A Feira Nova de Outubro nasceu de uma Provisão enviada para a Câmara Municipal de Alcácer do Sal, datada do dia 13 de março de 1782, reinado de D. Maria I. Nela determina-se que no primeiro domingo de outubro de cada ano haveria uma Feira Franca por três dias. Julga-se, à semelhança de outros documentos do género, que se tratou de uma iniciativa camarária a pedido da população do município para, desta forma, poder escoar parte da sua produção agrícola, assim como agilizar as trocas comerciais a nível regional.


Gradualmente o certame ganhou o seu espaço específico, sendo uma das marcas identitárias do município, atraindo em cada ano mais gente.


Apesar de quase não existir informação sobre a feira, pensa-se que inicialmente esta se realizaria num dos largos da vila e só em 1908 terá passado a localizar-se junto à Praça de Touros, espaço que ainda hoje ocupa.


No início do século XX, o barco a vapor Sado fazia carreiras especiais para trazer as gentes de Setúbal que queriam vir à feira. Atualmente, todos os anos, no primeiro fim de semana de outubro inúmeras pessoas viajam até Alcácer para adquirir, entre outros produtos, os tradicionais figos e nozes, para passear na feira ou assistir à corrida de toiros. Além de um evento comercial, a Feira Nova de Outubro é uma ocasião de convívio único entre todos os alcacerenses.