INICIATIVA “MÚSICA E POESIA NO HOSPITAL” NO HLA

11 maio 2022

O Hospital do Litoral Alentejano vai reatar a iniciativa "Música no Hospital" suspensa há dois anos devido à pandemia COVID-19. As sessões têm lugar no Serviço de Oncologia / Sala de Quimioterapia e dirigem-se a doentes oncológicos e seus familiares, bem como aos profissionais que lhes prestam cuidados de saúde.

Novidade nesta nova temporada é o alargamento do âmbito da iniciativa, a qual passa a designar-se "Música e Poesia no Hospital" - à vertente musical, junta-se agora a poesia. Contará com a colaboração de declamadores profissionais que, sempre com acompanhamento musical, apresentam obras de autores portugueses consagrados, e também de autores de poesia popular, com especial relevo para poetas populares da região como é o caso de António Arsénio (da aldeia de Brescos - Santiago do Cacém) ou de Manuel José “do Tojal” (da Lagoa de Santo André).

A temporada inicia-se com a acordeonista Adélia Botelho e terá sessões mensais, que envolvem inúmeros artistas residentes nos vários concelhos do litoral alentejano. Estão previstas para os próximos meses as actuações de Christine Cruchon e Antoine Auberson (canto e piano), da Escola de Artes de Sines (quarteto de cordas), de Ana Zorrinho e Simão Pereira (poesia com música), de Carla Nunes (fado), de Dave Lamb e Frank Peters (blues), da Academia de Música de Santo André (instrumentos de sopro), de Manuel Araújo e Dr. Agostinho Patrício (bandolim e viola campaniça), de Murielle Leken (harpa), de Fernando Salema (saxofone) e de Paula Cusati e Fernando Malão (poesia com música).

Lançada em 2018 por um grupo de voluntários, a iniciativa tem procurado incluir na sua programação intérpretes e géneros musicais diversificados, que vão ao encontro das preferências das pessoas e tornem a todos mais leve a sua passagem ou a permanência na instituição.

Na imagem: (em cima) Poesia com música, com Ana Zorrinho e (em baixo) a acordeonista Adélia Botelho.