Teatro: “Hoje, não!”

23 março 2018
Auditório Municipal de Alcácer do Sal


“Hoje, não!” é a peça de teatro que estará em cena no Auditório Municipal de Alcácer do Sal, no dia 23 de março (sexta-feira), pelas 14h30, uma apresentação da Associação Portuguesa de Mulheres Juristas, com o apoio da Câmara Municipal e do Agrupamento de Escolas de Alcácer.

Joana e Miguel são dois estudantes que se conheceram, simpatizaram e começaram a sair juntos. Uma noite, Miguel levou Joana para sua casa e forçou-a a ter relações sexuais. Na sequência da queixa-crime apresentada por Joana contra Miguel, este foi acusado de ter cometido um crime de violação. A peça “Hoje, não!” é a simulação desse julgamento, que procura fazer a desconstrução dos mitos e realidades associados ao crime de violação.

É a vítima quem tem de impedir a prática do crime, resistir ou gritar? E o seu autor tem de exercer violência física para que se possa falar de crime? Qual é o perfil típico de um violador? Como reage e como se comporta habitualmente uma vítima desse crime? Estas são algumas das perguntas a que “Hoje, não!” vai procurar responder.

A peça de teatro conta com as interpretações de Carolina Duarte, Miguel Torradinhas, Maria Henriqueta Sousa, Beatriz Caixas, Madalena Almeida, Eduardo Aleixo, Joana Vieira (magistrada judicial), João Machado (magistrado do Ministério Público), Ana Etelvino (advogada), António Espada (advogado) e Paula Manjerico. O narrador será Nelson Latas e a comentadora, Aurora Rodrigues (Procuradora da República).