TORRE DO RELÓGIO


Torre em taipa militar, mandada erguer de raiz pelo califa Almóada Ya´qub al-Mansur em 1191. Com vigilância privilegiada sobre o porto fluvial e oceânico de Alcácer, no seu interior foi construído um compartimento, habitando nele uma família que ficava encarregada da defesa militar deste sctor da muralha.

Após a conquista portuguesa de 1217, a torre mantém as suas funções militares. Em data indeterminada, mas algures no início do século XIV, passa da jurisdição da Ordem de Santiago para a vereação da Câmara Municipal de Alcácer do Sal.

No início do século XVII (1607), a Câmara de Alcácer do Sal contratou Manuel Calado para consertar o relógio da “Villa” que, já na altura, estava nesta Torre.

Torre do Relógio

Desde finais do século XVI ou início do XVII, a Torre do Relógio marca soberanamente a lenta passagem do tempo, sofrendo pouco ao longo dos séculos, enquanto a seus pés um fervilhar de alcacerenses nasce, vive e morre, enquanto trabalha, descarrega barcos, embarca mercadorias e coloca as novidades em dia.

Torre do Relógio

Para visitar, contactar o Gabinete de Turismo ou o Gabinete de Arqueologia da Câmara Municipal de Alcácer do Sal.