Alcácer do Sal capta importante investimento na produção de mirtilos

05 september 2019


A antiga fábrica da Torrinha, em Montalvo, vai ser requalificada e integrar um grande investimento na área da produção biológica de mirtilos, que tornará o concelho de Alcácer do Sal e o país uma referência para a compra deste fruto.

A Carsol Fruit Portugal, empresa detida em partes iguais pela família de Filipe de Botton e pela família Carrasco (Chile), vai investir um total de 54 milhões de euros neste projeto, valor que inclui os campos adquiridos e as plantações, assim como os edifícios fabris de frio e embalamento.

Até 2022 a área de plantação será de 400ha, sendo que entrarão em produção total no ano de 2025. Esta produção, completamente biológica, permitirá colher uma média de 9 mil toneladas de mirtilo por ano, que se destinam essencialmente a exportação, mas também ao preenchimento das necessidades nacionais.

Além de 200 postos de trabalho definitivos no concelho de Alcácer do Sal, estima-se que, no pico da campanha do mirtilo em plena produção, o número de empregos temporários ronde os 2.500, um importante contributo sazonal para 2.500 pessoas.