Projeto de Formação em Teatro

07 novembro 2016 até 09 novembro 2016
Biblioteca Municipal de Alcácer do Sal


O Auditório da Biblioteca Municipal de Alcácer do Sal é o local escolhido para acolher, nos dias 7 e 9 de novembro (segunda e quarta-feira respetivamente), uma ação de formação em teatro da Água Ardente – Produções Teatrais, dirigida a professores, educadores e auxiliares de educação.

Inúmeros projetos educativos e culturais acreditam que, pela vivência da arte, as pessoas descobrem novas formas de leitura do mundo e se “encontram” a si mesmas. Uma pessoa capaz de expressar-se artisticamente é também capaz de participar de modo mais efetivo no seu contexto sociocultural, pois contribui para ele produtivamente e transforma o seu desenvolvimento num constante processo de aprendizagem e de reconstrução das suas formas de expressão. A partir dessa perspetiva, foi criado este projeto, com o intuito de mostrar aos formandos o lugar artístico, educativo e até terapêutico que o teatro pode ocupar nas suas vidas.

Os objetivos desta ação de formação passam, então, por despertar e expandir potencialidades criadoras através do teatro, usando recursos artísticos diversificados, e desenvolver conhecimentos e técnicas de expressão dramática. A nível de conteúdos, será abordado o desenvolvimento sensorial e das capacidades criativas; a exploração da imaginação individual e coletiva; a desinibição e autoestima; a investigação e criatividade artística; técnicas de interpretação teatral.

A inscrição nesta iniciativa com o formador Olavo Nóbrega é gratuita, sendo atribuído no final um certificado de participação com um custo de “5 teatros” (pagamento obrigatório mesmo para quem rejeite certificado), e pode ser feita através dos telemóveis 965 823 899 / 964 061 182 ou do e-mail a.ardente@gmail.com. Para mais informações consulte http://www.facebook.com/agua.ardente.producoesteatrais

 

 


Sobre o formador Olavo Nóbrega

Ator e encenador, já fez TV e cinema, mas é no teatro que tem desenvolvido o seu “trabalho de fundo”.

Iniciou a sua formação teatral no ano de 1995, no Instituto de Artes do Espetáculo, onde trabalhou com Rita Ribeiro e Elsa Braga e onde completou o 1º nível do curso de formação de atores. Nesse mesmo ano estreou-se em televisão pela mão de Filipe La Féria, no programa “Todos ao Palco”. De 1996 a 1999 foi membro do grupo de Expressão Dramática do Chapitô, onde desenvolveu um trabalho aprofundado ao nível da voz, corpo, criatividade e investigação teatral. Participou, no Chapitô, como ator, em trabalhos de Bruno Schiappa, a partir de técnicas d’o Método (Actors’Studio).

No ano de 1998 foi um dos atores escolhidos para participar no “Estágio das Máscaras”, realizado no Centro Cultural de Belém e orientado por Filipe Crawford, onde absorveu o valor da postura e expressão corporal no campo teatral. Adquiriu formação em Teatro do Gesto com John Mowat e Nola Rae (London Theatre).

No seu percurso de encenador dedicou-se sempre ao estudo do corpo e do movimento, anulando as barreiras entre o ator e o não-ator. É formador credenciado, tendo desenvolvido vários cursos de expressão dramática direcionados aos mais diversos públicos.

Dirige, desde 2003, o projeto PensarTeatro - grupo de teatro da associação de saúde mental Dr. Fernando Ilharco. De 2004 a 2006 dirigiu o grupo de teatro Alma Grande (APPACDM, Setúbal). Em 2007 foi encenador, dramaturgo, cenógrafo e intérprete de Antídoto, de José Luís Peixoto. Já levou para o teatro obras de Al Berto e Fernando Pessoa. No ano de 2008 deu corpo e voz ao monólogo “Diário de um louco”, de Gogol, na 1ª produção de Água Ardente, Produções Teatrais. Orientou o curso de Teatro de Turismo Júnior, no Teatro da Trindade, entre julho e setembro de 2010.

É diretor artístico da Água Ardente - Produções Teatrais.