Festival “VIVA BACH” reúne músicos de cinco países em Alcácer do Sal

05 setembro 2019


O festival “VIVA BACH”, que se realiza em Alcácer do Sal de 20 a 22 de setembro, vai trazer à cidade músicos conceituados oriundos de cinco países, que darão o seu contributo nesta homenagem à vida e obra de J. S. Bach traduzida em quatro concertos e uma mesa redonda.

“Estamos convictos de que os artistas, enquanto promotores do conhecimento e da nossa diversidade cultural, desempenham um papel fundamental na sociedade e junto das novas gerações. Ao trazer a este evento alguns dos mais destacados nomes do panorama musical internacional pretendemos garantir a qualidade inequívoca deste festival”, declarou Vítor Proença, presidente da Câmara Municipal de Alcácer do Sal, entidade promotora da iniciativa.

De Portugal participam no festival “VIVA BACH” Paulo Gaio-Lima (violoncelo), Ana Pereira (violino), Camerata “Alma Mater” (camerata de cordas), António Carrilho (flauta), Alexandre Delgado (compositor e violetista), Rui Vieira Nery (musicólogo), Ana Mafalda Castro (cravo), Sociedade Filarmónica Amizade Visconde de Alcácer e Sociedade Filarmónica Progresso Matos Galamba. Da Áustria chegam Anna Magdalena Kokits (piano) e Paul Gulda (cravo); do Brasil vem Cristiano Holtz (cravo) e da Holanda participa Rosina Fabius (Mezzo Soprano). A representar a Alemanha estará o Duo Moving Sounds, constituído por Markus Stockhausen (trompete) e Tara Bouman (clarinete baixo).

Com entrada livre e direção artística de Veronika Schreiber, este evento irá decorrer na Igreja de Santiago e no Auditório Municipal de Alcácer do Sal e conta com os apoios de Antena 2, Museu Nacional da Música, Governo de Portugal – Cultura, Direção-Geral do Património Cultural, Pianos.pt, Comissão Fabriqueira da Igreja, ANA – Aeroportos de Portugal e Vinci Airports. O programa pode ser consultado na agenda deste site ou em www.vivabach.pt