Assuntos Marítimos e das Pescas na sequência da submissão de uma candidatura pelo Município à ADL – Associação de Desenvolvimento do Litoral Alentejano, a intervenção incidiu sobre os mastros, a roda de proa, a tabica e encabeços a bombordo e estibordo, cabine e o sistema propulsor. O galeão dispõe também de dois tanques novos, um de combustível e outro para águas limpas. Foi ainda renovado o WC e refeita a calafetagem.

A embarcação, símbolo incontestável da cultura da região de Alcácer do Sal, está agora novamente apta a ser utilizada pelos alcacerenses e pelos visitantes, proporcionando um contacto com as atividades náuticas numa perspetiva de aprendizagem, sensibilização, recreio e lazer.


 

Galeão do sal Pinto Luísa

Rastreio do Cancro da Mama avança para a 6ª volta no concelho de Alcácer do Sal

12 april 2018


Dez anos após a realização da primeira edição em Alcácer do Sal, o concelho acolhe, entre abril e junho, a 6ª volta do programa de Rastreio do Cancro da Mama, da Liga Portuguesa Contra o Cancro.

Realizado com o apoio da Câmara Municipal de Alcácer do Sal, ULSLA e juntas de freguesia do concelho, o programa, que aposta no diagnóstico precoce do cancro da mama, decorre de segunda a sexta-feira, entre as 8h e as 18h30, tendo sido convidadas para o mesmo 2.089 mulheres, com idades compreendidas entre os 45 e os 69 anos.

A campanha arranca dia 17 de abril junto à Escola Bernardim Ribeiro, no Torrão, onde a Unidade Móvel permanecerá até dia 20, seguindo depois para a Comporta; aí, vai ficar instalada junto ao edifício da junta de freguesia, de 23 de abril a 2 de maio. Alcácer do Sal é o derradeiro ponto de paragem, com a Unidade a manter-se junto ao Centro de Saúde, de 3 de maio a 11 de junho.

Recorde-se que, de dois em dois anos, o Núcleo Regional do Sul da Liga Portuguesa Contra o Cancro mobiliza Unidades Móveis para a realização de mamografias de rastreio nos concelhos da sua área de influência. O exame é gratuito e os resultados são enviados para o médico de família ou, caso não exista, para o coordenador da Unidade de Saúde da área de residência. Se os resultados suscitarem dúvidas, proceder-se-á a um convite para consulta de aferição em Lisboa, onde se realizarão os exames complementares necessários.

Em 2016, no concelho de Alcácer do Sal participaram no rastreio 1.396 mulheres das 2.135 convidadas, o que corresponde a uma taxa de participação de 65 por cento, sendo este valor muito próximo do previsto pelas linhas orientadoras emanadas pela União Europeia para os programas de rastreio de base populacional. Foram chamadas 33 mulheres a consulta de aferição, onde se confirmaram quatro casos positivos (que foram encaminhados para tratamento hospitalar) e seis mulheres ficaram em observação.


Centro de Saúde de Alcácer

Internet gratuita nos centros históricos de Alcácer do Sal e Torrão

03 april 2018


Largo dos Açougues, Praça Pedro Nunes, Posto de Turismo e zona envolvente, Pavilhão Gimnodesportivo Municipal de Alcácer do Sal e Pavilhão Gracieta Baião, na cidade, e a Praça Bernardim Ribeiro, no Torrão, são os seis pontos do concelho que têm agora rede Wi-fi gratuita.

Com a disponibilização de internet gratuita nos centros históricos de Alcácer e do Torrão, o Município pretende maximizar a experiência no concelho dentro do conceito smart destinations, estimulando, assim, as empresas a inovar na relação com o cliente, além de permitir a munícipes e turistas aceder, sem encargos, a toda a informação digital sobre o concelho.

Este projeto, criado num quadro de crescente penetração da tecnologia, novos padrões de consumo, modelos de negócio e formas de organização da sociedade, com a consciência de que a simplicidade e rapidez no acesso a conteúdos informativos são cada vez mais relevantes, representa um investimento de 54.550,00 euros financiados a 90%, não reembolsáveis, através do orçamento do Instituto de Turismo de Portugal, pela Linha de Apoio à Disponibilização de Redes Wi-fi.

 

Câmara Municipal

A DECO E A CÂMARA MUNICIPAL EM PERMANENTE ALERTA PARA OS DIREITOS DOS CONSUMIDORES

22 march 2018


No âmbito do protocolo com a Câmara Municipal de Alcácer do Sal, a DECO Alentejo registou, em 2017, 86 pedidos de intervenção de consumidores deste município. As situações de sobre-endividamento (38%), o setor das comunicações eletrónicas (17%) e o setor dos bens de consumo (11%) foram os temas que lideraram as reclamações neste último ano.

A parceria tem sido vantajosa para todos os consumidores de Alcácer do Sal que, além de receberem apoio na resolução dos seus conflitos de consumo, beneficiam também de melhor informação para fazer as escolhas mais acertadas.

Os munícipes poderão beneficiar de apoio da DECO efetuando marcação prévia para o atendimento mensal, através do contacto telefónico 265 610 040. Recorde-se que o apoio ao consumidor no município de Alcácer funciona na segunda terça-feira de cada mês, das 14h às 17h, nas instalações da Câmara Municipal.


deco

Alcácer acolheu cerimónia de atribuição do 24º Prémio da Defesa Nacional e Ambiente

16 march 2018


O projeto “EstratagEMAS”, da Base Aérea nº5 da Força Aérea (sita em Monte Real), foi distinguido com o 24º Prémio da Defesa Nacional e Ambiente, galardão que foi entregue na cerimónia que decorreu esta manhã (16 de março) no Auditório Municipal de Alcácer do Sal.

Presentes na iniciativa, que simboliza o compromisso da Defesa Nacional com a preservação do Ambiente, incentivando as boas práticas ambientais e as preocupações com a preservação dos recursos naturais, estiveram: o presidente da Câmara Municipal de Alcácer, Vítor Proença; o Ministro da Defesa Nacional, Azeredo Lopes; o Ministro do Ambiente, Matos Fernandes; a presidente da Assembleia Municipal de Alcácer, o Executivo da Câmara Municipal e o presidente da União das Freguesias; elementos da Estrutura Coordenadora de Assuntos Ambientais da Defesa Nacional; membros da Agência Portuguesa do Ambiente e membros da Confederação Portuguesa das Associações de Defesa do Ambiente, entre outros convidados.

O arranque da cerimónia pautou-se pelo discurso de boas-vindas pelo presidente da Câmara Municipal, Vítor Proença que afirmou “ser uma feliz ideia a escolha de Alcácer do Sal para a entrega deste prémio, pois este é um município que aposta no Desenvolvimento Sustentável”, destacando ainda que “atribuir um prémio que galardoa uma unidade, um estabelecimento ou um órgão das Forças Armadas que tenha dado um contributo relevante, através de projetos e iniciativas úteis para um planeta mais saudável, é de incentivar”. O autarca salientou que “muitos dos avanços tecnológicos que as sociedades conhecem nasceram dos militares e das Forças Armadas” e citou, como exemplo, “no território do Vale do Sado, os sistemas mecânicos de preparação das terras”.

Ao visionamento dos filmes das candidaturas vencedoras do Prémio e da Menção Honrosa (atribuída ao Aeródromo de Manobra nº1 da Força Aérea, sito em Macedo, pelo projeto “O Ambiente no AM1”) seguiu-se a apresentação da intervenção no Pego do Altar, onde o Exército tem efetuado trabalhos de limpeza do leito da barragem a fim de aumentar a sua capacidade de armazenamento de água, no âmbito de um Protocolo estabelecido com a Agência Portuguesa do Ambiente.

O Ministro do Ambiente, Matos Fernandes interveio então, destacando ser “estimulante haver concursos como o Prémio da Defesa Nacional e Ambiente, que incentiva a que cada um dê o seu melhor”. Pegando no tema da água, salientou o papel determinante do Exército na operação do Pego do Altar, o qual agradeceu, e frisou que “o uso eficiente da água é algo a ter sempre em consideração”, pois “a água não se inventa e a água que temos hoje é a que teremos amanhã”. “Nós somos a geração futura de que Brundtland falava nos anos 80, quando introduziu o conceito de desenvolvimento sustentável”, afirmou.

Azeredo Lopes, Ministro da Defesa Nacional partilhou desta ideia e acrescentou que, hoje, “o conceito de economia verde está fora de moda por ser redundante – não há economia sem ser verde. A Defesa verde, porém, é bem atual”. “As alterações climáticas vão obrigar-nos a mudar e o conceito de Defesa vai ter de evoluir muito depressa e adaptar-se”, disse.

À cerimónia seguiu-se uma visita aos trabalhos na barragem do Pego do Altar na zona de Santa Susana, que se iniciaram na segunda quinzena de fevereiro e se encontram parados desde o início da vaga de chuvas que se tem verificado. No local, o Ministro do Ambiente fez saber que não se prevê os trabalhos ser retomados, dado que a quota de água da barragem se encontra perto dos 50 por cento e, por isso, deixa de ser necessária a continuidade da operação do Exército.


Pego do Altar

Visitas guiadas disparam no concelho de Alcácer do Sal

14 march 2018


Desde o início do ano de 2018, Alcácer do Sal regista uma procura acima do habitual em termos de visitas guiadas solicitadas junto dos serviços de Turismo do Município.

Entre o início de janeiro e o final de abril estão previstos mais de 900 participantes em visitas guiadas ao concelho, um aumento considerável relativamente ao período homólogo dos dois anos anteriores: em 2016 foram registados 506 visitantes e, no ano seguinte, 463. Aquando da realização destas visitas, um técnico da Câmara Municipal acompanha os grupos de turistas, que deixam Alcácer do Sal com um maior conhecimento da região e vontade de participar noutras atividades e percursos por este técnico divulgados.

Estes turistas procuram ainda os estabelecimentos de restauração local e adquirem também produtos endógenos, como recordação, dinamizando a economia do concelho.


Entradas Cripta

36ª VOLTA AO ALENTEJO TEM META VOLANTE EM ALCÁCER DO SAL DIA 16

09 march 2018


A 36ª Volta ao Alentejo Crédito Agrícola tem meta-volante em Alcácer do Sal no dia 16 de março (sexta-feira), no âmbito da terceira etapa, que ligará Grândola a Arraiolos, numa extensão de 149,3km.

Nesse dia, os ciclistas terão a partida real no IC1-N120 ao meio-dia, passarão por Castelo Ventoso e Albergaria, voltando depois em direção Montemor-Alcácer. Já em Alcácer, passarão pela ponte metálica e voltarão à direita para a meta-volante na Avenida dos Aviadores, por volta das 12h27. Seguirão depois para Santa Susana, deixando o concelho de Alcácer do Sal e rumando a Montemor e, à meta final, em Arraiolos.

A prova de ciclismo, que se realiza de 14 a 18 de março 2018, tem este ano como principais novidades a inclusão de uma etapa de contrarrelógio e a partida de Vendas Novas, cidade que estava fora da “Alentejana” há nove anos e que vai ser o ponto inaugural dos 751,9km que compõem a corrida. Évora vai coroar o vencedor da Volta ao Alentejo em bicicleta, que é uma organização da CIMAC - Comunidade Intermunicipal do Alentejo Central e da Podium Events, e que conta com o apoio da Câmara Municipal de Alcácer do Sal.

 

Ponte

Presidente da Câmara Municipal obtém respostas para pescadores

08 march 2018


O presidente da Câmara Municipal de Alcácer do Sal, Vítor Proença, acompanhado da presidente da Junta de Freguesia da Comporta, Deolinda Florêncio, e de um representante dos pescadores locais, esteve dia 8 de março reunido em Lisboa com o Diretor Geral de Recursos Naturais, Segurança e Serviços Marítimos, José Carlos Simão, e duas técnicas deste organismo.

Na reunião, o presidente da Câmara Municipal de Alcácer manifestou a sua discordância e preocupação por os pescadores da freguesia da Comporta terem sido proibidos, na licença de 2018, de apanhar lingueirão, lamejinha e amêijoa. De acordo com esta licença de apanha de marisco, emitida pela Direção Geral, os pescadores estão limitados a apanhar caranguejo à mão, além de poderem ainda apanhar amêijoa da cabeça (ou amêijoa boa), mas não poderem comercializá-la. A comitiva pediu, então, a revisão da licença, que afeta a vida económica de muitas famílias, tendo o edil Vítor Proença manifestado ainda a sua incompreensão pela alteração da licença (que, em 2017, permitia a apanha das espécies agora proibidas) sem que tal tivesse sido justificado.

O Diretor Geral de Recursos Naturais, Segurança e Serviços Marítimos, José Carlos Simão, forneceu então alguma documentação de fundamentação desta decisão que afeta o canal de Alcácer do Sal e que se prende, essencialmente, com razões microbiológicas e níveis de toxinas. No final, José Carlos Simão assumiu o compromisso de, na segunda quinzena de abril, enviar à Carrasqueira técnicos da Direção Geral para procederem a uma reunião com os pescadores, na qual lhes serão transmitidos procedimentos e informações úteis.

Recorde-se que a reunião com a Direção Geral de Recursos Naturais, Segurança e Serviços Marítimos vem na sequência do compromisso assumido pelo presidente da Câmara Municipal de Alcácer do Sal, Vítor Proença aquando da realização da Presidência Aberta na freguesia da Comporta, no final do mês de janeiro, na qual esta preocupação lhe foi transmitida pela comunidade piscatória e autarca assumiu o compromisso de lutar pelos seus interesses.

Pesca

INSCRIÇÕES ABERTAS PARA O XXII GRANDE PRÉMIO DA PÁSCOA EM ATLETISMO

05 march 2018


Já se encontram abertas as inscrições para o XXII Grande Prémio da Páscoa em Atletismo, que se realiza na cidade de Alcácer do Sal, no dia 30 de março.

O tradicional evento desportivo, que se concretiza na sexta-feira santa, está aberto a toda a população. Terá início na pista de atletismo do Estádio Municipal de Alcácer e meta na margem sul, junto ao skateparque, abarcando as modalidades de corrida (10 km) e caminhada (4,5 km).

Os interessados em participar podem inscrever-se até às 17h de 27 de março de 2018, sendo que a corrida tem um custo três “passos” e a caminhada custa dois “passos”. As inscrições são gratuitas para crianças com idades até aos 6 anos inclusive e podem ser feitas através do link http://acorrer.pt/eventos/info/1744, no gabinete do Setor de Desporto no Pavilhão Gimnodesportivo Municipal de Alcácer do Sal, Piscina Municipal Coberta de Alcácer, Piscina Municipal Convertível do Torrão e juntas de freguesia do concelho.

Na corrida, serão entregues prémios aos três primeiros lugares masculinos e femininos dos escalões sub23 (até aos 23 anos), elites (dos 24 aos 34 anos), veteranos A (dos 35 aos 49 anos) e veteranos B (mais de 50 anos). Há ainda um prémio especial para o 1º, 2º e 3º classificados masculinos e femininos residentes no concelho. Na caminhada, não há classificação.

O XXII Grande Prémio da Páscoa é promovido pela Câmara Municipal de Alcácer do Sal, tendo como parceiros a União das Freguesias de Alcácer do Sal (Santa Maria do Castelo e Santiago) e Santa Susana, Caixa de Crédito Agrícola Mútuo de Alcácer do Sal e Montemor-o-Novo, Corpo Nacional de Escutas – Agrupamento 844 de Alcácer do Sal, Veteranos FC de Alcácer, Bombeiros Mistos de Alcácer do Sal, BTT Team Cegonhas do Sado, XarramAdventure, Alcácer Trilhos & Aventura TT, Associação Ritmus D'Alcácer e Barbot.

Para mais informações contacte o Setor de Desporto da CMAS, através do telefone 265 613 538, do telemóvel 913 602 387 ou do e-mail desporto@m-alcacerdosal.pt.


» Trânsito condicionado no dia da prova

 

Estádio Municipal de Alcácer

MUNICÍPIO DEU A “SENTIR ALCÁCER” NA 30ª EDIÇÃO DA BTL

05 march 2018


Foram cinco dias de promoção de Alcácer do Sal junto do público e de profissionais da área do turismo; cinco dias a mostrar os produtos endógenos da região, a sua gastronomia, cultura, património e potencialidades nas mais diversas áreas; cinco dias a “Sentir Alcácer”.

A Câmara Municipal de Alcácer do Sal fez-se novamente representar na BTL - Bolsa de Turismo de Lisboa, que decorreu de 28 de fevereiro a 4 de março 2018 na FIL (Parque das Nações), em stand duplo inserido no pavilhão do Alentejo.

“Fazemos um balanço muito positivo da nossa participação na 30ª edição da BTL. Ao longo dos cinco dias do certame, passaram milhares de pessoas pelo stand de Alcácer, que ficaram deslumbradas com os nossos produtos, património e paisagens e bastante interessadas nas áreas de potencial investimento”, refere Vítor Proença, presidente da Câmara Municipal de Alcácer do Sal.

Herdades da Comporta e de Portocarro, Pinhão Sado, estabelecimentos “Taberna 2 à Esquina” e “Quanto Baste”, Panificadores do Sado, Manos Lince, Custódia Costa e Casimiro Jerónimo foram algumas das empresas/ pessoas do concelho que estiveram no stand do Município para dar a conhecer os seus produtos, tais como o vinho, azeite, pinhão, petiscos, pratos típicos, pão alentejano, bolos, empadas e artesanato.

“Esta é, sem dúvida, uma feira em que apostar”, afirmou o presidente da Câmara Municipal, Vítor Proença, “pois permite dar a conhecer o concelho e as suas mais-valias, o que poderá vir a traduzir-se, por exemplo, num aumento do número de visitantes ou até na instalação de novos projetos na região”. “Em 2019, cá estaremos novamente a mostrar o nosso melhor”, concluiu.

turismo

ESCOLA DO TORRÃO PRECISA DO SEU VOTO PARA VENCER HINO DOS “HERÓIS DA FRUTA”

26 february 2018


A Escola Básica do Torrão (Sala JI, 1º, 2º, 3º e 4º anos) precisa do seu voto para vencer o hino dos “Heróis da Fruta” 2017/2018. A votação, aberta a todo o público, decorre até às 23h59 do dia 15 de março, no site www.heroisdafruta.com e vai apurar 80 finalistas: os três mais votados, bem como o mais partilhado de cada distrito ou região autónoma. Os votos elegem, assim, as escolas finalistas, entre as quais o júri escolherá quais serão visitadas pela APCOI - Associação Portuguesa Contra a Obesidade Infantil até ao final do ano letivo. Este ano, por se celebrar o 7º aniversário do projeto «Heróis da Fruta - Lanche Escolar Saudável», há ainda dois vencedores adicionais, escolhidos diretamente e pela primeira vez pelo público: o Hino mais votado e o Hino dos Heróis da Fruta mais partilhado na internet através do site oficial, perfazendo o total de 7 Hinos vencedores.

A APCOI - Associação Portuguesa Contra a Obesidade Infantil já apresentou os 327 videoclipes criados pelos milhares de alunos das escolas que participam este ano letivo na 7ª edição do projeto «Heróis da Fruta - Lanche Escolar Saudável». Nesta divertida competição, que se assemelha a um "festival da canção" interescolar, as crianças partilham, a cantar, as lições sobre nutrição e saúde que aprenderam ao longo dos últimos meses e convidam os portugueses a escolher e votar no seu vídeo favorito. Cada voto em qualquer hino reverte como donativo para a «Missão 1 Quilo de Ajuda», o fundo social da APCOI que permite distribuir gratuitamente cabazes semanais nas escolas para apoiar a inclusão de fruta no lanche escolar dos alunos mais carenciados do país. Todas as pessoas que votarem nos videoclipes ficarão também habilitadas a ganhar prémios: são mais de mil e quinhentas experiências à escolha para parques aquáticos, zoológicos, museus, aquários, centros de ciência viva e parques de diversões.

A Câmara Municipal de Alcácer do Sal é parceira nesta iniciativa.

Para votar no videoclipe da Escola Básica do Torrão, entre em http://www.apcoi.pt/heroisdafruta7/web/hinodafruta/?fs=&idhino=340

Heróis da fruta

BMAS foi aos lares e centros de dia em 2016 e 2017

20 february 2018


A Biblioteca Municipal de Alcácer do Sal implementou, no decorrer do ano de 2017, o projeto "A Biblioteca vai aos Lares e Centros de Dia", que teve como objetivo criar uma relação de proximidade entre a Biblioteca e as residências, centros de dia e de convívio do concelho.

Esta atividade, que teve início em setembro de 2016, começou aplicada a três unidades de acolhimento de idosos da AURPICAS, sendo mais tarde alargada aos Centros de Convívio rurais de Palma, Arêz e Montevil, também pertencentes a essa instituição. Em dezembro de 2017, no âmbito da realização da Feira do Livro, a sessão destinada ao Centro de Dia decorreu na Biblioteca, com a presença de um contador de histórias e a participação de duas turmas escolares (3º e 5º anos de escolaridade), assumindo um caráter intergeracional.

Durante todo o ano de 2017, a iniciativa teve uma média de 65 participantes por sessão. Foram realizadas 36 sessões, que contaram com a participação total de 375 pessoas; foram entregues 17 baús de livros, efetuadas 360 leituras de 41 autores e 31 obras, abordados 14 temas diferentes e efetuadas 22 recolhas de memórias e objetos de tradição oral. Segundo a organização, a recetividade por parte dos utentes nos centros de convívio abrangidos foi bastante entusiástica.


Solar do Salemas

PEGO DO ALTAR VAI SER ALVO DE OPERAÇÃO DE LIMPEZA DE SEDIMENTOS

14 february 2018


Teve início esta quarta-feira (14 de fevereiro) a mobilização de meios mecânicos para a zona de Rio Mourinho por parte do Regimento de Engenharia nº 1, uma operação que decorre até ao final da semana com vista a que, no dia 19, tenham início os trabalhos de remoção dos materiais acumulados na albufeira do Pego do Altar, que se prevê durarem cerca de dois meses.

Recorde-se que, face aos níveis excessivamente baixos de armazenamento de algumas albufeiras como consequência da seca, o Ministério do Ambiente determinou prioritária a remoção de sedimentos depositados, que apresentam elevado teor de nutrientes, minimizando as condições de degradação da qualidade da água armazenada na albufeira do Pego do Altar. Para operacionalizar esta ação, celebrou-se um protocolo entre o Exército Português (que disponibilizará os meios humanos e materiais necessários), a Agência Portuguesa do Ambiente (que coordenará as intervenções no terreno e garantirá o apoio logístico necessário) e o Fundo Ambiental (que suportará as despesas inerentes às operações no terreno e a respetiva logística).

Salienta-se que serão constituídos depósitos temporários na margem da albufeira, que podem ser acedidos, sem qualquer custo, por quem manifeste interesse em beneficiar da sua utilização na valorização de solos agrícolas e/ou florestais, interesse este que deve ser comunicado à ARH do Alentejo (arhalt.geral@apambiente.pt) ou à Associação de Beneficiários do Vale do Sado (abvsas@sapo.pt).


Pego do Altar

Centro de Arqueologia Náutica do Alentejo Litoral instala-se em Alcácer do Sal

07 february 2018


O projeto de investigação científica e académica que irá proceder à exploração do património cultural subaquático do rio Sado deu hoje (7 de fevereiro) um importante passo, com a assinatura do contrato de comodato entre o Município de Alcácer do Sal e a Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa, que estabelece na Ameira a sede do CANAL - Centro de Arqueologia Náutica  do Alentejo Litoral.

Na cerimónia, que teve lugar nas instalações do CANAL, marcaram presença, entre outros, a secretária de Estado da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, o presidente da Câmara Municipal de Alcácer do Sal, a presidente da Assembleia Municipal de Alcácer, o Comandante do Porto de Setúbal e a Diretora Regional de Cultura do Alentejo.

“É uma honra imensa assinar este contrato junto a este nosso rio de culturas”, referiu o presidente da Câmara Municipal de Alcácer do Sal, Vítor Proença, no início da sua intervenção, na qual salientou o interesse do município na preservação da sua história. “É a memória que nos projeta para o futuro, por isso a assinatura deste contrato tem uma carga simbólica muito grande”, acrescentou, dizendo ainda, relativamente às instalações onde irá funcionar o Centro, que tinha “a expetativa de ali poder albergar um projeto como este, extraordinariamente interessante”, que abrirá “portas imensas com o trabalho que já está a ser desenvolvido”.

Alexandre Monteiro, responsável pelo projeto, manifestou a sua satisfação ao ver esta obra crescer, frisando que o rio tem “um manancial imenso, com um potencial enorme histórico-arqueológico”. “Temos os parceiros indicados para este projeto. Conseguiremos fazer o rio falar e contar a sua história”, disse.

Também o diretor da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa, Francisco Caramelo, enalteceu a ligação da faculdade “a este ilustre e esclarecido município, que reconhece a importância do seu património” e sublinhou a vontade da Universidade Nova em “estreitar relações e fazer do património algo com valor”.

Maria Fernanda Rollo, secretária de Estado da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, interveio também neste ato solene, tendo frisado no seu discurso “a responsabilidade de todos de olhar pelo património, biodiversidade e riqueza do imenso conhecimento transmitido pelos nossos antepassados”. Para a secretária de Estado, o projeto do CANAL pode mesmo ajudar no combate ao insucesso escolar, num mundo em que muitas das profissões atuais vão desaparecer e é um risco não prosseguir os estudos até ao ensino superior. “Imaginei esta coisa fantástica, neste cenário mágico de Alcácer, e acompanhei a visão do Dr. Alexandre. É preciso coragem e acreditar e temos aqui pessoas com vontade” de ajudar e inovar, concluiu.

Recorde-se que em setembro de 2015 Câmara Municipal, Instituto de Arqueologia e Paleociências e Instituto de História Contemporânea da FCSH/UNL firmaram um protocolo de cooperação para investigar o património subaquático, entre a cidade e a feitoria fenícia de Abul, nascendo assim o projeto do Centro de Arqueologia Náutica do Alentejo Litoral. O CANAL propõe-se a: localizar, identificar e caracterizar naufrágios ou outras estruturas submersas na zona; determinar a natureza histórico-arqueológica da paisagem cultural marítimo-fluvial da região; desenvolver o potencial turístico-arqueológico do território; formar os participantes em arqueologia fluvial e subaquática, através da implementação de projetos internacionais de arqueologia náutica; sensibilizar a população para a importância da memória ligada ao Sado e a necessária preservação do seu património flúvio-marítimo; realização de “escolas de verão” para estudantes de arqueologia, mergulhadores e pescadores.


» Veja aqui as fotos da assinatura do contrato de comodato.

Alcácer vista do rio

Câmara Municipal apoia deslocações ao Banco Alimentar

06 february 2018


A Câmara Municipal de Alcácer do Sal, ciente da importância de apoiar os mais necessitados no concelho, disponibiliza mensalmente uma carrinha, que se desloca às instalações do Banco Alimentar em Vila Nova de Santo André para recolher bens alimentares a serem entregues a três instituições do concelho.

Embora esta prática esteja em vigor há algum tempo, aumentou-se agora a periodicidade com que se concretiza, passando a ter lugar à segunda quarta-feira de cada mês. AURPICAS – Associação Unitária de Reformados, Pensionistas e Idosos do Concelho de Alcácer do Sal, Centro Social de Santa Susana e Centro Cultural dos Bairros de S. João e Olival Queimado são as entidades a quem os bens alimentares se destinam.

Recorde-se que o Banco Alimentar Contra a Fome assenta no aproveitamento dos excedentes agroalimentares, desperdícios não comercializáveis mas consumíveis, excedentes de refeitórios, cadeias de restauração e alimentos não confecionados, e também dádivas do público, através de coletas. Estando ao serviço de outras associações que lutam contra a fome, o Banco Alimentar não distribui diretamente alimentos às pessoas, fazendo-o através de outras associações, grupos e comunidades com as quais estabelece um acordo de abastecimento gratuito. As associações distribuem depois os alimentos, também a título gratuito, em refeições via "Cantinas Sociais", cabazes de produtos alimentares entregues às famílias ou através do próprio serviço de alimentação.

Câmara Municipal.JPG

CÂMARA MUNICIPAL DELEGA COMPETÊNCIAS NAS JUNTAS DE FREGUESIA DO CONCELHO

06 february 2018


O salão nobre dos Paços do Concelho acolheu esta terça-feira (6 de fevereiro) a assinatura dos Acordos de Execução e dos Contratos Interadministrativos entre a câmara municipal de Alcácer do Sal as juntas de freguesia da Comporta, Torrão, São Martinho e União das Freguesias de Alcácer do Sal (Santa Maria do Castelo e Santiago) e Santa Susana.

Tendo contado com a presença de todos os presidentes das juntas do concelho e executivo municipal permanente, o ato formaliza a delegação de competências da autarquia nestes órgãos, o que representa uma transferência de cerca de 300 mil euros da câmara para os mesmos.

“Estes instrumentos de gestão autárquica, consagrados por lei, são bastante importantes, pois vieram agilizar processos que poderiam demorar um pouco mais a ser resolvidos”, referiu o presidente da câmara municipal de Alcácer do Sal, Vítor Proença. “As juntas de freguesia”, prosseguiu, “têm uma grande relação de proximidade com os munícipes e um conhecimento profundo da sua área de intervenção, pelo que faz todo o sentido delegar-lhes certas competências, para uma resposta mais célere e eficaz”.

Recorde-se que, no âmbito dos Acordos de Execução, dentro das respetivas áreas de circunscrição territorial, as juntas de freguesia ficam responsáveis pelas reparações nos estabelecimentos de educação pré-escolar e do 1.º ciclo do ensino básico e respetiva manutenção do espaço envolvente, gerir e assegurar a manutenção de espaços verdes, assegurar a limpeza das vias e espaços públicos, sarjetas e sumidouros, e gerir a ocupação de espaço público.

Nos Contratos Interadministrativos, são delegadas nas juntas as competências de licenciamento de vedações fora do perímetro urbano e apoio à educação pré-escolar e 1.º ciclo do ensino básico. A junta de freguesia do Torrão fica responsável pela limpeza de fontanários na sua área de intervenção.

Câmara Municipal

Presidente da Câmara procura soluções para viabilizar a produção de arroz em 2018

01 february 2018


Empenhado em lutar pelos orizicultores e pela produção de arroz no concelho, severamente ameaçada pela seca que se vive no país, o presidente da Câmara Municipal de Alcácer do Sal, Vítor Proença reuniu no passado dia 31 de janeiro com o ministro da Agricultura, Capoulas Santos. A acompanhar o presidente estiveram a Associação de Regantes, Associação de Agricultores de Alcácer, Aparroz e Soprasado.

Na sessão expôs-se a situação de seca e os riscos bem presentes de não se conseguir produzir arroz em 2018, sendo que o concelho de Alcácer representa 30 por cento da produção nacional. Recorde-se que os canteiros começam a encher no final de abril/ início de maio e a barragem de Vale do Gaio só dispõe de 12 por cento de água e a do Pego do Altar de 9 por cento. Na impossibilidade de produzir arroz, os solos da região, demasiado salinizados, inviabilizam a opção por culturas alternativas com mínimos aceitáveis ou qualquer rendimento. A não produção de arroz causaria ainda um prejuízo de 12 mil milhões de euros ao país (que teria de proceder à importação do mesmo), que se faria sentir particularmente na região, nomeadamente na manutenção dos postos de trabalho destas associações.

Uma das soluções a curto-prazo solicitada pela comitiva foi a redução do custo da importação da água de Alqueva, ao que o ministro da Agricultura, Capoulas Santos, respondeu que não consegue, nem tem capacidade para o diminuir. O custo da água tem um peso de 15 por cento nos fatores de produção de arroz; trazer a mesma de Alqueva aumenta esta percentagem para 65, o que é incomportável. Face a isto, propôs-se que a água de Alqueva seja conduzida às barragens de Vale do Gaio e Pego do Altar, o que é tecnicamente possível. Abordou-se também a possibilidade de criação de mais duas barragens, que chegaram a estar projetadas e que permitiriam aproveitar água que não está a ser devidamente usufruída. Também a água do Sado se poderia aproveitar, convertendo-se em água doce, avançou a comitiva, salientando que teria de construir-se diques onde se separaria a água do seu sal.

No sentido mais imediato, o ministro comprometeu-se a explorar todos os mecanismos que o Estado prevê e permite em situações de seca severa e que não passam por decisões da União Europeia, ao que os agricultores pediram, para os apoiar nos prejuízos incalculáveis que vão ter, que sejam acionadas linhas de crédito bonificadas, que não estão a ser disponibilizadas aos produtores do vale do Sado.

O presidente da Câmara Municipal de Alcácer do Sal, Vítor Proença, muito preocupado com a situação, informou que vai solicitar uma reunião ao ministro do Ambiente e que vai continuar a dedicar-se a tentar encontrar soluções a médio-prazo e também medidas que minimizem os prejuízos para estes produtores.

Arroz

Câmara Municipal de Alcácer resolve situações de vínculos precários

31 january 2018


São 24 os trabalhadores em exercício de funções que satisfazem necessidades permanentes e sem vínculo jurídico adequado que a Câmara Municipal de Alcácer do Sal pretende integrar nos quadros de pessoal do município, ao abrigo da Lei n.º112/2017, de 29 de dezembro, aprovada pela Assembleia da República e que veio estabelecer o programa de regularização extraordinária dos vínculos precários.

A lista destas situações, que contempla 12 técnicos superiores, 11 assistentes operacionais e um assistente técnico, foi aprovada por maioria na reunião de Câmara do passado dia 25 de janeiro, com quatro votos a favor da CDU e três abstenções do PS. A mesma votação recebeu a proposta da 1ª alteração ao Mapa de Pessoal 2018, que visa a criação de lugares para acomodar estes trabalhadores.

Contabilidade, engenharia civil, audiovisuais, comunicação social, área jurídica, carpintaria, higiene e limpeza, geografia, ação social, cultura, desporto, ciências documentais e arqueologia são as áreas visadas.

“Trata-se de reconhecer o mérito e a qualidade dos préstimos destas pessoas, mas, acima de tudo, de lhes proporcionar uma maior estabilidade nas suas vidas”, frisou o presidente da Câmara Municipal, Vítor Proença, a propósito destas duas propostas que vão ainda ser submetidas a Assembleia Municipal, no final de fevereiro.


Alcácer vista da margem sul

Presidente da CMAS integra Conselho Consultivo da Comarca de Setúbal

30 january 2018

“É uma honra para o Município de Alcácer do Sal estar presente num órgão de importância tão significativa”. Foi com estas palavras que Vítor Proença descreveu a sua integração no Conselho Consultivo da Comarca de Setúbal, na qualidade de presidente da Câmara Municipal de Alcácer do Sal.

Na última reunião ordinária de Câmara (25 de janeiro) o autarca deu a conhecer ao executivo municipal o facto de ter sido convidado por Manuel Sequeira, juiz presidente da Comarca de Setúbal, para fazer parte deste Conselho, convite este que aceitou.

O presidente da Câmara salientou que o Município vai continuar a lutar pela valorização do tribunal de Alcácer do Sal, para que recupere os magistrados perdidos e volte a julgar casos com penas inferiores ou até cinco anos de prisão.

Recorde-se que, desde 2014, o Tribunal de Alcácer do Sal opera como secção de proximidade (atualmente designada como Juízo Local de Proximidade), onde se realizam serviços judiciais, tais como a entrega de requerimentos e a consulta do estado de processos, ou atos judiciais como inquirição de testemunhas por videoconferência. No passado mês de dezembro, o presidente da Câmara Municipal de Alcácer do Sal foi recebido pela Ministra da Justiça, Francisca Van Dunen, tendo Vítor Proença pedido que o Tribunal de Alcácer passe a dispor de um magistrado do Ministério Público de forma permanente, de modo a aproximar a justiça dos cidadãos. A Ministra não assumiu qualquer compromisso.


Presidente

VEREADOR MANUEL VÍTOR DE JESUS REALIZA ATENDIMENTO AO PÚBLICO NO TORRÃO

29 january 2018


O vereador da Câmara Municipal de Alcácer do Sal, Manuel Vítor de Jesus, vai prestar atendimento ao público na Zona de Atividades Económicas do Torrão na última quarta-feira de cada mês, durante o período da manhã, a partir das 10h no âmbito dos pelouros que lhe estão atribuídos (educação, gestão urbanística e fiscalização, licenciamento, mobilidade, habitação e centros históricos, assuntos jurídicos, proteção civil, gabinete veterinário).

O primeiro atendimento realiza-se já no dia 31 de janeiro de 2018.

É necessária marcação prévia, que deve ser efetuada até à última sexta-feira antes dos atendimentos, presencialmente na Delegação Municipal no Torrão ou através do telefone 265 247 043. 

vila do Torrão

Alcácer do Sal recebe e mantém acesa a “Chama da Solidariedade”

24 january 2018


O presidente da Câmara Municipal de Alcácer do Sal, Vítor Proença, recebeu esta manhã (24 de janeiro 2018) a “Chama da Solidariedade” das mãos do presidente do Município de Grândola, António Figueira Mendes, e transmitiu-a à AURPICAS – Associação Unitária de Reformados, Pensionistas e Idosos do Concelho de Alcácer do Sal, entidade depositária e a primeira a acolher este instrumento simbólico, que vai permanecer em terras alcacerenses até 6 de fevereiro.

A cerimónia decorreu no Largo Luís de Camões com a presença do vereador Nuno Pestana, da presidente da Assembleia Municipal de Alcácer, Maria Antónia Mendes, presidentes e representantes das juntas de freguesia do concelho, presidente da Assembleia Municipal de Grândola, presidente da UDIPSS – Setúbal e representantes do movimento associativo e IPSS’s locais, entre outros.

“Alcácer do Sal tem uma intensa atividade no que respeita à solidariedade. Neste mundo de desigualdades, é necessário ter em conta a solidariedade e aquilo que as entidades e as autarquias locais, por todo o país, fazem. A todos, o nosso muito obrigado”, disse o presidente da Câmara Municipal de Alcácer, Vítor Proença, na sua intervenção, acrescentado ainda ter “a certeza que esta Chama vai brilhar dia e noite nos corações de toda a população”.

A animação não faltou nesta cerimónia, com as atuações das crianças da creche e jardim de infância de Grândola e dos alunos do Agrupamento de Escolas de Alcácer, tendo também brindado os presentes com a sua atuação o Grupo Coral Feminino Cantares do Xarrama (que interpretou, além do seu repertório, o hino da “Chama da Solidariedade”) e os utentes da AURPICAS.

Esta iniciativa, da responsabilidade da Confederação Nacional das Instituições de Solidariedade e da União Distrital das Instituições Particulares de Solidariedade Social de Setúbal, com o apoio dos municípios do distrito, pretende difundir os valores que unem as diferentes instituições de solidariedade e apelar ao espírito comunitário.

A percorrer o país desde 2006, a “Chama da Solidariedade” vai passar por todos os concelhos do distrito de Setúbal até junho, tendo começado pelo concelho do Seixal, em setembro de 2017, seguindo-se Almada, Palmela, Sines e Santiago do Cacém. Foi Grândola quem agora passou testemunho a Alcácer do Sal, seguindo-se depois Barreiro, Moita, Montijo, Alcochete, Sesimbra e Setúbal, onde terá lugar a Festa da Solidariedade, com a “Chama da Solidariedade” a ser entregue a outra zona do país.



» Veja aqui o álbum de fotos desta cerimónia.

» Consulte aqui o circuito que a "Chama da Solidariedade" percorrerá no concelho

Alcácer do Sal - vista cidade

Município de Alcácer do Sal apoiou 289 viagens em 2017

23 january 2018


O Município de Alcácer do Sal possibilitou a concretização de 289 viagens a cerca de 50 entidades e associações do concelho em 2017, através da cedência de transportes da Câmara Municipal.

Desde o autocarro de 55 lugares e miniautocarros de 28 e 19 lugares a carrinhas cedidos, foram percorridos 58.733 quilómetros em 2.527 horas no ano passado, o que representa um custo total de 72.648,45 euros para a autarquia: 45.062,49 euros em combustível e 27.585,96 euros em pagamento a condutores.

Agosto foi o mês em que mais viagens se realizaram (37), situando-se a média mensal, no geral, acima das 20 deslocações.

Este apoio, que representa um investimento avultado por parte do Município de Alcácer do Sal, possibilita às entidades educativas e sociais e às associações do concelho a prossecução das suas atividades, passando pelo cumprimento de calendários futebolísticos, participação em atividades culturais, concretização de iniciativas desportivas e visitas educativas e recreativas, entre outros.

Mini-autocarro

Turistas procuram cada vez mais a Cripta Arqueológica do Castelo de Alcácer do Sal

11 january 2018

A procura da Cripta Arqueológica do Castelo de Alcácer do Sal para visitas turísticas e pedagógicas aumentou em 2017, mantendo a tendência que se verifica desde 2012 e que afirma o espaço museológico como um dos marcos patrimoniais mais visitados do concelho, ponto de paragem imperdível.

Em 2017 estiveram na Cripta 7.846 turistas, mais 13,9 por cento do que em 2016, ano que registou 6.889 visitantes. São os turistas nacionais que mais têm passado por este espaço, verificando-se também aqui um aumento de 13 por cento na procura. Do total de 7.846 visitantes, 6.072 foram então portugueses e 1.774 estrangeiros, com destaque para os provenientes do Reino Unido (846), Espanha (480) e França (234).

O maior número de visitas ocorreu no terceiro trimestre de 2017, estando em destaque as de âmbito turístico, cujos valores cresceram 8,7 por cento. Na vertente pedagógica, realizaram-se mais 34 visitas do que em 2016.  

O turismo sénior é o que mais se evidencia: em 2017, as visitas da faixa etária com idade igual ou superior a 60 anos quase duplicaram, tendo crescido 49,4 por cento.

Inaugurada em 2008, a Cripta Arqueológica do Castelo de Alcácer do Sal proporciona uma leitura diferenciada de 27 séculos de história que se entrecruzam no mesmo espaço subterrâneo. O seu horário de funcionamento durante o inverno decorre de terça-feira a domingo, das 9h às 12h30 e das 14h às 17h30, com a última entrada meia hora antes do encerramento em cada período.

Entradas Cripta

PRESIDENTE DA CÂMARA MUNICIPAL REALIZA ATENDIMENTO AO PÚBLICO NO TORRÃO MENSALMENTE

10 january 2018


O presidente da Câmara Municipal de Alcácer do Sal, Vítor Proença, vai prestar atendimento ao público na Zona de Atividades Económicas do Torrão na primeira quarta-feira de cada mês, durante o período da manhã, a partir das 9h30. O primeiro atendimento realiza-se já no dia 7 de fevereiro.

O atendimento carece de marcação prévia, que deve ser efetuada até às 12h de segunda-feira, presencialmente na Delegação Municipal no Torrão ou por telefone, através do número 265 247 043. Com esta marcação pretende-se que o presidente possa preparar as questões a apresentar pelos munícipes e, assim, responder mais eficazmente aos assuntos colocados. Durante o atendimento, os munícipes podem apresentar diretamente ao edil os seus problemas específicos que dependam da autarquia para resolução, bem como colocar questões que considerem pertinentes.


Presidente_Vitor_Proenca.jpg

Município de Alcácer do Sal atinge as mil camas turísticas

Segundo dados do Anuário Estatístico da Região Alentejo

29 december 2017


O Turismo tornou a aumentar em Alcácer do Sal em 2016, firmando a tendência crescente da procura do concelho como destino para férias, visitas ou “escapadinhas” nas épocas festivas e fins de semana prolongados.

Segundo dados do Anuário Estatístico da Região Alentejo, recentemente publicado, em 2016 registaram-se 49.741 dormidas nos estabelecimentos hoteleiros do concelho, o que representa um crescimento de oito por cento em comparação com período homólogo de 2015, traduzido em mais 3.763 turistas a pernoitarem aqui.

A própria hotelaria registou um incremento no número de camas, tendo ganho mais de cem com a abertura de mais um alojamento local. Os estabelecimentos hoteleiros no concelho, que passaram assim a 11, aumentaram desta forma a sua capacidade de alojamento de 897 para 1.000 camas.

O número de hóspedes aumentou 15,7 por cento, tendo passado de 19.376 em 2015 para 22.421 em 2016. Os turistas que procuraram Alcácer do Sal eram maioritariamente nacionais, seguindo-se os oriundos de Espanha e, logo depois, os do Reino Unido. A registar ainda a procura por parte de turistas de nacionalidade francesa, americana e asiática.

Ainda de acordo com o Anuário Estatístico da Região Alentejo, Alcácer foi um dos 40 municípios que registaram valores acima de 60 por cento em termos de sazonalidade, ou seja, 62,5 por cento das dormidas registaram-se entre os meses de julho a setembro.


Passeio de Barco no Sado

BENEFÍCIOS FISCAIS INCENTIVAM REABILITAÇÃO URBANA DO TORRÃO

22 december 2017


A delimitação da ARU - Área de Reabilitação Urbana do Torrão, que abrange a totalidade dos 39,49 hectares da vila desde o seu núcleo mais antigo às áreas envolventes de génese mais recente, recebeu aprovação na sessão ordinária de Assembleia Municipal de 21 de dezembro, sob proposta da Câmara Municipal.

Segundo Vítor Proença, presidente da Câmara Municipal de Alcácer do Sal, “esta ação visa estimular a reabilitação urbana do Torrão, incentivando o processo por parte dos proprietários através de uma série de benefícios fiscais aplicáveis, entre as quais a isenção de taxas municipais referentes ao licenciamento, comunicação prévia e autorização das operações urbanísticas, taxas de emissão de alvarás, de ocupação de domínio público e de realização de vistorias”. A estas acrescem a redução da taxa pela realização de infraestruturas urbanísticas em 50 por cento nas situações em que haja lugar à sua tributação, isenção de IMI durante cinco anos para prédios urbanos dentro dos respetivos artigos da Lei das Finanças Locais, isenção de IMT nas aquisições de prédios urbanos destinados a reabilitação urbanística (desde que o adquirente inicie as obras no prazo de três anos a contar da data de aquisição) e ainda benefícios a nível de IVA e IRC, contemplados no Estatuto dos Benefícios Fiscais.

A ARU do Torrão pretende reverter a degradação do edificado da vila e promover a sua revitalização económica e social, opções estratégicas que passam, num plano mais concreto, por reabilitar os edifícios da vila, (re)povoar/ (re)urbanizar as zonas mais antigas, garantir a qualidade urbana do centro histórico mantendo a sua expressão construtiva, materiais, paleta de cores, desenho, composição característica de elementos dos edifícios e reverter situações indesejáveis, e potenciar novos investimentos, com vista à dinamização de atividades económicas.


vila do Torrão

ORÇAMENTO PARA 2018 APOSTA NA PROMOÇÃO ECONÓMICA E TURÍSTICA

22 december 2017


Promoção económica e do turismo, ambiente, modernização municipal, educação, saúde e áreas sociais são os eixos prioritários das Grandes Opções do Plano e Orçamento Municipal para 2018, que foi ontem (21 de dezembro) aprovado por maioria em reunião ordinária da Assembleia Municipal de Alcácer do Sal, que teve lugar no salão nobre dos Paços do Concelho.

Com um valor de 25,6 milhões de euros, o Orçamento para 2018 aposta fortemente no tecido económico, dedicando-lhe 31% do seu total, com vista à concretização de empreitadas de grande envergadura, como o interface de transportes e o parque ribeirinho nascente, e a finalização da obra do Museu Municipal Pedro Nunes.

A taxa de IMI vai manter-se no valor mínimo de 0,3%, sendo Alcácer do Sal o único município no distrito de Setúbal a aplicá-lo, num claro apoio aos mais desfavorecidos, que beneficiarão ainda de auxílios de âmbito social e na área da educação, desde os transportes à alimentação e material escolar. Também as IPSS’s, movimento associativo, bombeiros, sociedades filarmónicas, associações culturais e desportivas continuarão a receber um apoio sólido e substancial para a prossecução das suas atividades enquanto forças vivas do concelho.

Destaque ainda para o investimento do município nas plataformas das redes de dados e nas áreas operativas e, acima de tudo, no seu bem mais valioso - o fator humano -, traduzido no reposicionamento das condições remuneratórias dos trabalhadores.

Recorde-se que as Grandes Opções do Plano e Orçamento Municipal para 2018 haviam já sido aprovadas em reunião de Câmara, ocorrida no passado dia 14 de dezembro. 


salão nobre CMAS.jpg

Secretário de Estado do Ambiente assumiu não ter respostas imediatas para a seca severa

Comissão de Ambiente e Ordenamento do Território realiza visita de trabalho a Alcácer

19 december 2017


O secretário de Estado do Ambiente, Carlos Martins assumiu não ter respostas imediatas para fazer face às preocupações sobre a situação de seca severa na Bacia Hidrográfica do Sado apresentadas pelo presidente da Câmara Municipal de Alcácer do Sal e pelos produtores de arroz de Alcácer do Sal, assim como da Associação de Regantes e Beneficiários do Vale do Sado e Associação dos Agricultores de Alcácer do Sal. Ontem, dia 18 de dezembro, Carlos Martins esteve nas Barragens de Pego do Altar e de Vale do Gaio no âmbito da visita de trabalho a Alcácer da Comissão de Ambiente e Ordenamento do Território. Os 11 deputados da Assembleia da República que integram a Comissão constataram a situação de seca severa nas barragens e ouviram as preocupações do autarca, agricultores e produtores de arroz.

Questionado sobre uma solução imediata para responder às preocupações dos produtores de arroz, que temem não poder semear em 2018, o secretário de Estado admitiu não ter “nenhuma solução milagrosa repentina”, anunciando o que de imediato está a ser feito: “Vamos avançar com a retirada de sedimentos das barragens que ocupam quase 15 a 20 por cento da sua capacidade natural no início do próximo ano”. O secretário de Estado disse ainda que, em 2018, o Governo vai estar em “estreita ligação com os utilizadores e com estudos técnico-científicos que justifiquem, do ponto de vista económico, a construção de novas barragens”. O alargamento do perímetro do Alqueva também está a ser estudado pela Águas de Portugal e pela Edia, o que visa a compatibilidade agrícola com o abastecimento de água, mas soluções para os agricultores e produtores de arroz para o próximo ano agrícola, nada adiantou, explicando que “a albufeira de Pego do Altar não pode receber água a partir de outra origem e, por isso, só a natureza pode trazer uma solução”. O secretário de Estado do Ambiente afirmou ainda que o Governo está a tentar encontrar uma solução para antecipar situações críticas para minorar preocupações dos agricultores.

João Reis Mendes, presidente da APARROZ, lançou a questão de se equacionar uma compensação para os agricultores de produção-integrada agroambiental. Recorde-se que a Câmara Municipal, em conjunto com as associações de Alcácer do Sal, solicitou uma reunião ao ministro da Agricultura para encontrar uma solução para 2018, mas, até à data, o Ministério não respondeu.

A deslocação da Comissão de Ambiente e o do secretário de Estado a Alcácer prolongou-se durante a tarde, com uma reunião com várias entidades e representantes das organizações locais ligadas à produção de arroz e à agricultura. Na reunião, que decorreu no Salão Nobre dos Paços do Concelho, estiveram ainda autarcas, tais como o presidente da Câmara Municipal de Grândola e vereadores das Câmaras de Sines e Santiago do Cacém. Os representantes das associações deram conta aos deputados e ao secretário de Estado do impacto que sentem devido à seca e temem que, se nada for feito e se as medidas não forem concretizadas e calendarizadas, a região possa ser fortemente penalizada em termos económicos.

Pego do Altar

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DO TORRÃO ADERE AO PROJETO “HERÓIS DA FRUTA 17/18

29 november 2017


No ano letivo de 2017/2018, 41 alunos do 1.º ciclo do Ensino Básico do Agrupamento de Escolas do Torrão participam no projeto “Heróis da Fruta – Lanche Escolar Saudável”, uma iniciativa de intervenção educativa de âmbito nacional promovida pela APCOI – Associação Portuguesa Contra a Obesidade Infantil, que visa motivar as crianças portuguesas até aos 10 anos a ingerirem mais fruta diariamente, uma vez que este consumo se encontra abaixo do desejável.

“Heróis da Fruta - Lanche Escolar Saudável” constitui, assim, um programa motivacional que tem como objetivos pedagógicos: incentivar as crianças a ingerirem fruta todos os dias, na escola e em casa; dar a conhecer a importância da fruta na alimentação e na manutenção da saúde; encorajar as crianças a orgulharem-se de praticar uma alimentação saudável e variada; despertar a comunidade em geral para os benefícios da adoção de pequenas mudanças saudáveis nos hábitos diários.

A Câmara Municipal de Alcácer do Sal será, novamente, autarquia parceira deste projeto que vai já na sua 7ª edição.

Heróis da fruta

Câmara pretende declaração de calamidade para que nova cultura não seja inviabilizada

Autarca reuniu com produtores de arroz e agricultores de Alcácer

22 november 2017

O presidente da Câmara Municipal de Alcácer do Sal, preocupado com a situação de seca que a região do Vale do Sado atravessa, reuniu na semana passada com as associações de produtores de arroz e de regantes para se inteirar da situação e tomar medidas. 

Os produtores dizem que a região vive uma situação de calamidade e que em 2018 a cultura de arroz está comprometida. 

No encontro, que contou com a presença do presidente da União das Freguesias de Alcácer do Sal e de representantes da Associação de Regantes do Vale do Sado, Associação de Agricultores de Alcácer do Sal, Agrupamento de Produtores de Arroz  e da Soprasado foi aprovado um pedido de audiência urgente com o Ministro da Agricultura para a apresentação de medidas de curto-prazo.

Os orizicultores pedem a adoção de medidas urgentes por parte do Governo para que possam iniciar uma nova cultura, porque, se isso não acontecer a produção será inviabilizada. Os produtores exigem ainda uma redução do preço da água do Alqueva cobrado pela Edia e pedem a criação de linhas de crédito que permitam aos produtores suportar o aumento de custos e perda de rendimentos provocados pela seca.

Arroz

MUNICÍPIO REDUZ CONSUMO DE ÁGUA PARA FAZER FRENTE À SECA

21 november 2017


Num período em que grande parte do território nacional está em seca extrema ou severa, para fazer frente à diminuição de água no concelho, o Município de Alcácer do Sal decidiu adotar algumas medidas a curto-prazo. Entre estas, contam-se: a redução na lavagem de ruas; a redução de consumo dos sistemas de rega; redução das lavagens das viaturas municipais.

A nível individual, o Município recomenda a consulta do site www.fecheatorneira.pt, do qual constam informações sobre o uso eficiente da água, curiosidades sobre gestos do dia a dia em que nunca antes reparou e dados sobre o impacto da falta de água na agricultura. Encontrará também informações úteis direcionadas para famílias e crianças sobre como poupar água, um património comum que não é inesgotável. 

Vale do Gaio

ALCÁCER ADERE À CAMPANHA “É TEMPO DE AJUDAR”

16 november 2017


Pelo segundo ano consecutivo, Alcácer do Sal adere à campanha solidária “É TEMPO DE AJUDAR”, uma iniciativa que resulta de uma parceria entre o Município, a Associação de Solidariedade Social do Grupo Nabeiro - Coração Delta e o Intermarché Super de Alcácer do Sal, com o apoio da Fidelidade Seguros.

A decorrer entre 24 e 26 de novembro de 2017 no Intermarché de Alcácer, com a participação de voluntários, a campanha visa recolher produtos de higiene indispensáveis, que serão entregues a idosos em situação de vulnerabilidade económica e/ ou social, sinalizados pelos parceiros sociais do concelho. Devido aos seus fracos recursos económicos, que a população idosa destina a produtos de primeira necessidade, como bens alimentares e medicação, é muitas vezes negligenciada a compra de outros bens essenciais. No sentido de colmatar algumas dificuldades, promover o bem-estar dos idosos do concelho e no seguimento do trabalho de intervenção social que a Câmara Municipal tem vindo a implementar nos últimos anos, Alcácer do Sal junta-se, mais uma vez, a esta campanha solidária.


Campanha é tempo de ajudar

ALCÁCER DO SAL CONQUISTA A POLÓNIA

10 november 2017


Depois de França, o filme promocional do Município de Alcácer do Sal conquistou a Polónia e arrecadou a estatueta vencedora na categoria “Best Script”, no 12th FilmAT Film, Art & Tourism Festival, da Varsóvia.

Este é o sétimo galardão internacional que “Live a Day in Alcácer” conquista. A este, somam-se: 2º Prémio "City Tourism Film", no festival The Golden City Gate 2016 (Berlim); 1º Prémio "Corporate Tourism Film" - On the East Coast of Europe 2016 (Bulgária); 1º Prémio "Cultural Landscapes" e "Nature Tourism", festival Terres de Catalunya 2017 (Espanha); 3º prémio na categoria "Corporate: Tourism Films", no “US International Film & Video Festival” (EUA); "Silver Dolphin" na categoria "Tourism Films", no “Cannes Corporate Media & TV Awards” (França). Em agosto, o vídeo foi também selecionado como o melhor web film no site internacional "Best Ads on TV".

“Live a Day in Alcácer” é uma produção audiovisual da Ideias com Pernas, realizada por David Mendes, numa produção executiva da InfoPortugal.


Live a day in Alcácer

Crianças de Alcácer do Sal refletem se o Lobo Mau merece presente de natal

12ª Oficina dos Sonhos

08 november 2017


Será que o lobo mau merece um presente de natal? Esta é a pergunta à qual 645 crianças do concelho de Alcácer do Sal vão responder no âmbito da Oficina dos Sonhos, que se realiza de 13 de novembro a 7 de dezembro, no Santuário do Senhor dos Mártires, na cidade.

Baseada no conto “Feliz Natal Lobo Mau”, de Clara Cunha, a animação de natal é promovida pela Câmara Municipal de Alcácer do Sal, através da Oficina da Criança e da Biblioteca Municipal, e cofinanciada pelo programa Alentejo2020. A iniciativa vai realizar-se de segunda a sexta-feira, entre as 9h30 e as 12h30 (mediante marcação prévia) e tem como público-alvo as crianças do pré-escolar e 1º ciclo do ensino básico do concelho, dos estabelecimentos públicos e privados.

Na dramatização desta história, repleta de personagens conhecidas da pequenada (desde os Três Porquinhos à Velha da Cabaça, com as suas personalidades muito características), o Lobo Mau procura o Capuchinho Vermelho na noite de natal, mas, ao invés dela, depara-se com o Pai Natal. As crianças tomam então parte ativa na narrativa e são convidadas a participar na mesma e a decidir se o Lobo Mau merece um presente de natal. Reflete-se sobre o comportamento deste, o que fez de errado no conto do Capuchinho Vermelho e o que poderia mudar para agir de forma correta. Inerente está também uma introspeção, com o comportamento do Lobo a refletir algumas das atitudes do dia a dia, num convite aberto à aprendizagem sobre como ser uma pessoa melhor e viver positivamente em sociedade.

À semelhança das edições anteriores, realiza-se depois um ateliê, que este ano passa pela reciclagem de CD’s antigos, que vão ser transformados em bolas para árvores de natal, adornadas com tecidos e botões, que as crianças podem levar para casa.

Com doze edições consecutivas, a Oficina dos Sonhos apela à magia do natal como forma de transmissão de valores aos mais novos, uma via pedagógica divertida e enquadrada com a época festiva.

foto por definição

Distribuição de Pelouros na Câmara Municipal de Alcácer do Sal

31 october 2017


A primeira Reunião Ordinária da Câmara Municipal de Alcácer do Sal, realizada no dia 26 de outubro, deu conhecimento de várias decisões do novo Presidente da Câmara. Decorrente dos resultados das últimas autárquicas, a distribuição de pelouros ficou assim estabelecida:

 

Presidente da Câmara Municipal, Vítor Proença: Coordenação Geral; Planeamento Estratégico e Urbanístico; Desenvolvimento Económico e Turismo; Cultura; Administração e Finanças; Projetos Municipais e Comunicação e Rede de Dados e Comunicações.

 

Vereadora Ana Luísa Soares: Obras Municipais e Administração Direta; Serviços Gerais e Urbanos; Espaços Verdes; Espaços Públicos; Higiene e Limpeza; Eletrificação, Iluminação Pública e Telecomunicações, Rede Viária e Ambiente (Águas e Saneamento).

 

Vereador Manuel Vítor de Jesus: Educação; Gestão Urbanística e Fiscalização; Licenciamentos, Mobilidade, Habitação e Centros Históricos, Assuntos Jurídicos, Proteção Civil e Gabinete Veterinário.

 

Vereador Nuno Pestana: Recursos Humanos; Saúde, Ação Social, Desporto e Movimento Associativo, Juventude, Cedência de viaturas a entidades e Feiras e Certames.

 

É também já conhecida a composição do Gabinete de Apoio à Presidência, constituída pela Chefe de Gabinete, Ana Isabel Martins Mendes (licenciada em Comunicação) e Adjunta, Ana Filipa Ribeiro Gonçalves. O Gabinete de Apoio aos Vereadores em Regime de Tempo Inteiro é constituído por José Manuel dos Mártires Balona e Susana Maria Quintas Semião.

 

A periodicidade das Reuniões de Câmara ficou também definida, sendo que estas se realizam às 2ªs e 4ªs quintas-feiras do mês.


Executivo Municipal 2017-2021 _ 400px.JPG

Presidente reeleito apresenta conjunto de compromissos para os primeiros 100 dias do mandato

Tomada de posse dos órgãos do Município de Alcácer realizou-se a 20 de outubro

24 october 2017


O reeleito presidente da Câmara Municipal de Alcácer do sal, Vítor Proença, apresentou um conjunto de compromissos para os primeiros 100 dias do mandato.

Durante o discurso de tomada de posse, que se realizou na sexta-feira (20 de outubro), no Auditório Municipal de Alcácer do Sal, Vítor Proença anunciou um conjunto de nove propostas que o executivo pretende concretizar e que passam; pela instalação de uma rede wifi em vários pontos de Alcácer e Torrão, Praça Pedro Nunes, Pavilhão gimnodesportivo, Largo Luís de Camões, Largo dos Açougues, Praça Bernardim Ribeiro e Pavilhão Gracieta Baião, com o objetivo de proporcionar aos residentes e turistas maior amplitude no acesso à informação turística da região; iniciar a elaboração do projeto “Valorização dos Espaços na zona envolvente ao Castelo”, definindo propostas que tenham em conta o Centro Histórico, os seus acessos, os estudos de tráfego e circulação, as áreas e percursos de grande interesse cultural e turístico, assim como os condicionamentos que existem; abrir um concurso público para o interface de transportes, no valor de cerca de 1 milhão de euros, proporcionando novas infraestruturas, pavimentação e estacionamentos, numa vasta área que circunda a Praça de Touros e que vai da Associação de Regantes à avenida dos Aviadores.

Abrir um concurso público para o Parque de Feiras, no valor de 2 milhões de euros, transformando-o num Parque Urbano acolhedor de visitantes com valências novas com infraestruturas; reparar cinco habitações sociais do município no Bairro de S. João e abrir um concurso para atribuição das mesmas foram outras propostas anunciadas pelo presidente da Câmara Municipal de Alcácer do Sal para os primeiros 100 dias do mandato, assim como a construção um novo talude na Rua João Bico, junto às escadinhas do lagar como mais um passo para embelezar a cidade; repor em navegação o galeão “Pinto Luísa” após profundíssima reparação, que vai custar mais de 100 mil euros dado o péssimo estado a que chegou e iniciar a reestruturação orgânica da Câmara Municipal, adequada às exigências do novo tempo e com maior exigência para todos, para um melhor serviço.

O autarca referiu ainda que vai solicitar um conjunto de encontros e reuniões prioritárias com a Secretaria de Estado da Administração Interna e com: os Comandos da GNR para solicitar reforço de efetivos, de modo a garantir mais segurança; com o Ministério da Educação, para insistir na necessidade de reforço de auxiliares nas escolas, na cedência do Lar de Estudantes e em obras na EB Bernardim Ribeiro; com o Ministério da Saúde, para reclamar o recrutamento urgente de mais 22 enfermeiros e um muito melhor funcionamento do HLA, a par da necessidade de mais médicos, enfermeiros e auxiliares de ação médica no Centro de Saúde e nas nossas extensões de saúde, que devem ter dignidade e melhores condições; com a Ministra da Justiça, para reclamar a devolução de competências para o Tribunal de Alcácer (que hoje pouco mais é do que nada); com a Infraestruturas de Portugal e com a Secretaria de Estado das Obras Públicas, para tratar da necessidade de novos investimentos rodoviários, particularmente o alargamento da EN253 (Alcácer/ Comporta), que deve ter bermas e no início das obras do IC1 que foram prometidas para março 2018; com vários investidores que apostam no concelho de Alcácer do Sal, assim como com várias associações e IPSS´s do município, algumas delas a necessitarem de apoio urgente da Segurança Social.


Presidente

Mérito Escolar reconhecido pelo Município de Alcácer do Sal

06 october 2017


Foi com orgulho que familiares, amigos, educadores e professores viram nesta noite de sexta-feira (6 de outubro) ser reconhecido o empenho e conquistas de dez alunos do concelho de Alcácer do Sal no 2º e 3º ciclos do Ensino Básico, Ensino Secundário e Ensino Profissional.

A cerimónia dos Prémios de Mérito Municipal Escolar, que encheu por completo o Salão Nobre dos Paços do Concelho, salientou e recompensou publicamente uma dezena de jovens que no ano letivo 2016/ 2017 tiveram uma excelente prestação escolar e que são, por isso, um exemplo para os seus colegas e uma fonte de inspiração. “Espero que continuem no caminho dos bons resultados, pois partilho da opinião de que a educação pode mudar o mundo”, referiu Vítor Proença, presidente da Câmara Municipal de Alcácer do Sal, que congratulou os alunos e lhes desejou muito sucesso.

Nesta noite foram entregues os Certificados de Mérito Municipal Escolar e correspondentes prémios a: Mariana dos Santos, Inês Monteiro e Inês Guerra (2º ciclo do ensino básico do Agrupamento de Escolas de Alcácer do Sal); Duarte Fava (2º ciclo do ensino básico do Agrupamento de Escolas do Torrão); Alice Correia e Rui Filipe (3º ciclo do ensino básico do Agrupamento de Escolas de Alcácer); Ana Carracha (3º ciclo do ensino básico do Agrupamento de Escolas do Torrão); Marcelo Arsénio (prémio de mérito cívico no 3º ciclo do ensino básico do Agrupamento de Escolas do Torrão, distinção recebida por Virgílio Silva, presidente da Junta de Freguesia do Torrão, dada a ausência de Marcelo por motivos de saúde); Ana Fortunato (ensino secundário, área das Artes Visuais); Maria Carolina da Silva (cursos profissionais).

O Município de Alcácer do Sal deseja a estes jovens muitos êxitos futuros e que consigam alcançar as metas a que se proponham.

 


» Veja as fotos deste evento aqui.

Salão Nobre

Câmara promoveu receção aos docentes e não-docentes do concelho

20 september 2017


A Câmara Municipal realizou na tarde de 20 de setembro, na Herdade da Barrosinha, a receção ao pessoal docente e não-docente do concelho de Alcácer do Sal, uma iniciativa que se repete e que pretende dar as boas-vindas aos professores das escolas, Universidades Seniores de Alcácer do Sal e do Torrão e auxiliares de educação.

No arranque de mais um ano letivo, 150 docentes e não-docentes marcaram presença no encontro. O Presidente da Câmara Municipal, Vítor Proença deu-lhes as boas-vindas e lembrou o seu papel no desenvolvimento educativo das crianças, jovens e atividades promovidas pelas Universidades Seniores.

Vítor Proença deu ainda a conhecer a recente candidatura da Câmara Municipal (já aprovada) para promover a igualdade no acesso ao ensino, melhorar o sucesso dos alunos e a qualidade e eficiência do sistema de educação. O Plano Municipal de Combate ao Insucesso Escolar no Concelho de Alcácer do Sal, cuja candidatura apresentada pela autarquia ao programa ALENTEJO’2020, foi agora aprovada.

Teresa Castro, presidente do Agrupamento de Escolas de Alcácer do Sal sublinhou a importância da receção para o acolhimento dos docentes e não-docentes, alguns colocados pela primeira vez em Alcácer. A mesma opinião tem Célia Sabino, subdiretora do Agrupamento de Escolas do Torrão, que realçou o evento como uma oportunidade para se conhecerem e trocarem ideias.

No final foram entregues as agendas aos docentes, uma oferta do Município.

Criança a pintar

Trabalhadores do município passam a ter mais três dias de férias

19 september 2017


O Presidente da Câmara Municipal de Alcácer do Sal e representantes do Sindicato Nacional dos Trabalhadores da Administração Local - STAL, assinaram na segunda-feira (18 de setembro), no Auditório Municipal a alteração ao Acordo Coletivo de Entidade Empregadora Pública.

Esta alteração traduz-se no aumento para três dias úteis do período de férias do trabalhador por obtenção de menção positiva na avaliação do desempenho, ou sistema equiparado, referente ao ano anterior. O trabalhador tem direito a um período mínimo de férias de 22 dias úteis remunerados em cada ano civil. Com este acordo, os trabalhadores do Município passam a ter mais três dias úteis de férias. A outra cláusula a ser aditada ao Acordo Coletivo de Entidade Empregadora Pública (ACEEP) refere-se às dispensas, faltas justificadas e tolerâncias de ponto. “O trabalhador tem direito a dispensa do serviço no seu dia de aniversário, sem perda de remuneração. Os trabalhadores em regime de horário por turnos poderão optar pelo gozo do dia de aniversário no dia seguinte”. Aos trabalhadores que nasceram a 29 de fevereiro, e em ano comum, deverá ser concedida dispensa ao serviço no dia 1 de março.

Para além dos feriados obrigatórios e municipal, os trabalhadores têm direito a gozar tolerância de ponto na terça-feira de Carnaval.

O Presidente da Câmara Municipal de Alcácer do Sal, Vítor Proença, considera de “extrema importância estas alterações, porque se tratam de mais um incentivo do Município aos valiosos trabalhadores”.

O acordo foi assinado após ter sido aprovado por unanimidade no órgão executivo municipal.

plenário de funcionários

FUNDADOR DA AMCOR DÁ NOME A RUA EM ALCÁCER DO SAL

13 september 2017


O empresário Hervé Joseph Matias, atual diretor da Amcor Flexibles Neocoel – Embalagens Unipessoal, Lda – AF Lisboa, vai dar o nome a uma rua na Zona Industrial Ligeira de Alcácer do Sal, onde se encontra localizada a empresa com 55 trabalhadores. A atribuição do topónimo foi proposto em colaboração com a União das Freguesias de Alcácer do Sal, tendo sido aprovado pelo executivo da Câmara Municipal de Alcácer durante a Reunião de Câmara no dia 3 de agosto.

Hervé Joseph Matias, em 1996, envolveu-se com três amigos e sócios num projeto que viria a tornar-se o mais importante da sua vida – a Leaderpack – Embalagens Flexíveis, Lda. O projeto concretizou-se em Alcácer do Sal, em 1997. Além da criação de postos de trabalho diretos, a empresa beneficia indiretamente outros postos de trabalho, o comércio local e as várias instituições locais, de solidariedade social, escolas e grupos desportivos, onde se destaca o recente apoio na reabilitação do Centro Cultural dos Bairros S. João e Olival Queimado.Hervé Matias assume a liderança da empresa desde 2005 e, por sua influência pessoal, outras empresas procuraram Alcácer do Sal para instalar novas indústrias e criar novos postos de trabalho.

A Câmara Municipal de Alcácer do Sal e a União das Freguesias reconhecem, assim, o trabalho de Hervé Joseph Matias e o papel da sua empresa na revitalização da economia do concelho e na criação de postos de trabalho com a atribuição a uma rua do nome do empresário, que vai assistir à cerimónia de descerramento da placa no próximo dia 20 de setembro, às 11h00.

ZIL Alcácer

Câmara Municipal oferece cadernos de atividades aos alunos do 1º ciclo do Ensino Básico

12 september 2017


A Câmara Municipal de Alcácer do Sal oferece a todos os alunos do 1.º ciclo do Ensino Básico do concelho os cadernos de atividades. A entrega vai ser feita pelo Executivo Municipal entre os dias 13 e 15 de setembro. O universo abrangido pela oferta será de cerca de 389 alunos, o que representa um custo para o município de 12.034.96 euros. 

No que diz respeito à educação pré-escolar, vão funcionar as Escolas Básicas de Palma, Casebres, Olival Queimado, Comporta, n.º 1 (Telheiros), n.º 2 (Pedro Nunes), bem como o Centro Escolar deoTorrão e Centro de Educação Pré-Escolar de Alcácer do Sal que, neste momento, tem a funcionar cinco salas com 106 crianças, de idades compreendidas entre os 3 e os 6 anos. O Centro de Educação Pré-Escolar tem, no total, oito salas com capacidade para 200 crianças e neste momento integra toda a educação pré-escolar existente no concelho, com exceção das localidades da Comporta e do Torrão. Das escolas acima referidas, três têm refeitórios escolares da responsabilidade da Câmara Municipal - a saber a Escola n.º 1 (Telheiros), Centro Escolar da Comporta e Centro de Educação Pré-Escolar de Alcácer do Sal-, que servirão neste ano letivo aproximadamente 285 refeições diárias. De acordo com a Câmara Municipal, estima-se ainda que sejam cerca de 400 os alunos transportados, com um custo para a autarquia de 321.429,20 euros.

crianças na escola - 400px - Cópia.JPG

Novos Embaixadores do Alentejo/ Ribatejo apresentados na Pousada do Castelo de Alcácer

12 september 2017


A Pousada D. Afonso II, no Castelo de Alcácer do Sal, acolhe no dia 16 de setembro a apresentação à imprensa dos novos embaixadores do Alentejo/Ribatejo, selecionados pela Entidade Regional de Turismo do Alentejo e Ribatejo, um evento que conta com o apoio da Câmara Municipal de Alcácer.

Agendada para as 18h30, a iniciativa contempla um espaço aberto aos jornalistas para entrevistas e fotografias e inclui uma prova gastronómica, da qual fazem parte os vinhos da adega da Herdade da Barrosinha. À noite, as figuras públicas desfrutarão de um momento musical a cargo do alcacerense Fábio Veríssimo, receberão os seus Diplomas de Embaixadores das mãos do presidente da Entidade Regional de Turismo do Alentejo e Ribatejo, Ceia da Silva e o presidente da Câmara Municipal de Alcácer do Sal, Vítor Proença, entregar-lhes-á uma lembrança simbólica.

Os próximos embaixadores do Alentejo/Ribatejo são: a  cantora Áurea, a fadista Raquel Tavares, os atores Ruy de Carvalho, Eunice Muñoz e Sara Matos e a jornalista Ana Sofia Cardoso. Em comum,  têm o facto de terem nascido nesta região ou serem apaixonados pela mesma, considerando-a um dos destinos mais atrativos e genuínos para passar férias, visitar, gozar alguns dias de descanso ou até mesmo viver momentos marcantes das suas vidas. Com a nomeação destas figuras conhecidas do grande público enquanto embaixadores do Alentejo/Ribatejo, a ERT pretende alavancar a promoção da região enquanto destino turístico de excelência.

Os novos embaixadores vão chegar a Alcácer do Sal logo no dia 15 de setembro e aqui permanecerão até dia 17. Ao longo destes três dias, vão ter a oportunidade de jantar na Torre (Comporta), visitar o cais palafítico da Carrasqueira, visitar e provar vinhos da adega da Comporta, almoçar num restaurante da cidade e efetuar um passeio de barco no Sado, a partir de Troia.

Pousada D. Afonso II

Aprovada candidatura comunitária de combate ao insucesso escolar no município de Alcácer do Sal

07 september 2017


Promover a igualdade no acesso ao ensino, melhorar o sucesso dos alunos e a qualidade e eficiência do sistema de educação são os objetivos do Plano Municipal de Combate ao Insucesso Escolar no Concelho de Alcácer do Sal, cuja candidatura apresentada pela Câmara Municipal ao programa ALENTEJO’2020 foi agora aprovada.

Com um custo total estimado em 597.006,30 euros, o Programa Municipal vai ser cofinanciado em 85% no âmbito do Eixo 2 (“Ensino e Qualificação do Capital Humano”), Prioridade 10.1 do Programa Operacional Regional do Alentejo [ALENTEJO’2020], Aviso nºALT20-66-2016-28. Com a aprovação desta candidatura, estão cobertas despesas como, por exemplo, o custo do combustível das deslocações de alunos e a organização de eventos (como jornadas de educação e seminários) ao longo de três anos, ficando o Município com mais verba disponível para outros fins.

Aprovado em Assembleia Municipal a 29 de junho do corrente ano, o Plano Municipal de Combate ao Insucesso Escolar corresponde a uma iniciativa do Município de Alcácer do Sal com vista a promover a melhoria do sucesso educativo e a redução do abandono escolar no concelho, num esforço coletivo que inclui o envolvimento ativo de outros agentes, em especial os Agrupamentos de Escolas de Alcácer do Sal e do Torrão. Esta operação será materializada através de um conjunto de atividades complementares, entre as quais: Programa de Desenvolvimento Extracurricular para o 1.º Ciclo, Centro de Recursos e Atividades Pedagógicas, promoção da atividade física e do desenvolvimento motor no pré-escolar, promoção do livro e da leitura, Programa de Apoios Específicos de Suporte às Aprendizagens e promoção do valor social e económico da Educação. 

Criança a pintar

Concurso para a construção da ETAR da Comporta publicado em DR

ETAR da Comporta um passo mais próxima

17 august 2017


O concurso público da empreitada de conceção-construção da ETAR da Comporta foi publicado em Diário da República no dia 9 de agosto, dando resposta a um dos anseios da população, da Câmara Municipal de Alcácer do Sal e da Junta de Freguesia da Comporta.

Tendo como adjudicante a AgdA – Águas Públicas do Alentejo, S.A, a empreitada, orçada em 1.350.000,00 euros e com o prazo de execução de um ano (ao qual acresce mais um ano para a fase de arranque da instalação), servirá uma população de 2500 habitantes equivalentes em época alta.

A empresa Águas Públicas do Alentejo e a Câmara Municipal de Alcácer do Sal valorizam esta obra futura, vencidas que foram várias etapas: localizações, terrenos, declarações de impacto ambiental.

A Estação de Tratamento de Águas Residuais da Comporta vai ficar localizada a sul da EN253, fora da linha de vista da estrada nacional e da povoação da Comporta e enquadrada na paisagem natural. O seu princípio de funcionamento será baseado em sistema de lamas ativadas em regime sequencial e disporá de tratamento da fase gasosa, para evitar quaisquer odores na zona. O efluente tratado terá como destino final a infiltração no solo, evitando qualquer descarga para o sensível meio recetor constituído pelo estuário do Sado e, em particular, pelo sapal da Carrasqueira e do Esteiro Novo. A ETAR disporá ainda de um sistema de receção e tratamento para efluentes transportados por limpa-fossas e fará a reutilização de águas tratadas que, através de um tratamento específico, serão utilizadas como água de serviço.

Numa segunda fase, o sistema de águas residuais da Comporta avançará com o lançamento do concurso público para a construção da Estação e Condutas Elevatórias, que receberão as águas residuais drenadas pela rede de coletores urbanos da Comporta e as conduzirão para a ETAR.


ETAR norte

Câmara Municipal de Alcácer do Sal vence ação judicial contra EDP

EDP condenada a pagar indemnização ao Município

16 august 2017


Reclamando os cidadãos um cada vez maior rigor na gestão dos bens do domínio público, o que se projeta numa maior exigência sobre responsáveis e/ou decisores políticos, a Câmara Municipal de Alcácer do Sal, tendo tomado conhecimento que, pelo menos desde o ano de 2008, a EDP Distribuição S.A, enquanto concessionária da rede de baixa tensão do Município, estava a usufruir de uma receita indevida pela disponibilização dos apoios a diversos operadores de telecomunicações, intentou uma ação judicial contra esta empresa reclamando o pagamento de uma indemnização.

Constituído um tribunal arbitral, presidido pelo Professor Doutor Paz Ferreira, foi a EDP Distribuição S.A. condenada a pagar ao município de Alcácer do Sal 50% de toda a receita que auferiu desde o ano de 2008 ao ano de 2017, e ainda ficou investida no direito a auferir a receita que a referida empresa receber descontada dos custos que em concreto tiver.

Esta decisão, inédita no panorama nacional, abala todo o sector e promove uma maior responsabilidade dos concedentes enquanto entidades a quem o património público é atribuído para gestão. Com certeza outros municípios, tomando conhecimento da ação de Alcácer do Sal, irão agora intentar ações similares.

Segundo Vítor Proença, presidente da Câmara Municipal de Alcácer do Sal, assinala-se “o ato de coragem do Município, numa ação que teve as suas exigências e que parecia ser um ato perdido, dado que o Município enfrentou um gigante”.

Logótipo CMAS.jpg

Presidente da Câmara volta a pedir obras na EN253 entre Alcácer e a Comporta

Autarca envia carta ao Presidente e ao Secretário de Estado da Infraestruturas de Portugal

01 august 2017


O Presidente da Câmara Municipal de Alcácer do Sal, Vítor Proença, enviou hoje (1 de agosto) uma carta ao Presidente da Infraestruturas de Portugal, com conhecimento ao Secretário de Estado das Infraestruturas, a solicitar, mais uma vez, uma intervenção estrutural na EN253 entre Alcácer do Sal e a Comporta. O autarca já tinha solicitado as obras naquela via, onde na noite de dia 29 de julho ocorreu mais um acidente, provocando um morto e dois feridos graves.

Na carta, Vítor Proença volta a solicitar à Infraestruturas de Portugal “uma intervenção estrutural naquela estrada, já que a mesma tem uma procura enormíssima no acesso às praias da Comporta, Soltróia, Carvalhal, Pego, Brejos da Carregueira, entre outras”. O Presidente da Câmara Municipal de Alcácer do Sal lembra o Presidente e o Secretário de Estado da Infraestruturas de Portugal que é “urgente alargar a plataforma do perfil transversal, construir bermas, retirando muitas raízes de árvores”, reforçando que “com frequência ocorrem acidentes e despistes, dada a enormíssima procura na circulação rodoviária quer de pesados, quer de ligeiros”.

“Hoje a Comporta constitui um valor enorme para a economia portuguesa, com uma procura externa crescente  particularmente oriunda de França e Espanha e, de forma evidente, oriunda da região de Setúbal e da Área Metropolitana de Lisboa, que prefere vir para as praias através da A2 e do IC1”, refere ainda o autarca que aproveitou a oportunidade para solicitar igualmente uma intervenção na EN261 (Comporta - Troia), junto à aldeia da Comporta, onde há falta de segurança nos estacionamentos e no acesso à praia.


Comporta

CÂMARA MUNICIPAL SOLICITA INTERVENÇÃO A ENTIDADES COMPETENTES PARA REDUZIR POPULAÇÃO DE MOSCAS

26 july 2017


A Câmara Municipal de Alcácer do Sal, preocupada com as várias reclamações sobre o aumento da população de moscas no concelho, solicitou a intervenção das entidades competentes para determinar a fonte do problema e apurar soluções.

Numa saída conjunta de técnicos da Unidade de Saúde de Alcácer do Sal com profissionais da autarquia do Ambiente e Sanidade Animal, apurou-se que a situação poderá estar relacionada com práticas agrícolas intensivas na zona, que poderão utilizar lamas e/ou estrumes para fertilizar os solos. Recolhidos alguns insetos como amostras, foram enviados para o Centro de Estudos de Vetores e Doenças Infeciosas (CEVDI) do Instituto Nacional de Saúde Dr. Ricardo Jorge, que determinou tratar-se da vulgar mosca doméstica.

Por forma a garantir que não há riscos para a saúde pública, para a qualidade do ambiente e evitar incómodo para as populações residentes, o município de Alcácer do Sal pediu a intervenção das entidades competentes na fiscalização das explorações agrícolas da zona no que respeita às práticas de fertilização de solos, através de ofício enviado à CCDR – Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Alentejo, à APA – Agência Portuguesa do Ambiente, Alentejo e à DRAP - Direção Regional de Agricultura e Pescas do Alentejo.

A nível de recomendações de saúde, Tamara Prokopenko, Delegada de Saúde Adjunta do USP Alentejo Litoral - núcleo Alcácer do Sal refere que deverá reforçar-se a impenetrabilidade dos edifícios (redes mosquiteiras nas janelas e reposteiros flexíveis nas portas de entrada, entre outros) e as boas práticas de gestão dos resíduos e higiene (utilização de contentores com tampa acionada por pedal, mantendo os mesmos fechados quando não utilizados e assegurar que todos os recipientes de lixo estão hermeticamente fechados); deverá remover-se frequentemente do edifício os resíduos, sobretudo os alimentares; acondicionar os alimentos no frio em recipientes adequados e tapados; reforçar a higiene dos materiais e equipamentos (mesas, bancadas, pavimentos, etc) para remover sujidade orgânica; limpar os restos de comida e derramamentos de líquidos de alimentos na cozinha; remover as fezes dos animais de estimação e as moscas mortas, que atraem outras pragas.

Arrozal

INSCRIÇÕES PARA O XXI GRANDE PRÉMIO DA PÁSCOA EM ATLETISMO

ATÉ DIA 12 DE ABRIL 2017

22 march 2017


O desporto volta a estar em destaque na sexta-feira santa: dia 14 de abril, pelas 10h, realiza-se a 21ª edição do Grande Prémio da Páscoa em Atletismo, que vai ter início na pista de atletismo do Estádio Municipal de Alcácer do Sal e meta na margem sul, junto ao skateparque, contemplando as modalidades de corrida (10 km) e caminhada (4,5 km).

As inscrições decorrem até às 17h de 12 de abril e têm um custo de 2 euros para a caminhada, 3 euros para a corrida e são gratuitas para crianças com idades até aos 6 anos inclusive. As inscrições podem ser feitas através do sitewww.acorrer.pt, nogabinete do setor de Desporto no Pavilhão Gimnodesportivo Municipal de Alcácer do Sal, Piscina Municipal Coberta de Alcácer, Piscina Municipal Convertível do Torrão e juntas de freguesia do concelho. O levantamento dos dorsais deve realizar-seaté ao dia antecedente à prova no Pavilhão Gimnodesportivo de Alcácer e Piscina Convertível do Torrão, e no dia da prova no Estádio Municipal.

Na corrida, há prémios para os três primeiros lugares masculinos e femininos dos escalões sub23 (até aos 23 anos), elites (dos 24 aos 34 anos), veteranos A (dos 35 aos 49 anos) e veteranos B (mais de 50 anos). Há ainda um prémio especial para o 1º, 2º e 3º classificados masculinos e femininos residentes no concelho. Na caminhada, à semelhança das edições anteriores, não há classificação.

O XXI Grande Prémio da Páscoa é promovido pela Câmara Municipal de Alcácer do Sal, tendo como parceirosa União das Freguesias de Alcácer do Sal (Santa Maria do Castelo e Santiago) e Santa Susana,Caixa de Crédito Agrícola Mútuo de Alcácer do Sal e Montemor-o-Novo,Corpo Nacional de Escutas – Agrupamento 844 de Alcácer do Sal, Veteranos FC de Alcácer, Bombeiros Mistos de Alcácer do Sal, BTT Team Cegonhas do Sado, XarramAdventure, Alcácer Trilhos & Aventura TT e Barbot.

 

 

» Percurso disponível em:

https://www.facebook.com/CMAlcacerdosal/photos/a.232112623465607.70022.232055850137951/1489511497725707/?type=3&theater

 

» Ficha de inscrição para download aqui

foto por definição

4 escolas do concelho de Alcácer do Sal precisam do seu voto

Alunos gravam telediscos para incentivar os adultos a comer de forma mais saudável. A competição decorre até 10 de março.

13 february 2017


A APCOI - Associação Portuguesa Contra a Obesidade Infantil apresentou os vídeos, apelidados de “Hinos da Fruta”, criados pelos 53.399 alunos de todos os distritos do país que participam este ano letivo na 6ª edição do projeto «Heróis da Fruta - Lanche Escolar Saudável». Nesta divertida competição nacional, da qual a Câmara Municipal de Alcácer do Sal é parceira, as crianças partilham a cantar as lições que aprenderam ao longo do projeto sobre a importância dos hábitos saudáveis e convidam os adultos para votar no “Hino da Fruta” da turma ou da escola.

A votação já está aberta a todo o público e decorre até às 23h59 do dia 10 de março no site www.heroisdafruta.com e vai apurar 80 hinos finalistas: os três mais votados, bem como o mais partilhado de cada distrito ou região autónoma.

Mário Silva, presidente e fundador da APCOI e mentor do projeto "Heróis da Fruta - Lanche Escolar Saudável" lembra que “cada voto em qualquer hino da fruta reverte como donativo para a «Missão 1 Quilo de Ajuda», um fundo social que permite à APCOI distribuir gratuitamente cabazes semanais nas escolas para apoiar a inclusão de fruta no lanche escolar dos alunos mais carenciados do país”. Mário Silva acrescenta ainda que “todas as pessoas que votarem nos hinos da fruta ficarão também habilitadas a ganhar fantásticos prémios. São mais de mil experiências à escolha para parques aquáticos, zoológicos, museus, aquários, centros de ciência viva e parques de diversões. Além disso, há um super prémio: uma viagem de sonho aos Açores”.

 


Lista dos 4 vídeos das escolas participantes do concelho de Alcácer do Sal:

Centro Escolar da Comporta - Sala 1, Sala 2

EB1 de Torrão - Agrupamento de Escolas de Torrão - Sala 1, 1º Ano, 2º e 3º Ano, 4º Ano

Centro Pré Escolar de Alcácer do Sal - Sala Vermelha, Sala Laranja, Sala Azul, Sala Arco-Íris, Sala Verde

Escola Básica Pedro Nunes - 1º Ano, 2º Ano, 2º Ano, 4º Ano

 


Sobre o Projeto «Heróis da Fruta – Lanche Escolar Saudável»

Depois do sucesso das edições anteriores que envolveram no total 236.227 alunos, no ano letivo 2016/2017 participam no projeto «Heróis da Fruta – Lanche Escolar Saudável» 53.399 alunos, de 2.665 turmas, de 900 jardins de infância e escolas básicas do 1º ciclo de todos os distritos do país, incluindo as regiões autónomas da Madeira e dos Açores. «Heróis da Fruta – Lanche Escolar Saudável» é atualmente o maior programa gratuito de educação para a saúde de âmbito nacional, com uma das maiores taxas de sucesso de sempre em reeducação alimentar infantil em Portugal: está estatisticamente comprovado que a aplicação do modelo pedagógico dos «Heróis da Fruta» aumenta em, pelo menos, 42% o consumo de fruta diário das crianças que nele participam. Além do incentivo ao consumo de fruta nas quantidades recomendadas pela OMS (Organização Mundial de Saúde), o projeto leva também às crianças lições importantes sobre alimentação saudável, higiene oral, atividade física, economia e poupança, respeito pelo ambiente e bem-estar emocional que as ajudam a crescer saudáveis, ativas e felizes.

Site oficial do projeto «Heróis da Fruta – Lanche Escolar Saudável»: www.heroisdafruta.com

Heróis da fruta

Museu Pedro Nunes, um museu voltado para o Mundo

16 january 2017


As obras de requalificação do Museu Pedro Nunes arrancam brevemente. A assinatura do Ato de Consignação da Obra do Museu Municipal entre a autarquia e a empresa IN SITU realizou-se esta tarde (16 de janeiro) no Salão Nobre dos Paços do Concelho. Na assistência, para além do executivo municipal, esteve também António Balona, presidente da Assembleia Municipal, os presidentes da União das Freguesias de Alcácer e da Junta de Freguesia do Torrão, técnicos da autarquia envolvidos no projeto e representantes das empresas que vão efetuar a obra e a musealização numa fase posterior.

A obra era uma antiga ambição de Alcácer do Sal, desejada há muito tempo. O Presidente da Câmara Municipal, Vítor Proença, satisfeito com a concretização deste projeto, disse mesmo que, “do ponto de vista afetivo, esta obra do Museu Pedro Nunes tem um grande significado” para si. Também Marisol Ferreira, responsável pelo Serviço de Arqueologia da autarquia, disse que “ o ato de consignação da obra significa muito para toda a equipa da arqueologia, uma história que começou há mais de 10 anos com as escavações”. A responsável agradeceu ao presidente e a todo o executivo por terem acredito neste projeto e na equipa. Emocionado também, o arquiteto da Câmara Municipal, Mário Conceição falou da importância da recuperação do antigo museu encerrado há 10 anos para a população de Alcácer do Sal.

O Museu Municipal Pedro Nunes vai tornar-se num espaço adequado às suas funções, sem desvirtuar o que outrora foi a Igreja do Espírito Santo, edifício classificado como património de interesse público. Esta obra, há muito reclamada pelos alcacerenses, vai agora ser uma realidade com um investimento elegível de 775.140,38euros a que corresponde uma comparticipação do FEDER de 658.869,32euros, valor referente nesta fase à obra construtiva. Segue-se, após conclusão para breve, a intervenção de conteúdos museológicos que vai elevar toda a operação para cerca de 1,5 milhões de euros, valor global de toda a intervenção do novo Museu.

Numa outra fase, vai arrancar a museografia para ser dada ênfase ao rio Sado como espaço determinante na origem e desenvolvimento deste núcleo urbano e o seu papel decisivo nos contactos comerciais com o mediterrâneo. Neste sentido, vai ser exposto um conjunto de peças demonstrativas das diferentes épocas de ocupação que refletem a importância dos contactos comerciais facilitados pelo rio Sado, desde a Idade do Ferro até à Época Moderna, sendo dado destaque ao matemático Pedro Nunes, também designado por Petrus Nonius - o salaciense, inventor do nónio e fundador da navegação teórica que mudou a forma como os descobridores portugueses percorriam o mundo.

Para informação complementar do espólio exposto e do guia da exposição, vai ser realizado um making-off do museu, destinado a contextualizar a exposição, apresentando Alcácer do Sal como cidade portuária onde circulavam também homens e ideias, e o rio Sado como determinante na chegada e partida de produtos, encruzilhada de povos oriundos do Mediterrâneo.

No âmbito museológico, pretende-se também apresentar outras aplicações interativas que facilitem o processo de transmissão do conhecimento, potenciando a experiência do visitante e permitindo que o utilizador seja envolvido no contexto e se sinta parte da história exibida. Através do recurso a ecrãs interativos, smartphone e sistema de QRcodes a tablets, os visitantes destes espaços podem obter mais informação sobre as obras e peças em exibição, tornando-se também elementos ativos, tornando a “viagem” à exposição mais criativa e cativante. 

Museu Municipal Pedro Nunes

Candidatura apresentada pelo Município a investimentos comunitários foi aprovada

Corredor Ciclável do Forno da Cal

11 january 2017


O município de Alcácer do Sal viu aprovada mais uma candidatura no âmbito do Plano Estratégico de Desenvolvimento Urbano Sustentável de Alcácer do Sal.

Depois da aprovação do projeto de construção do Corredor Ciclável da Quintinha, em execução e com um investimento elegível de 98.432,87 euros a que corresponde um apoio de verbas comunitárias (FEDER) de 83.667,94 euros, foi aprovado no dia 4 de janeiro o projeto que vai concretizar o Corredor Ciclável do Forno da Cal, com um investimento elegível de 21.899,18 euros a que corresponde um FEDER de 18.614,30 euros. As obras visam a promoção da mobilidade urbana sustentável e a "viabilização de deslocações de natureza quotidiana dos bairros periféricos - Bairro da Quintinha e Bairro do Forno da Cal - com a zona ribeirinha/ centro histórico da cidade, potenciando também uma utilização mais intensa do corredor ciclável já existente na zona ribeirinha poente".

Outro projeto que o Município de Alcácer do Sal candidatou e já obteve financiamento assegurado é a requalificação do Museu Pedro Nunes num espaço museológico adequado às suas funções. A consignação da empreitada realiza-se no próximo dia 16 de janeiro. A obra visa tornar o Museu Municipal Pedro Nunes um espaço adequado às suas funções, sem desvirtuar o que outrora foi a Igreja do Espírito Santo, edifício classificado como património de interesse público. Esta obra, há muito reclamada pelos alcacerenses, vai agora ser uma realidade com um investimento elegível de 775.140,38 euros, a que corresponde uma comparticipação do FEDER de 658.869,32 euros.

Encontram-se submetidas mais duas candidaturas que aguardam a deliberação quanto à sua aprovação: a iluminação cénica do património histórico do concelho de Alcácer do Sal (cujo investimento elegível é de 138.692,85 euros) e a Reabilitação da Escola Básica n.º1 de Alcácer do Sal – Escola dos Telheiros (com o investimento elegível de 1.265.907,44 euros). Ambas as operações têm enquadramento no Pacto para o Desenvolvimento e Coesão Territorial do Litoral Alentejo.

De bicicleta pela margem sul

Negócios e Turismo florescem em Alcácer do Sal

Segundo o INE

10 january 2017


O concelho de Alcácer do Sal recebeu, entre novembro de 2015 e outubro de 2016, a criação de 50 novas empresas, a maioria no setor terciário, associadas à hotelaria e restauração. Segue-se o setor primário (agricultura e pecuária) e, residualmente, o setor secundário, associado à construção civil, metalomecânica e confeção de roupa com uma dimensão familiar.

Os dados, divulgados recentemente pelo INE – Instituto Nacional de Estatística, indicam ainda que, destas 50 empresas, cinco são sociedades anónimas, 19 sociedades unipessoais e as restantes são sociedades por quotas.

Relativamente ao comércio internacional em 2015, e apesar de os valores no concelho não atingirem os 25 milhões de euros de exportações e as importações serem de pouco mais de 5 milhões de euros, a balança comercial teve uma taxa de variação muito superior ao registado na NUT III, que corresponde ao Alentejo Litoral.

No que se refere ao Turismo, em 2015 as dormidas no concelho mostraram-se proporcionais ao número de estabelecimentos hoteleiros, cujo peso do município na NUT III é de quase 8%. Estes números prendem-se com a capacidade de resposta à procura, que se traduz em 10 estabelecimentos hoteleiros no concelho, que perfazem uma capacidade de alojamento de 897 camas. O número de dormidas situou-se nas 45.978, num total de 19.376 hóspedes, gerando proveitos positivos na ordem dos 2.231 milhões euros.

O concelho de Alcácer do Sal afirma-se, assim, pela crescente aposta na área dos negócios e do turismo, a ter em consideração quando se reflete sobre o futuro.

fábrica

As mortes voltaram ao IC1

28 december 2016


O Município de Alcácer do Sal apresenta as mais sentidas condolências aos familiares dos dois jovens falecidos no brutal acidente de 27/12/2016 em pleno IC1, no Bairro das Amoreiras, concelho de Grândola. Deseja igualmente um pleno restabelecimento ao outro ocupante da viatura que se despistou.

A Câmara Municipal de Alcácer do Sal volta a reclamar a urgente reparação do IC1 entre Alcácer do Sal e Grândola, renovando a sua total incompreensão pelo facto do atual Governo não conseguir encontrar solução para a reparação que todos exigem.

Exige-se uma intervenção vigorosa do Primeiro-Ministro, já que aquela estrada é um perigo constante para a vida das pessoas, numa reparação que já devia ter sido feita há, pelo menos, seis anos.

ic1- em mau estado

CRIANÇAS DO CONCELHO TORNAM-SE “HERÓIS DA FRUTA”

17 november 2016


279 crianças do concelho (149 do pré-escolar e 130 do 1º ciclo do ensino básico) estão a participar no projeto “Heróis da Fruta – Lanche Escolar Saudável”, uma iniciativa de intervenção educativa de âmbito nacional promovida pela APCOI – Associação Portuguesa Contra a Obesidade Infantil e coordenada no concelho pela Câmara Municipal de Alcácer do Sal enquanto interlocutora entre os professores e a APCOI.

Dirigido a crianças até aos 10 anos de idade, o projeto “Heróis da Fruta – Lanche Escolar Saudável” pretende: incentivar as crianças a ingerirem fruta todos os dias; dar a conhecer a importância da fruta na alimentação e na manutenção da saúde; encorajar as crianças a orgulharem-se de praticar uma alimentação saudável e variada; despertar a comunidade em geral para os benefícios da adoção de pequenas mudanças saudáveis nos hábitos diários.

Ao longo do ano letivo, a iniciativa desenvolve-se em três etapas: a primeira, com a duração de 12 semanas, visa motivar as crianças, que ganham diariamente estrelas no "Quadro de Mérito" da sala de aula, como recompensa pela ingestão de fruta. Os professores têm também à sua disposição centenas atividades facultativas, que incluem fichas de trabalho, jogos pedagógicos e muitos outros conteúdos divertidos para transmitir aos mais pequenos todos os passos para se tornarem verdadeiros "Heróis da Fruta". Nas semanas seguintes entra-se na segunda etapa, que visa mobilizar os encarregados de educação e na qual a motivação é reforçada com uma competição nacional, que utiliza a música como veículo para levar as lições do projeto até casa, convidando os adultos a ver, ouvir e votar no "Hino da Fruta" criado em conjunto pelos alunos da turma ou da escola. No final do programa (terceira etapa), há diplomas oficiais que conferem o direito de usar o título de "Herói da Fruta", com o compromisso adicional de continuar a comer fruta todos os dias, na escola e em casa.  Os melhores "Hinos da Fruta" do ano são escolhidos pelo júri e recebem na sua escola a visita das mascotes do projeto, com um espetáculo interativo intitulado "A Super Festa dos Heróis da Fruta". 

Heróis da fruta

Novos achados na villa romana de Santa Catarina de Sítimos

15 november 2016


O Gabinete de Arqueologia da Câmara Municipal de Alcácer do Sal encontrou hoje (15 de novembro) uma das extremidades da piscina romana identificada em Santa Catarina de Sítimos, o que permite conhecer as suas reais dimensões (20 metros de comprimento x 8,30 metros de largura).

Devido à proximidade das obras de remodelação da rede de águas de Santa Catarina destas estruturas, o Gabinete de Arqueologia da Câmara Municipal efetuou uma sondagem no local onde vai passar uma das novas condutas, que colocou a descoberto uma das extremidades da natatio. “Esta piscina confirma a importância da eventual villa romana existente neste local”, referiu Rita Balona, arqueóloga do gabinete.

Identificada em 2007, a piscina romana apresenta-se, de acordo com o Gabinete de Arqueologia, em bom estado de conservação face a outros achados semelhantes encontrados em vários locais do país e da região. 

Villa de Santa Catarina de Sitimos

Crianças do concelho de Alcácer do Sal tentam salvar o Pai Natal

11ª edição da Oficina dos Sonhos

28 october 2016


O conto “O Rapto do Pai Natal”, de L. Frank Baum, é o ponto de partida da 11ª edição da Oficina dos Sonhos, a animação de natal levada a cabo pela Câmara Municipal de Alcácer do Sal através da Oficina da Criança e da Biblioteca Municipal.

A ter lugar na Santa Casa da Misericórdia de Alcácer de 14 de novembro a 7 de dezembro, entre as 9h30 e as 12h30 (mediante marcação prévia junto da Biblioteca), a iniciativa vai contar com a participação de cerca de 650 crianças do pré-escolar e 1º ciclo do ensino básico do concelho.

A proposta da 11ª Oficina dos Sonhos consiste na dramatização do conto “O Rapto do Pai Natal”, publicado pelo norte-americano L. Frank Baum, autor da conhecida aventura da literatura infanto-juvenil “O Feiticeiro de Oz”. As crianças vão ser transportadas para o ambiente da história e tornar-se atores ativos, que interagem e participam na encenação, na qual vão aprender uma valiosa lição sobre valores morais que, muitas vezes, se confrontam com os “monstros da montanha”: o egoísmo, a inveja, o ódio, a maldade e o arrependimento. São estes monstros que vão raptar o Pai Natal para impedi-lo de distribuir os presentes e os mais novos vão tentar salvá-lo. No final da dramatização realiza-se um ateliê de expressão plástica, no qual as crianças criarão o seu próprio monstrinho para levar para casa.

A Oficina dos Sonhos realiza-se há uma década e tem conquistado crianças, professores e educadores que, anualmente, embarcam nesta aventura de espírito natalício.

foto por definição

Câmara Municipal apoia produtores de arroz do concelho

21 october 2016


O Presidente da Câmara Municipal de Alcácer do Sal, Vítor Proença, acompanhado por três representantes da Aparroz - Agrupamento de Produtores de Arroz do Vale do Sado, reuniu ontem (20 de outubro) com o Secretário de Estado da Agricultura e Alimentação, Luís Vieira.

Durante o encontro foram colocadas várias questões que preocupam o setor, nomeadamente a necessidade de valorização do arroz de origem portuguesa, em particular nas variedades do arroz carolino e do arroz agulha, já que os consumidores estão a ser prejudicados com o arroz importado de países extra comunitários. A reunião destinou-se igualmente a abordar a necessidade da diminuição do custo da água oriunda da barragem de Alqueva e fornecida pela EDIA, com um valor cinco vezes mais caro do que a água fornecida pela Associação de Regantes. Em anos de seca, os produtores de arroz tem de recorrer à água oriunda do Alqueva. Recorde-se que a cultura do arroz usa 12 a 15 mil litros de água por hectare.

Na reunião foi também abordado o custo dos fatores de produção, entre os quais sementes, adubos e fitofármacos que são vendidos em Portugal pelas multinacionais cerca de 40% mais caros do que em Espanha ou Itália, provocando custos de produtos muito elevados. A Aparroz propôs a utilização de um mecanismo de importação paralela, de modo a obrigar as multinacionais a baixarem os fatores de produção.

Esta reunião vem no seguimento de outras já efetuados com membros do Governo para minimizar alguns dos problemas dos produtores de arroz de Alcácer do Sal.

Arroz

Mérito Escolar de dez alunos do concelho reconhecido pela CMAS

05 october 2016


Dez alunos do concelho viram ontem à noite (4 de outubro) o seu percurso escolar reconhecido pelo Município na cerimónia de Prémios de Mérito Escolar Municipal, que teve lugar no Salão Nobre dos Paços do Concelho e que celebrou o seu empenho e conquistas, destacando-os como referência para os seus colegas.

“Em muitos pontos do mundo, as crianças não têm oportunidade de frequentar a escola, nem têm as mesmas condições de acesso aos estudos. Estes alunos agarraram a sua oportunidade, trabalharam arduamente e estão de parabéns por tudo o que alcançaram”, referiu o presidente da Câmara Municipal de Alcácer, Vítor Proença, na cerimónia. O autarca salientou ainda o apoio fundamental dos pais no trajeto escolar destes jovens e o trabalho dos professores e educadores.

A par do presidente da Câmara Municipal, estiveram presentes na entrega dos Prémios de Mérito Escolar Municipal os vereadores Manuel Vítor de Jesus, Ana Soares e Nuno Pestana; o presidente da Assembleia Municipal, António Balona; o presidente da Junta de Freguesia do Torrão, Virgílio Silva; o diretor do Agrupamento de Escolas do Torrão, Jorge Magarreiro; professores, familiares e amigos dos jovens distinguidos.

Os alunos do concelho que no ano letivo 2015/ 2016 se destacaram com uma excelente prestação escolar e que, por isso, receberam uma oferta simbólica, um cheque de apoio aos estudos e um Diploma de Mérito Escolar Municipal foram: Leonor Pereira, Ana Lopes e Irina Sombreireiro (2º ciclo do ensino básico do Agrupamento de Escolas de Alcácer do Sal); Vanessa Galego (2º ciclo do ensino básico do Agrupamento de Escolas do Torrão); Beatriz Pereira, Pedro Candeias e Madalena Batista (3º ciclo do ensino básico do Agrupamento de Escolas de Alcácer do Sal); Margarida Costa (3º ciclo do ensino básico do Agrupamento de Escolas do Torrão); José Marques (ensino secundário - prémio entregue ao seu irmão em sua representação); Duarte Tavares (ensino secundário profissional).

A Câmara Municipal de Alcácer do Sal congratula estes alunos e faz votos de um excelente percurso escolar, pessoal e profissional.

Prémios de Mérito Escolar Municipal 2016

Centro de Educação Pré-Escolar de Alcácer inaugurado a 14 de setembro

Uma escola para todos com qualidade

15 september 2016


Alcácer do Sal e o país contam desde ontem (14 de setembro) com um novo Centro de Educação Pré-Escolar com capacidade para 200 crianças, num investimento de mais de 900 mil euros.

A remodelação e ampliação de uma antiga escola do primeiro ciclo e ensino pré-escolar, localizada no bairro do Morgadinho, permitiu criar o novo centro educativo, que conta com oito salas, o dobro do que tinha antes. Cada sala tem cerca de 49 metros quadrados e cada conjunto de duas salas conta com um espaço de expressão plástica, vestiário e casas de banho, três delas com chuveiro. A nova escola conta ainda com um novo edifício, que alberga o refeitório e a cozinha, ginásio, uma sala polivalente, uma biblioteca, uma sala de informática e ainda uma sala de professores. Ao ar livre, o novo estabelecimento escolar conta com alpendres, espaços ajardinados, uma caixa de areia e uma zona de pavimento sintético com vários elementos didáticos que vai ficar acessível a todas as crianças, após uma intervenção. A obra de requalificação incluiu ainda uma intervenção na cobertura e a ampliação e requalificação de espaços exteriores. As crianças dos três aos cinco anos passam agora a ter um estabelecimento dedicado.

O novo centro pré-escolar de Alcácer do Sal, que representou um investimento total de 906 mil euros, com comparticipação em 85% pelo Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER), vai receber este ano 113 alunos do concelho, divididos em cinco turmas, que contam com o apoio de cinco educadoras, cinco assistentes operacionais e duas assistentes técnicas.

O Presidente da Câmara Municipal de Alcácer do Sal, referiu após o descerramento da placa que marca a data da inauguração que, "hoje em dia, ganhar uma escola nova em Portugal é quase um milagre” e anunciou que “a par desta escola, a Câmara Municipal está já a trabalhar no projeto de remodelação completa da Escola Básica do Primeiro Ciclo dos Telheiros, uma obra que vai custar mais de um milhão de euros, estando ainda prevista a requalificação da Oficina da Criança".

Na inauguração, que contou com a presença de pais, família e das crianças, esteve Teresa Carvalho, a Presidente do Agrupamento de escolas de Alcácer do Sal, que realçou a importância da nova escola afirmando mesmo que, “se durante anos se pensava que a passagem pelo pré-escolar era uma possibilidade apenas acessível a uma certa classe média informada, hoje assume-se que o direito a uma educação pré-escolar é para todas as crianças”. O Presidente da CCDR Alentejo e da Autoridade de Gestão do Inalentejo e Alentejo 2020, Roberto Grilo, elogiou o trabalho feito pelo Executivo para que o Centro de Educação Pré-Escolar fosse uma realidade, felicitando o Presidente da Câmara Municipal de Alcácer do Sal, Vítor Proença, pelo “particular envolvimento na ação determinante do município a que preside neste processo”. “Não é um milagre. Foi a sua resiliência, a sua capacidade de acreditar em nome deste povo e deste concelho”, disse Roberto Grilo.

Centro de Educação Pré-Escolar - Inauguração

CMAS volta a oferecer manuais e cadernos de atividades

05 september 2016


A Câmara Municipal de Alcácer do Sal volta a oferecer manuais escolares aos alunos do primeiro ciclo do concelho, um investimento que se mantém sendo a educação uma das prioridades do executivo municipal. Este ano, como o Ministério da Educação apenas oferece os manuais escolares aos alunos do 1º ano, a Câmara Municipal vai oferecer a estes alunos  o caderno de atividades necessário ao seu trabalho diário.

Aos alunos do 2º, 3º e 4º anos, a Câmara Municipal oferece os manuais escolares e os cadernos de atividades, à semelhança dos anos letivos anteriores.

O universo de alunos abrangidos pela oferta dos manuais e cadernos de atividades será de cerca de 425 alunos, o que representa um custo para o município de 24.293,62 € (vinte e quatro mil duzentos e noventa e três euros e sessenta e dois cêntimos).

A Câmara Municipal, tal como nos anos anteriores, irá também oferecer aos alunos do 1º ciclo do ensino básico vales para aquisição de material escolar, destinados aos alunos posicionados nos escalões A e B da ação social escolar, no valor de 40,00 € no escalão A e 20,00 € no escalão B.

Irá também oferecer às crianças do ensino pré-escolar vales para aquisição de material escolar, destinados aos alunos posicionados nos escalões A e B da ação social escolar, no valor de 20,00 € no escalão A e 10,00 € no escalão B.

Crianças na escola

Inscrições para Universidade Sénior abrem a 1 de setembro

23 august 2016


As inscrições para o ano letivo 2016/ 2017 da Universidade Sénior de Alcácer do Sal decorrem de 1 a 16 de setembro.


Os interessados em inscrever-se na qualidade de alunos poderão dirigir-se ao Gabinete de Ação Social, no edifício dos serviços técnicos da Câmara Municipal (Abegoaria), e proceder à respetiva inscrição. À semelhança do ano letivo anterior, estão previstas as disciplinas de Inglês I e II, Informática I e II, Fundamentos de Astronomia, Biologia, Expressão Plástica, Lavores, Língua Portuguesa I e II, Literatura, Coro, História do Século XX, Yoga, entre outras.


Estão também abertas inscrições para professores voluntários que queiram colaborar, quer para disciplinas anuais, quer para aulas pontuais ou workshops que queiram dinamizar.


» Ficha de inscrição disponível aqui.

Logótipo Universidade Sénior de Alcácer

Rede Local Intervenção Social desempenha funções em Alcácer do Sal

Rede Local Intervenção Social desempenha funções em Alcácer do Sal

02 august 2016

A equipa de profissionais da RLIS (Rede Local de Intervenção Social) / SAAS (Serviço de Atendimento e Acompanhamento Social) retomou as suas funções no dia 1 de agosto com atendimento e acompanhamento social no concelho de Alcácer do Sal. Nesse sentido a equipa desloca-se à cidade de Alcácer do Sal todas as terças e quintas-feiras entre as 10h00 e as 13h00 e entre as 14h00 e as 17h00, com atendimento no edifício da Junta de Freguesia de Santiago. A equipa é constituída por três técnicas, Mara Pereira, psicóloga responsável pela coordenação do projeto; Cláudia Chora, Socióloga e Paula Tobias, Assistente Social. Na Freguesia da Comporta, o atendimento é feito no edifício da Junta de Freguesia, todas as (terceiras) quartas-feiras de cada mês, entre as 14h00 e as 17h00 e na Freguesia do Torrão, as técnicas do projeto que visa a prevenção e a resolução de problemas sociais , vão estar no edifício da Junta de Freguesia, todas as (segundas) quintas-feiras do mês, entre as 14h00 e as 17h00. O atendimento será efetuado consoante marcação.

foto por definição

Câmara lança concurso público para requalificação do Museu Pedro Nunes

28 july 2016

O Museu Municipal Pedro Nunes, instalado no edifício centenário da Igreja do Espírito Santo, vai ser alvo de um investimento de requalificação de 800 mil euros, que inclui um novo projeto museológico. 

A abertura/ lançamento do procedimento por concurso público para a execução por empreitada da requalificação do museu foi aprovada por unanimidade na reunião de Câmara de 28 de julho, onde foi também aprovada a nomeação do júri do procedimento. A intervenção prevê o acondicionamento das estruturas arqueológicas, trabalhos para a conservação e manutenção do edifício, a reposição do pavimento original em tijoleira de barro e a introdução de espaços e infraestruturas para o funcionamento do museu.

O lançamento do concurso público para esta empreitada representa para o Presidente da Câmara Municipal, Vítor Proença, o cumprimento de “um antigo objetivo” do município, além de acrescentar “mais oferta turística, histórica, património e conhecimento ao concelho”. Após a requalificação do edifício, a conclusão das componentes museográfica e museológica deverá completar o projeto, prevendo o autarca que o investimento total no Museu Pedro Nunes atinja “cerca de 800 mil euros”, uma obra comparticipada com fundos comunitários.

Museu Municipal Pedro Nunes

Novo Sistema Intercetor de Alcácer do Sal contribui para despoluir o rio Sado

14 july 2016


O novo Sistema Intercetor de Alcácer do Sal foi esta manhã (14 de julho) inaugurado, numa cerimónia que contou com as presenças de Carlos Martins, Secretário de Estado do Ambiente, Vítor Proença, presidente da Câmara Municipal de Alcácer e Joaquim Marques Ferreira, presidente do Conselho de Administração da Águas Públicas do Alentejo.

A obra, da Águas Públicas do Alentejo e executada pela empresa Tomás de Oliveira S.A, vai permitir transportar os efluentes da parte baixa da cidade (que representa 60 por cento do total) para a Estação de Tratamento de Águas Residuais, no Pinhal do Concelho, inaugurada em abril deste ano.

Para Vítor Proença, Presidente da Câmara Municipal de Alcácer do Sal, o novo Sistema Intercetor constitui um “investimento fundamental para a cidade”, sendo uma “significativa alegria assinalar a sua inauguração”. “Trata-se de um sistema extraordinariamente complexo e que está concretizado, a par da construção do novo sistema de captação de água da Ameira 2, que aumentou o volume de água captada fornecida às populações”, explicou.

O Sistema Intercetor tem início na Estação Elevatória1 (EE1), localizada atrás do antigo quartel dos Bombeiros, e segue junto ao rio até à EE3, no final da Avenida João Soares Branco, que tem por função elevar os efluentes para a ETAR de Alcácer. A meio da marginal foi construída a Estação Elevatória2, que conduz para a EE3 os efluentes drenados pelos coletores da avenida. A empreitada incluiu a construção de três estações elevatórias, uma conduta gravítica com 500 metros e condutas elevatórias.

“Pela sua localização, as estações elevatórias tiveram cuidados especiais na sua construção: estão dotadas de sistema de desodorização e têm em conta um efeito mínimo de ruído”, explicou Marques Ferreira, Presidente do Conselho de Administração da AgdA – Águas Públicas do Alentejo. “O Sistema Intercetor irá contribuir para uma aproximação da população ao rio que, a partir de hoje, terá uma menor carga poluente e irá registar uma melhoria significativa da qualidade da água”, prosseguiu, deixando ainda um agradecimento a “residentes, utentes e comerciantes que, durante o período da obra, foram de alguma forma perturbados”, acreditando que “a geração futura vai agradecer o investimento e o esforço”. O Secretário de Estado do Ambiente, Carlos Martins, subscreveu estas declarações, salientando que, “num momento de recursos escassos, deve-se potenciá-los para o desenvolvimento das gerações futuras”, afirmando ainda “depositar a maior confiança de que esta obra seja um fator decisivo para se ter um ambiente melhor”.

Com o investimento realizado em Alcácer do Sal, só em saneamento, no valor de 4.2 milhões de euros (2.4 milhões de euros para a ETAR e 1.8 milhões para o Sistema Intercetor), é assegurado o adequado tratamento das águas residuais geradas na cidade.

O Presidente da Câmara Municipal, Vítor Proença, aproveitou a cerimónia de inauguração para informar de novas opções municipais que o Executivo Camarário tem desenvolvido nos dois últimos anos, particularmente a construção da nova ETAR de Rio de Moinhos, os projetos de construção de duas novas ETAR’s (Bairros da Quintinha e Forno da Cal), bem como o início, para breve, das obras dos novos sistemas de abastecimento de águas em Santa Catarina e no Batão, e o novo sistema de saneamento da Calçada da Fonte Nova, em Alcácer do Sal.

Inauguração do Sistema Intercetor de Alcácer

Festival Sabores do Sado traz milhares à margem sul de Alcácer

Festival Sabores do Sado traz milhares à margem sul de Alcácer

11 july 2016


Milhares de pessoas passaram pela margem sul de Alcácer do Sal entre 8 e 10 de julho, data em que se realizou mais uma edição do Festival Sabores do Sado, com muita música, artesanato, animação, tasquinhas do movimento associativo local e deliciosos petiscos com sabor a rio, entre os quais o famoso camarão do Sado.

A iniciativa, organizada pela União das Freguesias de Alcácer do Sal (Santa Maria do Castelo e Santiago) e Santa Susana com o apoio da Câmara Municipal, teve como ponto alto a noite de sábado (9 de julho), em que se realizou a tradicional eucaristia na Igreja de Santa Maria do Castelo, seguida de romaria até ao cais da Ribeira Velha, onde a imagem da Santa foi depositada no galeão do sal “Pinto Luísa” e partiu em procissão pelo rio, juntamente com as embarcações engalanadas que quiseram prestar a sua homenagem e pedir a bênção da santa. A romaria e a procissão tiveram o acompanhamento musical da banda da Sociedade Filarmónica Progresso Matos Galamba.

Como cabeças de cartaz nesta edição, destaque para a dupla romântica Ricardo e Henrique, para os irmãos mais famosos do quizomba “Némanus” e ainda para a cantora Bruna, que subiu a palco após a estrondosa vitória da equipa de futebol portuguesa em França, jogo que foi transmitido na margem sul em ecrã gigante.

 

Veja as fotografias do evento aqui: https://www.facebook.com/CMAlcacerdosal/photos/?tab=album&album_id=1244183735591819

Romaria no Festival Sabores do Sado

XXVI Feira do Turismo e das Atividades Económicas com milhares de visitantes

PIMEL 2016 – ALCÁCER DO SAL - TERRA FÉRTIL

27 june 2016

O concerto do cantor e compositor Nelson Freitas encerrou ontem (26 de junho), com grande enchente de público, a PIMEL - XXVI Feira do Turismo e das Atividades Económicas de Alcácer do Sal, organizada pela Câmara Municipal de Alcácer do Sal, Associação de Agricultores de Alcácer e Caixa de Crédito Agrícola Mútuo de Alcácer do Sal e Montemor-o-Novo. 

Desde sexta-feira, dia 24 de junho, Feriado Municipal, foram várias as iniciativas e momentos que marcaram a edição deste ano da feira. A inauguração, que contou com a presença da apresentadora Bárbara Guimarães e do ator Jorge Corrula (embaixadores do Alentejo), que estiveram em Alcácer a convite do Presidente da Câmara Municipal, Vítor Proença, foi um dos momentos altos na divulgação do certame e dos produtos endógenos da região. A presença do Ministro da Economia, Prof. Manuel Caldeira Cabral e do Secretário de Estado da Energia, Jorge Seguro Sanches, na sexta-feira (24 de junho), foi outro momento marcante da feira. O Ministro, acompanhado pelo presidente da Câmara e restante executivo, presidente da Assembleia Municipal e presidentes de junta do concelho, visitaram os expositores, onde os setores agroalimentar, vinícola, florestal, turístico  e agrícola marcaram forte presença. O ministro gostou do que viu, referindo que “a PIMEL é uma montra do melhor que se produz neste concelho com grande potencial económico e dinamismo”, adiantando que “o turismo tem de ser desconcentrado e Alcácer do Sal tem um grande potencial devido ao seu património histórico”. A agricultura esteve em ano com grande representação na PIMEL. Foi isso mesmo que comprovou o Ministro da Economia, após uma visita aos expositores e máquinas agrícolas. Manuel Caldeira Cabral agradeceu ao Presidente da Câmara Municipal o convite e despediu-se da PIMEL com grande satisfação pela forma como foi recebido e pelo que viu. 

Para o Presidente da Câmara Municipal, que destacou a importância de todos os trabalhadores na organização do certame, “ a PIMEL deste ano  foi marcada pela mensagem «Alcácer do Sal – Terra Fértil» para mostrar a importância do concelho na produção agroalimentar, procurado por muitas empresas para aqui se instalarem”. Vítor Proença realçou ainda o modelo de organização da feira deste ano (organizada em conjunto com a Associação de Agricultores e Caixa de Crédito Agrícola). O Presidente da Câmara Municipal frisou que a PIMEL tornou-se mais forte e abrangente”

A programação da PIMEL 2016 teve no sábado outro momento marcante e que muitos não vão esquecer: o concerto de Mariza, que contou com vários convidados (Jorge Fernando, Fábia Rebordão e Artur Batalha), trouxe a Alcácer do Sal milhares de visitantes que encheram por completo o recinto da feira para ver um espetáculo único de uma das mais consagradas artistas do panorama musical nacional e internacional.

Durante a PIMEL – XXVI Feira do Turismo e das Atividades Económicas realizaram-se ainda três concursos. O primeiro foi o concurso de mel, que teve 41 méis participantes repartidos por três modalidades e cujos vencedores foram João Vacas Pinto (mel de rosmaninho), Jorge Ribeiro Filipe (mel multifloral) e António Caldeira Silvério (mel do concelho de Alcácer e Melhor Mel da PIMEL 2016). A segunda entrega de prémios correspondeu ao X Concurso de Petiscos “Sabores da nossa Terra”, que teve como vencedores os “miminhos de orelha de porco preto”, do Alcácer do Sal FC Veteranos (1º lugar), as “sardinhas velhas”, do Café Sado (2º lugar) e as “amêijoas à Candeia”, da Candeia dos Açougues (3º lugar). Realizou-se ainda a 26ª edição do Concurso de Doçaria, cujos vencedores foram Maria dos Anjos Leitão (modalidade mel e/ ou pinhão) com as suas pinhoadas , Genoveva Jerónimo (modalidade de doces conventuais e Melhor Doce da PIMEL 2016) com “encharcada”, e Aldegundes Freitas (modalidade livre) com as suas queijadas de requeijão.

Durante os três dias do certame realizaram-se várias atividades desportivas, com destaque para a passagem pelo Skate Parque do circuito nacional de BMX Freestyle e aulas de aeróbica e fitness. No espaço infantil, os ateliês da arqueologia voltaram a ser um dos pontos de grande animação por parte dos mais pequenos, assim como a tenda Kidzania. Os visitantes tiveram também a ter oportunidade de fazer batismos a cavalo e passeios de charrete. 

A cozinha ao vivo com o Chef João Pais, da Herdade da Barrosinha, foi outra das iniciativas da PIMEL e contou com a presença de vários convidados de Alcácer do Sal, caso do Chef João Emídio e Maria Falcão, figura emblemática de Alcácer.Os apreciadores da festa brava assistiram a uma corrida de toiros, na Praça João Branco Núncio, que contou com os cavaleiros Luís Rouxinol, João Moura Jr., Telles Bastos e os Forcados Amadores de Montemor, que lidaram seis toiros da ganadaria Passanha, enquanto os amantes da arte equestre puderam assistir a uma gala do Mestre Valença.

No âmbito da programação musical , a Orquestra Ligeira do Exército subiu a palco na primeira noite e revelou a sua excelente qualidade numa impressionante interpretação de temas bem conhecidos do grande público. 


» Veja as fotos da PIMEL 2016 clicando nos links mais abaixo:

- 1º dia, 24 de junho

- 2º dia, 25 de junho

- 3º dia, 26 de junho


pimel 2016

Presidente da Câmara reuniu com Ministra da Justiça

Questões relacionadas com o Tribunal de Alcácer do Sal esclarecidas

14 june 2016

O Presidente da Câmara Municipal de Alcácer do Sal, Vítor Proença foi recebido diia 14 de junho pela Ministra da Justiça, Francisca Van Dunem, na sua qualidade de Presidente da Câmara Municipal e Presidente da Comunidade Intermunicipal do Alentejo Litoral (CIMAL). A reunião destinou-se a solicitar à Ministra a devolução de competências para o Tribunal de Alcácer, esvaziado de todas as competências pelo anterior Governo PSD/CDS que o transformou numa secção de proximidade. 

A Ministra da Justiça disse ao Presidente da Câmara Municipal, Vítor Proença, que o Tribunal de Alcácer do Sal virá a ter novas competências, passando a acolher a prática de atos judiciais (julgamentos e inquirições). Segundo os critérios apresentados pela Ministra da Justiça ao autarca, estes atos judiciais far-se-ão sentir, sobretudo, nos segmentos de menores e família e criminal, evitando em determinadas circunstâncias deslocações para fora do Município.

A Ministra manifestou igualmente disponibilidade para que o Tribunal de Alcácer do Sal receba alguns julgamentos, introduzindo-se uma norma de obrigatoriedade de realização de julgamentos no concelho em que foram praticados os atos, nomeadamente para crimes puníveis com pena de prisão não superior a cinco anos. A Ministra da Justiça informou ainda o autarca de que estas medidas podem entrar em vigor a partir de 1 de janeiro de 2017. 

O Presidente da Câmara Municipal de Alcácer do Sal considera que “está a fazer-se justiça a Alcácer do Sal, pois o Tribunal voltará a ter julgamentos, deixando de ser uma secção de proximidade, que pouco mais era do que um Tribunal encerrado”.

Tribunal

Câmara Municipal envolve entidades locais na organização da PIMEL

PIMEL 2016, de 24 a 26 de junho

07 june 2016

A XXVI Feira do Turismo e das Atividades Económicas – PIMEL 2016 conta nesta edição com a coorganização da Caixa de Crédito Agrícola de Alcácer do Sal e da Associação dos Agricultores de Alcácer. As duas entidades sediadas no concelho aceitaram o repto do Presidente da Câmara Municipal, Vítor Proença para, em conjunto com o Município, serem parceiros na organização da feira. 

Durante a conferência de imprensa da PIMEL 2016, realizada no dia 6 de junho num restaurante da cidade, que contou com a presença dos vereadores Ana Soares (responsável pelo setor das obras) e Nuno Pestana (coordenador da feira), de Carlos Bicha da Silva (Presidente do Conselho de Administração da Caixa de Crédito Agrícola de Alcácer do Sal e Montemor-o-Novo) e de Francisco Vacas (Presidente da Associação dos Agricultores de Alcácer do Sal), as duas instituições que, respetivamente, comemoram este ano 100 e 40 anos de existência, explicaram os motivos que os levaram a aceitar o desafio para tornar a PIMEL uma feira ainda mais competitiva e com mais ofertas. 

A Feira do Turismo e das Atividades Económicas começa dia 24 de junho (feriado municipal), às 11h00 e termina no domingo, dia 26. A componente económica e agrícola vai estar este ano fortemente representada com uma área de exposição de bovinos, ovinos e caprinos renovada e “muito agradável de se visitar”, anunciou Francisco Vacas, satisfeito com a adesão do setor agrícola local e nacional à PIMEL. “O Presidente da Câmara privilegiou este ano o setor agrícola, que vem dar resposta aos agricultores da região interessados em ter acesso às últimas novidades do setor”, acrescentou Francisco Vacas. Este ano o espaço da PIMEL vai contar igualmente com uma exposição de máquinas agrícolas, com várias empresas nacionais representadas, e no Pavilhão Gracieta Baião o setor vai estar também muito participado por empresas locais relacionadas com o setor agrícola. 

“Alcácer do Sal – Terra Fértil” é o tema da PIMEL 2016 que vai contar com uma programação diversificada e com artistas de renome nacional e internacional. A fadista Mariza vai trazer ao palco da PIMEL alguns convidados e apresentar em Alcácer do Sal um concerto diferente do alinhamento do da sua digressão mundial. Mariza vai trazer uma jovem fadista apadrinhada por si e por Jorge Fernando, a jovem Fábia Rebordão e o fadista Artur Batalha, conhecido como o “Príncipe do Fado”, que vai interpretar com a artista o tema “Promete, Jura”, gravado pelos dois e apenas interpretado uma vez ao vivo.  A presença de Mariza em Alcácer  vem na sequência de um pedido feito pelo Presidente da Câmara Municipal de Alcácer do Sal a Francisco Tudella, da Herdade de Vale Sabroso, amigo da fadista que, após o repto do autarca, desenvolveu todos os esforços para que a mesma atuasse na PIMEL. Na conferência de imprensa, o Presidente da Câmara, Vítor Proença agradeceu ao empresário o esforço e a dedicação.“Esperamos um grande concerto em Alcácer do Sal, certamente uma das maiores enchentes de público”, disse o autarca. 

Os visitantes da PIMEL vão ter ainda oportunidade de assistir ao espetáculo da Orquestra Ligeira do Exército, à Gala Equestre do Mestre Valença com a fadista Teresa Tapadas e Bailado Clássico, animação de rua e ao concerto de Nelson Freitas. A tourada realiza-se este ano à noite, a partir das 22h00 de 24 de junho, na Praça de Touros João Branco Núncio. O cartel já está fechado, integrando-o o cavaleiro Luís Rouxinol, que esteve na conferência de imprensa da feira, e os forcados de Montemor-o-Novo. O restante cartel é constituído pelos cavaleiros João Moura Júnior e Manuel Ribeiro e os Toiros Passanha. A programação da PIMEL vai dar igualmente um grande enfoque ao movimento associativo local, à gastronomia - com a cozinha ao vivo-, à doçaria, mel e petiscos.

A abertura oficial da Feira realiza-se a 24 de junho, Dia do Município e dia da Caixa de Crédito Agrícola, entidade que foi no dia 3 de junho agraciada com a Medalha de Ouro de Mérito Municipal, pelo seu centésimo aniversário. Carlos Bicha agradeceu à Câmara Municipal o reconhecimento e reforçou a importância, a responsabilidade e o orgulho da entidade bancária em coorganizar a PIME,L que tem como patrocinadores ANRITA, Tintas Barbot, Águas Públicas do Alentejo, Turismo do Alentejo e Ribatejo, Super Bock e Delta Cafés. 

Pimel 2016

Câmara Municipal entregou a Medalha de Ouro de Mérito Municipal à Caixa de Crédito Agrícola de Alcácer do Sal

06 june 2016


A Câmara Municipal de Alcácer do Sal atribuiu a Medalha de Ouro de Mérito Municipal à Caixa de Crédito Agrícola de Alcácer do Sal e Montemor-o-Novo pelo seu centésimo aniversário.

A entrega da mais alta distinção do Município de Alcácer realizou-se na passada sexta-feira, dia 3 de junho, na Pousada D. Afonso II com a presença de vários dirigentes da entidade bancária, nomeadamente Luís Santa Marta, Presidente da Mesa da Assembleia-Geral da Caixa de Crédito Agrícola de Alcácer do Sal e Montemor-o-Novo; Carlos Bicha da Silva, Presidente do Conselho de Administração da Caixa de Crédito Agrícola de Alcácer do Sal e Montemor-o-Novo; Manuel Soares, Presidente da Assembleia-Geral da Federação Nacional das Caixas de Crédito Agrícola; Licínio Pina, Presidente do Conselho de Administração da Caixa Central de Crédito Agrícola e do Grupo Crédito Agrícola. Na cerimónia estiveram também Carlos Courelas, Presidente do Conselho-Geral e de Supervisão da Caixa Central de Crédito Agrícola; João Marques, vice-presidente da Câmara Municipal de Montemor-o-Novo e o Presidente da Câmara Municipal de Alcácer do Sal, Vítor Proença, o anfitrião da cerimónia.

O Presidente da Câmara Municipal de Alcácer do Sal entregou a Medalha de Ouro de Mérito a Carlos Bicha da Silva, reforçando a importância da instituição bancária como “um motor de desenvolvimento local através da relação de proximidade com os clientes, contribuindo para dar resposta às suas ambições e projetos financeiros tendo, ainda durante estes 100 anos de existência, contribuído de forma determinante para o engrandecimento do concelho de Alcácer do Sal”. A autarquia lembra ainda que a Caixa de Crédito Agrícola apoia os “agricultores, criadores de gado e festividades promovidas por associações locais, contribuindo para o desenvolvimento das atividades, criação de postos de trabalho e dinamização da economia; apoia atividades desportivas, culturais, feiras, instituições sem fins lucrativos, entre outros, tendo sido parceira do Município na realização da PIMEL, através das ofertas dos concursos promovidos nesse âmbito”.

A assistir à cerimónia estiveram cerca de uma centena de pessoas, associadas à entidade bancária, ao setor agrícola e industrial. Os vereadores Manuel Vítor de Jesus, Ana Soares e Nuno Pestana assistiram igualmente à cerimónia, assim como o Presidente da Assembleia Municipal de Alcácer do Sal, António Balona que, na qualidade de Presidente da Associação dos Bombeiros Mistos de Alcácer do Sal, recebeu um apoio financeiro para os Bombeiros de Alcácer atribuídos pela Caixa de Crédito Agrícola, que teve o mesmo gesto para com os Bombeiros de Montemor. Na cerimónia marcaram também presença os Presidentes da União das Freguesias de Alcácer do Sal, Comporta, São Martinho e Torrão.

No final da cerimónia realizou-se um momento musical com a participação dos artistas alcacerenses Maria Mirra e Hugo Morais e de um Grupo Coral de Montemor-o-Novo.

A Caixa de Crédito Agrícola Mútuo de Alcácer do Sal foi fundada a 3 de junho de 1916, e viu aprovados os seus estatutos por alvará publicado nos Paços do Governo da República pelo então Presidente da República Portuguesa, Dr. Bernardino Machado. 


» Veja as fotografias desta cerimónia aqui.

Caixa de Crédito Agrícola recebe medalha

Programação do Festival com espetáculos para todas as faixas etárias e gostos teatrais

2º edição do Encontros – Festival de Teatro de Alcácer de 13 de maio a 10 de junho com a participação de 7 companhias de teatro

04 may 2016


A 2ª edição do Encontros- Festival de Teatro de Alcácer do Sal começa no dia 13 de maio, com o espetáculo de Pedro Tochas, e prolonga-se até 10 de junho. Durante praticamente um mês, vão passar pelo Auditório Municipal de Alcácer, Biblioteca Municipal e Praça Pedro Nunes vários espetáculos de companhias de teatro e atores bem conhecidos do público, naquela que é a segunda iniciativa do género organizada pela Câmara Municipal de Alcácer do Sal e pela Água Ardente – Produções teatrais.

A apresentação do Encontros realizou-se ontem (3 de maio) numa conferência de imprensa onde marcaram presença, para além do Presidente da Câmara Municipal, Vítor Proença e do diretor artístico do Festival, Olavo Nóbrega, também os atores Pedro Górgia - que vai participar no Festival de Teatro com a organização do “Ateliê Me: Minha Vida Dava um Filme” - e Ricardo Peres, da companhia “Os Irmãos Machado”, que vai estar em Alcácer com um espetáculo de comédia e malabarismo “radical” no dia 27 de maio.

O Presidente da Câmara Municipal, Vítor Proença realçou a importância deste festival para a formação de novos públicos em Alcácer do Sal, reafirmando que “a programação deste ano do Encontros é abrangente e vão existir espetáculos para todas as faixas etárias e vários gostos teatrais”. É o caso do espetáculo do conhecido ator Pedro Tochas, do espetáculo Barba Azul do “Teatro Marionetas do Porto” (destinado ao público infantil), da presença em palco de “Os Irmãos Machado”, do Teatro de Animação de Setúbal e do espetáculo de comédia “Absolutamente Fabulosos”, com os atores Luís Aleluia, Noémia Costa e Joana Figueira”, bem conhecidos da série da RTP1 “Beirais”. O público vai ter ainda oportunidade de participar no ateliê organizado pelo ator Pedro Górgia , conhecido do público pela sua participação em várias telenovelas, e vai poder assistir ao espetáculo “Pele.. Memórias” ,do Projeto Marca d’ Água e PensarTeatro, encenado pelo diretor artístico do Festival, Olavo Nóbrega.

"A cultura, a par do desenvolvimento económico do concelho e do turismo, são algumas das prioridades da Câmara Municipal", disse ainda o Presidente da Câmara Municipal de Alcácer que deixou já garantias de continuidade da terceira edição do Festival, que poderá mesmo tornar-se internacional e, certamente, irá ter uma extensão em Lisboa, com uma parceria do Teatro do Bairro. 

Olavo Nóbrega agradeceu o apoio da autarquia na realização da 2ª edição do Encontros, destacando a qualidade da programação com uma atenção especial para o público mais jovem. “Queremos captar o interesse da população mais nova e acredito que a programação deste ano tem todas as componentes para agradar todos os gostos e faixas etárias”, disse o diretor artístico do festival. 

Também o ator Ricardo Peres, de “Os Irmãos Machado”, destacou a qualidade da programação do Encontros e falou do espetáculo que vai apresentar no Auditório Municipal, no dia 27 de maio. “Trata-se de uma comédia de intervenção com algum improviso e com a participação do público”, explicou o ator, realçando também o apoio da Câmara Municipal de Alcácer do Sal na realização do Festival de Teatro, acrescentando que “há coisas a acontecer fora das grandes cidades e há que aproveitar estas iniciativas para descentralizar o teatro e formar novos públicos”. O ator Pedro Górgia reafirmou a importância do Encontros para o dinamismo cultural do concelho. "Encontros é a palavra certa, porque vamos ter oportunidade de fazer partilhas do que gostamos com os outros”, salientou. 

À semelhança do ano passado, as entradas são pagas, com o custo de 5 euros para o bilhete normal e 20 euros para o acesso a todos os espetáculos que vão ter como palco o Auditório Municipal, a Biblioteca Municipal e depois, no último dia (10 de junho), a Praça Pedro Nunes, com o espetáculo de rua dos “PIA – PROJETOS DE INTERVENÇÃO ARTÍSTICA”.

 

Encontros 2016

Câmara comemorou 500 anos do Foral Manuelino de Alcácer

02 may 2016


As celebrações dos 500 anos da atribuição do Foral Manuelino a Alcácer do Sal tiveram o ponto alto no sábado, dia 30 de abril, com uma palestra sobre o foral pela historiadora Maria Teresa Lopes Pereira, iniciativa que se realizou na Igreja de Nossa Senhora de Aracoelli, seguida de sonoridades medievais e renascentistas pelo grupo musical "Ensemble Carmin'Antiqua". 

Foi um dia para os participantes nas iniciativas ficarem a conhecer melhor a história da cidade, as estações arqueológicas do Castelo e a Cripta Arqueológica de Alcácer do Sal, no subsolo da Pousada D. Afonso II. 

Ainda no âmbito das comemorações, foi inaugurada uma exposição sobre a época quinhentista na Pousada D. Afonso II, onde está patente "uma cópia do Foral Manuelino do século XVII", uma vez que o documento original, datado de 1516,"estará desaparecido", segundo Marisol Ferreira, responsável pelo setor de arqueologia da Câmara Municipal . A não perder esta exposição, patente até dia 30 de maio.

500 anos do Foral1

Polidesportivo na Carrasqueira inaugurado dia 1 de maio

28 april 2016


O novo campo polidesportivo da Carrasqueira vai ser inaugurado no dia 1 de maio, às 15h00, pelo Presidente da Câmara Municipal de Alcácer do Sal, Vítor Proença e pela Presidente da Junta de Freguesia da Comporta, Maria José Martins.

Antes, às 14h45, vai ser assinado o Contrato de Comodato entre o Município de Alcácer do Sal e a Freguesia da Comporta para a cedência da antiga Escola Primária da Carrasqueira que a Junta de Freguesia já está a utilizar no apoio às associações locais.

A construção do polidesportivo da Carrasqueira resultou de uma candidatura da Junta de Freguesia da Comporta, com o apoio da Câmara Municipal de Alcácer, ao Eixo 4 do PROMAR (Desenvolvimento Sustentável das Zonas da Pesca). A Câmara Municipal contribuiu para a construção do equipamento desportivo com a verba não comparticipada da candidatura e finalizou a obra com o lançamento de uma empreitada para o fornecimento e assentamento da vedação, pintura do pavimento no recinto desportivo e respetivas marcações no campo de jogos, assim como no fornecimento e montagem das balizas e aplicação de rede no valor de cerca de 47 mil euros. Para que a candidatura fosse possível, a Câmara Municipal aprovou igualmente a cedência do terreno à Junta de Freguesia para a localização do equipamento.

Segundo Vítor Proença, Presidente da Câmara Municipal de Alcácer do Sal, “o polidesportivo da Carrasqueira vem colmatar uma carência grande para a juventude, uma vez que não existia na aldeia nenhum equipamento do género”. Também a Presidente da Junta de Freguesia da Comporta, Maria José Martins refere que “existe na freguesia apenas um campo de futebol inativo e sem condições”, acrescentando que “o novo equipamento pretende incrementar as atividades desportivas e culturais na freguesia, envolvendo toda a comunidade da Carrasqueira”.

O dia 1 de maio vai ser de festa na Carrasqueira. Após a inauguração do Polidesportivo realiza-se um jogo de futsal Carrasqueira vs Comporta, seguido de um baile popular e churrasco no espaço da festa.

Campo polidesportivo da Carrasqueira.JPG

5ª Volta do Rastreio do Cancro da Mama no concelho de Alcácer do Sal

20 april 2016


O programa de Rastreio do Cancro da Mama, da Liga Portuguesa Contra o Cancro, regressa ao concelho de Alcácer do Sal nos meses de maio e junho, com uma novidade este ano: um horário contínuo de segunda a sexta-feira, entre as 8h e as 18h30, com as colaboradoras sempre disponíveis na Unidade para receberem as convidadas.

O rastreio, que vai na sua 5ª volta e que conta com o apoio da Câmara Municipal de Alcácer do Sal e juntas de freguesia do concelho, arranca dia 2 de maio junto à Escola Bernardim Ribeiro, no Torrão, onde a Unidade permanecerá até dia 4, seguindo depois para a Comporta para duas ações a 6 e 9 de maio, junto às instalações da junta de freguesia. Alcácer do Sal é a última paragem, com a Unidade a permanecer junto ao Centro de Saúde de 11 de maio a 14 de junho.

Cerca de 2.200 mulheres, com idades compreendidas entre os 45 e os 69 anos, vão ser convidadas a participar nesta campanha que aposta no diagnóstico precoce do cancro que mata cerca de 1.500 mulheres por ano só em Portugal.

A cada dois anos, o Núcleo Regional do Sul da Liga Portuguesa Contra o Cancro mobiliza Unidades Móveis para procederem à realização de mamografias de rastreio nos concelhos da sua área de influência. O exame é gratuito e os resultados são enviados diretamente para o médico de família ou, caso não tenha, para o coordenador da Unidade de Saúde da área de residência. Se os resultados suscitarem dúvidas aos médicos, proceder-se-á a um convite para consulta de aferição em Lisboa, onde se realizam todos os exames complementares necessários.

O programa de Rastreio do Cancro da Mama chegou a Alcácer do Sal em 2008 e, desde então, tem registado uma adesão crescente. Em 2014 foram convidadas a participar 2.201 mulheres, 60,6% das quais compareceram ao exame. Das mamografias registadas, 33 resultaram em convites para aferição em Lisboa, sendo que, das 22 consultas que efetivamente se realizaram, cinco casos encontram-se sob vigilância e 11 foram enviados para tratamento hospitalar.

Rastreio Cancro da Mama 2016

Câmara adquire nova viatura para a recolha de resíduos sólidos urbanos

13 april 2016


A Câmara Municipal de Alcácer do Sal adquiriu uma nova viatura para a recolha de resíduos sólidos urbanos no concelho. 

Esta viatura permite a recolha dos contentores enterrados existentes na zona da marginal da cidade de Alcácer, o que, até ao momento, não era possível apesar da existência destes contentores no âmbito do projeto RUAS. 

Este investimento de cerca de 190 mil euros permite otimizar o serviço prestado no âmbito da recolha de resíduos indiferenciados. Os motoristas e a equipa de cantoneiros de limpeza encontram-se atualmente a efetuar ensaios para que, a curto-prazo, se inicie a operacionalização efetiva da recolha.

 

Nova viatura lixo

População da Comporta conta com novo equipamento de apoio social

Município apoia obra com verbas e apoio logístico

11 april 2016


A população da Comporta conta com um novo equipamento de apoio às crianças e aos idosos. A ampliação do Centro Social Paroquial de São Pedro da Comporta foi inaugurada no sábado, dia 9 de abril 2016, com a presença do Presidente da Câmara Municipal, executivo municipal, Presidente da Assembleia Municipal e pela Presidente da Junta de Freguesia, entre outras personalidades, tais com o Bispo de Setúbal, Pároco da Comporta e Diretora do Centro Distrital de Setúbal da Segurança Social.

O Presidente da Câmara Municipal, Vítor Proença felicitou a direção do Centro pela concretização da obra de grande importância para a população da Comporta, que passa a contar com um centro moderno e com capacidade de resposta às suas necessidades sociais.

A obra, que passou pela adaptação do antigo edifício escolar que foi cedido pela Câmara Municipal, vai ter capacidade para responder às necessidades da população através dos serviços de centro de dia para idosos e creche para as crianças.

O Centro Social e Paroquial de São Pedro da Comporta é uma instituição particular de solidariedade social fundada em 1979. As antigas instalações funcionavam num pré-fabricado com muitos anos de existência e que já não reuniam as condições adequadas ao melhor funcionamento. Em fevereiro de 2015 o Centro iniciou a requalificação e ampliação da antiga Escola Primária da Comporta, hoje a nova sede do centro dotada de novas valências: creche e serviço de apoio domiciliário. No verão deste ano vão também poder ter Campo de Férias para crianças da Paróquia da Comporta dos 6 aos 12 anos de idade. Nesta altura decorre ainda o processo com a Segurança Social para a reabertura do Centro de Dia, valência de extrema importância pelo vasto número de população envelhecida que a freguesia tem.

Para a remodelação e ampliação da antiga escola primária para adaptação ao Centro Social e Paroquial S. Pedro da Comporta, a Câmara Municipal, para além da cedência do terreno e do edifício agora ampliado, elaborou o projeto de arquitetura e atribuiu apoios financeiros de 27.600 euros. A Câmara Municipal apoiou igualmente os trabalhos para a extensão da conduta de abastecimento de água e construção do ramal para a rede de incêndios no edifício, totalizando cerca de 12 mil euros, e cedeu materiais para a construção das áreas exteriores do edifício, num valor de 3.500 euros.

Centro Social da Comporta

Nova ETAR de Alcácer do Sal melhora qualidade de vida da população e do ambiente

04 april 2016


A ETAR de Alcácer do Sal, localizada junto aos Bairros de São João e Olival Queimado, no Pinhal do concelho, foi inaugurada no dia 1 de abril de 2016, com a presença do Ministro do Ambiente e do Secretário de Estado do Ambiente, do Presidente da Câmara Municipal de Alcácer do Sal e restante executivo municipal, do Presidente da Assembleia Municipal e do Presidente da Junta de Freguesia do Torrão, assim como do Presidente do Conselho de Administração da Águas Públicas do Alentejo, Joaquim Marques Ferreira. A obra da responsabilidade da Águas Públicas do Alentejo veio melhorar significativamente o tratamento dos esgotos da cidade de Alcácer. 

O Presidente da Câmara Municipal, Vítor Proença, considerou a construção da ETAR de grande importância para a melhoria da qualidade de vida da população e do meio ambiente, porque “quando as obras de construção das 3 estações elevatórias estiverem concluídas para elevar os efluentes da zona baixa da cidade até à ETAR, fecha-se um ciclo e o rio Sado passará a estar menos poluído e mais convidativo para a avifauna e para o turismo”. 

A nova ETAR de Alcácer do Sal foi dimensionada para tratar as águas residuais urbanas geradas pela população de Alcácer do Sal, num total de 10.700 habitantes – equivalentes, através de um sistema de lamas ativadas por reator biológico em vala de oxidação. A ETAR dispõe ainda de uma unidade para receção de efluentes transportados por limpa fossas. Representando um investimento global de 2,4 milhões de euros, cofinanciado em 70% pelo QREN, estas empreitadas visam intervir nas vertentes do abastecimento de água, com a construção de um sistema de adução (captação, transporte e armazenamento de água para consumo) e ainda no tratamento das águas residuais, com a construção de um sistema de interceção (transporte de águas residuais), para serem tratadas na nova ETAR. Em concreto, a empreitada relativa ao sistema de adução de Alcácer do Sal vai permitir reforçar o abastecimento de água à cidade com duas novas captações subterrâneas, melhorar a capacidade de transporte de água tratada com a construção da nova estação elevatória e de uma conduta com cerca de 4 quilómetros para ligar a nova estação elevatória ao reservatório do Laranjal. Este reservatório será também reforçado em 50% na sua capacidade de armazenamento de água tratada com a construção de uma nova célula de 1.000 m3. Por sua vez, a empreitada relativa ao sistema intercetor vai permitir criar o sistema de transporte das águas residuais geradas na parte sul da cidade até à nova ETAR, sendo neste contexto construídas três novas estações elevatórias, uma conduta gravítica com 500 metros e uma conduta elevatória com cerca de 5 quilómetros.

 A AgdA, empresa pública cujos acionistas são a AdP- Águas de Portugal e a AMGAP – Associação de Municípios para a Gestão das Águas Públicas do Alentejo, surge na sequência do Contrato de Parceria Pública para a gestão integrada dos serviços de abastecimento de água para consumo público e de saneamento de águas residuais, celebrado em 2009 entre o Estado Português e 21 municípios do Alentejo, cobrindo uma área de 18,5% do território nacional e uma população de cerca de 250. 000 habitantes. Atualmente são 20 os municípios aderentes, incluindo Alcácer do Sal, tendo sido o Presidente da Câmara Municipal, Vítor Proença um dos autarcas que integrou o grupo negociador que deu origem à AGDA através de um contrato de parceria Pública entre o Estado Português e os municípios. Esta parceria visa garantir a qualidade, a continuidade e a eficiência dos serviços de águas “em alta”, numa região cujo processo de desertificação se pretende contrariar, oferecendo condições de vida adequadas para as suas populações e condições para atrair as empresas criando emprego e riqueza. Na cerimónia de inauguração da nova ETAR de Alcácer do Sal, o ministro do Ambiente felicitou os 20 municípios que integram a entidade gestora do Sistema Público de Parceria Integrado de Águas do Alentejo (SPPIAAlentejo), pelo "modelo de gestão inovador" que desenvolveram a partir de 2009. 

etar

Marcha lenta no IC1 entre Alcácer do Sal-Grândola com centenas de veículos

04 april 2016


Centenas de veículos participaram na passada sexta-feira (1 de abril 2016) numa marcha lenta no Itinerário Complementar (IC) 1, entre Alcácer do Sal e Grândola, numa iniciativa em que foi exigida a intervenção do primeiro-ministro para desbloquear as obras de reparação da estrada. 

"Eu apelo diretamente ao primeiro-ministro [António Costa]. É extraordinariamente perigoso o que se está a passar, ou seja, a estrada continuar nestas condições", disse à agência Lusa o presidente da Câmara de Alcácer do Sal, Vítor Proença. O autarca, tal como o presidente da Câmara de Grândola, António Figueira Mendes, participaram na marcha lenta, promovida pela Comissão de Utentes do IC1 de Alcácer do Sal e Grândola, para exigir a "reparação urgente" do troço daquela estrada que atravessa os dois concelhos, no distrito de Setúbal. 

O protesto contou com "centenas de veículos", segundo o autarca Vítor Proença. Os participantes arrancaram das duas sedes de concelho, em simultâneo, e encontraram-se na zona de Albergaria.  "Aderiu muita gente e o trânsito foi fortemente condicionado", frisou o Presidente da Câmara Municipal de Alcácer do Sal, Vítor Proença, explicando que, apesar da perturbação causada, da parte dos restantes automobilistas que circulavam no IC1 à hora do protesto "houve muita compreensão". "Quem aqui circula sabe que esta estrada é extraordinariamente perigosa", acrescentou, defendendo que é necessária "a urgente reparação" da via para "evitar mais acidentes" e deixando um apelo ao primeiro-ministro. "É preciso uma intervenção ao mais alto nível para desbloquear este processo, para que avancem as obras", realçou, afirmando não acreditar no início da empreitada no final do ano, prometido, a 18 de março, pelo secretário de Estado das Infraestruturas, Guilherme W. d´Oliveira Martins. 

Também em declarações à Lusa, Manuel Rocha, da Comissão de Utentes do IC1, congratulou-se com a "excelente participação" na marcha lenta, que começou a desmobilizar "por volta das 19h20". Nesta ação, destacou, foi aprovada uma resolução que vai ser agora enviada ao Governo e aos partidos da Assembleia da República."O documento exige a reparação urgente da estrada, porque estamos fartos de promessas e de uma 'mão cheia de nada' ", referiu. 

A reparação "urgente" do troço do IC1 entre Alcácer do Sal e Grândola tem sido repetidamente reclamada ao longo dos últimos anos, pela população e pelos autarcas, tendo a marcha lenta de dia 1 sido a terceira ação de protesto do género naquela via.

 

 

ic-1-2