Manifesto do Município de Alcácer do Sal vai ser remetido ao Governo

Documento foi aprovado por unanimidade em Assembleia Municipal

21 december 2019

Foi aprovada por unanimidade, em sessão ordinária de Assembleia Municipal realizada no dia 20 de dezembro 2019, um Manifesto do Município de Alcácer do Sal ao XXII Governo da República. Com esta aprovação, o documento tem "luz verde" para ser enviado para o Governo. Recorde-se que este manifesto já havia sido aprovado em Reunião de Câmara, com os votos a favor dos eleitos CDU e ausência na votação por parte dos vereadores PS.

Exigir "mais investimento da administração central no Concelho" e reclamar do "desinteresse do Governo na região e em Alcácer do Sal", são as duas principais premissas do manifesto no qual o presidente da Câmara Municipal de Alcácer do Sal, Vítor Proença, reivindica o cumprimento, por parte do Governo, dos "deveres e obrigações para com as pessoas de Alcácer e da Região", referindo diversos aspetos nos quais são exigidas melhorias, com o objetivo de incrementar a qualidade de vida da população do concelho, em áreas como o ambiente, transportes públicos, segurança rodoviária, redes de água e saneamento, cuidados de saúde, ensino e escolas, tribunal de Alcácer e conservatória de registos, proteção animal, demografia e natalidade, segurança e proteção civil. Ao mesmo tempo, o edil sublinha que "o Município de Alcácer tem cumprido e tem feito tudo o que está ao seu alcance e no âmbito das suas competências para dinamizar a economia e promover o bem-estar das populações".

A votação mereceu a aprovação dos eleitos da CDU, do PS, da Coligação “Viver Alcácer” e do BE.