Câmara Municipal apoia produtores de arroz do concelho

21 outubro 2016


O Presidente da Câmara Municipal de Alcácer do Sal, Vítor Proença, acompanhado por três representantes da Aparroz - Agrupamento de Produtores de Arroz do Vale do Sado, reuniu ontem (20 de outubro) com o Secretário de Estado da Agricultura e Alimentação, Luís Vieira.

Durante o encontro foram colocadas várias questões que preocupam o setor, nomeadamente a necessidade de valorização do arroz de origem portuguesa, em particular nas variedades do arroz carolino e do arroz agulha, já que os consumidores estão a ser prejudicados com o arroz importado de países extra comunitários. A reunião destinou-se igualmente a abordar a necessidade da diminuição do custo da água oriunda da barragem de Alqueva e fornecida pela EDIA, com um valor cinco vezes mais caro do que a água fornecida pela Associação de Regantes. Em anos de seca, os produtores de arroz tem de recorrer à água oriunda do Alqueva. Recorde-se que a cultura do arroz usa 12 a 15 mil litros de água por hectare.

Na reunião foi também abordado o custo dos fatores de produção, entre os quais sementes, adubos e fitofármacos que são vendidos em Portugal pelas multinacionais cerca de 40% mais caros do que em Espanha ou Itália, provocando custos de produtos muito elevados. A Aparroz propôs a utilização de um mecanismo de importação paralela, de modo a obrigar as multinacionais a baixarem os fatores de produção.

Esta reunião vem no seguimento de outras já efetuados com membros do Governo para minimizar alguns dos problemas dos produtores de arroz de Alcácer do Sal.