FEIRA DO LIVRO FECHA COM SESSÕES DE ANIMAÇÃO DE LEITURA, CONTOS E APRESENTAÇÃO DE LIVRO DE MOITA FLORES

20 december 2021

A 24ª edição da Feira do Livro de Alcácer do Sal, sita na Avenida dos Aviadores em Alcácer, terminou no passado domingo (dia 19 de dezembro de 2021), não sem antes promover atividades de animação de leitura, sessões de contos e a apresentação de um livro pelo conceituado autor Francisco Moita Flores.

Dia 14 (terça-feira) e 16 (quinta) houve duas sessões de animação de leitura - de manhã e tarde, respetivamente - ministradas pelas técnicas da Biblioteca Municipal, destinadas aos alunos do pré-escolar e 1º ciclo do ensino básico. Sábado (dia 18) a Feira do Livro recebeu Francisco Moita Flores, que apresentou o livro “Os Cães de Salazar”. Esta obra dissemina os eventos que sucederam após uma tentativa de atentado falhada contra António de Oliveira Salazar, no dia 4 de julho de 1937, nomeadamente a caça ao homem perpetrada pela Polícia de Vigilância e Defesa do Estado - PVDE, dirigida pelo seu chefe máximo, Agostinho Lourenço, para encontrar os autores do atentado. Suspeitando de militantes comunistas apoiados pelo próprio Partido Comunista Português e financiados pelo Komintern, segue-se a prisão de dezenas de indivíduos e a apressada conclusão do caso. Porém, entre felicitações dos chefes de estado de outros regimes autoritários europeus e os níveis de prestígio e respeito nunca antes atingidos pela polícia política, nasce a dúvida sobre a forma como a PVDE desenvolveu o seu caso e se aqueles que foram detidos são os verdadeiros culpados do atentado. Num envolvente romance, o leitor é levado numa viagem pela sociedade portuguesa da época de Salazar e pelos meandros da investigação daquele que foi o único atentado contra o Presidente do Conselho de Ministros.

Na tarde do dia 19 (domingo) houve uma sessão de contos por Elsa Serra. Contadora de Histórias, autora, formadora, mentora da Biblioteca itinerante “Na Rua com Histórias”, Elsa Serra deliciou todos os presentes com uma extensa sessão de contos que não deixou ninguém indiferente.