Estudantes de Alcácer em luta contra o aumento da temperatura global

11 december 2020


Os alunos e alunas do Agrupamento de Escolas de Alcácer do Sal aderiram ao desafio lançado pelo movimento Greve Climática Estudantil, que promoveu hoje (11 de dezembro 2020) várias ações em cidades portuguesas no âmbito do 5.º aniversário do Acordo de Paris e sublinhou o compromisso de lutar pelo limite de 1,5 graus de aumento da temperatura global.

Em Alcácer do Sal, os estudantes colocaram uma faixa na Escola Secundária com a inscrição “#fightfor1point5” e acenderam ainda velas, em representação da luz que afasta a inação dos governantes nesta batalha.

Recorde-se que, a 12 de dezembro de 2015, líderes mundiais assinaram o Acordo de Paris, assumindo um compromisso para com o mundo e para com as futuras gerações: enfrentar a emergência climática e limitar o aumento da temperatura global em menos de 2 graus Celsius. No entanto, para os jovens ativistas, a crise climática continua a não ser tratada como uma crise e, por isso, irão continuar a lutar pela limitação do aumento da temperatura global em 1,5 graus.