CÂMARA MUNICIPAL VAI CEDER DE UMA ASSENTADA MAIS DE 90 MIL EUROS EM APOIOS A COLETIVIDADES E IPSS DO CONCELHO

14 july 2022

Em Reunião de Câmara realizada na manhã de hoje (14 de julho de 2022) a Câmara Municipal de Alcácer do Sal aprovou nove propostas que viabilizam a cedência de um substancial apoio financeiro, que totaliza 90.004,73 euros, a um mesmo número de associações e IPSS do concelho. Foram elas:

FILARMÓNICAS

📌SFAVA - subsídio no valor de 20 mil euros, para apoiar intervenções no edifício sede e no casão adjacente;

📌Sociedade 1º Janeiro Torranense - subsídio no valor de 20 mil euros, para apoiar na aquisição de fardamento para os músicos, na reparação de instrumentos e em obras de reparação da esplanada, teatro e salão de festas;

BOMBEIROS

📌Associação Humanitária de Bombeiros Mistos de Alcácer do Sal - apoio financeiro de 15 mil euros, para ajudar na aquisição de uma moto quatro de salvamento;

ASSOCIAÇÕES DESPORTIVAS

📌União Futebol Clube dos Bairros do Olival Queimado e São João - subsídio no valor de 2.000 euros, para custear o aumento de despesas no transporte dos atletas aos jogos fora do concelho (combustível, motorista, manutenções e reparações);

IPSS

📌Centro Social de Santa Susana - subsídio extraordinário no valor de 7.254,73 euros, para apoiar na aquisição de uma viatura 100% elétrica;

📌AURPICAS - subsídio extraordinário no valor de 22 mil euros, para comparticipar a remodelação do serviço de lavandaria da instituição;

📌Associação para o Desenvolvimento do Torrão (ADT) - subsídio extraordinário no valor de 900 euros, para comparticipar na aquisição de trajes para marchantes e decoração de arcos no âmbito da realização de atividade de marchas populares;

📌Centro Social e Paroquial de S. Pedro da Comporta - apoio financeiro extraordinário no valor de 1.400 euros, para comparticipar o vencimento de um monitor afeto a uma colónia de férias promovida pela instituição;

OUTRAS ASSOCIAÇÕES SEM FINS LUCRATIVOS

📌Associação Educa&Cria na Comporta - apoio financeiro extraordinário no valor de 1.450 euros, para suportar o vencimento de um monitor afeto a uma colónia de férias promovida pela associação.