Presidente reeleito apresenta conjunto de compromissos para os primeiros 100 dias do mandato

Tomada de posse dos órgãos do Município de Alcácer realizou-se a 20 de outubro

24 october 2017


O reeleito presidente da Câmara Municipal de Alcácer do sal, Vítor Proença, apresentou um conjunto de compromissos para os primeiros 100 dias do mandato.

Durante o discurso de tomada de posse, que se realizou na sexta-feira (20 de outubro), no Auditório Municipal de Alcácer do Sal, Vítor Proença anunciou um conjunto de nove propostas que o executivo pretende concretizar e que passam; pela instalação de uma rede wifi em vários pontos de Alcácer e Torrão, Praça Pedro Nunes, Pavilhão gimnodesportivo, Largo Luís de Camões, Largo dos Açougues, Praça Bernardim Ribeiro e Pavilhão Gracieta Baião, com o objetivo de proporcionar aos residentes e turistas maior amplitude no acesso à informação turística da região; iniciar a elaboração do projeto “Valorização dos Espaços na zona envolvente ao Castelo”, definindo propostas que tenham em conta o Centro Histórico, os seus acessos, os estudos de tráfego e circulação, as áreas e percursos de grande interesse cultural e turístico, assim como os condicionamentos que existem; abrir um concurso público para o interface de transportes, no valor de cerca de 1 milhão de euros, proporcionando novas infraestruturas, pavimentação e estacionamentos, numa vasta área que circunda a Praça de Touros e que vai da Associação de Regantes à avenida dos Aviadores.

Abrir um concurso público para o Parque de Feiras, no valor de 2 milhões de euros, transformando-o num Parque Urbano acolhedor de visitantes com valências novas com infraestruturas; reparar cinco habitações sociais do município no Bairro de S. João e abrir um concurso para atribuição das mesmas foram outras propostas anunciadas pelo presidente da Câmara Municipal de Alcácer do Sal para os primeiros 100 dias do mandato, assim como a construção um novo talude na Rua João Bico, junto às escadinhas do lagar como mais um passo para embelezar a cidade; repor em navegação o galeão “Pinto Luísa” após profundíssima reparação, que vai custar mais de 100 mil euros dado o péssimo estado a que chegou e iniciar a reestruturação orgânica da Câmara Municipal, adequada às exigências do novo tempo e com maior exigência para todos, para um melhor serviço.

O autarca referiu ainda que vai solicitar um conjunto de encontros e reuniões prioritárias com a Secretaria de Estado da Administração Interna e com: os Comandos da GNR para solicitar reforço de efetivos, de modo a garantir mais segurança; com o Ministério da Educação, para insistir na necessidade de reforço de auxiliares nas escolas, na cedência do Lar de Estudantes e em obras na EB Bernardim Ribeiro; com o Ministério da Saúde, para reclamar o recrutamento urgente de mais 22 enfermeiros e um muito melhor funcionamento do HLA, a par da necessidade de mais médicos, enfermeiros e auxiliares de ação médica no Centro de Saúde e nas nossas extensões de saúde, que devem ter dignidade e melhores condições; com a Ministra da Justiça, para reclamar a devolução de competências para o Tribunal de Alcácer (que hoje pouco mais é do que nada); com a Infraestruturas de Portugal e com a Secretaria de Estado das Obras Públicas, para tratar da necessidade de novos investimentos rodoviários, particularmente o alargamento da EN253 (Alcácer/ Comporta), que deve ter bermas e no início das obras do IC1 que foram prometidas para março 2018; com vários investidores que apostam no concelho de Alcácer do Sal, assim como com várias associações e IPSS´s do município, algumas delas a necessitarem de apoio urgente da Segurança Social.