INAUGURAÇÃO DA NOVA ESCOLA DE MÚSICA “MAESTRO JOÃO NEVES”

06 june 2022

No passado dia 4 de junho, pelas 17:30h, aconteceu na Sociedade Filarmónica Progresso Matos Galamba (Pazôa) o evento de inauguração da nova Escola de Música, que terá o nome de “Escola de Música Maestro João Neves”, em honra do maestro que teve nessas funções entre 1985 e 2019. Na cerimónia promovida pela SFPMG, que conta atualmente com a direção de Manuel Rocha, este presente o presidente da Câmara Municipal de alcácer do Sal, Vítor Proença, que dirigiu uma forte saudação ao maestro e à coletividade. Nesta cerimónia especial dirigiu a banda o atual Maestro Hugo Morais, proferindo também algumas palavras ao homenageado, de agradecimento pelo trabalho desenvolvido com a banda que atravessou diferentes faixas etárias.

Esteve também presente o presidente da União de Freguesias de Alcácer do Sal e Santa Susana, Arlindo José Passos, toda a direção da Progresso Matos Galamba, representante da Junta de Freguesia de Comporta e também membros da direção da Sociedade Filarmónica Amizade Visconde d'Alcácer (Calceteira).

Natural de Fermentelos, João Neves iniciou a sua preparação musical aos 10 anos de idade na Banda Nova de Fermentelos, onde foi Maestro e teve um notável prestígio, tendo depois estudado no Conservatório de Música de Aveiro e Conservatório Nacional de Lisboa.

A partir de 1970 ingressou como clarinetista na Banda da Guarda Nacional Republicana, Orquestra Filarmónica de Lisboa, Orquestra de Ópera do Teatro Nacional de S. Carlos, Orquestra da Radiodifusão Portuguesa e Regie Sinfonia.

Em 1993 organizou o 1.º Festival de Banda Militares das Festas da Cidade de Lisboa a decorrer no Teatro Maria Matos e foi o responsável pelo programa de encerramento de Lisboa 94 – Capital Europeia da Cultura no que disse respeito à participação de Bandas Civis.

Na qualidade de maestro da Banda Matos Galamba, destacam-se os dois concertos em França, em 1997 - o primeiro no Parlamento Europeu, em Estrasburgo, e o segundo na Casa de Portugal, em Paris -, as atuações em Espanha, Ilhas Baleares e nalguns dos grandes palcos portugueses do Continente e Açores.

Dirigiu a Camarata Amoreiras no Centro Cultural de Belém, e a Banda da SFPMG em Espanha, França e nos grandes palcos portugueses do Continente e Ilhas.  

Álbum completo em Facebook.