CONHEÇA AS NOVAS MEDIDAS DE REFORÇO DO CONFINAMENTO

COVID-19

18 janeiro 2021


O primeiro-ministro, António Costa, divulgou esta segunda-feira o reforço de medidas de restrição de movimento, que vêm reforçar as imposições já divulgadas no final da semana passada.

Conheça todas as medidas anunciadas esta segunda-feira pelo Governo:

 

- Proibida a venda ou a entrega ao postigo em qualquer estabelecimento do ramo não alimentar, como lojas de vestuário;

 

- Proibida a venda ou entrega ao postigo de qualquer bem não alimentar;

 

- Proibida a venda ou entrega de bebidas ao postigo, incluindo café;

 

- Proibido o consumo de bens alimentares à porta dos estabelecimentos comerciais;

 

- São encerrados todos os espaços de restauração dos centros comerciais, mesmo em regime de take-away;

 

- Proibidas todas as campanhas de saldos e liquidações que promovam a deslocação de pessoas;

 

- Proibida a permanência em espaços públicos, como jardins, que podem ser frequentados, mas sem permanência;

 

- Limitação do acesso de pessoas a frentes marítimas ou ribeirinhas e que se sinalize a utilização de bancos de jardins, parques infantis ou equipamentos desportivos, mesmo de desportos individuais, como o ténis ou paddel;

 

- Encerradas as universidades sénior, centros de dia e centros de convívio;

 

- Para reforçar a obrigatoriedade do teletrabalho, é determinado que todos os trabalhadores que tenham de trabalhar presencialmente tenham de ter credencial da entidade patronal;

 

- Empresas de serviços com mais de 250 trabalhadores têm de enviar nas próximas 48 horas à Autoridade das Condições de Trabalho a lista de todos os trabalhadores cujo trabalho essencial consideram indispensável;

 

- Reposta a proibição de circulação entre concelhos ao fim de semana;

 

- Todos os estabelecimentos de qualquer natureza devem encerrar às 20h nos dias úteis e às 13h ao fim de semana, com exceção do retalho alimentar que aos fim de semana se poderá prolongar até às 17h.