PEGO DO ALTAR VAI SER ALVO DE OPERAÇÃO DE LIMPEZA DE SEDIMENTOS

14 february 2018


Teve início esta quarta-feira (14 de fevereiro) a mobilização de meios mecânicos para a zona de Rio Mourinho por parte do Regimento de Engenharia nº 1, uma operação que decorre até ao final da semana com vista a que, no dia 19, tenham início os trabalhos de remoção dos materiais acumulados na albufeira do Pego do Altar, que se prevê durarem cerca de dois meses.

Recorde-se que, face aos níveis excessivamente baixos de armazenamento de algumas albufeiras como consequência da seca, o Ministério do Ambiente determinou prioritária a remoção de sedimentos depositados, que apresentam elevado teor de nutrientes, minimizando as condições de degradação da qualidade da água armazenada na albufeira do Pego do Altar. Para operacionalizar esta ação, celebrou-se um protocolo entre o Exército Português (que disponibilizará os meios humanos e materiais necessários), a Agência Portuguesa do Ambiente (que coordenará as intervenções no terreno e garantirá o apoio logístico necessário) e o Fundo Ambiental (que suportará as despesas inerentes às operações no terreno e a respetiva logística).

Salienta-se que serão constituídos depósitos temporários na margem da albufeira, que podem ser acedidos, sem qualquer custo, por quem manifeste interesse em beneficiar da sua utilização na valorização de solos agrícolas e/ou florestais, interesse este que deve ser comunicado à ARH do Alentejo (arhalt.geral@apambiente.pt) ou à Associação de Beneficiários do Vale do Sado (abvsas@sapo.pt).