Ministério da Saúde reconhece que não deu prioridade a Alcácer do Sal

Ambulância SIV pode demorar mais nove meses a vir para o concelho

30 março 2021

Face à pressão que a Câmara Municipal de Alcácer do Sal tem desenvolvido junto do Ministério da Saúde para a vinda de uma ambulância SIV (Suporte Imediato de Vida), o Secretário de Estado Adjunto e da Saúde, António Sales, respondeu, através do seu gabinete, ao Presidente do Município de Alcácer, Vítor Proença. Na missiva, é reconhecido que não foi dada prioridade a Alcácer do Sal, afirmando-se “…donde resultou uma ordenação de priorização de alocação do meio”, e concluindo que “é expectável que a implementação possa ocorrer até ao final do ano”. A este facto, acrescenta-se que não houve, da parte do Ministério, qualquer resposta ao pedido de mais médicos e enfermeiros para o concelho de Alcácer do Sal, remetido pela autarquia.

A Câmara Municipal de Alcácer do Sal vai continuar a pressionar para que não se esperem mais nove meses a suprir uma falha de mais de 10 anos.