ESCAVAÇÃO DA CAPELA DO TESOURO NO SANTUÁRIO DO SENHOR DOS MÁRTIRES JÁ REVELOU IMPORTANTES ACHADOS

12 maio 2022

No âmbito da escavação arqueológica que o Setor de Arqueologia, Património e Museus do Município de Alcácer do Sal se encontra a efetuar na Capela do Tesouro, no Santuário do Senhor dos Mártires, foram encontrados alguns achados de grande valor para a história de Alcácer e do monumento, que foi o primeiro Panteão da Ordem de Santiago em Portugal. Esta Ordem Militar foi importantíssima para a reconquista Cristã de Portugal, tendo a cidade de Alcácer do Sal sido escolhida para os cavaleiros dessa mesma ordem se fixarem. Sempre se soube da importância do local e da possibilidade de por lá se poderem encontrar achados relevantes, dado o facto da construção desta Capela, erigida no século XIII, ter servido para enterrar os cavaleiros da Ordem de Santiago.

Os técnicos do Município têm vindo a deparar-se, no decorrer da escavação, com alguns enterramentos humanos que serão, quase certamente, dos Cavaleiros Freires da Ordem de Santiago, que ali foram enterrados nos séculos XIII e XIV. Estes são homens com marcas de alguma violência e atividade física desgastante, consequências da vida austera que levavam. Junto aos corpos, encontram-se inúmeros objetos de adorno e moedas, artefactos que os situam nessa mesma época, tão importante para a nossa história. Na escavação foram encontrados, até agora, diversos objetos de adorno (crucifixos, anéis, alfinetes das mortalhas, contas de colar, pregadeiras, botões), cerâmicas e azulejos medievais, moedas de vários reis e até madeira e alguns vestígios de tecido. Os técnicos do setor de Arqueologia sabem também que, noutra zona da Capela, foram enterradas famílias nobres ligadas à Ordem, local onde estarão sepultados homens, mulheres e crianças, datados do século XV/XVI.

Esta é a primeira vez que a arqueologia traz à “luz do dia” estes Cavaleiros sendo que, com um estudo mais pormenorizado dos achados - inclusive dos esqueletos - mais se virá a saber sobre a Época da Reconquista em Alcácer do Sal.